'O sal da terra': um filme à margem | Humberto Pereira da Silva | Digestivo Cultural

busca | avançada
81347 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Exposição virtual 'Linha de voo', de Antônio Augusto Bueno e Bebeto Alves
>>> MAB FAAP seleciona artista para exposição de 2022
>>> MIRADAS AGROECOLÓGICAS - COMIDA MANIFESTO
>>> Editora PAULUS apresenta 2ª ed. de 'Psicologia Profunda e Nova Ética', de Erich Neumann
>>> 1ª Mostra e Seminário A Arte da Coreografia de 17 a 20 de junho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Das construções todas do sentir
>>> Gullar no Ofício
>>> Qualidade de vida
>>> A excelência do espírito
>>> O paulistano cordial
>>> É possível conquistar alguém pela escrita?
>>> Ensaio.Hamlet e a arte de se desconstruir quimeras
>>> John Fante: literatura como heroína e jazz
>>> Imprensa em 2002
>>> Oswald de Andrade e o homem cordial
Mais Recentes
>>> Deuses romanos e de outras mitologias de Herma Wilson pela Hunter Books- Prime (2016)
>>> Deuses romanos e de outras mitologias de Herma Wilson pela Hunter Books- Prime (2016)
>>> Reverberações as informações de sheng tu chuan sobre wang ji são entregues de Boca Religiosa -7302 Velho Testamento Materiais do Aluno Livros dos Reis Malaquias pela Departamento de educação da igreja (1875)
>>> Miami Hot & Cool de Laura Cerwinske & Steven Brooke pela Clarkson N. Potter (1990)
>>> Enciclopédia dos Museus - Rijksmuseum Amsterdam de Giorgio T. Faggin pela Melhoramentos (1969)
>>> Enciclopédia dos Museus - Uffizi Florença de Gigett Dalli Regoli e Outros pela Mirador Internacional (1968)
>>> Arte brasileira de Circulo do Livro pela Circulo do Livro (1988)
>>> Galeria Nacional - Londres de Enciclopédia dos Museus pela Melhoramentos (1969)
>>> The Bolshoi Ballet de Yuri Slonimsky pela Foreign (1990)
>>> Gênios da Pintura: Veronese 21 de Luís Carta e Outros pela Abril Cultural (1967)
>>> Frank Lloyd Wright - Volume 1 de Gianluca Gelmini pela Folha de São Paulo (2011)
>>> Censo Cultural - São Paulo 1990 : Interior e Litoral de Secretaria de Estado da Cultura pela sec de Estado da Cultura (1990)
>>> 1000 Desenhos para quem não sabe desenhar - um verdadeiro dicionário de desenhos de Jean Arestein pela Ediouro grupo coquetel (1989)
>>> Madeira : Raiz do Brasil de Renato Brunello pela Caixa Cultural (2003)
>>> O Chamado da Floresta de Jack London pela Atica (1995)
>>> Que Azar, Godofredo! de Alexandre Azevedo pela Atual (1989)
>>> Dingono, o Pigmeu de Rogério Andrade Barbosa pela Melhoramentos (1997)
>>> É Difícil de Entender, Vô! de Nelson Albissú pela Atual (1993)
>>> The World God Made de Alyce Bergey pela Arch (1965)
>>> The True Story of Romeo and Juliet Stage 4 de Eduardo Amos pela Moderna (1997)
>>> Alfabetto - Autobiografia Escolar de Betto pela Atica (2002)
>>> O Portão Vermelho Romance Duma Terra Distante de Lin Yutang pela Pongetti (1958)
>>> Hidroterapia e Outros Tratamentos Naturais de Antônio Natanael de Paiva pela Casa (2003)
>>> Aventura na Serra do Mar de Fernando José de Souza pela Casa Publicadora Brasileira (1905)
>>> 24 Estudos de Execução Fácil para Piano de Pozzoli pela Ricordi (2000)
COLUNAS

Quarta-feira, 27/6/2012
'O sal da terra': um filme à margem
Humberto Pereira da Silva

+ de 7500 Acessos

"O sal da terra", filme americano de 1954, foi lançado recentemente em DVD pela Platina Filmes. Por aqui, o lançamento não mereceu destaque nos cadernos de cultura dos principais jornais. Para a maioria das pessoas esse filme, apesar da celeuma quando de seu lançamento, permanece desconhecido. As razões são as mais variadas. Algumas indicações serão sugeridas adiante.

Antes, porém, por que "O sal da terra" gerou celeuma em 1954? Lembremos que os anos 50 são marcados pela Guerra Fria e, nos EUA, pelo macarthismo e a lista negra de artistas identificados com a ideologia comunista. Nesse período de "caça às bruxas", figuram diretores, e atores hollywoodianos importantes. O caso mais famoso é o do cineasta Elia Kazan, que, convocado a depor, teria delatado alguns de seus colegas. É nesse momento que surge "O sal da terra", exibido no mesmo ano que "Sindicato de Ladrões", de Kazan, e, como este, trata das condições de trabalho num ambiente de tensão.

Enquanto "Sindicato de Ladrões" aborda a corrupção e a delação entre estivadores, "O sal da terra" tem como foco uma greve de mineiros numa cidade do Novo México. Na trama, as condições de vida e de trabalho impostas pelos encarregados da mina. No centro da narrativa, um casal de origem hispânica. O foco de tensão é a firme determinação do marido de impedir que sua mulher se envolva no encaminhamento da greve. No entanto, ele enfrenta da parte dela forte determinação para, com outras companheiras, participar do movimento grevista. Mas o que se torna o ponto dramático do filme é o tenso e amargo conflito entre os membros do próprio sindicato. Em pauta, a questão da igualdade de expressão e participação entre homens e mulheres. É nesse horizonte que Michael Wilson, o diretor, matiza o drama pessoal e as injunções coletivas numa situação que separa opressores e oprimidos.

Concebido num ambiente de perseguição àqueles que estariam traindo valores americanos, "O sal da terra" foi rapidamente identificado como filme comunista em pleno macarthismo. A se imaginar, portanto, os mais diversos problemas que enfrentou para sua realização. Rosaura Revueltas, a atriz mexicana que interpreta o papel principal, foi presa durante a realização do filme. A organização que o patrocinou, A Internation Union of Mine, Mill and Smeller Workers foi expulsa do Congresso das Organizações Industriais sob a acusação de alinhamento com a extrema esquerda.

Com esses ingredientes, ficam algumas perguntas sobre o porquê de esse filme não ter a atenção de tantos que ocupam críticos e espaço dos principais cadernos de cultura: Kazan até hoje gera controvérsia, quando é lembrada sua atuação à época. Uma primeira sugestão é sobre seu caráter propagandístico. Ou, de outra forma, sua mensagem ideológica. Se seguirmos a recomendação de Hegel, o valor de uma obra de arte não se impõe em função de seu propósito educativo, ou de fábula moral e política. Se assim for entendido, o problema de "O sal da terra" estaria no fato de que seu propósito primeiro não seria o de se apresentar como uma obra artística conforme os cânones burgueses (o mesmo não se pode dizer de "Sindicato de Ladrões", daí sua fortuna crítica). O valor do filme, com isso, ficaria confinado à mensagem. Portanto, antes de uma obra de arte, um panfleto concebido com a finalidade de despertar a consciência para uma realidade social ou política.

Assim sendo, nos termos de Lukács, uma obra orgânica, na contramão, portanto, das inovações formais da estética cinematográfica em voga. "O sal da terra", então, deveria ser visto ao lado de filmes do Realismo Socialista nos anos stalinistas. Sua força estaria na mensagem, por isso, não se coloca em nenhum momento que se sirva para entreter. Ocorre que se trata de um filme americano, inevitável, pois, que se apresente o problema do público a que se destina. A esse respeito, um problema similar com a recepção pela classe média do cinema brasileiro. O público de classe média que vai ao cinema, em geral o concebe como lugar de lazer e não para incursões sociológicas e políticas. "O sal da terra", com isso, sofreria do clichê que identifica muitos filmes que carregam mensagem política ou ideológica ao chamado filme de tese.

Esse clichê carrega no fundo a questão da divisão de classes e a manipulação ideológica sobre o que separa obra de arte e entretenimento. Na medida em que esses temas não podem ser desprezados, "O sal da terra" deixa questões que precisam ser consideradas. Se seguirmos Hegel, não precisamos pensá-lo a partir de seu conteúdo, mas se reflete o espírito da época. Ao deslocarmos o foco da questão, é difícil imaginar que não espelhe os conflitos do período. Ao lado do macarthismo, os anos 50 são também aqueles em que despontam os movimentos pelos direitos civis e o movimento feminista. Nesse sentido específico, trata-se de um filme premonitório.

Outra questão diz respeito ao público alvo. Na mesma medida em não se propõe como filme para lazer, "O sal da terra" segue uma narrativa clássica, com todas as concessões dramáticas encontradas em qualquer filme para entretenimento. Ou seja, um filme didático, centrado no drama pessoal, com uma caracterização de personagens que acentuam maniqueísmos. A narrativa de "O sal da terra" não escapa ao padrão de filme americano que separa mocinhos e bandidos. Não há ousadia formal que o emularia ao neorrealismo italiano ou, mesmo, aos novos cinemas emergentes em países como Polônia, Hungria e o Brasil com o Cinema Novo. Só que, aqui, a identificação se torna difícil, num ambiente ideológico adverso, caso, das sociedades americana e brasileira.

Ao optar pela convenção narrativa, "O sal da terra" ficou à margem dos debates sobre cinema em voga na época. Além disso, sua mensagem, em função da forte manipulação ideológica na indústria cultural, não teve apelo para superar problemas de divulgação e distribuição e se impor num cenário de forte polarização. Essas questões, como se percebe com seu recente lançamento em DVD, se refletem na pouca atenção dada pela crítica atual.

As questões destacada aqui, no entanto, realçam a importância de pensar o cinema para além de valores artísticos e de entretenimento. "O sal da terra" é um filme que, hoje, merece ser visto e discutido, mesmo que a ele não seja dada a etiqueta de cult movie. Isso porque um filme oferece muito mais do que imagens que simplesmente agradam, desagradam ou rompem convenções formais. Fora da indústria cultural e do metiê cult, "O sal da terra" deriva à margem e, sem ser visto, traz à tona o problema da manipulação ideológica externa às suas imagens.


Humberto Pereira da Silva
São Paulo, 27/6/2012


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Shakespeare e as séries na TV de Eugenia Zerbini
02. A pirataria, a numeração e o mercado da música de Julio Daio Borges


Mais Humberto Pereira da Silva
Mais Acessadas de Humberto Pereira da Silva em 2012
01. Cézanne: o mito do artista incompreendido - 26/9/2012
02. 'O sal da terra': um filme à margem - 27/6/2012
03. Herzog, Glauber e 'Cobra Verde' - 18/4/2012
04. Paulo César Saraceni (1933-2012) - 25/4/2012
05. A Nouvelle Vague e Godard - 15/2/2012


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Obscenidade e Sexualismo Doméstico
Maria Helena de Amorim Wesley
Autor (maceió)
(1993)



Anais 2ª Seminário de Pesquisa Em Educação: Região Sudeste
Capes, Cnpq, Finep, Inep e Ufmg
Capes Cnpq Finep Inep e Ufm
(1983)



Atlas des Peuples Deurope Occidentale
Jean Sellier, André Sellier, Anne Le Fur
La Découverte
(2000)



Ministro Eduardo Espínola (centenário do Seu Nascimento)
Supremo Tribunal Federal
Stf
(1975)



Le Style et Le Cri: Quatorze Essais Sur Lart de Ce Siècle
Michel Seuphor
Seuil
(1965)



The Complete Kama Sutra: the First Unabridged Modern Translation Of...
Alain Daniélou
Park Stress



Save Your Job Save Our Country: Why Nafta Must Be Stopped - Now!
Ross Perot With Pat Choate
Hyperion
(1993)



Minimassagem
Jack Hofer
Record (rj)
(1991)



Contabilidade Avançada- Textos, Exemplos e Exercícios Resolvidos
Marcelo Cavalcanti Almeida
Atlas
(1997)



O Caso Morel - Biblioteca Folha
Rubem Fonseca (capa Dura)
Folha de S Paulo
(2003)





busca | avançada
81347 visitas/dia
2,7 milhões/mês