Quero ser Marina Abramović | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
55403 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Nos 30 anos, Taanteatro faz reflexão com solos teatro-coreográficos
>>> ‘Salão Paulista de Arte Naïf’ será aberto neste sábado, dia 27, no Museu de Socorro
>>> Festival +DH: Debates, cinema e música para abordar os Direitos Humanos
>>> Iecine abre inscrições para a oficina Coprodução Internacional para Cinema
>>> MAB FAAP recebe a exposição Ensaios de Inclusão
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
Últimos Posts
>>> Desigualdades
>>> Novembro está no fim...
>>> Indizível
>>> Programador - Trabalho Remoto que Paga Bem
>>> Oficinas Culturais no Fly Maria, em Campinas
>>> A Lei de Murici
>>> Três apitos
>>> World Drag Show estará em Bragança Paulista
>>> Na dúvida com as palavras
>>> Fly Maria: espaço multicultural em Campinas
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Lee Aaron: de Metal Queen a Diva do Jazz
>>> Ensaios de Literatura Ocidental, de Erich Auerbach
>>> Pink Floyd 1972
>>> Borges e Osvaldo Ferrari, Diálogos
>>> The Book of Souls
>>> Cidade de Deus, de Paulo Lins
>>> O melhor de 2008 ― literatura e cinema
>>> Depressão
>>> Útil paisagem
>>> Tradução e acesso
Mais Recentes
>>> Administração na Propagandas de Edson Roberto Schard pela Qualitymark (2006)
>>> O senhor dos Bonsais de Manuel Vázquez Montalbán pela Companhia das Letras (1999)
>>> Outras Novas Histórias Antigas de Rosane Pamplona e Dino Bernardi Junior pela Brinque - Book (1999)
>>> A Gente se Acostuma a Tudo de João Ubaldo Ribeiro pela Nova Fronteira (2006)
>>> A Ciência Médica de House de Andrew Holtz pela Best Seller (2009)
>>> Uma rosa no ano 2104 de José Teles pela Bagaço (1993)
>>> O Medico e o Mostro de Robert Luis Stevenson pela L&pm (2002)
>>> Moleque de Rua de Roberto Freire pela Moderna (2013)
>>> Vida Conjugal-um Caminho para Se Construir a Dois de José Junior e Ielane de Mendonça pela Palavra da Fe (2007)
>>> Nostradamus - uma Biografia Romanceada de Liz Greene pela Ediouro (1992)
>>> Literatura Brasileira Em Quadrinhos - a Nova Califonia de Lima Barreto pela Escala Educacional (2010)
>>> O Mulato - Coleção Prestigio de Álvaro Calzá pela Ediouro (1991)
>>> Sabores e Práticas- Guia para Ensino e Aprendizado de Enfermagem de Genilda Ferreira Murta pela Difusão Editora (2006)
>>> História para sala de aula de Walcyr Carrasco pela Moderna (2015)
>>> Guia de Aprovação em concursoa de William Douglas pela Campus (2007)
>>> Você, Vendedor de Mario Crieco pela Geração (2011)
>>> Contos -- Bom Livro de Machado de Assis pela Àtica (2011)
>>> Feito para Crescer de Arthur Rubinfeld pela Bookman (2007)
>>> Inteligência Espiritual de Silas Malafaia pela Central Godpel (2010)
>>> A Segunda Vida das Mulheres de Chistiane Collange pela (2005)
>>> Ética na Gestão Pública de Zita Ana Lago Rodrigues pela Intersaberes (2016)
>>> Projetos de Estágio e de Peaquisa Em Administração de Silvia Maria Azevedo Roesch pela Atlas (1999)
>>> Felicidade é algo que aprende de Lúcia Cominatto pela Eme (2013)
>>> Encontre Deus na Cabana de Randal Rauserb pela Planeta (2009)
>>> O Monte Cinco- Sebo Tradição de Paulo Coelho pela Rocco (1996)
COLUNAS

Quinta-feira, 7/5/2015
Quero ser Marina Abramović
Elisa Andrade Buzzo

+ de 3400 Acessos

Não sei se preciso necessariamente desacelerar; talvez minha vida, na contramão da própria vida estandartizada, não seja assim tão acelerada. Talvez eu tenha estratégias próprias de sobrevivência. Ao menos, não me vanglorio de ter uma "vida corrida" e todas as publicidades enganosas, vícios e vaidades que daí podem decorrer. No entanto, estive em uma sessão, com o intuito de "desacelerar", do Método Abramović, que "reúne uma série de exercícios que exploram os limites do corpo e da mente". Alguns ingênuos pensavam que ela, a avó da performance, estaria presente pessoalmente para ensinar o método a nós, pobres mortais, pois todos querem ver Marina Abramović.

Todos querem Marina e sonham em vê-la tomando um cafezinho no Sesc Pompeia, que abriga a maior retrospectiva de sua obra já feita na América Latina. Sua presença é onipresente: televisores em linha exibem as performances históricas, nas quais vemos o rosto de Marina comendo cebolas, o rosto de Marina imerso entre cristais, o cabelo de Marina penteado com fúria enquanto ela diz "art must be beautiful", o corpo de Marina engolfado por uma cobra gigante e medonha, Marina lavando um esqueleto com afinco, o rosto de Marina, o corpo de Marina. Além desses vídeos, que se iniciam na década de 70 e prolongam-se até os anos 2000, telões com as performances impressionantes em colaboração com o antigo parceiro Ulay e trabalhos de performers brasileiros complementam a mostra.

Mas os vídeos, o único registro dessa arte, não são suficientes. O público quer Marina em carne e osso. Nem que, para tanto, sejam necessárias horas de espera numa fila imensa dos ingressos para uma de suas conferências públicas. E quando Marina fala, seu tom de voz é tão calmo e envolvente, que somos imediatamente cativados por ela, transportados para outra frequência (além de ficarmos extremamente felizes de entendermos tudo o que ela fala em inglês, devido a seu sotaque). Sempre de preto, como se usasse um uniforme político, e com os longos cabelos impecáveis, ela lança um aspecto de semideusa por onde passa e, no entanto, o afeto com que trata seu público a traz de volta à realidade.

A performance, o teatro real, lugar onde tudo pode acontecer e tem sua dose de perigo, onde não há falas marcadas, aquilo que não é para ser necessariamente belo, onde se confrontam os medos, onde se repousam as questões, o quão longe é possível ir, um teste dos limites humanos, uma arte imaterial − tudo isso diz a artista sobre a chamada performance, em sua primeira palestra ao público brasileiro. E, revendo agora suas palavras, acompanhando outros performers no Sesc, parece-me que a arte performática é a que mais se parece com a vida em estado vivo, pulsante, o acontecer diário, a que se conjuga no instante presente e fugaz das ações, reinando absoluta e obrigatória na existência própria.

Estou agora com um fone de ouvido especial, com o qual nada mais se ouve, a não ser o abafamento bizarro do nada, como se o ar pudesse ser limpo do mero adereço do som. Deito numa cama com cristais encravados na cabeceira, fecho os olhos. Sou acordada com um leve toque de dedos. Percorro o ambiente lentamente, sentindo todos os ossinhos dos pés passeando no chão. A cada passo, meu corpo se inclina, o centro de massa é alterado. Agora estou sentada, novamente envolta por cristais. Depois, em pé, no vão mais longínquo do galpão percebo uma grande aranha preta caminhar pela estrutura do telhado. Não vejo seu corpo, apenas uma de suas patas, que alternadamente surge e se oculta na dimensão da viga de madeira.


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 7/5/2015


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Layon pinta o silêncio da cidade em quarentena de Jardel Dias Cavalcanti
02. Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito de Jardel Dias Cavalcanti
03. Nos escuros dos caminhos noturnos de Elisa Andrade Buzzo
04. Goeldi, o Brasil sombrio de Jardel Dias Cavalcanti
05. Blockchain Revolution, o livro - ou: blockchain(s) de Julio Daio Borges


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2015
01. Rugas e rusgas - 15/1/2015
02. Viagem aos baixos do Viaduto do Chá - 5/2/2015
03. 50 tons de Anastasia, Ida e outras protagonistas - 26/2/2015
04. Quero ser Marina Abramović - 7/5/2015
05. Em noite de lua azul - 6/8/2015


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Batalha do Apocalipse
Eduardo Spohr
Verus
(2011)



O Grande Hu-há Roxo uma Comédia da Percepção
Philip H. Farber
Madras
(2012)



Logistica Reversa Como Soluçao para o Problema do Lixo Eletronico
Eduardo Correia Miguez
Qualitymark
(2010)



Annástria e o Arquivo das Memórias
Selène Daquitaine
Ícone
(2014)



De Bar Em Bar
Judith Rossner
Círculo do Livro
(1975)



Revista Cálculo Matemática Para Todos
Vários
Segmento
(2014)



Analise Estruturada de Sistemas (1983)
C. Gane, Trish Sarson
Livros Técnicos e Cientificos
(1983)



Matemática volume 2 2 grau
Scipione Di Pierro Netto
Scipione
(1984)



Voyage pittoresque et historique au Brésil
Jean-Baptiste Debret
Imprimerie Nationale
(2014)



Segredos da Mente - Cérebro e Aprendizagem
Vários Autores
Alto Astral
(2018)





busca | avançada
55403 visitas/dia
2,2 milhões/mês