Marcador de página inteligente | Wellington Machado | Digestivo Cultural

busca | avançada
30036 visitas/dia
773 mil/mês
Mais Recentes
>>> Segundas de julho têm sessões extras do espetáculo À Espera
>>> Circo dos Sonhos, do ator Marcos Frota, desembarca no Shopping Metrô Itaquera
>>> Startup brasileira levará pessoas de baixa renda para intercâmbio gratuito fora do país
>>> Filho de suicida, padre lança livro sobre o tema
>>> LANÇAMENTO DO LIVRO "DIALÓGOS DE UM RABINO REFLEXÕES PARA UM MUNDO DE MONÓLOGOS" DE MICHEL SCHLESI
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O dia em que não conheci Chico Buarque
>>> Um Furto
>>> Mais outro cais
>>> A falta que Tom Wolfe fará
>>> O massacre da primavera
>>> Reflexões sobre a Liga Hanseática e a integração
>>> A Fera na Selva, filme de Paulo Betti
>>> Raio-X do imperialismo
>>> Cães, a fúria da pintura de Egas Francisco
>>> O Vendedor de Passados
Colunistas
Últimos Posts
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
Últimos Posts
>>> Sob o mesmo teto
>>> O alívio das vias aéreas
>>> PRESSÁGIOS. E CHAVES II
>>> Honra ao mérito
>>> Em edição 'familiar', João Rock chega à 17ª edição
>>> PATÉTICA
>>> Presságios. E chaves III
>>> Minha história com Philip Roth
>>> Lars Von Trier não foi feito para Cannes
>>> O brasileiro e a controvérsia
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Passarinho do Twitter
>>> Letra de música é poesia?
>>> A arapuca da poesia de Ana Marques
>>> A Erva do Diabo, de Carlos Castaneda
>>> Recordações da casa dos mortos
>>> Viral Loop, de Adam Penenberg
>>> Lauro Machado Coelho
>>> Voltar com ex e café requentado
>>> O Agressor, de Rosário Fusco
>>> Elke Coelho e a estética glacial-conceitual
Mais Recentes
>>> Apontamentos para a História da Revolução Rio-grandense de 1893
>>> Einstein Apaixonado + Um romance científico
>>> Leonardo, o primeiro cientista
>>> Envie Meu Dicionário + Cartas e Alguma Crítica
>>> O Segredo de Guilherme Storitz
>>> A selva do dinheiro + Histórias clássicas do inferno econômico
>>> Oscarito Nosso Oscar de Ouro
>>> A Nudez da Verdade
>>> Emoções em Prosa e Verso
>>> A Telessaúde no Brasil e a Inovação Tcnológica na Atenção ...
>>> O Pagador de Promessas
>>> O Caçador das Bolachas Perdidas
>>> Juizado Especial: Criação Instalação, Funcionamento e a ...
>>> Meu Querido Canibal
>>> Anjo de Quatro Patas
>>> Vencendo Aflições, Alcançando Milagres
>>> Eles Pedem em Casamento, Elas Pedem o Divórcio
>>> Procurando Firme
>>> Ensino Holístico da Medicina
>>> Depressão e Autoconhecimento: Como Extrair Preciosas Lições ...
>>> Utopia?
>>> Resistência: a História de uma Mulher Que Desafiou Hitler
>>> Uma Herença Preciosa
>>> Prazer uma Abordagem Criativa da Vida
>>> O Retorno Financeiro de Programas de Promoção da Segurança, ...
>>> Confissão de uma Harpista
>>> Os Mestres de Gurdjieff
>>> Proposta para uma Graduação Médica Contemporânea
>>> O Tao da Física
>>> O Santeiro do Mangue e Outros Poemas
>>> Português para Concursos
>>> Bola na Rede: a Batalha do Bi
>>> Paulo Francis Polemista Profissional
>>> Fisiologia e Fisiopatologia do Hormônio de Crescimento
>>> Ser Médico no Brasil - o Presente no Passado
>>> Padre Severino da Pessoa ao Instituto
>>> Micropoderes Macroviolencias
>>> Educação e Tecnologias no Brasil
>>> Cultura e Tecnologias no Brasil
>>> Hupe - Série Rotinas Hospitalares Pediatria 2 Volumes
>>> A Exposição Oral nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental - Vol. 3
>>> O Reverso da Logística e as Questões Ambientais no Brasil
>>> Gestão Financeira de Fundos de Pensão
>>> Águias Terrestres - uma Missão Planetária
>>> Homem de Montana
>>> Freud - Pensamento Vivo
>>> Manuelzão e Miguilim
>>> O Poder dos Pêndulos
>>> Confesso Que Vivi
>>> Em Cantos do Ser
COLUNAS

Quarta-feira, 3/9/2014
Marcador de página inteligente
Wellington Machado

+ de 6900 Acessos

Seria o fim das leituras interrompidas? Na era dos gadgets, acabo de ler uma notícia sobre a invenção de um marcador de páginas inteligente. Trata-se do Tweet for a read. O aparelhinho envia um tweet ao leitor quando um livro começa a empoeirar na estante, sem que a leitura seja concluída. A cada semana o leitor poderá se surpreender com um puxão de orelhas de Machado de Assis, Dostoiévski ou Clarice Lispector, implorando por um novo reencontro literário. Antes mesmo de ser colocado à venda, tem sido grande a procura pelo marcador.

É surpreendente que, em tempos de internet, redes sociais, tablets e celulares, um aparelhinho companheiro dos livros tenha uma procura considerável. Particularmente, temo pelo fim dos livros, pois fui criado em meio a eles e não pretendo num futuro próximo comprar um e-Reader. Volta e meia me deparo com teorias apocalípticas sobre o fim dos livros em papel. Por outro lado, há pesquisas apontando um considerável crescimento no número de publicações. A situação me soa um tanto paradoxal. Vejo muito mais pessoas manipulando celulares e tablets do que livros. Onde e quando os consumidores de livros em papel estão lendo?

Os grandes vilões dos livros "físicos" parecem ser as redes sociais e a própria internet, com suas possibilidades infinitas de navegação. Há várias pesquisas comprovando a "perda" de tempo em bate-papos nas redes sociais. Mas o outro paradoxo é que a nova invenção usa uma rede social para alertar o leitor. Seria como se o livro clamasse por socorro num mar de possibilidades de entretenimento que nos rodeia.

Quais seriam, então, os livros mais abandonados cuja utilidade do aparelhinho fosse comprovada? Posso arriscar alguns. O nome da rosa, de Umberto Eco, certamente seria um deles. Vários leitores já me confessaram a desistência nas primeiras cinquenta páginas. Em busca do tempo perdido, do Proust, é bom de páreo não pela complexidade da obra em si (ainda que fosse uma razão para alguns), mas pela longa escalada. Tenho minhas dúvidas quanto ao abandono do Ulisses, de Joyce, pelo fato de o livro carregar a estigma de causar arrepios no leitor antes mesmo de ser aberto. Posso apostar em alguns autores, diria, "abandonáveis", como Virgínia Woolf, Thomas Mann, Conrad, Faulkner e Thomas Pynchon.

Mas acho que o marcador de páginas inteligente pode ter sua utilidade. Muitos dos meus marcadores tradicionais - aqueles promocionais, geralmente distribuídos em livrarias - estão perdidos no meio dos livros em minha estante. O pior é quando retiro um livro e vejo que há um marcador destes na metade. Dá uma sensação de desânimo e descrença na minha combalida memória, quando não lembro bulhufas do que foi lido até aquele ponto.

Em tom confessional, posso citar alguns escritores que me puxariam a orelha. Euclides da Cunha ia me tuitar toda semana pra voltar a Os sertões, abandonado umas quatro vezes. (Mas estou encarando o livro neste momento; agora vai!). David Foster Wallace me chamaria de volta ao Breves entrevistas com homens hediondos. Virgínia Woolf me jogaria no colo o Orlando, abandonado nas primeiras páginas. Posso imaginar o Nietzsche bradando por uma volta imediata ao Além do bem e do mal. É claro que não há demérito algum nessas obras. Muitos dos abandonos foram em virtude de uma leitura mais urgente naquele momento. Certamente voltarei a elas. Mas talvez eu tivesse de arrancar à força os marcadores de página de alguns livros de Hegel, Wittgenstein e Heidegger.


Wellington Machado
Belo Horizonte, 3/9/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O Vendedor de Passados de Marilia Mota Silva
02. Dando conta de Minas de Marta Barcellos
03. Deixa se manifestar de Vicente Escudero
04. A fada do dente sou eu de Ana Elisa Ribeiro
05. Clássicos para a Juventude de Ricardo de Mattos


Mais Wellington Machado
Mais Acessadas de Wellington Machado em 2014
01. Marcador de página inteligente - 3/9/2014
02. Gullar X Nunos Ramos: o dilema da arte - 6/8/2014
03. Ninfomaníaca: um ensaio sob forma de cinema - 12/2/2014
04. O luto e o luto de Valter Hugo Mãe - 2/7/2014
05. Gabo, os escritores e a política - 14/5/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




STALINGRADO O PRINCIPIO DO FIM
GEOFFREY JUKES
RENES
(1974)
R$ 10,00



HAMBRE DE TIERRA
MARILIA KLAUMANN CANOVAS
COMPANHIA NACIONAL
(2010)
R$ 29,99



DE TUDO UM POUCO - 15479
VANDA JOSE
EDICON
(1989)
R$ 5,00



O REDENTOR
JO NESBO
RECORD
(2012)
R$ 16,00



BUGRINHA - CLÁSSICOS BRASILEIROS
AFRANIO PEIXOTO
EDIÇÕES DE OURO
(1976)
R$ 8,83



A NOVA ECONOMIA INTERNACIONAL
REINALDO GONÇALVES E OUTROS
CAMPUS
(1998)
R$ 45,00



ACUPUNTURA CLÍNICA
M. TETAU; H. M. LERNOUT
ANDREI
(1985)
R$ 150,00



CLARO ENIGMA
CARLOS DRUMOND DE ANDRADE
COMPANHIA DAS LETRAS
(2018)
R$ 25,00



CÉLULAS-TRONCO HUMANAS
JULIO LUIS MARTÍNEZ
LOYOLA
(2005)
R$ 21,00



POEMAS DE ALAVARO DE CAMPOS E FERNANDO PESSOA
ALAVARO DE CAMPOS E FERNANDO PESSOA
COMPANHIA DAS LETRAS
(2018)
R$ 25,00





busca | avançada
30036 visitas/dia
773 mil/mês