'O sal da terra': um filme à margem | Humberto Pereira da Silva | Digestivo Cultural

busca | avançada
69585 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Pauta: E-books de Suspense Grátis na Pandemia!
>>> Hugo França integra a mostra norte-americana “At The Noyes House”
>>> Sesc 24 de Maio apresenta programação de mágica para toda família
>>> Videoaulas On Demand abordam as relações do Homem com a natureza e a imagem
>>> Irene Ravache & Alma Despejada na programação online do Instituto Usiminas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
>>> Filmes de guerra, de outro jeito
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Além do mais
>>> Adeus, Orkut
>>> Sabe como é, pode rolar...
>>> Zeitgeist
>>> 9° Festival Internacional do Documentário Musical
>>> Até Faustão apoia os protestos
>>> Zastrozzi
>>> Direita, Esquerda ― Volver!
>>> Como os jornais vão se salvar
>>> É Julio mesmo, sem acento
Mais Recentes
>>> Freud e a Educação - O Mestre do Impossível de Maria Cristina Kupfer pela Scipione (1997)
>>> Freud Antipedagogo de Catherine Millot pela Jorge Zahar (1987)
>>> Formação de professores indígenas: repensando trajetórias de Luis Donizete Benzi Grupioni (Org.) pela Unesco/Secad (2006)
>>> O Freudismo de Mikhail Bakhtin pela Perspectiva (2001)
>>> De Piaget a Freud - A (Psico)Pedagogia Entre o Conhecimento e o Saber de Leandro de Lajonquière pela Vozes (1998)
>>> Uma Breve História do Mundo de Geofrey Blainey pela Fundamento (2007)
>>> Piaget - O Diálogo com a Criança e o Desenvolvimento do Raciocínio de Maria da Glória Seber pela Scipione (1997)
>>> Cem Anos Com Piaget – Substratum Artes Médicas – Volume 1, Nº 1 de Ana Teberosky e Liliana Tolchinsky pela Artes Médicas (1997)
>>> Você e eu- martin buber, presença palavra de Roberto Bartholo Jr. pela Garamond (2001)
>>> Piaget - Experiências Básicas Para Utilização Pelo Professor de Iris Barbosa Goulart pela Vozes (1998)
>>> Revisitando Piaget de Fernando Becker e Sérgio Roberto K. Franco (Org.) pela Mediação (1998)
>>> Eu e Tu de Martin Buber pela Centauro (2001)
>>> Jean Piaget Sobre a Pedagogia - Textos Inéditos de Silvia Parrat e Anastasia Tryphon (Org.) pela Casa do Psicólogo (1998)
>>> Cinco Estudos de Educação Moral de Jean Piaget, Maria Suzana de Stefano Menin, Ulisses Ferreira de Araújo, Yves de La Taille, Lino de Macedo (Org) pela Casa do Psicólogo (1996)
>>> Percursos Piagetianos de Luci Banks-Leite (Org.) pela Cortez (1997)
>>> Piaget e a Intervenção Psicopedagógica de Maria Luiza Andreozzi da Costa pela Olho D'Água (1997)
>>> Fazer e Compreender de Jean Piaget pela Melhoramentos (1978)
>>> Dicionário do Renascimento Italiano de John R. Hale pela Jorge Zahar (1988)
>>> A Tomada de Consciência de Jean Piaget pela Melhoramentos (1978)
>>> Psicologia e Pedagogia de Jean Piaget pela Forense Universitária (1998)
>>> Dicionário Temático do Ocidente Medieval de Jacques Le Goff & Jean-Claude Schmitt pela Edusc (2002)
>>> Como Orientar a Criança Excepcional - vol. 8 - Curso de Orientação Educacional de Jay Aruda Piza pela Pontes (2020)
>>> O Estruturalismo de Jean Piaget pela Difel (1979)
>>> Higiene Mental das Crianças e Adolescentes- vol. 7 - Curso de Orientação e Educacional de Dep. de Instrução Pública de Genebra pela Ponte (1972)
>>> O Pós-dramático de J. Guinsburg e Silvia Fernandes pela Perspectiva (2009)
>>> Poesia soviética de Lauro Machado Coelho pela Algol (2007)
>>> Pétala Soletrada pelo Vento de Mariayne Nana pela Urutau (2018)
>>> Tomidez e Adolescência vol. 6 - Curso de Orientação Educacional de Jean Lacroix pela Pontes (1972)
>>> Ensaios Reunidos (1946-1971), V. 2 de Otto Maria Carpeaux pela Topbooks (2005)
>>> Como compreender seu Potencial de Myles Munroe pela Koinonia Comunidade (1995)
>>> Louvai a Deus Com Danças de Isabel Coimbra pela Profetizando Vida (2000)
>>> A missão de Interceder de Durvalina B. Bezerra pela Descoberta (2001)
>>> O Contrabandista de Deus de Irmão André. John e Elizabeth Sherrill pela Betânia (2003)
>>> Ensaios Reunidos 1942 - 1978 Vol. 1 de Otto Maria Carpeaux pela Topbooks (1999)
>>> O Dízimo e o Sábado não são Cristãos de Fernando César Roelis Padilha pela Xxxxxxxxxxxx (1995)
>>> Socorro, Temos Filhos! de Dr. Bruce Narramore pela Mundo Cristão (1992)
>>> Fale a verdade consigo mesmo de Willian Backus Marie Chapian pela Betânia (1989)
>>> Como controlar as Tensões no Camento de Bill e Vonette Bright pela Candeia (1990)
>>> Satanás está vivo e Ativo no planeta terra de Hal Lindsey pela Mundo Cristão (1981)
>>> Venha O Teu Reino de David W. Dyer pela Ministério Grão de trigo (1985)
>>> Eu, um Servo? Você está Brincando! de Charles Swindoll pela Betânia (1983)
>>> Que Há Por Trás Da Nova Ordem Mundial? de E. G. White pela Vida Plena (1995)
>>> Cerco de Jericó a caminho da vitoria de Pe. Alberto Gambarini pela Ágape (2005)
>>> Comunicação a Chave para o Seu Camento de H. Norman Wright pela Mundo Cristão (1983)
>>> Princípios de Interpretação da Bíblia de Walter A. Henrichsen pela Mundo Cristão (1983)
>>> Apocalipse versículo por versículo de Severino Pedro da Silva pela Cpad (1985)
>>> Boas Esposas de Louisa May Alcott pela Principis (2020)
>>> O que o Ato Conjugal significa para o Homem de Tim e Beverly LaHaye pela Betânia (2020)
>>> Crime e Castigo de Fiódor Dostoiévski pela Principis (2020)
>>> Satanismo de Daniel e Isabela Mastral pela Xxxxxxxxxxxx (2001)
COLUNAS

Quarta-feira, 27/6/2012
'O sal da terra': um filme à margem
Humberto Pereira da Silva

+ de 7100 Acessos

"O sal da terra", filme americano de 1954, foi lançado recentemente em DVD pela Platina Filmes. Por aqui, o lançamento não mereceu destaque nos cadernos de cultura dos principais jornais. Para a maioria das pessoas esse filme, apesar da celeuma quando de seu lançamento, permanece desconhecido. As razões são as mais variadas. Algumas indicações serão sugeridas adiante.

Antes, porém, por que "O sal da terra" gerou celeuma em 1954? Lembremos que os anos 50 são marcados pela Guerra Fria e, nos EUA, pelo macarthismo e a lista negra de artistas identificados com a ideologia comunista. Nesse período de "caça às bruxas", figuram diretores, e atores hollywoodianos importantes. O caso mais famoso é o do cineasta Elia Kazan, que, convocado a depor, teria delatado alguns de seus colegas. É nesse momento que surge "O sal da terra", exibido no mesmo ano que "Sindicato de Ladrões", de Kazan, e, como este, trata das condições de trabalho num ambiente de tensão.

Enquanto "Sindicato de Ladrões" aborda a corrupção e a delação entre estivadores, "O sal da terra" tem como foco uma greve de mineiros numa cidade do Novo México. Na trama, as condições de vida e de trabalho impostas pelos encarregados da mina. No centro da narrativa, um casal de origem hispânica. O foco de tensão é a firme determinação do marido de impedir que sua mulher se envolva no encaminhamento da greve. No entanto, ele enfrenta da parte dela forte determinação para, com outras companheiras, participar do movimento grevista. Mas o que se torna o ponto dramático do filme é o tenso e amargo conflito entre os membros do próprio sindicato. Em pauta, a questão da igualdade de expressão e participação entre homens e mulheres. É nesse horizonte que Michael Wilson, o diretor, matiza o drama pessoal e as injunções coletivas numa situação que separa opressores e oprimidos.

Concebido num ambiente de perseguição àqueles que estariam traindo valores americanos, "O sal da terra" foi rapidamente identificado como filme comunista em pleno macarthismo. A se imaginar, portanto, os mais diversos problemas que enfrentou para sua realização. Rosaura Revueltas, a atriz mexicana que interpreta o papel principal, foi presa durante a realização do filme. A organização que o patrocinou, A Internation Union of Mine, Mill and Smeller Workers foi expulsa do Congresso das Organizações Industriais sob a acusação de alinhamento com a extrema esquerda.

Com esses ingredientes, ficam algumas perguntas sobre o porquê de esse filme não ter a atenção de tantos que ocupam críticos e espaço dos principais cadernos de cultura: Kazan até hoje gera controvérsia, quando é lembrada sua atuação à época. Uma primeira sugestão é sobre seu caráter propagandístico. Ou, de outra forma, sua mensagem ideológica. Se seguirmos a recomendação de Hegel, o valor de uma obra de arte não se impõe em função de seu propósito educativo, ou de fábula moral e política. Se assim for entendido, o problema de "O sal da terra" estaria no fato de que seu propósito primeiro não seria o de se apresentar como uma obra artística conforme os cânones burgueses (o mesmo não se pode dizer de "Sindicato de Ladrões", daí sua fortuna crítica). O valor do filme, com isso, ficaria confinado à mensagem. Portanto, antes de uma obra de arte, um panfleto concebido com a finalidade de despertar a consciência para uma realidade social ou política.

Assim sendo, nos termos de Lukács, uma obra orgânica, na contramão, portanto, das inovações formais da estética cinematográfica em voga. "O sal da terra", então, deveria ser visto ao lado de filmes do Realismo Socialista nos anos stalinistas. Sua força estaria na mensagem, por isso, não se coloca em nenhum momento que se sirva para entreter. Ocorre que se trata de um filme americano, inevitável, pois, que se apresente o problema do público a que se destina. A esse respeito, um problema similar com a recepção pela classe média do cinema brasileiro. O público de classe média que vai ao cinema, em geral o concebe como lugar de lazer e não para incursões sociológicas e políticas. "O sal da terra", com isso, sofreria do clichê que identifica muitos filmes que carregam mensagem política ou ideológica ao chamado filme de tese.

Esse clichê carrega no fundo a questão da divisão de classes e a manipulação ideológica sobre o que separa obra de arte e entretenimento. Na medida em que esses temas não podem ser desprezados, "O sal da terra" deixa questões que precisam ser consideradas. Se seguirmos Hegel, não precisamos pensá-lo a partir de seu conteúdo, mas se reflete o espírito da época. Ao deslocarmos o foco da questão, é difícil imaginar que não espelhe os conflitos do período. Ao lado do macarthismo, os anos 50 são também aqueles em que despontam os movimentos pelos direitos civis e o movimento feminista. Nesse sentido específico, trata-se de um filme premonitório.

Outra questão diz respeito ao público alvo. Na mesma medida em não se propõe como filme para lazer, "O sal da terra" segue uma narrativa clássica, com todas as concessões dramáticas encontradas em qualquer filme para entretenimento. Ou seja, um filme didático, centrado no drama pessoal, com uma caracterização de personagens que acentuam maniqueísmos. A narrativa de "O sal da terra" não escapa ao padrão de filme americano que separa mocinhos e bandidos. Não há ousadia formal que o emularia ao neorrealismo italiano ou, mesmo, aos novos cinemas emergentes em países como Polônia, Hungria e o Brasil com o Cinema Novo. Só que, aqui, a identificação se torna difícil, num ambiente ideológico adverso, caso, das sociedades americana e brasileira.

Ao optar pela convenção narrativa, "O sal da terra" ficou à margem dos debates sobre cinema em voga na época. Além disso, sua mensagem, em função da forte manipulação ideológica na indústria cultural, não teve apelo para superar problemas de divulgação e distribuição e se impor num cenário de forte polarização. Essas questões, como se percebe com seu recente lançamento em DVD, se refletem na pouca atenção dada pela crítica atual.

As questões destacada aqui, no entanto, realçam a importância de pensar o cinema para além de valores artísticos e de entretenimento. "O sal da terra" é um filme que, hoje, merece ser visto e discutido, mesmo que a ele não seja dada a etiqueta de cult movie. Isso porque um filme oferece muito mais do que imagens que simplesmente agradam, desagradam ou rompem convenções formais. Fora da indústria cultural e do metiê cult, "O sal da terra" deriva à margem e, sem ser visto, traz à tona o problema da manipulação ideológica externa às suas imagens.


Humberto Pereira da Silva
São Paulo, 27/6/2012


Mais Humberto Pereira da Silva
Mais Acessadas de Humberto Pereira da Silva em 2012
01. Cézanne: o mito do artista incompreendido - 26/9/2012
02. 'O sal da terra': um filme à margem - 27/6/2012
03. Herzog, Glauber e 'Cobra Verde' - 18/4/2012
04. Paulo César Saraceni (1933-2012) - 25/4/2012
05. A Nouvelle Vague e Godard - 15/2/2012


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




EVA - WILLIAM P. YOUNG
WILLIAM, P. YOUNG
ARQUEIRO
(2015)
R$ 25,00



MICROECONOMIA
DONALD S WATSON E MARY A HOLMAN
SARAIVA
(1979)
R$ 5,00



RECEITAS DE MACARONS
EDITORA GIRASSOL
GIRASSOL
(2014)
R$ 20,95



MENINOS E MENINAS - SERIE SINAL ABERTO
DOMINGOS PELLEGRINI
ATICA
(1995)
R$ 7,00



TEMAS EM DESTAQUES
FÚLVIA ROSEMBERG
CORTEZ
(1989)
R$ 15,84



DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO ILUSTRADO VEJA LAROUSSE 21
VEJA LAROUSSE
ABRIL
(2006)
R$ 6,90



VINDE ESPÍRITO SANTO - COMISSÃO LITÚRGICA DO GRANDE JUBILEU ANO 2000
PAULINAS
PAULINAS
(1997)
R$ 12,00



GUIA DANUSIA BÁRBARA 2007 - RESTAURANTES DO RIO
DANUSIA BARBARA
SENAC RIO E SEBRAE RJ
(2007)
R$ 25,28



JANELA DE JOHARI
SILVINO JOSE
VOZES
(1986)
R$ 7,90



O DIREITO NO MUNDO GLOBALIZADO: EM DIREÇÃO À BOA GOVERNANÇA
DIREITO, ESTADO E SOCIEDADE Nº 35
PUC RJ
(2009)
R$ 28,28





busca | avançada
69585 visitas/dia
2,2 milhões/mês