O luto e o luto de Valter Hugo Mãe | Wellington Machado | Digestivo Cultural

busca | avançada
35004 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
Colunistas
Últimos Posts
>>> Fernanda Young (1970-2019)
>>> Estratégia das Privatizações
>>> Estratégia Econômica Governo
>>> Brandenburg Concertos (1 - 6)
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A polêmica da leitura labial
>>> A ousadia de mudar de profissão
>>> O assassinato e outras histórias, de Anton Tchekhov
>>> O Livro dos Insultos, de H.L. Mencken
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Sobre o Ronaldo gordo
>>> Do inferno ao céu
>>> Para entender Paulo Coelho
>>> O amor que choveu
Mais Recentes
>>> Como Trabalhar Para Um Idiota de John Hoover pela Saraiva (2010)
>>> Não Tenha Medo De Ser Chefe de Bruce Tulgan pela Sextante (2009)
>>> Fui Promovido! E Agora? de Roberto Ruban pela M. Books (2010)
>>> Faça O Que Tem De Ser Feito de Bob Nelson pela Sextante (2003)
>>> Deixar de Fumar O que Você Precisa Saber de Jorge Schemes pela Dpl (2004)
>>> Casamento Blindado de Renato & Cristiane Cardoso pela Thomas Nelson Brasil (2012)
>>> Pai Rico Pai Pobre de Robert T. Kiyosaki pela Campus (2000)
>>> De Volta Ao Mosteiro de James C. Hunter pela Sextante (2014)
>>> Ufo Os Códigos Proibidos de Alfredo Lissoni pela Madras (2007)
>>> 12 Meses Para Enriquecer. O Plano da Virada de Marcos Silvestre pela Lua de Papel (2010)
>>> O Flagelo de Hitler de Albert Paul Dahoui pela Lachâtre (2012)
>>> Comunicação Global:A Mágica da Influência de Dr. Lair Ribeiro pela Objetiva/ RJ. (1993)
>>> Comunicação Global:A Mágica da Influência de Dr. Lair Ribeiro pela Objetiva/ RJ. (1993)
>>> Comunicação Global: Aumentando Sua Inteligência Interpessoal de Dr. Lair Ribeiro pela Rosa dos tempos/ RJ. (1992)
>>> Temperamento forte e bipolaridade de Diogo Lara pela Do autor (2004)
>>> O Sucesso Não Ocorre por Acaso/ Incluindo as 18 Leis Universais ... de Dr. Lair Ribeiro pela Objetiva/ RJ. (1993)
>>> O Sucesso Não Ocorre por Acaso/ Incluindo as 18 Leis Universais ... de Dr. Lair Ribeiro pela Objetiva/ RJ. (1993)
>>> O Sucesso Não Ocorre por Acaso/ Incluindo as 18 Leis Universais ... de Dr. Lair Ribeiro pela Objetiva/ RJ.
>>> As Chaves da Autoconfiança: um Guia Avançado para Vencer na Vida de Robert Anthony pela Best Seller/ SP. (1989)
>>> Estruturas Clínicas de Freud a Lacan Travessia Nº 3 Jan/94 de Vários pela Gráfica da Ufes (1994)
>>> Viabilizando Talentos:Como Semear o Crescimento Pessoal e Profissional de J. R. Gretz pela Florianópolis (1997)
>>> O inumano: considerações sobre o tempo de Jean-François Lyotard pela Estampa (1997)
>>> Toque de Midas: Dinheiro, Poder e Riqueza, do Oriente ao Ocidente de Anthony Sampson pela Best Seller/ SP. (1989)
>>> Prepare-se para Enriquecer... de R. Stanganelli pela Eparma (1983)
>>> Viajando no Tempo: Recriando Seu Passado- Criando Seu Futuro de Dr. Lair Ribeiro pela Objetiva/ RJ. (1994)
>>> Viajando no Tempo: Recriando Seu Passado- Criando Seu Futuro de Dr. Lair Ribeiro pela Objetiva/ RJ. (1994)
>>> Apometria...E Por que Não? de Marcel Benedeti pela Mundo Maior (2008)
>>> Prosperidade: Fazendo Amizade com o Dinheiro de Dr. Lair Ribeiro pela Objetiva/ RJ. (1992)
>>> Prosperidade: Fazendo Amizade com o Dinheiro de Dr. Lair Ribeiro pela Objetiva/ RJ. (1992)
>>> Prosperidade: Fazendo Amizade Com o Dinheiro de Dr. Lair Ribeiro pela Objetiva/ RJ. (1992)
>>> Prosperidade: Fazendo Amizade Com o Dinheiro de Dr. Lair Ribeiro pela Objetiva/ RJ. (1992)
>>> Concubinos: União Estável no Novo Código Civil/ Encad. de João Roberto Parizatto/ Autografado pela Edipa: Ed. Parizatto (2002)
>>> Principios Para Uma Clinica Antimanicomial e outros escritos 1 edição de Ana Marta Lobosque pela Hucitec (1997)
>>> Direito Administrativo de Diógenes Gasparini pela Saraiva/ SP. (1995)
>>> Recursos Humanos: Crise e Mudanças de Flávio de Toledo pela Atlas/ SP. (1989)
>>> Análise Sintática: a Oração na Frase Portuguesa de Antonio de Abreu Rocha/autografado pela São Vicente/ Belo Horizonte (1957)
>>> Filologia e Gramatica: Referente À Língua Portuguesa de J. Mattoso Câmara Jr pela J. Ozon Editor/ RJ. (1968)
>>> A Análise Matemática do Estilo: Aplicação do Processo de Fucks... de Tulo Hostílio Montenegro pela Ibge: / RJ. (1956)
>>> Atlas Previo dos Falares Baianos de N. Rossi pela Imprensa Nacional: Inl: Rio (1965)
>>> Sintomas Mórbidos - A Encruzilhada da Esquerda Brasileira de Sabrina Fernandes pela Autonomia Literária (2019)
>>> Trechos Selectos (trechos Seletos): Com uma Introdução ... de Sousa da Silveira pela Typogr. Bernard Frères/ RJ. (1919)
>>> Revolução Africana - Uma antologia do pensamento marxista de Jones Manoel e Gabriel Landi (orgs.) pela Autonomia Literária (2019)
>>> Antifa - O Manual Antifascista de Mark Bray pela Autonomia Literária (2019)
>>> A Narrative of Travels on the Amazon and Rio Negro de Alfred Russel Wallace (ll. D) pela Ward, Lock/ B. and Co. London (1892)
>>> O Ponto Zero da Revolução - Trabalho Doméstico, Reprodução e Luta Feminista de Silvia Federici pela Elefante (2019)
>>> Calibã e a Bruxa - Mulheres, Corpo e a Acumulação Primitiva de Silvia Federici pela Elefante (2017)
>>> Ah! Eu Não Acredito! de Sérgio Almeida pela Casa da Qualidade (2001)
>>> As Aventuras de Pedro Malasarte de Sérgio Augusto Teixeira pela Ediouro
>>> O'Hurley's Return de Nora Roberts pela Visit Silhouette Books (2010)
>>> Glory in Death de Nora Roberts (Writing as J. D. Robb) pela Berkley (2000)
COLUNAS

Quarta-feira, 2/7/2014
O luto e o luto de Valter Hugo Mãe
Wellington Machado

+ de 3500 Acessos


Imagem: Jakeline Lins



Tenho a impressão de que o luto está se esvaindo. Já não se cumprem mais lutos como antigamente. Lembro de, quando garoto, sair pra pescar com meu pai nas redondezas da Cordisburgo de Guimarães Rosa. Quando chegamos no rancho, na beirada do Rio das Velhas, encontramos a dona Maria sentada no quintal, cumprindo o luto do Nhô, o rancheiro amigo de meu pai. Havia por perto um par de sapatos, uma camisa e uma calça do falecido. "Deus levou Nhô, faz três meses", foram as palavras de dona Maria, desamparada. Luto durável. Lembro bem também do luto de dona Risoleta, esposa de Tancredo Neves. Me lembro de vê-la, anos depois da morte do marido, surgindo de preto e óculos escuros nos eventos oficiais. E não consigo me esquecer do provável luto eterno dos Rubens Paiva, que há 40 anos espera enterrar seu patriarca.

O ritual do luto está mais curto, acho. Correria da vida moderna? Estaríamos ludibriando o luto com consumo? Vejo pessoas criando fórmulas de burlar o luto. Uma vizinha, ao perder o marido, arrumou as malas e foi "espairecer" em Paris. Não acreditei quando vi na TV uma personalidade brasileira sair de uma festa badalada, um tanto alterada e numa alegria contagiante, poucos meses depois de ter perdido o filho numa morte trágica. Em raras situações presenciei tamanho desprendimento. O tempo ritualístico do luto de dona Maria, esposa do rancheiro Nhô, não é mais o tempo do homem moderno.

O luto poético de Hugo Mãe
O escritor português Valter Hugo Mãe, em seu mais recente romance, A desumanização, retoma de forma cruel a prática familiar do luto, mas de uma maneira poética. O livro narra a história de duas irmãs gêmeas, Sigridur e Halla. A primeira morre aos 12 anos. Halla passa a viver, portanto, sem a sua "metade", em meio a uma família desestruturada. Ela tem uma relação conflituosa - de ódio, até - com a mãe. Por outro lado, ela se identifica com o pai - uma pessoa lúdica e sensível; um poeta. Como se não bastassem os conflitos familiares, Halla engravida de forma prematura de Einar, um adulto truculento, feio e ingênuo. Um rejeitado pela sociedade. A garota tem de lidar com a rejeição social ainda na adolescência.

Mas o fio que conduz a narrativa é a maneira como a família vivencia o luto de Sigridur, a forma como concebem simbolicamente seu corpo afundado na terra, como se fosse um "plantio" para o renascer de uma árvore. Eles tinham a expectativa de que a irmã "brotasse" da terra. O luto a que a família se impõe é cruel, quase masoquista. A mãe sangrava, "vingava-se de si mesma por não ter sabido salvar uma filha". O luto desumaniza, cria "gente sem gente dentro", nas palavras de Hugo Mãe.

A revolta de Halla é impactante. Ela teme o próprio crescimento com o passar dos anos, como se fosse "abandonar" a irmã na memória e na história. Halla se imagina um bonsai ("corta meu corpo, impede-o de mudar"); ela quer manter a aparência da irmã para não perdê-la com o tempo ("vou passar a andar encolhida, dormir apertada, comer menos").

O luto da família se arrasta quase que infinitamente. O ritual de adoração a Sigridur é uma questão de honra familiar, uma espécie de ética. A esperança de trazer a irmã de volta evidencia a inocência e a pureza dos personagens. Mas o tempo se encarrega de regular as coisas. De tanto Sigridur "não vir", a família vai se descolando dos rituais. Ao mesmo tempo a ausência da irmã cumpre a função de reumanizar as pessoas, transformar as personalidades, amolecer corações e semear poesia nas relações. A reorganização familiar é um exemplo de superação.

Ler Valter Hugo Mãe é ter contato com uma narrativa poética a cada parágrafo. Especificamente em A desumanização, o autor se sai bem na pele de Hallar, uma garota adolescente e imatura. Não há como não detectar, em várias partes do livro, a influência de Guimarães Rosa na forma de narrar de Hugo Mãe. Dono de uma das mais autênticas vozes narrativas portuguesas, o escritor surpreende o leitor com a força das cenas criadas. Eis um um pequeno exemplo, na passagem em que Halla narra seu aborto:

As águas saíram fedendo de dentro de mim. Escorreram como mal cozinhadas, a coagular. Traziam sangue e sangue solidificado. Eram novelos vermelhos que tinham pequenos filamentos, como anémonas do coração. Medusas. Monstros do coração. Perdi os sentidos.

Quando me puseram um filho quieto nos braços, julguei que o meu próprio corpo se tinha ao colo. Julguei que os meus braços se seguravam. O corpo quieto do meu filho ainda mal completo. Enrugado. Uns gramas de filho que não se sustentaram. Estavam no pano postos como uma pressa inexplicável. Era um filho à pressa. A minha mãe disse: fazes tudo assim, maldita, fazes tudo como se fosses um bicho. Vou gostar de te ver morta como um bicho também.

E eu respondi: morra a senhora também, minha mãe.

O Eimar veio gritar de louco ao pé da nossa casa. Souberam todos que eu estava de morte ao colo. Souberam todos como ele chorou e se enfureceu. O meu pai, punido, abraçou o louco. Deixou-o entrar. Eu disse-lhe: está morto. Agora, é mais uma coisa de deus.

A pele de minha barriga estava solta. Era muita pele para nada dentro. E estava seca. Tocava-lhe, sem filho, sentia que o corpo se alheava de mim, como muito distinto de mim, Rejeitando-me. Uma casa assaltada. Não era alguém. Era uma casa assaltada. Um lugar que, subitamente, se desocupara. Um lugar que alguém rejeitara.


Wellington Machado
Belo Horizonte, 2/7/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Saudade de ser 'professor' de Filosofia de Cassionei Niches Petry
02. Mulher-Flamingo de Marilia Mota Silva
03. Discos eruditos fundamentais de Jardel Dias Cavalcanti
04. O comerciante abissínio de Guilherme Pontes Coelho
05. A literatura do desgosto de Gabriela Vargas


Mais Wellington Machado
Mais Acessadas de Wellington Machado em 2014
01. Marcador de página inteligente - 3/9/2014
02. Gullar X Nunos Ramos: o dilema da arte - 6/8/2014
03. Ninfomaníaca: um ensaio sob forma de cinema - 12/2/2014
04. O luto e o luto de Valter Hugo Mãe - 2/7/2014
05. Proust, rugas e colesterol - 9/4/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CARTAS AOS MEUS AMIGOS - FRANZ KAFKA (LITERATURA ALEMÃ)
FRANZ KAFKA
NOVA ÉPOCA EDITORIAL
R$ 15,00



OS LUSÍADAS DE CAMÕES
LUÍS DE CAMÕES PREF. ALVARO JULIO
INSTITUTO CAMÕES
(2000)
R$ 37,39



PSICOLOGIA CIÊNCIA E PROFISSÃO -Nº 1
CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA
PEPSIC
(2009)
R$ 6,00



LÁZARO: A AMIZADE NA BÍBLIA
MARCO GARZONI
PAULINAS
(1997)
R$ 12,82



E. BOUDIN NO BRASIL
JOSÉ ROBERTO TEIXEIRA LEITE

R$ 25,00



QUEDA DE GIGANTES
KEN FOLLETT
SEXTANTE
(2010)
R$ 25,00



O QUE É REVOLUÇÃO UTOPIA - ANARQUISMO
FLORESTAN FERNANDES- TEIXEIRA COELHO - CAIO TULIO
CIRCULO DO LIVRO
R$ 6,90



AFINAL, QUEM SOMOS?
PEDRO GRANJA
EDICEL
(1981)
R$ 40,00



CIENCIAS NATURAIS - APRENDENDO COM O COTIDIANO
EDUARDO LEITO DO CANTO
MODERNA DIDÁTICOS
(2013)
R$ 7,00



SEUS PONTOS FRACOS
DR. WAYNE W. DYER
RECORD
(1976)
R$ 6,80





busca | avançada
35004 visitas/dia
1,0 milhão/mês