Eleições nos Estados Unidos | Marilia Mota Silva | Digestivo Cultural

busca | avançada
96458 visitas/dia
2,3 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Com 21 apresentações gratuitas, FLOW Literário aborda multi linguagens da literatura
>>> MASP, Osesp e B3 iniciam ciclo de concertos online e gratuitos
>>> Madeirite Rosa apresenta versão online de A Luta
>>> Zeca Camargo participa de webserie sobre produção sustentável de alimentos
>>> Valéria Chociai é uma das coautoras do novo livro Metamorfoses da Maturidade
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Janelário
>>> A vida é
>>> (...!)
>>> Notívagos
>>> Sou rosa do deserto
>>> Os Doidivanas: temporada começa com “O Protesto”
>>> Zé ninguém
>>> Também no Rio - Ao Pe. Júlio Lancellotti
>>> Sementinas
>>> Lima nova da velha fome
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Entrevista com Rogério Pereira
>>> Bafana Bafana: very good futebol e só
>>> Suspense, Crimes ... e Livros!
>>> Entrevista com Michel Laub
>>> Mensagem do Papai Noel
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Se você quer ser minha namorada
>>> Sem música, a existência seria um erro
>>> Gatos em contos mínimos
Mais Recentes
>>> Memórias do Marechal Montgomery 2 de Bernard L. Montgomery pela Biblioteca do Exército (1976)
>>> Os Dois Pinhões de Neli de Oliveira Melo Sicuro pela Uniporto (2009)
>>> Pingouin de Pingoin pela Pingouin (1987)
>>> Tudo Sobre the Walking Dead de Paul Vigna pela Pixel (2017)
>>> Siderurgia de Luiz Araujo pela FTD (1967)
>>> O Livro dos Nãos do Menino Maluquinho de Ziraldo pela Ediouro
>>> Scorpions de Herman Rarebell - Michael Kbikorian pela Panda Bolso (2012)
>>> Condutas em Doenças Infecciosas de Heloisa Melo pela Medsi (2004)
>>> 10 Princípios Básicos para Educar Seus Filhos de Laurence Steinberg pela Sextante (2005)
>>> Razão e Sensibilidade de Jane Austen pela Ciranda Cultural (2018)
>>> A Irmandade dos Nazarin - o Prelúdio do Terror de Walmir José Soares pela Artexpressa (2016)
>>> O Cortiço Tomo I Biblioteca de Ouro da Literatura Universal 6 de Aluísio Azevedo pela Minha (1988)
>>> Nunca Fui Santo - o Livro Oficial do Marcos de Mauro Beting; Marcos Reis pela Universo dos Livros (2012)
>>> Ninguém Quer um Coração de J M Simmel pela Nova Fronteira (1979)
>>> Comunicação Global o Poder da Influência de Lair Ribeiro pela Leitura (2002)
>>> Nossos Filhos São Espíritos de Herminio C. Miranda pela Lachatre
>>> Scorpions de Herman Rarebell - Michael Kbikorian pela Panda Bolso (2012)
>>> Escolhas Difíceis de Hillary Rodham Clinton pela Globo Livros (2016)
>>> Pais Brilhantes Professores Fascinantes de Augusto Cury pela Sextante (2003)
>>> O Livro da Felicidade de Sua Santidade o Dalai Lama pela Pocket Ouro
>>> Scorpions de Herman Rarebell - Michael Kbikorian pela Panda Bolso (2012)
>>> O Guarani Série Bom Livro de José de Alencar pela Atica (1999)
>>> Manual do Horóscopo Chinês de Theodora Lau pela Pensamento
>>> Scorpions de Herman Rarebell - Michael Kbikorian pela Panda Bolso (2012)
>>> Capitão Cueca e o Ataque das Privadas Falantes de Dav Pilkey pela Cosac & Naify (2001)
COLUNAS

Quarta-feira, 10/8/2016
Eleições nos Estados Unidos
Marilia Mota Silva

+ de 3300 Acessos

Ninguém levou a sério quando Trump anunciou que disputaria a Presidência dos Estados Unidos; nem seu partido, nem os democratas. Com aquele rosto alaranjado (bronzeamento artificial?), o topete de fios dourados armado laboriosamente sobre a testa, careteiro, desaforado, dizendo bobagem a cada vez que abria a boca, ele parecia inofensivo. E mesmo útil. Um personagem assim, disposto a quebrar o verniz do politicamente correto, daria voz ao medo, à raiva, aos preconceitos fortemente censurados pela cultura vigente, mas ainda assim vivos e enraizados na sociedade. Com seu jeito histriônico, de programa de tevê, acrescentaria humor à aridez dos debates.

A midia acolheu com gosto a novidade divertida, só dava Trump nos programas de entrevista, nos jornais, nas redes sociais. Se era publicidade o que queria, publicidade internacional gratuita, ponto pra ele: tinha conseguido.

Aí vieram as convenções do Partido em cada Estado, e Trump se comportou como esperado, ofendendo gratuitamente uns e outros, alienando milhões de eleitores sem pesar as palavras e, mesmo assim, começou a conquistar vitórias. Analistas surpresos se debruçaram sobre o fenômeno. Produziram análises, críticas, conselhos. Trump continuou olímpico, sem mudar estilo ou repertório e liquidou os demais candidatos.

Hoje desorientados líderes republicanos se perguntam o que aconteceu: Como foi que um empresário de imóveis que se gaba de ter declarado falência várias vezes, que exagera, mente e instiga ódio, medo e preconceito, que ameaça o mundo com suas bravatas e ignorância geopolítica, venceu políticos profissionais, senadores, ex-governadores, inclusive um Jeb da dinastia Bush! Falam em quebra do Partido, relutam em endossar um candidato que não representa os valores republicanos.

Que valores seriam esses? Não os mesmos dos tempos de Abraham Lincoln. Um rápido perfil dos outros candidatos dá uma ideia do que ser republicano representa hoje. Recorro aqui, pra resumir o assunto, a um artigo do jornalista Elliot Weinberger que analisou a questão com humor irretocável: Por que escolheram Trump, quando havia tantos candidatos? Como resposta ele apenas cita alguns dados sobre cada candidato.

Rick Santorum, por exemplo, um veterano: concorreu com Mitt Romney nas primárias de 2012. Senador por Pensilvania. Ele se opõe a qualquer método de controle da natalidade, mesmo entre casados. Tem sete filhos e nenhum vai pra escola (são ensinados em casa pela mãe). Diz que educação não é pra ser dada por empregados do governo e sim pela família. Diz que criança gerada num estupro é presente de Deus. Assinou uma declaração escrita por um grupo religioso Family Leader, onde se afirma que a vida dos afro-americanos era melhor sob o regime de escravidão. Diz que a separação entre Igreja e Estado é coisa de comunista. Quando Obama propôs um plano para tornar a universidade mais acessível a todos, ele disse que Obama era um esnobe.

Outro candidato, Rick Perry, ex-governador do Texas. Seu próprio "território de caça de verão" se chama Nigerhead. Nem precisa tradução. Ele diz frases como: "Eu felizmente me agarro com minhas armas e meu Deus, muito embora Presidente Obama, com seu coração elitista, pense que isso é coisa de gente simplória". Ele ia bem nas pesquisas, quando, num debate, disse que eliminaria três agências do governo, mas não conseguiu se lembrar qual seria a terceira.

Outro concorrente era Obby Jindal, ex-governador de Luisiana, que quebrou as finanças do Estado quando cortou drasticamente os impostos sobre os ricos. Para compensar a perda de impostos, ele cortou em 80% o orçamento para a educação. Embora Luisiana seja um dos estados mais pobres do país, ele recusou fundos federais de centenas de milhões de dólares para saúde e educação. Disse que há partes da Europa onde não se deve ir, lugares que estão sob a lei da "Sharia", mas numa entrevista na televisão não soube dar um exemplo de que lugares seriam esses.

Outra forte candidata era Carly Fiorina. Ela foi CEO da Hewlett- Packard, demitiu 30 mil empregados, aumentou o débito da companhia, as ações despencaram na bolsa, e ela foi demitida. Ela ia bem nas pesquisas, mas perdeu pontos quando começou a insistir que tinha visto um video em que membros da Planned Parenthood ( Controle da Natalidade) discutiam a venda de órgãos de fetos: Eu desafio Hillary e Obama a ver um desses videos, ela dizia. Vejam um feto completamente formado sobre a mesa, seu coração batendo, suas pernas chutando, enquanto alguém diz que devem mantê-lo vivo para aproveitar seu cérebro. Nenhum grupo anti-aborto, nem o mais virulento deles, conseguiu encontrar uma cópia do tal video.

Outro: Rand Paul, senador por Kentucky. Rand se opõe a qualquer interferência do governo seja no controle da venda de armas, na saúde, na ajuda aos pobres, na manutenção dos direitos civis, na proteção do meio ambiente. É o libertarianismo total. Exceto....claro, o aborto. Nesse caso, sobre o corpo das mulheres, o governo teria o direito de mandar.

Todos os outros seguem nessa linha, Marco Rubio, Ted Cruz, filhos de cubanos, era de se esperar que fossem mais sensíveis aos imigrantes, aos problemas sociais, mas não, todos a mesma coisa, difícil separar joio do joio.

Nesse contexto, a vitória de Trump faz sentido. Ele apenas interpreta o momento. Como disse George Orwell, não são os líderes que criam os movimentos (sociais), são os movimentos que criam os líderes.

Até há poucos dias, Trump estava forte na corrida, com grandes chances de se tornar Presidente. O que o fez despencar nas pesquisas foi esse namoro com Putin.

Ele ter pedido à Russia para 'hackear" e publicar os emails de Hillary, encorajando outro país a espionar a correspondência da Secretaria de Estado, desanimou, pelo visto, boa parte dos seus admiradores. Por enquanto, o único que conseguiu derrubar Trump foi ele mesmo. Mas as eleições estão longe ainda, e até novembro tudo pode acontecer. Rezemos.


Marilia Mota Silva
Washington, 10/8/2016


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Desejo de Status de Fabio Silvestre Cardoso
02. Vidas Secas e o nosso atraso histórico de Márcio Salgues


Mais Marilia Mota Silva
Mais Acessadas de Marilia Mota Silva em 2016
01. Nós o Povo - 6/4/2016
02. Eleições nos Estados Unidos - 10/8/2016
03. Ah!... A Neve - 9/3/2016
04. Preparar Para o Impacto - 16/11/2016
05. E Foram Felizes Para Sempre - 3/2/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Vargas de São Borja a São Borja
Manoel Hygino dos Santos
Do Autor
(2009)
R$ 5,90



Enfim Sós!...
Márcia Leite
Scipione
R$ 5,00



Uma letra da torá
Rabino Jonathan Sacks
Sêfer
(2002)
R$ 95,00



Bonjour Vovo
Leny Werneck
Salamandra
(1992)
R$ 5,87



Dicionário Biográfico Volume 2
Edit Abril
Abril
(1972)
R$ 5,00



Fuga - Série Ilha
Gordon Korman
Arx
(2003)
R$ 5,00



A lição final
Randy Pausch
Agir
(2008)
R$ 10,00



Rumo ás Estrelas
Divaldo Pereira Franco
Ide
(1992)
R$ 10,00



A Guerra dos Holandeses - Guerras e Revoluçoes Brasileiras
Pedro Puntoni
Atica
(1995)
R$ 12,10



Nacionalizações e Privatizações em Portugal
António Martins da Silva
Minerva
(1997)
R$ 83,70





busca | avançada
96458 visitas/dia
2,3 milhões/mês