Antes que seque | Guilherme Pontes Coelho | Digestivo Cultural

busca | avançada
76521 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Rodolpho Parigi participa de live da FAAP
>>> Para fugir de ex-companheiro brasileira dá volta ao mundo com pouco dinheiro
>>> Zé Guilherme encerra série EntreMeios com participação da cantora Vania Abreu
>>> Bricksave oferece vistos em troca de investimentos em Portugal
>>> Projeto ‘Benzedeiras, tradição milenar de cura pela fé’ é lançado em multiplataformas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
>>> Eddie Van Halen (1955-2020)
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Vandalizar e destituir uma imagem de estátua
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
Colunistas
Últimos Posts
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
>>> Van Halen no Rock 'n' Roll Hall of Fame
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
Últimos Posts
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
>>> Perplexo!
>>> Orgulho da minha terra
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Se a vida começasse agora
>>> 9/11 books
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Cidade de Deus, de Paulo Lins
>>> Humberto Alitto
>>> Orra, meu
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
>>> Meu tio
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> Tarde, de Paulo Henriques Britto
Mais Recentes
>>> Ilustrado de Miguel Syjuco pela Companhia das Letras (2011)
>>> Revista Viagem e Turismo - Ano 20 – Nº 2 - Quatro Roteiros na Itália Pra Ver Antes de Morrer de Vários Autores pela Abril (2015)
>>> Guia do Executivo Porto Alegre 1998 de Vários Autores pela Gazeta Mercantil (1998)
>>> Guia Quatro Rodas Brasil 2002 de Vários Autores pela Abril (2002)
>>> Éfeso de Naci Keskin pela Keskin Colors (2012)
>>> Clube do Livro, Ser Leitor - que diferença faz? de Luzia de Maria pela Literária (2009)
>>> The Good Life Guide to Sydney de Tessa Mountstephens pela Hark! (1996)
>>> Matemática - 8º Ano - 6º Edição de Edwaldo Bianchini pela Moderna (2006)
>>> Encontro com a Begõnia de Nilza de Oliveira pela Imagem (2014)
>>> Buenos Aires de Boca a River de Joaquim da Fonseca pela Artes e Ofícios (1996)
>>> Brisa Bia, Brisa Bel de Ana Maria Machado pela Record (1999)
>>> Barcelona – Um Ano Com 365 Dias de Marcos Eizerik pela Age (2008)
>>> De Mala e Cuia – Tudo o Que Você Precisa Saber Para Morar, Estudar, Trabalhar e se Divertir na Europa de Adriana Setti pela Jaboticaba (2005)
>>> Quebra de Confiança de Quebra de Confiança Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Viajando pela Europa e Pelo Mundo de José Cretella Júnior pela T. A. Queiroz (1985)
>>> Silêncio na Floresta de Harlan Coben pela Benvirá (2009)
>>> A Nova História Cultural de Lynn Hunt pela Martins Fontes (1992)
>>> O Livro dos Espíritos de Allan Kardec pela Círculo do Livro (1993)
>>> Não Conte a Ninguém de Harlan Coben pela Arqueiro (2009)
>>> Cyrano de Bergerac de Edmond Rostand pela Nova Cultural (2003)
>>> O Livro dos Incensos de Steven R. Smith pela Roca (1994)
>>> Confie Em Mim de Harlan Coben pela Arqueiro (2009)
>>> Romeu e Julieta - Macbeth - Otelo, O Mouro de Veneza de William Shakespeare pela Nova Cultural (2003)
>>> Consciência Cósmica de Rosabis Camaysar pela Lorenz (1994)
>>> Alta Tensão de Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Os Sentidos do Trabalho - Ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho de Ricardo Antunes pela Boitempo (2000)
>>> Luta Armada no Brasil do Anos 60 e 70 de Jaime Sautchuk pela Anita Garibaldi (1995)
>>> Jogada Mortal de Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Quando Ela Se Foi de Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Descartes The Project of Pure Enquiry de Bernard Williams pela Routledge (2005)
>>> Desaparecido para Sempre de Harlan Coben pela Arqueiro (2010)
>>> Seis Anos Depois de Harlan Coben pela Arqueiro (2014)
>>> Estatuto da Criança e do Adolescente de Vários Autores pela Pmpa (2003)
>>> O Inocente de Harlan Coben pela Arqueiro (2013)
>>> A Dama das Camélias de Alexandre Dumas Filho pela Nova Cultural (2003)
>>> Equilíbrio Total Através da Parapsicologia de Miguel Lucas pela Almed (1981)
>>> Casa de Bonecas de Henrik Ibsen pela Nova Cultural (2003)
>>> O Poder da Oração para Mulheres de Jackie M. Johnson pela Povket ouro (2013)
>>> Jesus como Terapeuta - O Poder Curador das Palavras de Anselm Grün pela Vozes (2013)
>>> Manual do Astrônomo Amador de Jean Nicolini pela Papirus (1991)
>>> As Três Irmãs de Anton Tchekov pela Nova Cultural (2002)
>>> Constituição da República Federativa do Brasil de Alexandre de Moraes (Org.) pela Atlas (2001)
>>> Constituição da República Federativa do Brasil de Vários Autores pela Saraiva (2000)
>>> O Livro Secreto do Banheiro Feminino de Jo Barrett pela Essência/Planeta (2008)
>>> Código de Hamurabi – Código de Manu – Lei das XII Tábuas de Jair Lot Vieira (Superv.) pela Edipro (2002)
>>> Manual de Prática Forense Civil de Edson Cosac Bortolai pela Revista dos Tribunais (2003)
>>> Vade Mecum Método Cívil 2016 de Vários Autores pela Método (2016)
>>> Nossa próxima atração. O interprograma do Canal 3 de Mário Fanucchi pela Edusp (1996)
>>> Evaristo de Moraes Filho – 100 Anos de Vida Contribuição à Sociologia e ao Direito do Trabalho de Eliana Gonçalves da Fonte Pessanha e Outros (Orgs.) pela Ministério do Trabalho (2016)
>>> O tempo e a alma de Jacob Needleman pela Ediouro (1999)
COLUNAS

Quarta-feira, 20/4/2016
Antes que seque
Guilherme Pontes Coelho

+ de 3000 Acessos


O primeiro amor é perfeito. Tudo nele é bom e se enraíza futuro afora na vida do amante. Tudo nele é perfeito, aliás, porque o primeiro amor é uma conquista do amante, não do amado – mesmo quando a loteria da reciprocidade funciona e amantes e amados se encontram no espelho arranhado das projeções, é o amar, e não o estar amado, que é transformador e que encoraja. O primeiro amor é perfeito, como tudo que criamos no nosso mundo interior.

Depois do primeiro amor, vêm a vida e outros primeiros amores. Mas aquele objeto inicial permanece, como a epítome da pessoa que o amante era capaz de ser e nada do que o então amado faça, nada do que a vida faça a ele, será capaz de transformar isso.

Tudo isto sobre primeiros amores, e outras considerações que ficarão para outra hora, estão comigo desde que li o livro Antes que seque, de Marta Barcellos (editora Record, 2015, 190 páginas). É um livro de contos, vencedor do Prêmio SESC Literatura de 2015, de uma escritora experiente que estreia na ficção. Um dos seus contos se chama justamente “Primeiro amor”, um conto curto e poderoso que narra o poder de permanência do encanto da primeira paixão na nossa vida amorosa. Mais que isso, não posso falar. Mas posso falar que um traço marcante deste conto, que é compartilhado pelas demais histórias do livro, é a ambiguidade agridoce da vida cotidiana. A beleza das coisas pequenas, que acobertam atrocidades; o incômodo dos gestos mesquinhos, que infectam nobrezas.

Se a ambiguidade é um traço comum às narrativas, três temas são abordados com frequência no livro: identidade, estigma e sexo. “Quase ela”, por exemplo, é um conto sobre identidade e, como consequência, a passagem do tempo. “Somos feitos mais de acasos ou de escolhas?”, a protagonista se pergunta, enquanto prepara um Nescau. Um questionamento shakespeareano que sempre acontece nesses momentos triviais do dia a dia. (Sou breve em relação à trama dos contos porque quero preservar as surpresas.) Perceba que o questionamento é sobre se somos mais de um que de outro, sem binarismos, mantendo a ambivalência que nos faz.


Eu conheci a autora pessoalmente, anos atrás (escrevemos para esta mesma revista virtual). Conversamos muito sobre literatura e sobre por que escrever ficção. Passando pela conclusão óbvia do porquê literário (enriquece a vida e deve ser feito, ponto), ela já tinha uma visão muito clara do como fazer literatura. “O texto tem de ser claro”, dizia. Antes que seque o comprova, pois tecnicamente o livro é impecável. Barcellos é jornalista, experiente em entrevistar pessoas, observar personagens reais, reconstruir histórias através de vários pontos de vida. A autora já era familiarizada com escrever textos antes de publicar suas primeiras ficções, e esta sentença não é a redundância que parece. Primeira pessoa, terceira pessoa, protagonista mulher, protagonista homem, Antes que seque tem de tudo e tudo mantém a qualidade, embora o forte criativo sejam as personagens femininas.

Sobre as quais, aliás, os temas que mencionei incidem com mais força. Identidade, estigma e sexo. “À moda antiga”, outro conto arrebatador, contém os três temas, num aceno a Nelson Rodrigues, mas narrado de forma que só alguém experiente na interseção entre viver, escrever e ser mulher saberia. Mais: narrado de forma penetrante, soberbo em cada detalhe. Como diz outra personagem de Barcellos, “A vida é uma sucessão de detalhes bem planejados, qualquer mulher sabe disso. São eles, os detalhes, que vão formar um todo harmônico, início, meio e fim, ordenar e imprimir o efeito estético que se busca ao final.” Toda esta perícia está em um dos meus contos prediletos, “À revelia”.

Uma variada galeria de personagens, e não de impressões de personagens. Narrativas estruturadas, e não flutuações sobre temas. Prosa elegante. Tudo que eu espero de um livro de contos está em Antes que seque.


Guilherme Pontes Coelho
Águas Claras/Brasília, 20/4/2016


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Livros do bem e do mal de Marcelo Spalding
02. Bernardo Carvalho e a arte da fuga de Martim Vasques da Cunha


Mais Guilherme Pontes Coelho
Mais Acessadas de Guilherme Pontes Coelho
01. Nas redes do sexo - 25/8/2010
02. A literatura de Giacomo Casanova - 19/5/2010
03. O preconceito estético - 29/12/2010
04. A morte de Michael Jackson, um depoimento - 5/8/2009
05. O retorno à cidade natal - 24/2/2010


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




BOSS LADY
OMAR TYREE
SIMON E SCHUSTER PAPERBACKS
(2005)
R$ 20,00



A ARTE DE SEPARAR-SE
EDOARDO GIUSTI
NOVA FRONTEIRA
(1987)
R$ 5,00



A FUSÃO DO FEMININO
CHRIS GRISCOM
SICILIANO
(1991)
R$ 5,00



REVISTA MEU PRÓPRIO NEGÓCIO. DESPERDÍCIO. EDIÇÃO 50
VÁRIOS
ONLINE
R$ 13,90



DIOSAS Y PLEBEYAS - COL. VERDAD O CONSECUENCIA
CATHY HOPKINS
V E R
(2003)
R$ 9,87



VARIETÉS ET FANTAISIES SEXUELLES - JOISES ET PLAISIRS
ANNE DALÉS
ANNE DALÉS
R$ 15,00



O GUIA OFICIAL DO CLUB PENGUIN VOL 1
KATHERINE NOLL
MELHORAMENTO
(2010)
R$ 4,32



AS AVENTURAS DO CAPITÃO CUECA
DAV PILKEY
COSACNAIF
(2019)
R$ 22,00



UMA CASA DE BONECAS
HENRIK IBSEN
MOINHOS
(2017)
R$ 42,00



VIOLETAS NA JANELA (VERSÃO POCKET)
VERA LÚCIA MARINZECK DE CARVALHO
PETIT/HARPER COLLINS
(2013)
R$ 22,99





busca | avançada
76521 visitas/dia
2,1 milhões/mês