Entredentes, peça de Gerald Thomas | Jardel Dias Cavalcanti | Digestivo Cultural

busca | avançada
51300 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Terça-feira, 13/5/2014
Entredentes, peça de Gerald Thomas
Jardel Dias Cavalcanti

+ de 4400 Acessos

É preciso ter os nervos à flor de uma úlcera para saber que nada está tranquilo no reino da Dinamarca (Brasil). É preciso sair de dentro de uma boceta, renascer como astronauta vindo sabe-se lá de onde, ter sotaque português ou falar a língua de Beckett, Wagner e Joyce, para revelar isso aos brasileiros. É preciso estar intranquilo não só com nosso quintal, mas com todo o mapa das guerras e violências mundiais, com seus ódios religiosos, de raça e de gênero, com a insanidade do Capital e as burrices crônico-tecnológicas que assolam as vidas (des)humanas no mundo de hoje.

É preciso denunciar os muros, fazê-los cair, e abandonar a vida como um muro de lamentações. É preciso ter entrado em coma várias vezes, e quantas vezes for necessário, para cuspir sobre a acéfala sombra espúria das nossas massas silenciosas. É preciso perder a paz (mesmo que se coma e se trepe todo dia) ao esperar pela janela de nossa surrealidade aviões descerem com suas bombas de agonia sobre as cidades. Enfim, é preciso criar um teatro de nervos expostos e estômagos revirados, como o de Gerald Thomas, para olhar o monstro da insensatez humana (e, principalmente, a brasileira) na cara e dizer o que ele é.

Entredentes, sua nova peça, surpreende por várias razões. Por ser uma obra de arte completa, como sempre foi o propósito do dramaturgo e diretor, em que música, texto, performance de atores e imagem se configuram como criação em fluxo contínuo. Por não poupar a linguagem das dissonâncias textuais, por rir de si mesmo (exigência mínima do pensamento criativo), e por ser, antes de tudo, pessimista quanto ao destino humano (e, principalmente, o do nosso país).

A peça também é surpreendente na escolha dos atores: Ney Latorraca, Edi Botelho e a atriz portuguesa Maria de Lima. Enlouquecidos, incertos, colapsados, mancos, falastrões, interpretam de forma excepcional a insanidade do mundo e do Brasil, seja através das ações do próprio corpo alquebrado e ulcerado, seja sendo-se possuído por espíritos de porcos que os esquizofrenizam durante momentos da peça.

Momento forte da peça é quando a atriz Maria de Lima pragueja sem pudor sobre os espectadores-brasileiros, exibindo nossa desgraça, nossa insensatez, nossa burrice, nossa incapacidade de ter de fato uma história. Gerald fala através deste "outro" (a atriz) sobre suas próprias angústias diante do presente amorfo do Brasil. Não esconde a autoria da fala ("Esse texto quem escreveu não fui eu, foi o Gerald", diz a atriz no final de seu discurso visceral).

A mensagem de Entredentes (tem uma mensagem aqui?) pesa como a porrada de um Anderson Silva: nossa antropofagia não valeu de nada, sofremos ainda de complexo de vira-lata. Ignorantes, cegamos nosso olho diante da TV. Importamos seriados enlatados como última moda de um primeiro mundo kamikaze. Tudo vem do outro mundo como importação de receitas prontas, pasteurizadas.

Nosso brado forte, à margem de tudo, não deu em nada. Pecamos contra nós mesmos com um otimismo de perdedores (denunciado por Gerald Thomas na fala da atriz Maria de Lima e, em outro contexto, pelo historiador Carlos Fico no seu livro A invenção do otimismo no Brasil). Nossa história não cheira a sangue revolucionário. Não decapitamos nenhum político salafrário até hoje. Nos condenamos à ilusão sanguessuga de viver da vida dos outros, nas sucessivas e entorpecentes novelas que fabricam cidadãos acéfalos diariamente no país.

Valorizamos as desgraças, a estupidez, a burrice e a falta de caráter. Desde que haja bunda, novelas e carnaval... A forca que aparece no final da peça dá a medida de uma sugestão: colapsar-se é preciso! (Zweig suicidou-se em Petrópolis no dia em que a Europa afundava seu humanismo sob o nazismo e o Brasil comemorava tranquilamente seu carnaval).

O apelo dramático da peça é regulado principalmente pela música, pelo texto autofágico dos atores e, mais do que tudo, pelo andar capenga da atriz portuguesa, usando apenas um salto alto, talvez para revelar o quanto é manco todo discurso, sua impossibilidade diante de uma realidade absolutamente grosseira e insana.

Gerald Thomas não faz um teatro local, apesar das alfinetadas no Brasil (a escolha da música "Chão de estrelas", na abertura da peça, é significativa nesse sentido - ao alegorizar o Brasil como o "palhaço das perdidas ilusões"). Seu teatro discute os dramas universais, onde se perpassa os signos da vida humana (sair da boceta e cair nessa terra insana) e a construção dos signos da história (do Muro de Berlim ao Muro das Lamentações). Faz um teatro da linguagem, do jogo livre das associações estapafúrdias, e, discípulo de Freud que sempre parece ser, faz-se também um destruidor de ilusões. Mesmo assim, não se deixa amargurar enquanto autor e diretor teatral: faz rir, de todos e de tudo que diz. Diz com veemência, mas diz o que deve dizer: que o teatro é o lugar da invenção da linguagem fora do discurso corrente.

Suas aporias, como as de Beckett, ressoam o desejo de continuar: "Você precisa seguir adiante, eu não posso seguir, eu vou seguir adiante". Gerald não deixa o teatro, porque não quer deixar também de incomodar os idiotas.


Jardel Dias Cavalcanti
Londrina, 13/5/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Paixão: dor e êxtase de Jardel Dias Cavalcanti
02. Sabe-tudo dá plantão em boteco paulistano de Ana Elisa Ribeiro


Mais Jardel Dias Cavalcanti
Mais Acessadas de Jardel Dias Cavalcanti em 2014
01. Simone de Beauvoir: da velhice e da morte - 29/7/2014
02. O assassinato de Herzog na arte - 30/9/2014
03. As deliciosas mulheres de Gustave Courbet - 3/6/2014
04. A Puta, um romance bom prá cacete - 2/12/2014
05. Narciso revisitado na obra de Fabricius Nery - 11/3/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




EU NÃO CONSIGO EMAGRECER
DR PIERRE DUKAN
BEST SELLER
(2012)
R$ 39,90



A VIRGEM E O CIGANO
D. H. LAWRENCE
CÍRCULO DO LIVRO
(1975)
R$ 29,90



ECONOMIA
PAUL WONNACOTT / RONALD WONNACOTT
MAKRON BOOKS
(1994)
R$ 10,00



DIREITO & JUSTIÇA VOL 39 NÚMERO 1 JAN/JUN
PUC RIO GRANDE DO SUL
EDIPUCRS
(2013)
R$ 15,00



NOVO NASCIMENTO
BISPO MACEDO
UNIPRO
(2009)
R$ 5,90



SUCESSO ESCOLAR
MÁRIO DE NORONHA E ZÉLIA DE NORONHA
PLÁTANO
(1998)
R$ 17,86



CONTRATO
LUIZ ROLDÃO DE FREITAS GOMES
RENOVAR
(1999)
R$ 24,95



UM LUGAO AO SOL
ERICO VERISSIOM
GLOBO
(1982)
R$ 13,39



DOM CASMURRO
MACHADO DE ASSIS
CIRANDA CULTURAL
(2006)
R$ 25,00
+ frete grátis



ACENTOS DEL ESPANOL 4
ARANCHA PABLOS ZUNIGA
EDELVIVES
(2014)
R$ 20,00





busca | avançada
51300 visitas/dia
1,8 milhão/mês