Regras de civilidade (ou de civilização) | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
78105 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Filó Machado e Felipe Machado dividem o palco em show online pelo CulturaEmCasa
>>> Cassio Scapin e artistas de grandes musicais fazem campanha contra o abuso sexual infantil
>>> Terça Aberta na Quarentena une teatro e a dança
>>> “Um pé de biblioteca” estimula imaginação e ajuda a criar novas bibliotecas pelo Brasil
>>> Diálogos na Web FAAP: Na pauta, festivais de cinema e crítica cinematográfica
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Escrevendo um currículo
>>> Frases que soubessem tudo sobre mim
>>> Por que somos piratas musicais
>>> 6 pedras preciosas do rock
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST)
>>> Para você que vai votar...
>>> A medida do sucesso
>>> Fuvest divulga lista de livros para 2017
>>> 35 anos do Clube da Esquina
>>> É Julio mesmo, sem acento
Mais Recentes
>>> A Cizânia de R. Goscinny - A. Uderzo pela Record (2002)
>>> Consciência operária no Brasil - Revista Ensaios n. 39 de Celso Frederico pela Ática (1978)
>>> O Sítio no Descobrimento: a turma do Picapau amarelo na expedição de Pedro Álvares Cabral de Luciana Sandroni pela Globo (2000)
>>> Zelia, uma Paixão de Fernando Sabino pela Record (1989)
>>> Volta ao Lar de Nora Roberts pela Harlequin Books (2006)
>>> Você Pode Curar Sua Vida de Louise L. Hay pela Best Seller (1984)
>>> Você é Tímido? de Núria Roca pela Companhia Nacional (2008)
>>> Vivências de Vozes pela Vozes
>>> Violetas na Janela de Vera Lucia Marinzeck de Carvalho Tipo: Semin pela Petit (2013)
>>> Vinte Anos de David Nicholls pela Intrínseca (2011)
>>> Vingadores Todos Querem Dominar o Mundo Marvel de Dan Abnett pela Novo Século (2015)
>>> Vidas Secas de Graciliano Ramos pela Record (1981)
>>> Vida Depois da Vida o Que Acontece Quando uma Pessoa Morre? de Dr. Raymond A. Moody pela Círculo de Livro (1979)
>>> Vida de Droga Sinal Aberto de Aberto Walcyr Carrasco pela Ática (2007)
>>> Vice-versa ao Contrário de Heloisa Prieto; Spacca pela Cia das Letrinhas (1994)
>>> Viagens de Gulliver Série Reencontro de Jonathan Swift pela Scipione
>>> Viagens de Gulliver de Jonathan Swift - Ad. Paulo Sergio de Vasconcellos pela Objetivo
>>> Vestido de Noivo de Pierre Lemaitre pela Vertigo (2013)
>>> Veronika Decide Morrer de Paulo Coelho pela Rocco (2003)
>>> Vencendo o Passado ( Bolso) de Zibia Gasparetto pela Vida e Consciência (2017)
>>> Várias Histórias Coleção a Obra-prima de Cada Autor de Machado de Assis pela Martin Claret (2003)
>>> Van Gogh Museum Vida, Obra y Coetáneos de Vicent Van Gogh pela Ne
>>> Valores para Viver Inspirações para Refletir de Maria Isabel Borja e Márcio Vassallo pela Guarda Chuva (2005)
>>> Urso Com Música na Barriga Ilustrações de Eva Furnari de Erico Verissimo pela Companhia das Letrinhas (2002)
>>> Uma Torre Além do Tempo: a Colmeia de Almas de Francisco José B. Sá pela Mnêmio Túlio (1999)
>>> Uma Questão de Tempo de Alvaro Esteves pela Objetiva
>>> Uma História de Sabedoria e Riqueza de Mark Fisher pela Ediouro
>>> Um Pai Criminalista um Ensaio Sobre Educação Infantil e Administração de Chistian Mirkos pela Ceitec (2008)
>>> Um Homem de Sorte Edição de Bolso de Nicholas Sparks pela Novo Conceito (2011)
>>> Um Estranho Segredo de Marcos Diego Mogami pela Db (2014)
>>> Um Estranho no Espelho de Sidney Sheldon pela Klick (1997)
>>> Um Dia de Bradley Trevor Greive pela Sextante (2001)
>>> Um Caso Muito Sujo de Shirley Souza pela Paulus (2011)
>>> Um Caldeirão de Poemas Vol 2 de Tatiana Belinky pela Companhia das Letrinhas (2007)
>>> Um Anjo Em Nossa Vida de Célia Xavier de Camargo pela Petit (2014)
>>> Um Amor Conquistado de Danielle Steel pela Record (1984)
>>> Ubirajara Série Bom Livro de José de Alencar pela Ática (1998)
>>> Turma da Mônica Jovem um Novo Amor? Número 82 de Mauricio de Sousa pela Panini Comics (2015)
>>> Turma da Mônica Jovem N° 63 Dia das Bruxas de Mauricio de Sousa pela Panini Brasil (2013)
>>> Turma da Mônica Jovem no País das Maravilhas Parte 2 de 2 de Mauricio de Sousa pela Panini (2010)
>>> Tudo Tem Seu Preço de Zibia Gasparetto pela Vida & Consciência
>>> Tudo Aquilo Que Nunca foi Dito de Marc Levy pela Suma de Letras (2011)
>>> Tudo a Ganhar de Barbara Taylor Bradford pela Record (1995)
>>> Triste Fim de Policarpo Quaresma Ler é Aprender Volume 18 de Lima Barreto pela Klick
>>> Triste Fim de Policarpo Quaresma Ler é Aprender Volume 18 de Lima Barreto pela Klick
>>> Triste Fim de Policarpo Quaresma (pocket) de Lima Barreto pela L&pm Pocket
>>> Tio Sam Chega ao Brasil a Penetração Cultural Americana de Gerson Moura pela Brasiliense (1988)
>>> Til Coleção a Obra-prima de Cada Autor de José de Alencar pela Martin Claret
>>> The Testament de John Grisham pela Penguin Readers (1999)
>>> The Plays and Sonnets of William Shakespeare Vol 2 de Shakespeare pela Britannica
COLUNAS

Segunda-feira, 21/9/2015
Regras de civilidade (ou de civilização)
Julio Daio Borges

+ de 4500 Acessos

Regra Nº 1: "Não discuta religião com quem é fundamentalista."

Para o fundamentalista, a religião está acima de todas as coisas. Então, ele não vai discutir com você. No mínimo, vai tentar te converter. No máximo, vai querer te matar. Ganhar a discussão, nesse caso, não compensa. É perda total.

Regra Nº 2: "Não discuta futebol com um torcedor fanático."

Só não é pior que o fanático religioso, porque as religiões mataram mais gente. A discussão vale menos a pena (ainda) se você "não liga" para futebol. Aí, o torcedor pode se enfurecer de verdade. Pois pode achar que você está "fazendo pouco caso" de uma das razões da existência dele. Não discuta, porque, além de não conseguir convencê-lo, você arranjará um inimigo para sempre.

Regra Nº 3: "Não discuta política com quem é 'de esquerda'."

Na teoria, tudo mundo que é de esquerda se diz "aberto ao diálogo". Mas na prática - quando eles assumem o poder - tentam controlar a informação, silenciar as críticas e desmoralizar (perseguir ou até matar) quem pensa o contrário. Você acha que havia alguma discussão com Stalin, Mao ou Fidel no poder? Quantas vezes você já não ouviu falar que "Dilma não ouve"? Você acha que o Lula liga para a opinião alheia (além da sua, própria)? Como, então, discutir com "seguidores" desse pessoal?

Regra Nº 4: "Não discuta 'gosto' com quem tem mau gosto."

Gosto é uma questão de sensibilidade. Não adianta discutir com quem não tem sensibilidade. Não passa pela "razão". A pessoa pode até *desenvolver* sua sensibilidade, mas desde que ela tenha alguma. Quem não tem nenhuma, não vai dar esse "salto" (do zero ao infinito). E, tudo bem: não é para todo mundo... (Só não tente discutir com um ogro.)

Regra Nº 5: "Não discuta educadamente com quem não tem educação."

Encoste na traseira de um cavalo - ou de um burro - e veja se ele discute com você: ele te dá um coice. É isso que dá se aproximar demais de quadrúpedes. Mantenha distância. A discussão, com esses seres, se é que ela existe, é na base da agressão. E quando não têm como agredir fisicamente, o que é que eles fazem? Agridem verbalmente - através de insultos, ofensas e palavrões. Não discuta. A não ser que você seja chegado numa besta, e num coice...

Regra Nº 6: "Se você tem princípios, não discuta com quem não tem."

Você está lá, defendendo uma opinião ou um ponto de vista, mas o seu interlocutor pode não estar nem aí. Ele pode estar discutindo "por esporte". Amanhã ele muda de posição, conforme a conveniência dele (e, não, porque você argumentou). Na verdade, ele nem te escutou. Ele não tem consideração. Você parte do princípio de que ele tem, por você. Mas ele não tem nenhuma. É o famoso sobrevivente político. Ele tem mil caras - e não sabe mais qual é a dele...

Regra Nº 7: "Se você perdeu tempo se informando, não discuta com quem só 'ouviu falar' sobre o assunto."

É inútil. A pessoa vai ficar repetindo manchetes, enquanto você vai tentar "aprofundar" - mas a pessoa não vai aprofundar nada, porque ela não tem como. Então: para cada argumento seu, ela vai te devolver uma manchete - até que você se canse. Na era da informação, as pessoas são muito orgulhosas para confessar sua ignorância. Preferem continuar na discussão - e até passar recibo de desonestidade intelectual...

Regra Nº 8: "Tente discutir com alguém com quem você tem alguma base comum - e, não, com quem tem um outro referencial."

Acho inútil, por exemplo, essas discussões entre um cientista e um religioso. Acredito que a religião e a ciência atuam em campos diferentes. Uma pode fornecer princípios de investigação e a outra, bases de conduta. Mas, até em filosofia, você não tem como comparar "episteme" com ética ou moral. Para sobreviver, você, instintivamente, precisa conhecer as leis da física, OK, mas, para *viver em sociedade*, você precisa aprender a lidar com seres humanos. (Não acredito que tudo seja "equivalente" ou "comparável"...)

Regra Nº 9: "Não discuta com quem relativiza tudo."

Você fala em lei da gravidade, mas a pessoa fala: "Ah, mas, na Lua"... Você fala que "o céu é azul", mas a pessoa evoca o espectro de cores das abelhas, que pode ser outro... Você fala em Mensalão e Petrolão, e a pessoa retruca que "corrupção sempre houve"... Nós não temos como escapar de certos "absolutos". É o mínimo para raciocinar. Quando acreditamos na definição de "ponto", e dizemos que a reta é um "conjunto infinito de pontos", estamos *fixando* algumas coisas, pois, sem isso, não temos como estudar geometria (por exemplo)... Acredito que em *qualquer discussão* vale a mesma regra: se a pessoa só quer relativizar, redefinir as palavras, voltar às origens etc., não existe avanço - e a discussão girará em círculos...

Regra Nº 10: "Discuta com quem acredita na civilização - e, não, com quem acha que devemos voltar para a selva."

Se a pessoa quer voltar para a taba, não discuta com ela - deixe ela voltar, o quanto antes. Civilização é avanço. E quem não quer avançar, não deveria ficar na civilização. Se a pessoa não quer viver "conectada", com eletricidade e rede de esgoto, é problema dela. Agora, não atrapalhe o trabalho de quem está tentando evoluir - ou, pelo menos, tentando elevar a discussão a um novo patamar. Valores como família, democracia, economia de mercado... são valores da civilização. Quem não aceita isso, deveria procurar outra coisa. Só não encha a paciência quem quer viver no Ocidente, acredita na ciência e na livre iniciativa (entre outras coisas)...

Para ir além
Compartilhar


Julio Daio Borges
São Paulo, 21/9/2015


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Entre a simulação e a brincadeira de Guilherme Pontes Coelho


Mais Julio Daio Borges
Mais Acessadas de Julio Daio Borges em 2015
01. Lendo Virgílio, ou: tentando ler os clássicos - 25/5/2015
02. Regras de civilidade (ou de civilização) - 21/9/2015
03. Man in the Arena 100 (e uma história do Gemp) - 30/11/2015
04. Por que a discussão política tem de evoluir - 24/8/2015
05. 10 coisas que a Mamãe me ensinou - 10/5/2015


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




FUTEBOL 100% PROFISSIONAL
JOSÉ CARLOS BRUNORO - ANTONIO AFIF
GENTE
(1997)
R$ 9,42



CREWEL LYE - A CAUSTIC YARN
PIERS ANTHONY
A DEL REY
(1984)
R$ 15,00



THINK LEVEL 2 WORKBOOK B1
HERBERT PUCHTA; JEFF STRANKS; PETER LEWIS JONES
CAMBRIDGE UNIVERSITY PRESS
(2015)
R$ 19,90



O ATENEU (CRÔNICAS DE SAUDADES) - 7ª EDIÇÃO
RAUL POMPÉIA
ÁTICA
(1980)
R$ 7,00



MUNDO ESTRANHO POR DENTRO DO TERRORISMO
VÁRIOS AUTORES
ABRIL
(2006)
R$ 5,99



PETIÇÕES, CONTESTAÇÕES E RECURSOS: AUXILIAR AO EXAME DA OAB
VALDEMAR P. DA LUZ (CAPA DURA) 3ª EDIÇÃO
FORENSE
(2003)
R$ 19,28



SYDNEY 2000
GREGORYS
GOT AUSTRALIA COVERED
(2000)
R$ 49,16



BRINKMANN O CINEMA EM PALAVRAS
ROLF DIETER
FENDA
(1995)
R$ 49,70



APRENDA COM OS VENCEDORES - VOCÊ S/A
VARIOS AUTORES
ABRIL
R$ 8,00



THE BILIARY TRACT
GERALD S. DOWDY
LEA E FEBIGER
(1969)
R$ 33,49





busca | avançada
78105 visitas/dia
2,2 milhões/mês