Hebreus e monstros, parte II | Guilherme Pontes Coelho | Digestivo Cultural

busca | avançada
75359 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Cia Fragmento de Dança lança seminário “Amor Mundi – Pensando com Hannah Arendt”
>>> Realidade e ficção na Terça Aberta na Quarentena de agosto
>>> OBMJazz: OBMJ lança primeiro clipe de novo projeto
>>> Serginho Rezende é entrevistado por Zé Guilherme na série EntreMeios
>>> TOGETHER WE RISE TRAZ UMA HOMENAGEM ÀS PESSOAS QUE FIZERAM PARTE DA HISTÓRIA DO GREEN VALLEY
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
>>> Filmes de guerra, de outro jeito
>>> Meu reino por uma webcam
>>> Quincas Borba: um dia de cão (Fuvest)
>>> Pílulas Poéticas para uma quarentena
>>> Ficção e previsões para um futuro qualquer
>>> Freud explica
>>> Alma indígena minha
Colunistas
Últimos Posts
>>> Uma aula com Thiago Salomão do Stock Pickers
>>> MercadoLivre, a maior empresa da América Latina
>>> Víkingur Ólafsson toca Rameau
>>> Philip Glass tocando Mad Rush
>>> Elena Landau e o liberalismo à brasileira
>>> O autoritarismo de Bolsonaro avança
>>> Prelúdio e Fuga em Mi Menor, BWV 855
>>> Blooks Resiste
>>> Ambulante teve 3 mil livros queimados
>>> Paul Lewis e a Sonata ao Luar
Últimos Posts
>>> Coincidência?
>>> Gabbeh
>>> Dos segredos do pão
>>> Diário de um desenhista
>>> Uma pedra no caminho...
>>> Sustentar-se
>>> Spiritus sanus
>>> Num piscar de olhos
>>> Sexy Shop
>>> Assinatura
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Nelson Freire em DVD e Celso Furtado na Amazônia
>>> Um caos de informações inúteis
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Parei de fumar
>>> Ford e Eastwood: cineastas da (re)conciliação
>>> Amor à segunda vista
>>> O Gmail (e o E-mail)
>>> Diogo Salles no podcast Guide
Mais Recentes
>>> Em Meu Próprio Caminho de Allan Watts pela Siciliano (1992)
>>> Cama de Gato de Kurt Vonnegut pela Record (1991)
>>> A História Secreta de Donna Tartt pela Companhia das Letras (1995)
>>> Os Invictos de William Faulkner pela Arx (2003)
>>> Paralelo 42 de John dos Passos pela Rocco (1987)
>>> Para onde você vai com Tanta Pressa de Christiane Singer pela Martins Fontes (2005)
>>> Carta Sobre o Comércio do Livro de Denis Diderot pela Casa da Palavra (2002)
>>> Rimas da Vida e da Morte de Amos Óz Amós Oz pela Companhia das Letras (2008)
>>> Uma Desolação de Yasmina Reza pela Rocco (2001)
>>> O Fio Perigoso Das Coisas de Michelangelo Antonioni pela Nova Fronteira (1990)
>>> Hacia un Teatro Pobre de Jerzy Grotowski pela Siglo Veintuno (1970)
>>> Este é Orson Welles de Peter Bogdanovich pela Globo (1995)
>>> À Espera do Tempo Filmando Com Kurosawa de Teruyo Nogami pela Companhia das Letras (2010)
>>> Invisible Man de Ralph Ellison pela Penguin (2009)
>>> The Plot Against America de Philip Roth pela Vintage (2005)
>>> Vida, o Filme. Como o Entretenimento Conquistou a Realidade de Neal Gabler pela Companhia das Letras (1999)
>>> Rituais de Sofrimento de Silvia Viana pela Boitempo (2012)
>>> Um Sussuro nas trevas de H. P. Lovecraft pela Francisco Alves (1983)
>>> O Aleph de Jorge Luis Borges pela Globo (1992)
>>> O Deslumbramento (le Ravissement de Lol. V. Stein) de Marguerite Duras pela Nova Fronteira (1986)
>>> O Segredo do Padre Brown de G. K. Chesterton pela Círculo do Livro (1986)
>>> Se Não Agora, Quando? de Primo Levi pela Companhia das Letras (1999)
>>> O compromisso da fé de Emmanuel Mounier pela Duas Cidades (1971)
>>> A Doutrina Secreta - Vol. 6 de Helena Petrovna Blavatsky pela Pensamento (1989)
>>> A Doutrina Secreta - Vol. 2 de Helena Petrovna Blavatsky pela Pensamento (1989)
>>> O Livro Tibetano Dos Mortos de Hans Evans-Wentz pela Pensamento (1989)
>>> Milarepa de Hans Evans-Wentz pela Pensamento (1990)
>>> A Jornada do Herói Vida - Obra Joseph Campbell de Phil Cousineau pela Saraiva (1994)
>>> O Tarô Mitológico - uma Nova Abordagem para a Leitura do Tarô de Juliet Sharman-burke e Liz Greene pela Siciliano (2002)
>>> Curso De Psicologia Geral Vol. IV de A. R. Luria pela Civilização Brasileira (1979)
>>> Breton - Trotski: por uma Arte Revolucionaria Independente de Valentim Facioli (org) pela Paz e Terra (1985)
>>> Manifestos do Surrealismo de André Breton pela Moraes (1969)
>>> Os Cantos de Maldoror de Conde de Lautréamont pela Moraes (1970)
>>> Escritos de Antonin Artaud de Artaud e Claudio Willer (org.) pela Lpm (1983)
>>> Memória de um Amnésico de Erik Satie pela Hiena (1992)
>>> Contos Cruéis de Villiers de Lisle-adam pela Iluminuras (1987)
>>> A Cruzada das Crianças de Marcel Schwob pela Iluminuras (1987)
>>> Moralidades Lendárias Fábulas Filosóficas de Jules Laforgue pela Iluminuras (1989)
>>> Caos - Crônicas Políticas de Pier Paolo Pasolini pela Brasiliense (1982)
>>> Os Jovens Infelizes - Antologia de Ensaios Corsários de Pier Paolo Pasolini pela Martins Fontes (2013)
>>> A Maçã no Escuro de Clarice Lispector pela Francisco Alves (1992)
>>> As Ultimas Palavras do Herege de Pier Paolo Pasolini pela Brasiliense (1983)
>>> Triângulo das Águas de Caio Fernando Abreu pela Siciliano (1997)
>>> Romanceiro da Inconfidência de Cecília Meireles pela Nova Fronteira (1989)
>>> A Importância do Ato de Ler de Paulo Freire pela Cortez (1989)
>>> As Idades da Vida de Romano Guardini pela Quadrante (1997)
>>> Cruz E Sousa E Baudelaire Satanismo Poético de Márie Helene Catherine Torres pela Ufsc (1998)
>>> A Morte dos Deuses de Michel Henry pela Jorge Zahar (1985)
>>> Vida Emocional dos Civilizados de Melanie Klein / Joan Riviere pela Zahar (1962)
>>> Um Simples Livro De Culinária Para As Classes Trabalhadoras de Charles Elmé Franvatelli pela Angra (2001)
COLUNAS

Quarta-feira, 17/11/2010
Hebreus e monstros, parte II
Guilherme Pontes Coelho

+ de 2600 Acessos

Dorothy acorda do desmaio. Volta ao Kansas, à fazenda onde vive com seus tios Henry e Emily e seu cachorrinho Totó. Enquanto desmaiada, imersa no seu mundo psíquico, Dorothy realiza uma jornada no mundo mágico de Oz, uma terra que desconhece, onde há bruxas bondosas e malvadas e magos charlatães. Com a ajuda dos amigos conquistados durante o caminho, Espantalho, Leão Covarde e Homem-de-Lata, e de sua psicomistagoga, a bruxa Glinda, ela volta para casa. Acordada, exulta: "Não há melhor lugar do que nossa casa". A frase é a prece que Glinda a ensinou, prece que a faria voltar à fazenda. Ela está feliz.

A jornada de Dorothy n'O Mágico de Oz tem servido como exemplo à conquista da autoconfiança desde 1939, ano em que o filme foi lançado. Oficinas e manuais de roteiro confirmam. Leituras d'O Herói de Mil Faces, de Joseph Campbell, também. Uma delas, a famosa regurgitação de Christopher Vogler, A Jornada do Escritor.

Mesmo considerando que todos os avanços de Dorothy em sua jornada foram menos de sua responsabilidade que de seus aliados, uma abordagem mais rasteira do filme diria que ela venceu a si mesma, adquiriu confiança e fez o retorno da heroína à terra natal. Afinal, tudo em Oz eram projeções suas.

Porém, essas conquistas não emergem à sua consciência quando acorda em casa, no Kansas. Ela fica feliz por se ver livre de perigos, os quais enfrentou indiretamente. Além do mais, ela continua sendo tratada como incapaz pelos adultos com quem convive, como se viu no início do filme.

O filme é ótimo. Recomendado a todos, não importa a idade. Mas nele não há pouco heroísmo. O espectador fica aliviado ao ver a garota a salvo. Mas ela pouco controle exerceu sobre si durante a narrativa. Ela não cresceu.

Bem diferente da jornada interior de Dorothy Gale é a de Max Records. Max é o protagonista do filme infantil Onde vivem os monstros (2009), dirigido por Spike Jonze. O filme é inspirado no livro homônimo do americano Maurice Sendak, lançado em 1963, publicado aqui em 2009 pela Cosac Naify (traduçao da Heloisa Jahn).

Lembro que, quando lançado, o filme foi muito criticado por ter a narrativa, em relação à do livro, um tanto hipertrófica ("verborrágica"). É preciso dizer que não havia como ser de outra maneira, já que o filme é um longa-metragem. A transposição da história do livro pra o filme, feita a rigor, daria um curta-metragem. O livro, cuja leitura, para um adulto, não deve chegar a meia-dúzia de minutos, para uma criança, no colo do pai, ouvindo o conto e vendo os monstros festejando com Max, é uma viagem de duração razoável (padrões infantis). O filme é o filme, o livro é o livro. Não posso me estender sobre a transposição de um para outro porque esta coluna não é um ensaio sobre interdisciplinaridade de linguagens. É sobre um filme, a história de um garoto que amadurece.

"Max, what's wrong with you? You're out of control!" ― é o que grita Connie, mãe de Max, depois do filho aprontar. Max é hiperativo, estabanado, agressivo. O filme começa e já o vemos brincando com seu cachorro, uma brincadeira um tanto hostil. Em seguida, tentando se enturmar com os amigos da irmã mais velha, de forma agressiva mas ingênua, Max sofre um revés ― os meninos, já adolescentes, desconsideram que ele ainda é uma criança e exageram no revide da guerra de bolas de neve. Max chora. E vai arruinar o quarto da irmã, destruindo até os presentinhos que deu a ela como demonstração de carinho. Mais tarde, à noite, depois de conversar com a mãe, Max apronta uma daquelas. Connie recebe o namorado em casa, para o jantar. Max, carente, tenta obter a atenção da mãe a qualquer custo. Arma uma cena, tira a paciência da mãe, que, irritada, aos berros, diz "You're out of control!" ― ao que ele responde, assustado, "It's not my fault!" ― e sai correndo para fora de casa, se embrenha no mato, pega um barco, veleja por dias, sob sol e chuva, até chegar na ilha onde vivem os monstros.

A mãe o trata como capaz. Conversa com ele. Embora saiba quem é o filho, um pestinha incorrigível, ela se espanta com a total falta de controle dele naquele momento. Ela confere autoridade a ele e espera que ele corresponda. Uma maneira sensata de lidar com crianças. Na conversa que teve com o filho antes do jantar, ele lhe conta uma história. A de um vampiro menino, cujos caninos já são de adulto. O vampirinho morde um dos prédios mais altos da cidade (os prédios andam, inclusive). Com a mordida, quebra os caninos, fica triste e chora. Aí aparecem outros vampiros, adultos. Perguntam a ele por que chora, já que seus caninos ainda eram de leite. O vampirinho responde que não, que eram seus caninos definitivos. Então os vampiros o abandonam, porque o garoto não poderá mais ser um deles. Acaba a história, fim. Nesta cena, mais importante que ler as entrelinhas da história que Max narra à mãe, é ver que o menino desenvolve uma história de improviso sobre solidão e angústia. Que quem conta a história é a criança e que a conta para um adulto. Há igualdade e respeito aí.

Max ainda é criança, contudo. Uma criança que não sabe o que fazer com tanta energia e tanta vontade de brincar. O seu aprendizado será justamente este, controlar-se e compreender-se. Ambas conquistas que não podem ser impostas. São endógenas.

Nota do Autor
Conclui na terceira parte. Leia também "Hebreus e monstros, parte I".

Nota do Editor
Guilherme Montana mantém o Montana, Blog.


Guilherme Pontes Coelho
Águas Claras/Brasília, 17/11/2010


Mais Guilherme Pontes Coelho
Mais Acessadas de Guilherme Pontes Coelho em 2010
01. Nas redes do sexo - 25/8/2010
02. A literatura de Giacomo Casanova - 19/5/2010
03. O preconceito estético - 29/12/2010
04. O retorno à cidade natal - 24/2/2010
05. O mundo pós-aniversário - 3/2/2010


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




COMPARATIVE CRIMINOLOGY: V. 1
HERMANN MANNHEIM
ROUTLEDGE
(1967)
R$ 85,28



POR FORA DA COPA
EDUARDO MENEZES
DUBLINENSE
(2014)
R$ 18,00



SETE FACES DO AMOR
MARCIA KUPSTAS
MODERNA
(1992)
R$ 10,00
+ frete grátis



MARIO, O CAMISA 10
JOACHIM MASANNEK; JAN BIRCK
VIDA E CONSCIENCIA
(2012)
R$ 12,00



MEU MONSTRO DE ESTIMAÇÃO- LEIA DESCRIÇÃO
DICK KING-SMITH
RECORD
(2008)
R$ 9,00



LOUCURA E OBSESSÃO
DIVALDO P. FRANCO
FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA
(1997)
R$ 20,00



AMIGOS DE VERDADE
BRADLEY TREVOR GREIVE
SEXTANTE
(2006)
R$ 8,90



MÉTODOS E TEMPOS - ABORDAGEM GERENCIAL - RACIONALIZANDO A PRODUÇÃO DE BENS E SERVIÇOS
ROBSON SELEME
INTERSABERES
(2012)
R$ 6,00



REFORMA NA PAULISTA E UM CORAÇÃO PISADO
ELISA ANDRADE
OITAVA RIMA
(2013)
R$ 7,90



A ARTE DA GUERRA OS TREZE CAPÍTULOS COMPLETOS
SUN TZU
EDIOURO
(2009)
R$ 20,00





busca | avançada
75359 visitas/dia
2,6 milhões/mês