Portas se abrindo | Marta Barcellos | Digestivo Cultural

busca | avançada
54626 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Someone On Your Side
>>> No cotidiano de alguém
>>> A batalha perdida do pastor
>>> Um governo que nasceu morto
>>> Wikia Search
>>> A difícil arte de viver em sociedade
>>> Ações culturais
>>> A história do amor
>>> Além do Mais
>>> Derrotado
Mais Recentes
>>> Política & Sociedade - Revista de Sociologia Política Nº 04 de Ufsc pela Cidade Futura (2004)
>>> Política & Sociedade - Revista de Sociologia Política Nº 04 de Ufsc pela Cidade Futura (2004)
>>> A Trama da Privatização - a Reestruturação Neoliberal do Estado de Waldir J. Rampinelli pela Insular (2001)
>>> A Trama da Privatização - a Reestruturação Neoliberal do Estado de Waldir J. Rampinelli pela Insular (2001)
>>> Política & Sociedade - Revista de Sociologia Política Nº 12 de Ufsc pela Cidade Futura (2008)
>>> O Bom Ladrão de Hannah Tinti pela Rocco (2011)
>>> Política & Sociedade - Revista de Sociologia Política Nº 03 de Ufsc pela Cidade Futura (2003)
>>> Um Grapiúna Em Frankfurt de Cyro de Mattos pela Dobra (2019)
>>> Biblioteca Universitária da Ufsc: Memória Oral e Documental de Ieda Maria de Souza / Joseane Chagas e Outros pela Ufsc (2002)
>>> Grávida Com Estilo: um Manual Como Se Vestir - de Christiana Francini pela Alegro (2004)
>>> Arte Contemporânea Em Santa Catarina de João Evangelista de Andrade Fo - Organizador pela Museu de Arte de Santa Catarin (2001)
>>> O Peru Indutivista Temas de Filosofia de Marconi Oliveira da Silva pela Ufpe (2014)
>>> Terceiro Setor: um Estudo Comparado Entre Brasil e Eua de Simone de Castro Tavares Coelho pela Senac (2002)
>>> Celso Ramos - um Perfil Político de Carlos Alberto S. Lenzi pela Terceiro Milênio (1997)
>>> Celso Ramos - um Perfil Político de Carlos Alberto S. Lenzi pela Terceiro Milênio (1997)
>>> Celso Ramos - um Perfil Político de Carlos Alberto S. Lenzi pela Terceiro Milênio (1997)
>>> Dores Ocultas de Juliana Bueno pela Outras Linhas (2012)
>>> Silêncios de Paz e Guerra de Conrrado Balduccini pela Autor (2013)
>>> A Prática da Conversão Pastoral de Heije Faber e Ebel Van Der Schoot pela Sinodal (1973)
>>> Aprendendo a terapia cognitivo-comportamental - um guia ilustrado de Jesse H, Wright, Monica R. Basco, Michael E. Thase pela Artmed (2008)
>>> Crítica da Razão Existencial de João Arthur Fortunato pela Autor (1998)
>>> Liderança e Dinâmica de Grupo de George M. Beal e Outros pela Zahar (1972)
>>> Instituições do Processo Civil - Volumes I -ll - Ill de Francesco Carnelutti pela Classic Book (2000)
>>> Perícia Judicial para Fisioterapeutas de José Ronaldo Veronesi Junior pela Andreoli (2013)
>>> A Cruz e o Punhal de David Wilkerson/ John e Elizabeth Sherrill pela Betânia (1983)
>>> Só para Mulheres de Sonia Hirsch pela Correcotia (2000)
>>> Papai é Pop de Marcos Piangers pela Belas Letras (2015)
>>> Catecismo da Igreja Católica Edição Típica Vaticana de Edições Loyola Jesuítas pela Edições Loyola Jesuítas (2000)
>>> Catecismo da Igreja Católica Edição Revisada de Acordo Com o Texto... de Loyola pela Loyola (1999)
>>> Cem Anos de Solidão de Gabriel Gárcia Marquez pela : Record
>>> Biologia do Desenvolvimento de Scott F. Gilbert pela Sociedade Brasileira de Genéti (1994)
>>> Energia, Ambiente & Mídia - Qual é a Questão de Vânia Mattozo pela Ufsc (2005)
>>> Montando Estórias de Milton Neves pela Ibrasa (1996)
>>> Terra á Vista... e ao Longe de Maria Ignez Silveira Paulilo pela Daufsc (1998)
>>> Conhecendo Sua Coluna - Informações Científicas para o Leigo de Dr. Fernando Schmidt e Dr. Ernani Abreu (org.) pela Conceito (2004)
>>> Modernidade Com Ética de Cristovam Buarque pela Revan (1998)
>>> Metodologia do Ensino de Artes - Filosofia da Arte de Engelmann Ademir Antonio pela Ibpex (2010)
>>> Vocabulário do Charadista - Volume 1 de Sylvio Alves pela Livraria Acadêmica
>>> Dissolução do Casamento de Valdemar P. da Luz pela Conceito (2007)
>>> Filosofia da Arte de Engelmann Ademir Antonio pela Ibpex (2008)
>>> Guia Gladiadores 01 de Claudio Blanc (Editorial) pela On Line
>>> As Origens das Civilizações Arqueologia e História de Ruth Whitehouse John Wilkins pela Folio (2007)
>>> The Mobile Wave de Michael Saylor pela Vanguard Press (2012)
>>> Uma Breve História do Cristianismo de Geoffrey Blaine pela Fundamento (2012)
>>> O Livro dos Evangelhos de Emídio Silva Falcão Brasileiro pela Boa Nova (2006)
>>> Pablo Neruda Antologia General Edición Conmemorativa de Pablo Neruda pela Alfaguara (2010)
>>> A Luz da Vida de Dong Yu Lan pela Árvore da Vida (1999)
>>> VI Seminário de Estudos Mineiros A Revolução de 1930 de Bonifácio de Andrada e Outros pela Ufmg Proed (1987)
>>> O Texto na Sala de Aula de João Wanderley Geraldi e Outros pela Ática (2004)
>>> O Quilombismo de Abdias do Nascimento pela Vozes (1980)
COLUNAS

Sexta-feira, 7/11/2014
Portas se abrindo
Marta Barcellos

+ de 1800 Acessos

Inteligência, todo mundo sabe, deixou de ser atributo humano para qualificar coisas que agora você compra mais caro. Do telefone celular ao prédio que economiza energia, passando pela pulseira que registra todas as suas atividades, a vida agora é smart. Dessa forma, pessoas atribuladas como nós não precisam se esforçar tanto. Nada mais natural, portanto, que o QI dos elevadores também subisse às alturas, junto com os espigões recordistas de andares na Ásia.

Mesmo do outro lado do planeta, em balneários que se prestam menos às novidades tecnológicas, como o Rio de Janeiro, o elevador inteligente já chegou. Se o seu destino for um prédio de escritórios no centro da cidade, tudo é possível: encarar uma longa fila para o único elevador funcionando, com porta pantográfica e ascensorista uniformizado (os outros dois estão "em manutenção"), ou dar num mezanino metalizado sem vivalma, com meia dúzia de catracas separando-o de um rol de elevadores sem botões por dentro. E você rezando para saber o que fazer com o cartão que a mocinha da recepção lhe deu lá embaixo sem maiores explicações.

Cartões magnéticos, botões fora do lugar, elevadores que falam. Se os primeiros sistemas com fama de inteligente apenas escolhiam o elevador mais próximo ao andar, agora eles podem incluir orientações de voz para o passageiro e restringir seu acesso ao andar autorizado.

O problema é que, para as gerações mais velhas, lidar com novas tecnologias nem sempre é fácil. No caso do elevador, onde o sujeito fica confinado num espaço nada amigável, a situação pode se radicalizar.

O aposentado cede aos apelos de sua senhora, e afinal vão passar as férias naquele belo hotel recomendado pela amiga dela que sempre viaja e por isso é tão feliz. De repente, se vê trancado no elevador, que não responde aos seus comandos:

-Aperta o botão direito, Inácio.

-Não adianta, querida. Acho que tem que enfiar o cartão do quarto nesse buraco. Viu? A luzinha ficou verde. Agora é só...

-Rápido, a luz ficou vermelha! Vamos ficar presos aqui dentro para sempre!

Não por acaso, além dos hotéis, são os prédios corporativos os que mais investem em elevadores vigilantes e inteligentes. Como frequento edifícios assim, dei a sorte de ser apresentada aos poucos às novidades, com a ajuda ocasional de alguém mais familiarizado do que eu por perto. Mesmo assim, lembro do incômodo na primeira vez em que precisei entrar em um deles.

No saguão, imitei os outros que digitaram no painel externo o seu andar de destino, e fui informada digitalmente que o meu seria diferente do deles. O E4, de forma muito perspicaz, percebeu que eu estava com pressa, e me ofereceu seus serviços exclusivos, longe do grupo de funcionários barulhentos que pingaria de andar em andar dentro do E2. Já bastava a minha experiência semanal de gastar uns cinco minutos dentro de um desses elevadores pinga-pinga, em Ipanema, e chegar devidamente estressada na terapia.

O saguão esvaziou, o E4 abriu suas portas e embarquei sozinha. Eu iria direto ao 12º andar, sem escalas. Mas, e se algo desse errado? Não que eu tenha claustrofobia ou algum trauma, mas a experiência inédita me causou algum desconforto. Um elevador burro mas cheio de botões parece oferecer mais possibilidades de escape.

Tudo deu certo, na ida e na volta, aumentando a minha sensação de produtividade total. A experiência teria sido perfeita não fosse, já na portaria, a catraca travar, apesar de eu ter colocado o cartão de visitante no compartimento adequado. A entrevista se prolongara e o expediente estava encerrado há tempos. Olhei para os lados, atrás da tal vivalma, quando finalmente surgiu um segurança. Levantei as mãos para cima, tentando explicar que já estava sem o cartão que provaria minha inocência de visitante, quando ele disse:

-É, está dando defeito mesmo - e aproximou o crachá pendurado no pescoço, liberando a minha passagem.

Viu como a tecnologia falha?, eu resmungava enquanto descia as escadas para a estação do metrô. E se o defeito fosse no tal elevador inteligente, e não na catraca, que pelo menos poderia ser pulada emergencialmente?

Coincidentemente, lá estava eu diante de outra catraca. Tirei da bolsa o cartão do metrô e... surpresa. Ele havia se transmutado no cartão do edifício de onde eu acabara de sair. Foi assim, de forma preguiçosa, que meus neurônios poupados pela tecnologia se reconectaram e concluíram que eu jogara o cartão magnético do metrô na catraca do prédio.

Não, a tecnologia não falhara.

E ela ainda vai evoluir muito.

Um dia, quem sabe, irá além de seu interesse em segurança, vigilância e produtividade, e enfim compreenderá a alma humana. Começando pelo pobre cidadão que não está up to date com tecnologias urbanas, porque já é idoso, ou porque resolveu viver no meio do mato, graças à conexão com a internet. Mesmo assim, numa eventualidade, ele precisará resolver problemas burocráticos em um novíssimo prédio comercial, e terá de se submeter ao novíssimo sistema de catracas e elevadores, sistema este chamado agora de "mobilidade interna". Na recepção, a mocinha escaneia sua íris e garante que o novíssimo sistema de mobilidade interna o levará automaticamente ao andar desejado.

Nosso personagem, digamos, é um poeta, embora ganhe a vida fazendo traduções de documentos jurídicos. Por isso precisava se cadastrar como prestador de serviços em um grande escritório de advocacia ali localizado, mais precisamente no vigésimo terceiro andar. Portas fechando, portas se abrindo, informa o elevador em inglês, até que nosso personagem finalmente se vê parado no andar. No andar errado. Está defronte a uma editora especializada em novos autores. "Publique aqui a sua poesia", diz a placa. Ainda tenta retornar, quando ouve: "mind the gap". E o elevador fecha a porta, com uma piscadela.



Marta Barcellos
Rio de Janeiro, 7/11/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O Voto de Meu Pai de Heloisa Pait
02. Poesia e Guerra: mundo sitiado (parte I) de Jardel Dias Cavalcanti
03. O Novo Museu da Estação da Luz: uma Proposta de Heloisa Pait
04. Curso de gestão atabalhoada do tempo de Ana Elisa Ribeiro
05. Tirando o Cavalinho da Chuva de Adriane Pasa


Mais Marta Barcellos
Mais Acessadas de Marta Barcellos em 2014
01. Esquerda x Direita - 24/10/2014
02. Escritor: jovem, bonito, simpático... - 5/9/2014
03. O turista imobiliário - 14/8/2014
04. Quase cinquenta - 14/3/2014
05. Philomena - 7/2/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DESCULPA SE TE CHAMO DE AMOR
FEDERICO MOCCIA
PLANETA
(2009)
R$ 13,00



HISTÓRIAS DE AMOR / E DO MEIO DO MUNDO PROSTITUTO (BOX 2 LIVROS)
RUBEM FONSECA
COMPANHIA DAS LETRAS
(1997)
R$ 20,00



UMA TRAMA REVOLUCIONÁRIA -DO TENENTISMO À REVOLUÇÃO DE 30
ANTONIO PAULO REZENDE
ATUAL
(1990)
R$ 5,10



A PSICOLOGIA E A PSIQUIATRIA DO DIA-A-DIA
EDMUNDO MAIA
ALMED
(1997)
R$ 10,00



ERROS DE LINGUAGEM FÁCEIS DE CORRIGIR
JERÔNIMO TEIXEIRA BORGES
DO AUTOR
(1953)
R$ 24,87



MARVEL 99 Nº 5 - MAIO / 99
MARVEL COMICS
ABRIL
(1999)
R$ 7,00



BARRANCA YACO - VIDA Y MUERTE DE JUAN FACUNDO QUIROGA
DANIEL MASTROBERARDINO
EDITORIAL SUDAMERICANA
(2002)
R$ 150,00



PAI PATRÃO - CAPA DURA
GAVINO LEDDA
CÍRCULO DO LIVRO
(1984)
R$ 11,00



HORIZONTE PERDIDO
JAMES HILTON
CIRCULO DO LIVRO
R$ 7,00



HISTORIE GEOGRAPHIE INITIATION ECONOMIQUE 6
J. M. LAMBIN
HACHETTE
(1994)
R$ 42,51





busca | avançada
54626 visitas/dia
1,3 milhão/mês