Mini-cartografia do prazer gastronômico paulistano | Adriana Baggio | Digestivo Cultural

busca | avançada
74271 visitas/dia
2,0 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Inspirado nas Living Dolls, espetáculo de Dan Nakagawa tem Helena Ignez como atriz convidada
>>> As Caracutás apresentam temporada online de Tecendo Diálogos com bate-papo e oficina
>>> Obra de referência em nutrição de plantas ganha segunda edição revista e ampliada
>>> FAAP promove bate-papo com as atrizes Djin Sganzerla, Zezita Matos e com o diretor Allan Deberton
>>> Elísio Lopes Jr comanda oficina gratuita de dramaturgia nesta sexta-feira (27)
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Carol Sanches, poesia na ratoeira do mundo
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
Colunistas
Últimos Posts
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Show him what he is like
>>> Machado polímata
>>> In the Line of Fire
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> A polêmica dos quadrinhos
>>> Ad Usum Juventutis
>>> Schopenhauer sobre o ofício de escritor
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Últimos Dias, de Gus Van Sant
>>> Poesia sem ancoradouro: Ana Martins Marques
Mais Recentes
>>> Passagens – Crises Previsíveis da Vida Adulta de Gail Sheehy pela Francisco Alves (1980)
>>> A Chave da Longevidade de Dr. Hugues Destrem pela Europa-América (1979)
>>> A Força da Saúde de Victor Hugo Belardinelli pela Movimento (2013)
>>> O Envelhecimento de Luiz Eugênio Garcez Leme pela Contexto (1997)
>>> Velhice - Culpada ou Inocente? de Carlos Eduardo Accioly Durgante pela Doravante (2008)
>>> Envelhecimento Bem-Sucedido de Newton Luiz Terra e Beatriz Dornelles (Orgs.) pela Edipucrs (2003)
>>> Naturalmente Mais Jovem de Roxy Dillon pela Sextante (2016)
>>> Direito Administrativo Descomplicado de Marcelo Alexandrino e Vicente Paulo pela Método (2019)
>>> Tópicos de Matemática Aplicada de Luiz Roberto Dias de Macedo, Nelson Pereira Castanheira e Alex Rocha pela Intersaberes (2018)
>>> Gestão de Custos de Carlos Ubiratan da Costa Schier pela Ibpex (2011)
>>> Ética Empresarial na Prática de Mario Sergio Cunha Alencastro pela Intersaberes (2016)
>>> Gestão Socioambiental no Brasil de Rodrigo Berté pela Intersaberes Dialógica (2013)
>>> Ferramentas Para a Moderna Gestão Empresarial - Teoria, Implementação e Prática de Maria Inês Caserta Scatena pela Intersaberes Dialógica (2012)
>>> O rio do tempo de Hernani Donato pela Círculo do livro (1976)
>>> O menino de areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1986)
>>> Breton/ Trotski - Por uma arte revolucionária independente de Valentim Facioli pela Paz e Terra (1985)
>>> Dize-me com quem andas de Mary McCarthy pela Civilização Brasileira (1967)
>>> Uma vida encantada de Mary McCarthy pela Civilização Brasileira (1967)
>>> Quem vai fazer a chuva parar? de Robert Stone pela Companhia das letras (1988)
>>> Meus amigos de Emmanuel Bove pela Companhia das letras (1987)
>>> Rastro do fogo que se afasta de Luis Goytisolo pela Companhia das letras (1988)
>>> Vista do amanhecer no Trópico de G. Cabrera Infante pela Companhia das letras (1988)
>>> Tebas do meu coração de Nélida Piñon pela José Olympio (1974)
>>> A república dos sonhos de Nélida Piñon pela Francisco Alves (1984)
>>> O caso Morel de Ruben Fonseca pela Artenova (1973)
>>> E do meio do mundo prostituto só amores guardei do meu charuto/História de amor (Box) de Ruben Fonseca pela Companhia das letras (1997)
>>> A marcha Húngara de Henri Coulonges pela Difel (1994)
>>> A mais que branca de José Geraldo Vieira pela Melhoramentos (1975)
>>> Sobras completas de Nelson Motta pela Nova fronteira (1984)
>>> O Amor é a Melhor Estratégia de Tim Sanders pela Sextante (2003)
>>> Seria trágico... se não fosse cômico: Humor e Psicanálise de Abrão Slavutzky; Daniel Kupermann pela Civilização Brasileira (2005)
>>> Dez Coisas que Eu Amo em Você - Trilogia Bevelstoke Livro 3 de Julia Quinn pela Arqueiro (2020)
>>> S.O.S. Dinâmica de Grupo de Albigenor & Rose Militão pela QualityMark (2001)
>>> Constelação Familiar de Divaldo Franco pela Livraria Espírita Alvorada (2009)
>>> Outlander: A Viajante do Tempo - Livro 1 de Diana Gabaldon pela Saída de Emergência (2014)
>>> Investimentos Inteligentes (Para Conquistar e Multiplicar o Seu Primeiro Milhão) de Gustavo Cerbasi pela Thomas Nelson Brasil (2008)
>>> El Cuaderno de Maya de Isabel Allende pela Sudamericana (2011)
>>> A Cama na Varanda: Arejando Nossas Idéias a Respeito de Amor e Sexo de Regina Navarro Lins pela Rocco (2000)
>>> A Vida é Bela no Trabalho de Dominique Glocheux pela Sextante
>>> Eugène Delacroix 1798-1863: O Príncipe do Romantismo de Gilles Néret pela Taschen (2001)
>>> Agora Aqui Ninguém Precisa de Si de Arnaldo Antunes pela Companhia das Letras (2015)
>>> Nu de Botas de Antonio Prata pela Companhia das Letras (2013)
>>> Trilogia Suja de Havana de Pedro Juan Gutiérrez pela Companhia das Letras (1999)
>>> As Religiões no Rio de João do Rio pela Jose Olympio (2015)
>>> A Teoria da Causa Madura no Processo do Trabalho de Ben-hur Silveira Claus pela Ltr (2019)
>>> Pimentas de Raul Lody pela Nacional (2018)
>>> Zen a a Arte de Manutenção de Motocicletas de Robert M. Pirsig pela Paz e Terra (1984)
>>> Monobloco - uma Biografia de Leo Morel pela Azougue (2015)
>>> Lei Antiterror Anotada - Lei 13. 260 de Acácio Miranda Silva Filho, Alex Wilson Ferreira pela Foco (2018)
>>> Marketing de Nichos de Alexandre Luzzi las Casas pela Atlas (2015)
COLUNAS

Quarta-feira, 23/11/2011
Mini-cartografia do prazer gastronômico paulistano
Adriana Baggio

+ de 2800 Acessos

É dia de passeio à pé pelo centro de São Paulo. Pego o trem na Barra Funda e vou até a Estação da Luz. Os paulistanos que eu conheço não gostam muito do trem. Ele é feinho mesmo, na hora do rush deve ser insuportável - nessa hora, tudo é. Sábado pela manhã é tranquilo. O caminho é curto, mesmo sacolejando devagar ele chega rapidinho. Passa por trás de prédios degradados e cortiços. Protegido por muros, o espaço dos trilhos é quase um oásis. Faz silêncio, chega a ter flor e jardim nos arredores da estação.

Da Luz, sigo até a Galeria do Rock e percorro todos os pisos. Depois, passo pelo Teatro Municipal. Dali, para o Museu de Anchieta no Pateo do Colégio. A ideia é almoçar na Liberdade, então viro em direção à Sé. Faz calor, estou cansada e com fome. Os pés doem. A praça tem uma ligeira inclinação, que parece mais acentuada naquelas condições. Já passei algumas vezes por ali e nunca entrei na Catedral. Ela vai se aproximando, imponente. Penso que deveria visitá-la, mas a fome aperta. Contorno a igreja e sou invadida por ela: de uma porta lateral vem o ar fresco e o cheiro bom de incenso. Os vitrais estão lindos, coloridos pela luz de início de tarde. Como toda boa católica, mesmo que desgarrada do rebanho, sinto culpa. "Estou cansada para visitar a igreja, mas não para comer". Antecipo as iguarias orientais que me esperam, ainda mais apetitosas quando o estômago está vazio, e me pergunto se a comida também não é um alimento para o espírito.

Claro que a igreja ficou para outro dia, mas a desculpa não foi tão esfarrapada assim. De fato, acredito que a comida alimenta o espírito. Não no sentido religioso, mas pelas sensações que provoca. Vai além do sabor. Tem a ver com a cultura, com o ambiente, com as pessoas, com a surpresa de conhecer algo novo. É como a gente estuda na semiótica de Greimas e Landowski: a inteligência do sensível. E tem uns lugares de São Paulo que fazem eu me sentir assim: extasiada, feliz, sabendo um pouco mais do mundo e de mim mesma.

Vou compartilhar minhas dicas e alguns podem se decepcionar por não ter nada caro ou sofisticado. Meu roteiro está mais para Baixa Gastronomia (veja aqui a de Curitiba, é excelente) do que para Michelin. Não que eu renegue os restaurantes estrelados: estou sempre à disposição para experimentá-los, apesar da falta de dinheiro tempo.

A primeira iguaria é relativamente comum no centro das grandes cidades. É algo que passei anos sonhando em comer, mas nunca dava certo. Não sei se língua tem imaginação, ou se podemos sentir o gosto de algo que nunca provamos, mas já havia provado essa comida milhares de vezes em pensamento. Trata-se daquele pouco confiável churrasco de grego, que fica girando tentadoramente em um espeto vertical. Fatias e mais fatias de carne (e sabe Deus o que além disso) formam uma grande pilha. O churrasqueiro passa a faca bem afiada, tirando lascas que caem em um pãozinho francês. No Presença Grego, logo na saída da Estação da Luz (assim como em outros naquela rua), o sanduíche custa dois dinheiros e dá direito a refresco - um tang genérico e meio aguado - à vontade.

Churrasco grego, delícia trash!

Sabores exóticos para surpreender nosso paladar ocidental é o que não falta na Liberdade. Minha escolha ali, porém, é o Itidai, um restaurante japonês simplezinho, com tanque de carpas na entrada. O cardápio oferece uma espécie de prato executivo onde os acompanhamentos são fixos e a gente escolhe o principal. A parte mais bacana é justamente essa guarnição: tirando o missô (com conchinhas que deixam o uso do hashi muito mais emocionante) e o arroz, o resto é uma surpresa. Nunca sabemos qual será a entrada do dia, quais as verduras que virão em conserva. Adoro isso de ter uma parte de inesperado em uma refeição conhecida.

No Itidai, o lance é ir no meio da semana: além de ser mais tranquilo, um prato que custa R$ 18,50 de segunda a sexta passa para R$ 30,00 no sábado e domingo. Na volta, no caminho para o metrô, vale uma passadinha nos mercadinhos da Liberdade para comprar cogumelo bem barato, guiozas (R$ 5,20 a bandeja com 12 - as de vegetais são minhas preferidas), biscoitos de gergelim e todo tipo de comida esquisita que vendem por lá.

A próxima parada é para a sobremesa, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional. Estar ali já é uma experiência incrível e ir ao café é essencial para curtir verdadeiramente a atmosfera. Primeiro desafio: conseguir lugar. Segundo: laçar uma garçonete para fazer o pedido. Depois disso, é só alegria. Em meio a coisas meio caras e porções não muito generosas, algo se salva com louvor: o sorvete. Um bola, com calda e cobertura à sua escolha, sai uns R$ 4,80. A combinação que me faz ver estrelas é o sorvete de creme com calda de frutas vermelhas e cobertura de chantilly. A primeira vez que pedi achei que era uma calda dessas de garrafa plástica. Mas nããão: é de frutas mesmo, uma delícia.

Na mesma região, para almoçar bem e se fartar, tem o BH. Quartas e sábados é dia de feijoada. E terças e sextas na janta também! - nada se perde, tudo se aproveita. Esse boteco na Augusta é apertadinho, o pessoal se espreme nas mesinhas ou no balcão. O balcão reserva uma atração especial: enormes pernis de pele tostada e dourada, ao lado da versão deles já desfiada e temperada para fazer sanduíche. É lindo de ver. No domingo tem pratos estilo casa da mamma, como carne assada com nhoque. Uma nota de 20 paga tudo, duas pessoas comem muito bem e ainda sobra troco.

Para finalizar, uma dica meio óbvia, porque já saiu em jornal, em revista e até na TV: o afamado Mocotó, na Vila Guilherme, zona norte da cidade. Uma das coisas bacanas dele é que é longe. Ok, tudo em São Paulo é longe, mas esse ganha. Tenho pra mim que seria menos badalado não fosse a onipresença do GPS. No caminho passamos por uma São Paulo diferente, de mais casas e menos prédios. Em volta, nada de restaurantes chiques e badalados. Outros como ele, no entanto, começam a surgir.

O Mocotó serve comida nordestina, um pouco estilizada e bastante caprichada. Você olha o cardápio e vê que os pratos não são caros. Mas como tem fila de espera, pede um petisco - dadinho de tapioca e queijo coalho! - e uma caipirinha de fruta - essa é bem cara. Na mesa, se empolga com as delícias e quer experimentar de tudo. E dá-lhe cerveja para regar o bate-papo. No final da refeição, de tão feliz e satisfeita, a gente nem liga pro tamanho da conta e paga com satisfação.

Depois de tudo isso, fico me perguntando como as pessoas conseguem fazer dieta. A não ser em caso de real necessidade, diria que a desfeita aos prazeres da mesa é que é um verdadeiro pecado.


View Pequena cartografia dos prazeres gastronômicos paulistanos in a larger map

*Mapa com os locais mencionados. Em azul, os pontos do passeio à pé. Em vermelho, os lugares que servem as iguarias.


Adriana Baggio
Curitiba, 23/11/2011


Mais Adriana Baggio
Mais Acessadas de Adriana Baggio em 2011
01. E você, já disse 'não' hoje? - 19/10/2011
02. Bombril: a marca que não evoluiu com as mulheres - 10/5/2011
03. Por que as curitibanas não usam saia? - 22/2/2011
04. Moda em 20 textos - 1/8/2011
05. Os sapatos confessam - 10/1/2011


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




COMUNICAÇÃO COM OS ANJOS E OS DEVAS - 1ª EDIÇÃO
DOROTHY MACLEAN
PENSAMENTO
(2001)
R$ 25,95



A GAROTA INGLESA
DANIEL SILVA
ARQUEIRO
(2015)
R$ 130,00



O EXAME DE LATIM (EDIÇÃO B - SEM PONTOS)
NICOLAU FIRMINO
SIMÕES LOPES E OUTRAS
(1941)
R$ 32,28



THE VITAMINS - CHEMISTRY, PHYSIOLOGY, PATHOLOGY VOL III
W. H. SEBRELL JR ROBERT S. HARRIS
ACADEMIC PRESS
(1954)
R$ 31,98



DENUNCIAÇÃO DA LIDE NO DIREITO PROCESSUAL CIVIL BRASILEIRO
SYDNEY SANCHES
REVISTA DOS TRIBUNAIS (SP)
(1984)
R$ 31,28



FILOSOFAR PELO FOGO ANTOLOGIA DE TEXTO ALQUÍMICOS
FRANÇOISE BONARDEL
MADRAS
(2012)
R$ 68,61



NOVÍSSIMO CURSO VESTIBULAR NOVA CULTURAL HISTÓRIA DO BRASIL 1 E 2
CLARENCE JOSÉ DE MATOS
NOVA CULTURAL
(1991)
R$ 20,00



SOCIEDADES POR QUOTAS
AGOSTINHO ANTONIO F. CADETE
ELCLA (PORTO)
(1992)
R$ 26,82



SEXO DEFINITIVO-TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE SEXO SENSUALIDADE
JUDY BASTYRA
MADRAS
(2013)
R$ 99,00



TABLEAUX SYNOPTIQUES D EXPLORATION CHIRURGICALE DES ORGANES
DOCTEUR CHAMPEAUX
J-B BAILLIÈRE ET FILS
(1901)
R$ 75,87





busca | avançada
74271 visitas/dia
2,0 milhões/mês