A fada do dente sou eu | Ana Elisa Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
36499 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Sexta-feira, 7/9/2012
A fada do dente sou eu
Ana Elisa Ribeiro

+ de 3600 Acessos

Meus dentes caídos não foram jogados no telhado. Não me lembro de como saíram de minhas gengivas, mas minha mãe os guardou e, mais tarde, fez "pezinhos" de ouro para cada um, tornando-os pingentes. Dois desses penduricalhos estão comigo, guardados, na gaveta das joias (que quase não tenho), mas confesso ser avessa a usá-los. Dão-me a impressão de uma moda meio primitiva, um colar de dentes de javali ou de elefante, sei lá.

Jogar os dentes no telhado trazia sorte, acho. Havia uma lenda qualquer nisso. Ou algo de bom acontecia, podia-se fazer um pedido especial, não sei. Jogar o dente no telhado era boa coisa, mas nunca os joguei, temendo que minha dentadura ficasse à mostra, à minha revelia, num sorriso espalhado pelo mundo.

Só que as crianças e os telhados de hoje não são mais os mesmos. Uma tal "fada do dente" surgiu no cenário mitológico das fases transitórias. Não sei a origem da lenda e nem me preocupei em procurá-la, mas essa fada deve ser norte-americana ou algo assim, moderninha como é, rica e poderosa, já que traz dinheiro para cada dente caído. Embora eu ache uma má compra, investimento esquisito, um pouco nojento, o trabalho dessa fada consiste em catar dentes deixados sob travesseiros, largando ali uma moedinha bem-feitora.

Meu filho, no áuge de sua troca de dentição, quase nos deixa pobres. Cada peça solta vale um ou dois reais, com cotação mais alta para incisivos. Houve ocasião em que a "fada" deixou lá uma nota de cinco por um dente de leite. Haja prejuízo.

A história da "fada" veio da escola, numa tarde amena, quando o primeiro dentinho caiu. O guri, já com a "janelinha", contou-me de uma tal "fada do dente", que vinha buscar o incisivo de leite embaixo do travesseiro, durante a noite ou sei lá. Nem sei bem por quê, embarquei na cena e fui lá fazer a compra do dente. Um real por um ossinho sujo. Por razões afetivas, guardei a peça entre as joias também.

Só que são muitos dentes. Os reais vão sendo trocados e a família inteira tornou-se "fada". Hoje vivo numa verdadeira convenção de "fadas do dente", cada uma com suas preferências. A fada sou eu, mas também é o avô, a avó, a tia, o pai, etc., sem distinções de cor, credo, idade, sexo, salário ou time de futebol. É como jogar batata quente: quem estiver presente no dia em que o dente cair acaba sendo a "fada do dente".

Só que um dia a casa cai (além do dente) e a verdade aparece. Só aí compreendi melhor por que razões entrei, um dia, nessa brincadeira. A decepção nos olhos do guri quase se converte em lágrimas, não fosse minha habilidade em desfazer mal-entendidos com pessoas queridas.

Dia desses, após a queda do quinto ou sexto dente da frente, meu menino chegou da escola com um canino enrolado em um algodão. A professora havia feito o serviço de extração, assim meio de surpresa, mas o dente precisava ser urgentemente colocado embaixo do travesseiro, em casa. Sabe lá se fada gosta de escola.

Só que algum colega mais desiludido abriu o bico: "ah, cara, a fada do dente é sua mãe!". E então o guri chegou em casa disposto a uma conversa séria, quase um acerto de contas. Em tom grave, veio me dizer:

"Mãe, é verdade que a fada do dente é você?"

Confesso que fiquei desconcertada. Será que eu conto? Já é hora? E esse tom de decepção? Decidi por manter a cena:

"Não, não. Ela existe!".

E disparei a argumentar sobre os momentos em que surgiu dinheiro embaixo do travesseiro, sem que eu estivesse em casa. E ele quase se convenceu. Saiu da sala e pareceu satisfeito, mas não estava. Logo surgiu de novo pela porta, com cara de poucos amigos, e disse:

"Mãe, pode me contar. Já está na hora de eu saber a verdade."

E então decidi ser franca:

"Então senta aqui perto. Precisamos ter uma conversa".

Foi assim que tirei a "fada do dente" de cena. Expliquei como trocávamos o dente por dinheiro. Contei do avô, da tia, do pai. Falei que éramos nós os benfeitores. Isso enquanto o garoto fazia cara de quem rememora. Ao final da conversa, tive dó do meu menino tão decepcionado, enganado e desiludido.Passados uns segundos, perguntei a ele:

"Tá triste? Preferia que a fada existisse?".

Ao que ele, sabiamente, me respondeu:

"É... eu tinha esperança de que um dia ela me pusesse debaixo do travesseiro uma nota de cem".

Menino inteligente. Ele sabe que agora as chances de ganhar seus cem contos são zero. Dei a ele uma nota de dois, só para manter a tradição, só que agora sem fake. A "fada do dente" já era.


Ana Elisa Ribeiro
Belo Horizonte, 7/9/2012


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando de Elisa Andrade Buzzo
02. Como medir a pretensão de um livro de Ana Elisa Ribeiro
03. O Carnaval que passava embaixo da minha janela de Elisa Andrade Buzzo
04. As palmeiras da Politécnica de Elisa Andrade Buzzo
05. Desdizer: a poética de Antonio Carlos Secchin de Jardel Dias Cavalcanti


Mais Ana Elisa Ribeiro
Mais Acessadas de Ana Elisa Ribeiro em 2012
01. Quero estudar, mas não gosto de ler. #comofaz? - 10/2/2012
02. Voltar com ex e café requentado - 13/1/2012
03. iPad pra todo mundo - 13/4/2012
04. Como amar as pessoas como se não houvesse amanhã - 9/11/2012
05. Fazer conta de cabeça e a calculadora - 10/8/2012


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PERTURBAÇÕES SONORAS NAS EDIFICAÇÕES URBANAS
WALDIR DE ARRUDA MIRANDA CARNEIRO
REVISTA DOS TRIBUNAIS
(2004)
R$ 30,00



GUIA HISTÓRICO DO ESPIRITISMO: O CENTENÁRIO DE CHICO XAVIER
EDITORA SAMPA
SAMPA
R$ 20,00



WOLVERINE Nº 97 - MARÇO / 2000 - O RESGATE DO PROFESSOR XAVIER
MARVEL COMICS
ABRIL
(2000)
R$ 7,00



GRANDE ENCICLOPÉDIA PORTUGUESA E BRASILEIRA VOL. 5 LISBO OLP
DIVERSOS AUTORES
EDIÇÕES ZAIROL
(1999)
R$ 45,00



APRENDA A INVESTIR COM SUCESSO EM AÇÕES
GIL ARI DESCHATRE E ARNALDO MAJER
CIÊNCIA MODERNA
(2006)
R$ 39,00



CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS
JOÃO PASSARELLI; EUNIR DE AMORIM BOMFIM
IOB
(2008)
R$ 25,00



PARANÓIA A SÍNDROME DO MEDO
STELLA CARR
FTD
(1993)
R$ 7,11



A MORENINHA
JOAQUIM MANUEL DE MACEDO
ATICA
(1982)
R$ 10,00



ESTILO DE ÉPOCA NA LITERATURA
DOMÍCIO PROENÇA FILHO
LICEU
(1973)
R$ 10,00



ÁTILA, VOCÊ É BÁRBARO
JAGUAR
SESI
(2014)
R$ 12,99





busca | avançada
36499 visitas/dia
1,2 milhão/mês