Lira da resistência ao futebol gourmet | Luís Fernando Amâncio | Digestivo Cultural

busca | avançada
74915 visitas/dia
2,3 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Com 21 apresentações gratuitas, FLOW Literário aborda multi linguagens da literatura
>>> MASP, Osesp e B3 iniciam ciclo de concertos online e gratuitos
>>> Madeirite Rosa apresenta versão online de A Luta
>>> Zeca Camargo participa de webserie sobre produção sustentável de alimentos
>>> Valéria Chociai é uma das coautoras do novo livro Metamorfoses da Maturidade
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
>>> A vida é
>>> (...!)
>>> Notívagos
>>> Sou rosa do deserto
>>> Os Doidivanas: temporada começa com “O Protesto”
>>> Zé ninguém
>>> Também no Rio - Ao Pe. Júlio Lancellotti
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Sou diabético
>>> 3 de Maio #digestivo10anos
>>> O Joca me adora
>>> A volta das revistas eletrônicas
>>> As duas divas da moderna literatura romântica
>>> Entrevista com Rogério Pereira
>>> Bafana Bafana: very good futebol e só
>>> Suspense, Crimes ... e Livros!
>>> Entrevista com Michel Laub
>>> Mensagem do Papai Noel
Mais Recentes
>>> Titulo de Aut pela Abc (1999)
>>> Razão e Violência de R D Laing - D G Cooper pela Vozes (1976)
>>> Titulo de Aut pela Abc (1999)
>>> Titulo de Aut pela Abc (1999)
>>> Memórias de um Sargento de Milícias de Manuel Antônio de Almeida pela Principis (2021)
>>> A Revolução dos Bichos de George Orwell pela Principis (2021)
>>> A Decadência da Mentira e Outros Ensaios de Oscar Wilde pela Principis (2020)
>>> Histórias de Tia Nastácia de Monteiro Lobato pela Ciranda Cultural (2019)
>>> Turma da Mônica Contos da Carochinha de Maurício de Sousa pela Girassol (2019)
>>> Procura-se Lobo de Ana Maria Machado pela Ática (2010)
>>> Mensagem de Fernando Pessoa pela Principis (2019)
>>> A Ilha do Tesouro Em Quadrinhos de Robert Louis Stevenson pela Principis (2020)
>>> Emília no País da Gramática de Monteiro Lobato pela Ciranda Cultural (2019)
>>> Tronos & Ossos a Batalha Final de Lou Anders pela Jangada (2018)
>>> Tronos & Ossos o Enigma do Chifre de Lou Anders pela Jangada (2017)
>>> Tronos & Ossos Jornada no Gelo de Lou Anders pela Jangada (2016)
>>> Minecraft Guia de Criação de Mojang pela Abril (1500)
>>> Minecraft Guia de Exploração de Mojang pela Abril (1500)
>>> O Poço e o Pêndulo e Outros Contos de Edgar Allan Poe pela Lafonte (2020)
>>> O Corvo e Outros Poemas de Edgar Allan Poe pela Lafonte (2020)
>>> O Gato Preto e Outras Histórias de Edgar Allan Poe pela Lafonte (2020)
>>> A Interpretação dos Sonhos Parte I e II de Sigmund Freud pela Lafonte (2014)
>>> Manancial - Meditações Diárias 17 de Vários Autores pela Ufbb (2020)
>>> Marketing - O Que É? Quem Faz? Quais Tendências? de Carlos Frederico de Andrade pela Ibpex (2010)
>>> Manancial - Meditações Diárias 17 de Varios Autores pela Ufbb (2020)
COLUNAS

Segunda-feira, 1/2/2016
Lira da resistência ao futebol gourmet
Luís Fernando Amâncio

+ de 2800 Acessos

Apesar de certo constrangimento, provocado pelas investigações do FBI que vão revirando todo um lamaçal de corrupção na FIFA, no último dia 11 de janeiro aconteceu a Bola de Ouro. O evento, promovido pela entidade máxima do futebol, premia os melhores profissionais do ano. Na celebração, em meio ao glamour das grandes marcas do futebol – sim, a palavra é esta, marca – dois nomes brasileiros entraram de gaiatos: Wendell Lira e o Goianésia Esporte Clube. E levaram dignidade ao evento.

Porque o futebol moderno, a cada dia que passa, vai virando uma cópia esforçada dos jogos de videogames. Deveria ser o contrário. O esporte está se pasteurizando sob nossos narizes e nós assistimos a tudo tomando a cerveja sem álcool que nos vendem nos campos. Os fãs atuais estão preocupados em saber se seu time tem mais sócios do que os rivais, se está internacionalizando sua marca, se vendeu o naming rights do estádio... Opa, estádio não, agora é Arena (leia-se “arina”, por favor). Nos colégios, adolescentes ostentam camisas do Paris Saint-Germain, do Manchester City ou de seja qual for o clube food truck do momento. Na geografia do futebolês, a juventude encontra mais fácil no globo o Stamford Brigde do que o Mundão do Arruda.

O futebol vai se gourmetizando e a festa da Bola de Ouro é um ícone desse processo. Por isso, o gol de Wendell Lira (e, justiça seja feita, também de Nonato e Da Matta, coautores da bela jogada) receber o Prêmio Puskás como o mais bonito de 2015 é um alento. Ele nos faz celebrar o esporte praticado fora dos grandes centros. Pois, raro leitor e rara leitora, o futebol ainda pulsa nas periferias, onde os astros não tem telão para ajeitarem o penteado durante as partidas, nos campos onde o torcedor vê jogo de pé, colado na grade. O esporte bretão não está playstationificado nas pelejas onde se luta pela bola com a gana de quem disputa um prato de comida – pois, de certa forma, é o que está em jogo.

A realidade da grande maioria dos futebolistas pelo mundo afora é semelhante à saga de Wendell até fazer seu fatídico gol: perambular por equipes modestas com contratos curtos, conviver com lesões insistentes e estar, a todo momento, repensando se vale a pena insistir na carreira. A realidade, amigas e amigos, não é de triunfos na Champions League, mas de batalhas inglórias contra rebaixamentos, em equipes sem petrodólares de xeiques ou magnatas russos bancando salários estelares.

Nada contra admirar a habilidade de atletas predestinados como Messi e Neymar, ou gostar de ver confrontos entre as grandes agremiações do futebol europeu. Mas não dá para tomá-los como parâmetro e desvalorizar o que não se enquadra nesse padrão. É muito fácil acostumar nossos olhos ao esteticamente bonito – que, convenhamos, também não passa de uma convenção. É preciso ver para além do Photoshop. Pois é ali que o futebol resiste. Sem trajes de gala. Sem naming rights. Sem negócios milionários da China. Mas, como diria Nelson Rodrigues, “com o coração na ponta da chuteira”. E do que mais o espetáculo precisa?


Luís Fernando Amâncio
Belo Horizonte, 1/2/2016


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Precisamos falar sobre Kevin de Renato Alessandro dos Santos
02. Os Doze Trabalhos de Mónika. Prólogo. Sem Alarde de Heloisa Pait
03. Mais espetáculo que arte de Guilherme Carvalhal
04. O Novo Museu da Estação da Luz: uma Proposta de Heloisa Pait
05. Margeando a escuridão de Elisa Andrade Buzzo


Mais Luís Fernando Amâncio
Mais Acessadas de Luís Fernando Amâncio em 2016
01. Super Campeões, trocas culturais de Brasil e Japão - 30/8/2016
02. Tricordiano, o futebol é cardíaco - 26/4/2016
03. Nos tempos de Street Fighter II - 31/5/2016
04. Meu pé quebrado - 18/10/2016
05. Radiohead e sua piscina em forma de lua - 28/6/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Paixão do eu lírico - Poesias, poemas, dores e amores
João Pedro Leal
Fross
(2020)
R$ 25,00



Testes Em Educação
Heraldo Marelim Vianna
Ibrasa
(1978)
R$ 5,00



A Invasão
Dias Gomes
Civilizaçao Brasileira
(1983)
R$ 6,00



Casa de Bonecas
Henrik Ibsen
Victor Civita
(1983)
R$ 39,90



Reinventando a Si Mesmo
Luiz Calainho
Agir
(2013)
R$ 15,00



Aconteceu Ontem
Odette de Barros Mott
Atual
(1987)
R$ 12,00



Cocaina... 1a Edição - 10946
Alvaro Moreyra
Pimenta de Mello
(1924)
R$ 65,00



Madiba, o Menino Africano
Rogério Andrade Barbosa; Renato Alarcao
Cortez
(2011)
R$ 20,42



Uma Família Feliz
Durval Ciamponi
Federaçao Espirita
(2002)
R$ 10,00



Encyclopédie Visuelle de La Science-fiction
Brian Ash (direction)
Albin Michel
(1979)
R$ 158,28





busca | avançada
74915 visitas/dia
2,3 milhões/mês