Novas Diretrizes: a essência do fazer teatral | Rennata Airoldi | Digestivo Cultural

busca | avançada
39901 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> SÁBADO É DIA DE AULÃO GRATUITO DE GINÁSTICA DA SMART FIT NO GRAND PLAZA
>>> Curso de Formação de Agentes Culturais rola dias 8 e 9 de graça e online
>>> Ciclo de leitura online e gratuito debate renomados escritores
>>> Nano Art Market lança rede social de nicho, focada em arte e cultura
>>> Eric Martin, vocalista do Mr. Big, faz show em Porto Alegre dia 13 de abril
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Modernismo e além
>>> Pelé (1940-2022)
>>> Obra traz autores do século XIX como personagens
>>> As turbulentas memórias de Mark Lanegan
>>> Gatos mudos, dorminhocos ou bisbilhoteiros
>>> Guignard, retratos de Elias Layon
>>> Entre Dois Silêncios, de Adolfo Montejo Navas
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Saudades, lembranças
>>> Promessa da terra
>>> Atos não necessários
>>> Alma nordestina, admirável gênio
>>> Estrada do tempo
>>> A culpa é dele
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Vamos comer Wando - Velório em tempos de internet
>>> Cinema em Atibaia (IV)
>>> Curriculum vitae
>>> Entrevista com Milton Hatoum
>>> Discutir, debater, dialogar
>>> Eu e o Digestivo
>>> A lei da palmada: entre tapas e beijos
>>> A engenharia de Murilo Rubião
>>> Qualidade de vida
>>> O pior cego é o que vê tevê
Mais Recentes
>>> Poemas De Natal de Luiz Coronel pela Sulina (1999)
>>> Buque Cenas de Rua de José de Carvalho pela Córrego (2013)
>>> Opções de Liv Ullmann pela Nórdica (1985)
>>> Perguntas que Eu Faria à Irmã White de Ellen G. White pela Casa Publicadora Brasileira (1977)
>>> 32 X 2 Instantaneos - Haikai de Margarida Oliva , Idéo Bava pela Musa (2003)
>>> The National gallery London de Nicholas Penny pela Scala (2011)
>>> Com a Cara na Mão de Ricardo Leite Muniz pela Espaço ditorial (1992)
>>> Filhos - Novas Ideias Sobre Educação de Ashley Merryman pela Lua de Papel (2010)
>>> Lost de A a Z de Diversos autores pela Abril
>>> Homem-Aranha: a última caçada de Kraven de J. M. DeMatteis Mike Zeck Bob McLeond Mike Zeck Ian Tetrault pela Abril Jovem (1990)
>>> Vitória a Qualquer Custo de Cecil B. Currey pela Biblioteca do Exercito (2002)
>>> Vitória a Qualquer Custo de Cecil B. Currey pela Biblioteca do Exercito (2002)
>>> Esperança Triunfante de Ellen G. White pela Casa Publicadora Brasileira (1961)
>>> Doris Kloster de Doris Kloster pela Taschen (1995)
>>> Doris Kloster de Doris Kloster pela Taschen (1995)
>>> A Mão de Deus ao Leme de Enoch de Oliveira pela Casa Publicadora Brasileira (1985)
>>> O Poder da Imagem de José S. Martins pela Artes Gráficas (1992)
>>> Os Caminhos de Deus de Floyd Rittenhouse pela Casa Publicadora Brasileira (1984)
>>> Os Iranianos - Pérsia, Islã e a Alma de uma Nação de Sandra Mackey pela Biblioteca do Exercito (2008)
>>> A era dos Impérios 1875-1914 de Eric J. Hobsbawm pela Paz Terra (2003)
>>> A Guerra do Iraque de John Keegan pela Biblioteca do Exercito (2005)
>>> A Democracia na América de Alexis de Tocqueville pela Folha de S. Paulo (2010)
>>> A Sociedade do Espetáculo de Guy Debord pela Contraponto (2003)
>>> Psicossomática Hoje de Julio de Mello Filho pela Artmed (1992)
>>> Leitura Dinâmica de Ricardo Soares - William Douglas pela Campus (2009)
COLUNAS

Quarta-feira, 27/2/2002
Novas Diretrizes: a essência do fazer teatral
Rennata Airoldi
+ de 4400 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Sempre me perguntei, desde o início de minha caminhada profissional, o que garante o sucesso de um espetáculo teatral. Não falo simplesmente de uma casa cheia, mas, sim, de um espetáculo que comunica, toca e transforma o espectador. Seria uma boa história para contar? A maneira de contar? A atuação, a iluminação, a cenografia, a sonoplastia? Na verdade, a soma de tudo com certeza, contribui para um bom resultado. Porém, não garante o sucesso.

Muitas vezes assistimos alguma peça e não sabemos porque não somos convencidos daquilo que nos é apresentado. Outras, saímos à busca de entretenimento e somos surpreendidos com uma grande reflexão sobre nossas vidas. Neste momento, a mágica do teatro se faz. A troca entre o ator e o espectador é o ponto de partida para a catarse.

Uma caixa preta, uma boa história para contar e uma surpreendente e tocante atuação. Isto ainda é possível! Assim aconteceu com a peça "Novas Diretrizes em Tempos de Paz". Texto de Bosco Brasil, com direção de Ariela Goldmann, traz no elenco Dan Stulbach e Jairo Mattos. Imagine uma sala com uma mesa, duas cadeiras e dois atores. Pouco? Na verdade, neste caso, muito. Um polonês, Clausewistz (Dan Stulbach) fugindo da Europa, no fim da Segunda Guerra, vem para o Brasil para tentar uma nova vida. Para sua decepção, os problemas começam logo na sala da imigração onde um Segismundo, ex-torturador (Jairo Mattos) irá decidir o seu destino. O recém chegado que se diz agricultor, é, na verdade, um ex-ator, que já não sabe mais se há espaço para o Teatro no mundo. Porém, ao convencer o agente da imigração de sua história, convence a si mesmo de sua vocação.

O espetáculo que é bem "intimista", até em função do espaço físico, coloca os atores cara a cara com o público, arrebatado por uma interpretação impecável. Sem se apegar a trejeitos ou sotaques forçados, temos um dos melhores espetáculos que estiveram em São Paulo nos últimos meses. É incrível que as pessoas ainda não tenham percebido que não é com tecnologia, efeitos especiais, um cenário grandioso e uma multidão de corpos em cena que se faz uma grande obra de arte.

"Novas Diretrizes" é a prova concreta de que para um bom espetáculo é necessário, acima de tudo, uma boa matéria-prima: o ator. Mesmo que este esteja pautado em cima da simplicidade cênica. São palavras bem ditas, emoções e pausas. Tudo que é relativo a questões ceno-técnicas de uma peça teatral, como já disse, vêm sem dúvida acrescentar muito - mas não substituem o material humano. Ainda que uma peça possa trazer belas imagens, pode não ser capaz de transformar ou questionar o espectador.

(A peça citada é de grande sucesso, ao menos artístico. Isso porque, infelizmente, nem todos espectadores buscam no teatro algo mais que o entretenimento chulo do "besteirol". Enquanto algumas casas estão cheias com quatrocentas, quinhentas pessoas para assistir a um espetáculo que não acrescenta nada, foi triste estar no teatro Ágora e assistir a esta obra-de-arte ao lado de apenas vinte espectadores. É frustrante, e mais que isso, é uma lástima que o grande público fique distante de um grande espetáculo.)

Temos, então, o problema dessa equação artística. Voltando ao início, o sucesso é muito relativo. A essência do bom espetáculo, o material humano, não garante o sucesso material, a presença do grande público. Por outro lado, o grande público não é garantia da qualidade artística de um espetáculo. Como sair deste impasse? Até quando uma coisa implicará na outra? Porque é tão difícil unir um bom conteúdo a uma boa bilheteria? Que esta fórmula secreta possa ser desvendada a tempo de garantir a sobrevivência do bom teatro.


Rennata Airoldi
São Paulo, 27/2/2002

Mais Rennata Airoldi
Mais Acessadas de Rennata Airoldi em 2002
01. Saudosismo - 10/7/2002
02. Cartas que mudaram a História! - 10/4/2002
03. Do primeiro dia ao dia D - 13/3/2002
04. Enfim: Mário Bortolotto! - 25/9/2002
05. A Nova Hora, A Hora da Estrela! - 6/3/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
1/3/2002
08h57min
Adorei o texto. As colocações da autora foram tão vívidas que deu vontade de assistir a peça! Quanto à "fórmula secreta", não tenho a receita, mas com certeza a situação reflete gerações ligadas na "telinha", sem ter tido a oportunidade de, como eu, presenciar grandes espetáculos teatrais outrora presentes semanalmente na TV (ah, saudosa Tupi!). Os leitores com mais de 40 anos saberão a que me refiro. Os mais novos, deculpem-me, porém, citando Chico Buarque, "quem não a conhece não pode mais ver para crer", isto é, quem viu, certamente se lembra e quem não viu, não mais terá esse prazer, infelizmente.
[Leia outros Comentários de Lucia P. da Silva]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Livro - O Mundo Segundo Garp
John Irving
Circulo do Livro
(1978)



Amigos do Folclore Brasileiro - Mundo Mirim
Jonas Ribeiro
Mundo Mirim
(2010)



A Vida na Escola e a Escola da Vida 9ªed(1996)
Claudius Ceccon, Miguel Darcy de Oliveira
Vozes
(1996)



O Mundo é Eu
João Mohana
Agir
(1963)



Ninguém É de Ninguém
Harold Robbins
Record
(1967)



O Livro Verde - the Green Book - Pequenos Passos Que Cada um Pode Dar
Elizabeth Rogers e Thomas M. Kosti
Sextante
(2009)



A Herança Scarlatti - Confira !!!
Robert Ludlum
Rocco
(2006)



Entre o Amor e a Guerra (1997)
Zibia Gasparetto
Vida & Conciência
(1997)



Amor de Salvação - Coleção Jabuti
Camilo Castelo Branco
Saraiva
(1996)



O Livreiro de Cabul
Asne Seierstad, Grete Skevik
Record
(2006)





busca | avançada
39901 visitas/dia
1,6 milhão/mês