Regras de civilidade (ou de civilização) | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
37900 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ação Social
>>> Dá-lhe, Villa!
>>> forças infernais
>>> 20 de Abril #digestivo10anos
>>> Pensando sozinho
>>> Minha casa, minha cama, minha mesa
>>> Aranhas e missangas na Moçambique de Mia Couto
>>> Novos Melhores Blogs
>>> Reflexões para um mundo em crise
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
Mais Recentes
>>> Plantas de Cobertura do Solo Caracteristicas e Manejo Em Pequenas . de Claudino Monegal pela Autor (1991)
>>> Os Honorários Advocatícios na Justiça do Trabalho - de Carlos Roberto Ramos pela : Conceito (2013)
>>> 1985 - o Autor de Laranha Mecânica Contesta o 1984 de Orwell e Mostra de Anthony Burgess pela Lpm (1980)
>>> Ciencias Criminais - Articulacoes Criticas Em Torno dos 20 Anos da Con de Ana C. B. de Pinho pela Lumenjuris (2009)
>>> Manual de Anestesia Em Pequenos Animais - de Paddleford pela Roca (2001)
>>> Las Investigaciones de Alvirah y Willy de Mary Higgins Clark pela Plaza & Janes (1998)
>>> Manual de Direito Constitucional - Volume Único de Marcelo Novelino pela Metodo (2014)
>>> Surfing and Health: Expert, Medial and Advice de Joel Steinman pela Meyer (2019)
>>> Competition in Global Industries de Michael E. Porter pela : Harvard Business School (1986)
>>> 22/11/63 - Novela de Stephen King pela Plaza Janés (2012)
>>> Guia Autorizado Adobe Photoshop 7. 0 - Com Cd - Livro de Treinamento de O mesmo pela Makron Books (2003)
>>> Instrumentos Musicales Precortesianos de Samuel Marti pela Inah (1968)
>>> Lo Mejor de La Siesta Inolvidable de Jorge Halperín pela Aguilar (2005)
>>> Novo Comentário Bíblico Contemporâneo - Lucas de Graig A. Evans pela Vida (1996)
>>> Etiquette For Outlaws de Rob Cohen pela Harper Entertainment (2001)
>>> Caixa de Pássaros de Josh Malerman pela Intrinseca (2015)
>>> Retratos e Fotogramas: Isabelle Huppert de Sesc SP pela Sesc (2009)
>>> As minas de Salomão de Eça de Queiroz pela Livraria Lello
>>> Sim Não de Jussara Braga pela do Brasil (1987)
>>> Alves & C.a de Eça de Queiroz pela Livraria Lello (1928)
>>> Fogo no Céu! de Mary França - Eliardo França pela Ática (1991)
>>> Contos de Eça de Queiroz pela Livraria Lello (1934)
>>> An Amazing Story de Telma Guimarães Castro Andrade pela Atual (1996)
>>> O crime do Padre Amaro de Eça de Queiroz pela Livraria Lello (1935)
>>> Codorna - Criação - Instalação - Manejo de Irineu Fabichak pela Nobel (1987)
>>> Guerras Secretas -Super-Heróis Marvel de Alex Irvine pela Novo Século (2016)
>>> Cartas de Inglaterra de Eça de Queiroz pela Livraria Lello
>>> Cem Anos de Iberê de Luiz Camillo Osorio pela Cosac Naify (2014)
>>> Dia de Aninha de Ciça Alves Pinto pela Global (1996)
>>> Lasar Segall Un Expresionista Brasileño de Ivo Mesquita, Jorge Schwartz e outros pela Takano (2002)
>>> The White Mountains de John Christopher pela Longman (1974)
>>> Laje de Santos, Laje dos Sonhos de Guilherme Kodja Tebecherani, Ana Paula Pinto e outros pela Globo (2009)
>>> Ulster Story de Michael Villeneuve pela Longman (1977)
>>> Marco Giannotti de Nelson Brissac Peixoto pela Cosac Naify (2007)
>>> Morri para Viver de Andressa Urach pela Planeta (2015)
>>> Esio Trot de Roald Dahl pela Puffin Books (2001)
>>> Laura Belém de Laura Belém e outros pela Cosac Naify (2013)
>>> Brave New World de Aldous Huxley pela Longman (1978)
>>> Favela, um Bairro de Cristiane Rose Duarte e Outros (org.) pela Pro (1996)
>>> 1/3 da Vida de Wanderley Oliveira e Ermance Dufaux pela Dufaux (2016)
>>> Quê ?! de Tião Carneiro pela Autor
>>> Conheça a Verdade de Bruce Milne pela Abu (1987)
>>> Para uma Nova Era, Poesia & Prosa de Remisson Aniceto pela Patuá (2019)
>>> Mentes perigosas de Ana Beatriz Barbosa Silva pela Fontanar (2008)
>>> Meu menino vadio de Luiz Fernando Vianna pela Intrínsica (2017)
>>> Correndo com tesouras de Augusten Burroughs pela Ediouro (2002)
>>> Supernova - A Estrela dos Mortos de Renan Carvalho pela Novo Conceito (2015)
>>> Supernova - O Encantador de Flechas de Renan Carvalho pela Novo Conceito (2015)
>>> Segregação e Gentrificação: Os conjuntos habitacionais em Natal de Sara Raquel Fernandes Queiroz de Medeiros pela Edufrn (2018)
>>> Repensar as Familias de Fiona Williams pela Principia (2004)
COLUNAS

Segunda-feira, 21/9/2015
Regras de civilidade (ou de civilização)
Julio Daio Borges

+ de 3800 Acessos

Regra Nº 1: "Não discuta religião com quem é fundamentalista."

Para o fundamentalista, a religião está acima de todas as coisas. Então, ele não vai discutir com você. No mínimo, vai tentar te converter. No máximo, vai querer te matar. Ganhar a discussão, nesse caso, não compensa. É perda total.

Regra Nº 2: "Não discuta futebol com um torcedor fanático."

Só não é pior que o fanático religioso, porque as religiões mataram mais gente. A discussão vale menos a pena (ainda) se você "não liga" para futebol. Aí, o torcedor pode se enfurecer de verdade. Pois pode achar que você está "fazendo pouco caso" de uma das razões da existência dele. Não discuta, porque, além de não conseguir convencê-lo, você arranjará um inimigo para sempre.

Regra Nº 3: "Não discuta política com quem é 'de esquerda'."

Na teoria, tudo mundo que é de esquerda se diz "aberto ao diálogo". Mas na prática - quando eles assumem o poder - tentam controlar a informação, silenciar as críticas e desmoralizar (perseguir ou até matar) quem pensa o contrário. Você acha que havia alguma discussão com Stalin, Mao ou Fidel no poder? Quantas vezes você já não ouviu falar que "Dilma não ouve"? Você acha que o Lula liga para a opinião alheia (além da sua, própria)? Como, então, discutir com "seguidores" desse pessoal?

Regra Nº 4: "Não discuta 'gosto' com quem tem mau gosto."

Gosto é uma questão de sensibilidade. Não adianta discutir com quem não tem sensibilidade. Não passa pela "razão". A pessoa pode até *desenvolver* sua sensibilidade, mas desde que ela tenha alguma. Quem não tem nenhuma, não vai dar esse "salto" (do zero ao infinito). E, tudo bem: não é para todo mundo... (Só não tente discutir com um ogro.)

Regra Nº 5: "Não discuta educadamente com quem não tem educação."

Encoste na traseira de um cavalo - ou de um burro - e veja se ele discute com você: ele te dá um coice. É isso que dá se aproximar demais de quadrúpedes. Mantenha distância. A discussão, com esses seres, se é que ela existe, é na base da agressão. E quando não têm como agredir fisicamente, o que é que eles fazem? Agridem verbalmente - através de insultos, ofensas e palavrões. Não discuta. A não ser que você seja chegado numa besta, e num coice...

Regra Nº 6: "Se você tem princípios, não discuta com quem não tem."

Você está lá, defendendo uma opinião ou um ponto de vista, mas o seu interlocutor pode não estar nem aí. Ele pode estar discutindo "por esporte". Amanhã ele muda de posição, conforme a conveniência dele (e, não, porque você argumentou). Na verdade, ele nem te escutou. Ele não tem consideração. Você parte do princípio de que ele tem, por você. Mas ele não tem nenhuma. É o famoso sobrevivente político. Ele tem mil caras - e não sabe mais qual é a dele...

Regra Nº 7: "Se você perdeu tempo se informando, não discuta com quem só 'ouviu falar' sobre o assunto."

É inútil. A pessoa vai ficar repetindo manchetes, enquanto você vai tentar "aprofundar" - mas a pessoa não vai aprofundar nada, porque ela não tem como. Então: para cada argumento seu, ela vai te devolver uma manchete - até que você se canse. Na era da informação, as pessoas são muito orgulhosas para confessar sua ignorância. Preferem continuar na discussão - e até passar recibo de desonestidade intelectual...

Regra Nº 8: "Tente discutir com alguém com quem você tem alguma base comum - e, não, com quem tem um outro referencial."

Acho inútil, por exemplo, essas discussões entre um cientista e um religioso. Acredito que a religião e a ciência atuam em campos diferentes. Uma pode fornecer princípios de investigação e a outra, bases de conduta. Mas, até em filosofia, você não tem como comparar "episteme" com ética ou moral. Para sobreviver, você, instintivamente, precisa conhecer as leis da física, OK, mas, para *viver em sociedade*, você precisa aprender a lidar com seres humanos. (Não acredito que tudo seja "equivalente" ou "comparável"...)

Regra Nº 9: "Não discuta com quem relativiza tudo."

Você fala em lei da gravidade, mas a pessoa fala: "Ah, mas, na Lua"... Você fala que "o céu é azul", mas a pessoa evoca o espectro de cores das abelhas, que pode ser outro... Você fala em Mensalão e Petrolão, e a pessoa retruca que "corrupção sempre houve"... Nós não temos como escapar de certos "absolutos". É o mínimo para raciocinar. Quando acreditamos na definição de "ponto", e dizemos que a reta é um "conjunto infinito de pontos", estamos *fixando* algumas coisas, pois, sem isso, não temos como estudar geometria (por exemplo)... Acredito que em *qualquer discussão* vale a mesma regra: se a pessoa só quer relativizar, redefinir as palavras, voltar às origens etc., não existe avanço - e a discussão girará em círculos...

Regra Nº 10: "Discuta com quem acredita na civilização - e, não, com quem acha que devemos voltar para a selva."

Se a pessoa quer voltar para a taba, não discuta com ela - deixe ela voltar, o quanto antes. Civilização é avanço. E quem não quer avançar, não deveria ficar na civilização. Se a pessoa não quer viver "conectada", com eletricidade e rede de esgoto, é problema dela. Agora, não atrapalhe o trabalho de quem está tentando evoluir - ou, pelo menos, tentando elevar a discussão a um novo patamar. Valores como família, democracia, economia de mercado... são valores da civilização. Quem não aceita isso, deveria procurar outra coisa. Só não encha a paciência quem quer viver no Ocidente, acredita na ciência e na livre iniciativa (entre outras coisas)...

Para ir além
Compartilhar


Julio Daio Borges
São Paulo, 21/9/2015


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O papel aceita tudo de Jardel Dias Cavalcanti
02. Sebastião Rodrigues Maia, ou Maia, Tim Maia de Renato Alessandro dos Santos
03. Poesia e Guerra: mundo sitiado (parte I) de Jardel Dias Cavalcanti
04. 'As vantagens do pessimismo', de Roger Scruton de Celso A. Uequed Pitol
05. Ah!... A Neve de Marilia Mota Silva


Mais Julio Daio Borges
Mais Acessadas de Julio Daio Borges em 2015
01. Lendo Virgílio, ou: tentando ler os clássicos - 25/5/2015
02. Regras de civilidade (ou de civilização) - 21/9/2015
03. Man in the Arena 100 (e uma história do Gemp) - 30/11/2015
04. Por que a discussão política tem de evoluir - 24/8/2015
05. 10 coisas que a Mamãe me ensinou - 10/5/2015


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A VERDADE SOBRE PELÉ
ADRIANO NEIVA
LITHOGRAPHICA YPIRANGA
(1976)
R$ 3.000,00



GRANDE AMOR - UM OBJETIVO DE VIDA
LAMA MICHEL RINPOCHE; BEL CESAR
GAIA
(2016)
R$ 25,00



EXODONCIA
A. BERGER
LABOR
(1934)
R$ 13,84



MAHA GITA PURUSHAM DO BEM AVENTURADO
SRI MAHA KRISHNAS SWAMI
SMKS
R$ 25,00



TEORIA ELEMENTAR DAS CHARNEIRAS PLASTICAS 1
TELEMACO VAN LANGENDONCK
A. B. C. D
(1970)
R$ 130,00



A VIDA É UMA FÁBULA
JEAN DIDIER VINCENT
TEMAS E DEBATES
(1999)
R$ 17,19



VIAJE AL ESPAÑOL VOL. 2 - LIBRO DEL ALUNO
UNIVERSIDAD DE SALAMANCA
SANTILLANA
(1997)
R$ 25,00



DOUTRINA E PRÁTICA DO ARRESTO OU EMBARGO
OVÍDIO A. BAPTISTA DA SILVA
FORENSE
(1976)
R$ 15,00



O GRANDE PRESENTE DE NATAL
PE. RODRIGO HURTADO
LEGIONÁRIOS DE CRISTO
(2013)
R$ 6,50



MINHAS ORAÇÕES
MASAHARU TANIGUCHI
SEICHO-NO-IE
(2003)
R$ 9,00





busca | avançada
37900 visitas/dia
1,3 milhão/mês