E Foram Felizes Para Sempre | Marilia Mota Silva | Digestivo Cultural

busca | avançada
30196 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quarta-feira, 3/2/2016
E Foram Felizes Para Sempre
Marilia Mota Silva

+ de 2400 Acessos

Casaram-se e foram felizes para sempre! Assim terminavam os contos-de-fadas e os romances para moças, até há pouco tempo.

Mentira, os mais velhos sabiam, mas era uma mentira necessária para a manutenção da família, da estrutura social, econômica e cultural baseada na exploração e subordinação da mulher .

Marx e Engels reconheciam que o trabalho da mulher na produção da mão-de-obra (através da reprodução) e na sua manutenção (sendo esposa e mãe), estava na base de toda a atividade econômica. E não era remunerado. Reconheciam, mas deixaram de lado o assunto, a mais fundamental luta de classes. Afinal eram homens, e o patriarcalismo lhes atendia bem.

De forma que as jovens recebiam doses reforçadas de ilusão romântica e, se não bastasse, a ameaça de desvalorização pessoal, marginalização social e penúria financeira caso ficassem solteiras, o que as levava a buscar o casamento a qualquer custo.

Um sistema social e a cultura que lhe dá sustentação mudam lentamente. Ainda hoje muita gente sonha encontrar sua alma gêmea, a companhia perfeita, eficiente, bondosa, capaz de tolerar todos os seus defeitos e, mais importante ainda, que se manterá sexualmente desejante e atraente ao longo dos anos, por toda a vida.

Parece que, de fato, há bons casamentos, casais que continuam se amando depois de décadas de convivência. São raridade.

O segredo é ter baixas expectativas, avisam os que entendem do assunto. Mas baixas até que ponto? Até se sentir imune à rotina, à solidão, ao tédio, ao celibato indesejado?

Resta o impasse: monogamia, lealdade, amor, amizade...ou a vida vivida em toda a sua verdade e intensidade? Fidelidade a si mesmo ou frustração? Paixão, alegria ou estoicismo? Não há caminho fácil.

O divórcio traz perdas graves, família quebrada, amigos que se afastam, a memória de nós mesmos, dos sonhos vividos a dois, de uma história construida com amor e confiança.

E os filhos, a parte mais importante da equação, sofrem também as consequências dessa instabilidade. Sofrem mais ainda quando, por qualquer motivo, até pela narrativa romântica, os pais vivem juntos, mas frustrados, ressentidos. Não haveria um sistema que se adequasse mais à realidade do que somos? Que permitisse uma vida plena, afetuosa, genuína, sem hipocrisia? Sociólogos, cientistas políticos, antropólogos, psicólogos se debruçam sobre o assunto.

Nessa busca de inspiração e modelos, uma pequena etnia chinesa tornou-se um ponto de atração e pesquisa para estudiosos e turistas do mundo inteiro.

Os Mosuo, que vivem junto ao lago Lugu entre as províncias de Yunnan e Sichuan, perto da fronteira com o Tibet, tem uma vida familiar harmoniosa, e não tem casamento como os nossos. Em sua tradição, marido e esposa não vivem juntos criando os filhos. O homem apenas visita a mulher em seu quarto, para efeitos de gratificação sexual e procriação. Ele chega depois de escurecer e volta para casa de manhãzinha. É o tiesese, mal traduzindo, casamento de visitas.

Quando uma mulher ou homem manifestam interesse um no outro, cabe à mulher permitir ao homem que a visite. Mulheres e homens podem ter quantos parceiros sexuais desejarem, simultaneamente e ao longo da vida. Não é mais realista, com mais chances de harmonia?

Os filhos desse relacionamento são criados pela mãe, tios, tias e avós do lado materno. Ou seja, os tios criam os sobrinhos. O pai pode manifestar interesse na criação de seu filho trazendo presentes para a familia da mãe. Isso lhe garante algum status na familia, mas não o direito de fazer parte dela.

Homens e mulheres vivem toda a vida nas casas em que nasceram e são responsáveis pelas respectivas famílias, que se compõe de várias gerações: bisavós, avós, pais, filhos, netos, tias, tios, sobrinhos.

A harmonia em familia é o valor supremo, acima inclusive das relações conjugais. Essa é uma sociedade matrilineal; as crianças recebem o sobrenome das mães e preferem-se filhas a filhos.

Chuan-Kang Shihh, estudioso dos Mosuo e professor de Antropologia na Universidade da Florida, diz que o sistema se fundamenta na crença de que as mulheres são mais capazes que os homens, mental e mesmo fisicamente. Eles também acreditam que tudo de valor que há no mundo veio de uma mulher. Todos os deuses homens são secundários em relação à Deusa.

"O sistema faz todo o sentido quando se pensa como as famílias tem que conjugar estabilidade doméstica, desejo sexual e os interesses dos filhos", diz Judith Stacey, professora de sociologia na NY University, que escreveu um livro sobre os Mosuo.

Faz sentido, mas pressupõe o matriarcado, em aspectos básicos, e estamos longe disso. Mesmo assim não custa examinar tradições que nos parecem exóticas, já que as nossas próprias agonizam.


Marilia Mota Silva
Washington, 3/2/2016


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Como medir a pretensão de um livro de Ana Elisa Ribeiro
02. Imprimam - e repensem - suas fotografias de Ana Elisa Ribeiro
03. O quanto podemos compreender de Guilherme Carvalhal
04. Antes que seque de Guilherme Pontes Coelho
05. Sinédoque São Paulo de Duanne Ribeiro


Mais Marilia Mota Silva
Mais Acessadas de Marilia Mota Silva em 2016
01. Nós o Povo - 6/4/2016
02. Eleições nos Estados Unidos - 10/8/2016
03. Ah!... A Neve - 9/3/2016
04. Preparar Para o Impacto - 16/11/2016
05. E Foram Felizes Para Sempre - 3/2/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




EMPREGABILIDADE - O CAMINHO DAS PEDRAS - 2ª EDIÇÃO
JOSÉ AUGUSTO MINARELLI (AUTOGRAFADO)
GENTE
(1995)
R$ 8,00



VIDAS SECAS
GRACILIANO RAMOS
RECORD
(2004)
R$ 19,00



WORLD WAR II AND THE AMERICAN DREAM: HOW WARTIME BUILDING
MARGARET CRAWFORD, PETER S. REED E OUTROS
MIT PRESS
(1995)
R$ 85,28



ATLAN EM PERIGO P 90
PERRY RHODAN
EDIÇÕES DE OURO
(1978)
R$ 15,00



NAS TRAMAS DA EMOÇÃO
MARGARIDA PATRIOTA
FTD
R$ 8,00



CARAPUÇAS/O DOMINGO/DIA DE FINADOS - ARTHUR AZEVEDO (POESIA BRASILEIRA)
ARTHUR AZEVEDO
INL/MINC
(1989)
R$ 12,00



UMA LIÇÃO ANTES DE MORRER
ERNEST J. GAINES
BERTRAND
(2009)
R$ 12,00



OS GRANDES HUMANISTAS DESMOND TUTU
DAVID WINNER
GLOBO
(1989)
R$ 14,90



A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE ARTE
MARIA CRISTINA DA ROSA
INSULAR
(2005)
R$ 145,00
+ frete grátis



ENCICLOPÉDIAS
GRANDE ENCICLOPÉDIA PORTUGUESA E BRASILEIRA VOL. 26 RODRI SANCH
EDITORIAL ENCICLOPÉDICA
(1998)
R$ 45,00





busca | avançada
30196 visitas/dia
1,4 milhão/mês