O momento do cinema latino-americano | Humberto Pereira da Silva | Digestivo Cultural

busca | avançada
50081 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Balé de repertório, D. Quixote estará no Teatro Alfa dia 27/1
>>> Show de Zé Guilherme no Teatro da Rotina marca lançamento do EP ZÉ
>>> Baianas da Vai-Vai são convidadas de roda de conversa no Teatro do Incêndio
>>> Airto Moreira e Flora Purim se despedem dos palcos em duas apresentações no Sesc Belenzinho
>>> Jurema Pessanha apresenta sambas clássicos e contemporâneos no teatro do Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> O melhor da Deutsche Grammophon em 2021
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
Últimos Posts
>>> Brega Night Dance Club e o afrofuturismo amazônico
>>> Fazer o que?
>>> Olhar para longe
>>> Talvez assim
>>> Subversão da alma
>>> Bons e Maus
>>> Sempre há uma próxima vez
>>> Iguais sempre
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Na minha opinião...
>>> Tempo vida poesia 4/5
>>> Torce, retorce, procuro, mas não vejo...
>>> Lambidinha
>>> Lambidinha
>>> 12 tipos de cliente do revisor de textos
>>> A Grande História da Evolução, de Richard Dawkins
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Malcolm, jornalismo em quadrinhos
>>> PETITE FLEUR
Mais Recentes
>>> Jogos para a Estimulação das Múltiplas Inteligências de Celso Antunes pela Vozes (1999)
>>> Por Amor de Nossos Filhos - de Dietmar Rost pela Paulinas (1985)
>>> O jogo do anjo de Carlos Ruiz Zafón pela Objetiva (2011)
>>> Reflexões Sobre O Ensino Da Leitura E Da Escrita de Ana Teberosky e Beatriz Cardoso pela Unicamp (1991)
>>> Reflexões Sobre O Ensino Da Leitura E Da Escrita de Ana Teberosky e Beatriz Cardoso pela Unicamp (1991)
>>> Os 100 Segredos dos Bons Relacionamentos de Davd Niven pela Sextante (2003)
>>> Minha Vida de Walter Sandro pela Wgs Group (2004)
>>> Minha Vida de Walter Sandro pela Wgs Group (2004)
>>> Apologia de Sócrates-Banquete-Platão de Platão pela Martin Claret (2008)
>>> Manual de Direito Penal volume 3 de Julio Fabbrini Mirabete pela Atlas (1987)
>>> Motivação e Sucesso de Walter Sandro pela Wgs Group (1990)
>>> Manual de Direito Penal volume 2 de Julio Fabbrini Mirabete pela Atlas (1987)
>>> Cigarros Coleção Doutor Drauzio Varella de Drauzio Varella pela Gold (2009)
>>> Teoria Geral da Administração de Antonio Cesar Amaru Maximiano pela Atlas (2000)
>>> Matemática Financeira de João Carlos dos Santos pela Educacional (2015)
>>> Contabilidade de Gisele Zanardi P Wagner Luiz V Willian F dos Santos pela Educacional (2015)
>>> Elementos de Direito Constitucional de Michel Temer pela Revista Dos Tribunais (1983)
>>> Solanin 2 - Pocket de Inio Asano pela L&pm Pocket (2006)
>>> Niño y adolescentes creciente en contextos de pobreza de Irene Rizzini, Maria Helena Zamora e Ricardo Fletes Corona pela Puc (2006)
>>> Solanin 1 - Pocket de Inio Asano pela L&pm Pocket Manga (2006)
>>> 25 Anos do Menino Maluquinho - Já? Nem Parece! de Ziraldo pela Globinho (2006)
>>> Todos os Milhões do Tio Patinhas - Volume 1 de Vitaliano; Fausto pela Panini Comics (2020)
>>> Chavez Nuestro de Rosa Miriam Elizalde e Luis Báez pela Abril
>>> Nos labirintos da moral de Mario Sergio Cortella e Yves de La Taille pela Nos labirintos da moral (2005)
>>> Minha Imagem -Romance Espirita de Schellida / Eliana Machado Coelho pela Lumen (2013)
COLUNAS

Quarta-feira, 11/6/2014
O momento do cinema latino-americano
Humberto Pereira da Silva

+ de 4000 Acessos

Nos anos recentes o cinema argentino despontou e se firmou entre aficionados e os mais importantes críticos de cinema brasileiros. Em conversas soltas e de ocasião, manifestações de entusiasmo pelos filmes portenhos, tanto quanto comparações com a chamada "Retomada" de nosso cinema: os filmes deles são melhores que os nossos.

E, assim, para segmento de público que corre de blockbusters e pasmaceiras passionais que revisitam Sessão da Tarde, se impuseram nomes como Lucrécia Martel, Pablo Trapero, Daniel Burman, Marcelo Piñeyro e o ator Ricardo Darín. O Oscar de melhor filme estrangeiro para O Segredo dos Seus Olhos (2010), de Juan Jose Campanella, foi a afirmação argentina para um público que frequenta o circuito comercial e é, digamos, plugado no momento.

Com menos penetração no circuito comercial que os argentinos, os filmes chilenos de anos recentes também têm cativado. O nome mais destacado é Andrés Wood, que teve aqui exibido seu comovente Machuca (2004), um olhar de crianças de classes sociais distintas no espaço escolar pouco antes do golpe que levou o general Pinochet ao poder. Do mesmo Wood, para um público mais seleto, foi vista a cinebiografia de Violeta Parra, Violeta Foi para o Céu (2011), um dos maiores símbolos culturais chilenos.

E assim, como os argentinos, os chilenos ganham espaço, despertam atenção de público e crítica entre as produções latinas. A comprovação da força do recente cinema chileno se deu com a premiação de Glória(2014), como melhor filme na primeira edição do Prêmio Platino do Cinema IberoAmericano.

Mas o que realmente surpreendeu na acolhida de público e crítica no circuito comercial brasileiro neste ano foi a presença da Venezuela e do Paraguai, respectivamente com Pelo Malo, de Mariana Rondón, e 7 Caixas, de Juan Carlos Maneglia. Não se trata, aqui, de pensar que os filmes venezuelano e paraguaio trazem inovações, que abram discussões sobre linguagem, ou mesmo indiquem rumos, orientações, mas sim de pensá-los como fenômenos. Vale dizer: suspeito que a recepção desses filmes tem a ver com certo cansaço de enlatados americanos, tanto quanto com a necessidade de abertura para filmografias que não fazem parte do circuito convencional.

Mutatis mutandi, Pelo Malo e 7 Caixas, enquanto fenômenos culturais, estão para os dias de hoje como Carlota Joaquina (1995), de Carla Camurati, para a Retomada do cinema brasileiro em meados da década de 1990. Filmes de que não se tem expectativa prévia de recepção, mas que acabam se projetando, como fenômenos, para além do esperado. Deixam assim registro de um momento, para muitos aqui no Brasil que jamais viram um filme da Venezuela ou do Paraguai.

Nisso, bem entendido, nenhum juízo negativo, mas a compreensão de que certos filmes despontam e se inserem num momento em que o dado cultural fala mais alto que o propriamente artístico. O sentido da recepção de Pelo Malo e 7 Caixas, portanto, tem a ver com o clima favorável a recepção de filmes latino-americanos. É esse o sentido para a atual exibição em circuito comercial do drama mexicano Heli, de Amat Escarlante.

E assim, nesse clima favorável à voga de filmes latino-americanos no circuito brasileiro, espera-se o argentino Relatos Salvages, de Damián Szifron. Recentemente exibido em Cannes, com boa acolhida da crítica, tem o astro Ricardo Darín como protagonista. Por se tratar fundamentalmente de fenômenos culturais, ficar no ar então, a expectativa de novos filmes da Venezuela e o Paraguai. E, por que não, da Colômbia, Peru...

O que entendo ser oportuno destacar é que a presença de filmes como Pelo Malo e 7 Caixas sinalizam para um momento de diversidade, um momento de proximidade com filmografias ao lado, mas que praticamente não eram vistas. Entendo também como oportuno destacar que, com filmes assim, o cinema se oferece como veículo de expressão para olharmos e confrontarmos experiências que, para além do evento cultural, abram caminhos para o entendimento de que partilhamos um destino social e político comum na periferia do mundo globalizado.


Humberto Pereira da Silva
São Paulo, 11/6/2014


Mais Humberto Pereira da Silva
Mais Acessadas de Humberto Pereira da Silva em 2014
01. Tectônicas por Georgia Kyriakakis - 13/8/2014
02. O medo como tática em disputa eleitoral - 8/10/2014
03. Gustavo Rezende: uno... duplo... - 22/1/2014
04. Monticelli e a pintura Provençal no Oitocentos - 5/2/2014
05. O momento do cinema latino-americano - 11/6/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Português Linguagens 7ª Série Manual Professor
Willian Roberto Cereja Thereza Cochar Magalhães
Atual
(2006)



Economia Bandida (lacrado)
Loretta Napoleoni
Bertrand Brasil
(2010)



DEF 2000/01 Dicionário de Especialista farmacêuticas
Não informado
Jornal Brasileiro de Medicina
(2000)



Finanças Corporativas
José Carlos Franco de Abreu Filho
Fgv
(2008)



Teoria do Reforço para Professores
Madeline Hunter
Vozes
(1981)



Guerra Civil
Stuart Moore
Novo Século
(2016)



Como Lidar com a Mídia
Paulo Henrique Amorim
Geração
(2019)



Completa Biblioteca do Ensino Atual - História, Soc., Filos e Psic.
Não informado
Difusão Cultural do Livo
(2006)



O Caso - Sem Aviso - O Bagalô - Segundas Chances
r Lee Child - David Rosenfelt - Sarah Jio - Nick Trout
Seleções Reader`s Digest
(2015)



Brasil Iluminado
Gustavo Soares
Arteensaio
(2011)





busca | avançada
50081 visitas/dia
1,9 milhão/mês