O mundo explicado por T.S. Spivet | Guilherme Pontes Coelho | Digestivo Cultural

busca | avançada
38320 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> De vinhos e oficinas literárias
>>> Michael Jackson: a lenda viva
>>> Gente que corre
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Reinaldo Azevedo no Fórum CLP
>>> Introdução ao filosofar, de Gerd Bornheim
>>> Companheiro dileto
>>> O Vendedor de Passados
>>> Eugène Delacroix, um quadro uma revolução
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quarta-feira, 8/12/2010
O mundo explicado por T.S. Spivet
Guilherme Pontes Coelho

+ de 4800 Acessos

Os trabalhos ilustrativos de Tecumseh Sparrow Spivet eram publicados em várias revistas científicas nos Estados Unidos. Um deles chamou a atenção da Instituição Smithsonian. Era a ilustração do Carabidae brachinus, o besouro-bombardeiro, "que mistura e expele secreções escaldantes de seu abdome". Para Smithsonian, seu autor merecia montar uma exposição com seus desenhos e ser condecorado com o prêmio Baird.

Este prêmio, que leva o nome de um dos ídolos de Spivet, o ornitólogo Spencer Fullerton Baird, segundo secretário da Instituição (1878-1887) e incentivador do Clube do Megatério, era concedido a quem contribuísse com excelência para pesquisa do mundo natural. Como o próprio Baird, homenageado pelo zoólogo Leonard Hess Stejneger, em 1883, quando batizou o cetáceo Berardius bairdii, baleia-bicuda de Baird; pelo ornitólogo Henry Crecy Yarrow, em 1880, com o batismo da escamada Elaphe bairdi, uma serpente constritora; e pelo naturalista John James Audubon, em 1844, quando batizou de Ammodramus bairdii o pardal norte-americano, do gênero Passer, família dos Passeridae. Spivet tinha "pardal" no nome (Sparrow; sua mãe o batizou assim porque um pardal havia se chocado contra a janela da cozinha no momento em que Spivet nascera). Spivet não tinha palavras. O nome do seu ídolo num prêmio a ele destinado, vindo da instituição que ele mais admirava no país. O que a Smithsonian não sabia era que T.S. Spivet tinha apenas doze anos de idade.

T.S. Spivet ilustra como ler O mundo explicado por T.S. Spivet


Spivet nasceu em 1995 e vivia em no rancho Coppertop, em Butte, Montana. Filho de Tecumseh Elijah Spivet e Clair Linneaker. Irmão mais novo de Layton Spivet e Gracie Spivet. Em 2007, Spivet recebeu o telefonema de Gunther Jibsen, subsecretário de ilustração e design da Smithsonian, convidando o ilustrador para visitar a sede da instituição, em Washington, onde receberia o prêmio. Jibsen percebera, por telefone, que Spivet era jovem, muito jovem. Mas não o imaginava tão jovem. Tamanha juventude ficou assustada. Spivet recusou a oferta e desligou o telefone antes que Jibsen pudesse protestar.

Spivet ficou no rancho, lugar onde nasceu e sempre viveu. Onde seu pai, um caubói nato, vivia em silêncio e em perfeita harmonia com o meio ambiente, o aceitando sem questionamentos. Um homem tão diferente dele, Spivet, sempre disposto a investigar a natureza, a desenhar mapas esquemáticos de tudo ao seu redor: colheitas de milho, o avanço de calvície em adultos, o romance Moby Dick, lençóis freáticos, torradeiras elétricas, a sonoridade de trens de carga, expressões faciais, o sabor de Big Mac's, palestras monótonas, a interpretação dos mundos infinitos do físico Hugh Everett III. A lista é infinita. Nada escapava à curiosidade de Spivet. Curiosidade da qual sua irmã, Gracie, a consumidora de música pop e adoradora de longas conversas ao telefone, não compartilhava. Ela vivia se queixando do quão entediante era a vida no rancho. Não havia química entre ele e a irmã. Química, aliás, era o que Spivet queria ter com sua mãe, a quem no livro ele só se refere como "dra. Clair". Ela era cientista. Pesquisadora entomóloga. Spivet a via dia e noite estudando, escrevendo, pesquisando. Como um alquimista em busca da transmutação dos metais, dra. Clair vivia à caça do besouro monge-tigre ― existência do qual T.S., como prefere ser chamado, duvidava.

O besouro, contudo, não era o maior mistério da família. O maior mistério era como seus pais se casaram. Embora compartilhassem do gosto pelo silêncio e da conduta introvertida, seus pais não podiam ser mais diferentes um do outro. Ela, no mundo microscópico das pesquisas científicas, ele, na silenciosa vastidão do mundo natural. Eles mal conversavam. Na verdade, o pai mal conversava com quem que fosse. Talvez o irmão Layton, quando vivo, o ouvisse mais que os outros da família, talvez. O próprio T.S. só ouviria o pai falar mais de cinquenta palavras lá no final do romance. Ah, sim, O mundo explicado por T.S. é um romance do estreante Reif Larsen (Nova Fronteira, 2010, 390 págs., tradução de Adriana Lisboa).

Para T.S. a vida no rancho era solitária. Cada membro da família preso em seu próprio mundo, incomunicáveis. Não era assim quando Layton estava vivo. Layton e T.S. eram amigos, embora tão distintos: Layton era o filho que um caubói de Montana queria ter. Herdara o talento natural do pai para o manejo das atividades no rancho. Aos olhos do deslocado T.S., seu irmão era o menino modelo. Layton morreu de forma acidental e T.S., que presenciou a morte do irmão, se sentia culpado por isso. Viver no rancho já não era tão agradável.

Fora do rancho, uma das coisas que mais incomodava ao menino T.S. eram os stenpocks, um termo por ele cunhado tendo como inspiração seu professor de ciências do sétimo ano, o sr. Stenpock. Um stenpock era "qualquer adulto que insistia em ficar confinado no seu cargo e que não nutria paixão alguma pelo extraordinário ou incrível".

T.S. não tem síndrome de Savant ou similares. Ele é um prodígio, dotado de um imenso talento para ilustração e cartografia e quer descobrir e registrar todos os fenômenos do mundo. Butte era pequena demais para ele. Decidiu aceitar a oferta da Smithsonian. Fez um inventário de tudo que precisaria para viagem e partiu em segredo, sem se despedir da família, rumo a Washington. Uma jornada interior sobre os trilhos da Union Pacific.

Nota do Autor
A edição brasileira deste livro, cujo formato do volume é 17 x 24 cm., está exemplar. Todos os esquemas, mapas, ilustrações, rascunhos e afins que T.S. menciona estão no livro e foram todos desenhados pelo autor, Reif Larsen. A Nova Fronteira os traduziu e reproduziu impecavelmente. O elogio é à maneira como isso foi feito, porque os desenhos são indispensáveis à estética do romance, feito para ser lido em papel. É um livro que já antecipa um certo saudosismo, pois é inviável lê-lo em leitores eletrônicos.
Para ir além






Guilherme Pontes Coelho
Brasília, 8/12/2010


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O julgamento do mensalão à sombra do caso Dreyfus de Humberto Pereira da Silva
02. Dilma e o Big Mac de Daniel Bushatsky
03. Fui demitida, e agora? de Adriana Baggio
04. De como alguns de nós viraram escritores de Ana Elisa Ribeiro
05. Hotmail versus Gmail: nem um, nem outro de Daniela Castilho


Mais Guilherme Pontes Coelho
Mais Acessadas de Guilherme Pontes Coelho em 2010
01. Nas redes do sexo - 25/8/2010
02. A literatura de Giacomo Casanova - 19/5/2010
03. O preconceito estético - 29/12/2010
04. O retorno à cidade natal - 24/2/2010
05. O mundo pós-aniversário - 3/2/2010


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DECIDA-SE PELO SUCESSO
NOAH ST. JOHN
CULTRIX
(2003)
R$ 29,90



TEEN VILLAGE 1
DAVID SPENCER
MACMILLAN
(2008)
R$ 10,00



DO FUTURO - FATOS, REFLEXÕES, ESTRATÉGIAS
ANTONIO PASQUALI
UNISINOS
(2004)
R$ 7,90



RECIFE DOS HOLANDESES
JULIETA DE GODOY LADEIRA
ÁTICA
(1990)
R$ 4,42



O HÓSPEDE DE DRÁCULA COLEÇÃO MINI BIBLIOTECA
BRAM STOKER
PUBLICAÇÕES EUROPA - AMÉRICA
(1996)
R$ 21,78



O CAVALEIRO DOS SETE REINOS HISTÓRIAS DO MUNDO DE GELO E FOGO
GEORGE R.R. MARTIN
LEYA
(2017)
R$ 42,00



A VERDADEIRA HISTÓRIA DE MARIA MADALENA
DAN BURSTEIN J. DE KEIJZER
EDIOURO
(2006)
R$ 74,00



O LAVATER DAS SENHORAS
EDOUARD HOCQUART
IMPRENSA OFICIAL
(2010)
R$ 31,99



O CANTOR PRISIONEIRO
ROGÉRIO BORGES; ASSIS BRASIL
MODERNA
(2004)
R$ 10,00



JUSTIÇA E COMPORTAMENTOS DE CIDADANIA NAS ORGANIZAÇÕES UMA ABORD
ARMÉNIO REGO
SÍLABO
(2000)
R$ 39,70





busca | avançada
38320 visitas/dia
1,3 milhão/mês