A falta que Tom Wolfe fará | Rafael Lima | Digestivo Cultural

busca | avançada
34641 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Rosangela Lyra lança canal sobre política no YouTube
>>> Andrea e Bia Jabor fazem a Festa da Árvore neste domingo!
>>> Alfabetização visual comemora 10 anos com mostra de fotografias feitas por pessoas com deficiência
>>> Musical jovem AVESSO reestreia em janeiro e traz fortes emoções no conflito de gerações
>>> Leandro Sapucahy comanda Reveillon 2019 no Jockey Club/RJ
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As palmeiras da Politécnica
>>> Como eu escrevo
>>> Goeldi, o Brasil sombrio
>>> Do canto ao silêncio das sereias
>>> Vespeiro silencioso: "Mayombe", de Pepetela
>>> A barata na cozinha
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O Voto de Meu Pai
>>> Inferno em digestão
>>> Hilda Hilst delirante, de Ana Lucia Vasconcelos
Colunistas
Últimos Posts
>>> Palestra e lançamento em BH
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
Últimos Posts
>>> Canções de amor
>>> A verdade? É isso, meme!
>>> Ser pai, sendo filho - poema
>>> A massa não entende
>>> ARCHITECTURA
>>> Os Efeitos Colaterais do Ano no Mundo
>>> A Claustrofobia em Edgar Allan Poe - Parte I
>>> Casa de couro V
>>> Heróis improváveis telefonam...
>>> Um lance de escadas
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Cantiga de amigo
>>> Um repórter a mil calorias por dia*
>>> Bill Evans Trio on Jazz 625
>>> Poesia, Crônica, Conto e Charge
>>> Os Vingadores versus... Collin Powell
>>> Um Coração Simples, de Flaubert, por Milton Hatoum
>>> A Virada, de Stephen Greenblatt
>>> A Virada, de Stephen Greenblatt
>>> Goeldi, o Brasil sombrio
>>> Por que a beleza importa
Mais Recentes
>>> As Aventuras de Popeye de E. C. Segar pela Presença (1973)
>>> Paulette de Wolinski e G. Pichard pela Grilo (1973)
>>> As Férias de Iznogud de Goscinny e Tabary pela Rge (1968)
>>> A vida literária no Brasil durante o Romantismo de Ubiratã Machado pela Eduerj (2001)
>>> As Aventuras do Califa Harrum Al Mofadah o Grão-vizir Iznogud de Goscinny e Tabary pela Record (1987)
>>> O Amigo da Onça - A Obra Imortal de Péricles pela Busca Vida (1987)
>>> A Vida do Super Homem: de Krypton à Terra, a Espetacular Saga do Maior de DC Comics pela Ebal (1983)
>>> Dr. Macarra: um Playboy na Feb de Carlos Estêvão pela Record (1981)
>>> Help! - Sistema de Consulta Interativa - História do Brasil de Laura Tetti (coord.) pela O Estado de S. Paulo (1997)
>>> Amantes e Cartomantes de Paulo Centenaro pela Editado pelo Autor (2001)
>>> Minha Vida - Uma Vida com Desafios Vale a Pena Ser Vivida de Marcus Nogueira pela O Lutador (2018)
>>> Ratobúrguer de David Walliams pela Intrínseca (2013)
>>> Superação de Hermógenes pela Record (1982)
>>> Terapia do Conto - Para Curar o Coração de Paula Furtado pela Girassol (2012)
>>> Novos Roteiros em Educação de Krishnamurti pela Cultrix (1980)
>>> Histórias Bilíngues - Cinderela de Marcela Grez pela Girassol Brasil Edições (2013)
>>> Haja luz de Ponte para a liberdade pela Ponte para a liberdade (2005)
>>> Disney Frozen Magical Story de Disney Enterprises pela Parragon Books (2015)
>>> Pai Patrao & Recanto - Romance Italiano impecável! de Gavino Ledda pela Berlendis & Vertecchia (2004)
>>> Sonhos Em Amarelo - O garoto que não esqueceu Van Gogh de Luiz Antonio Aguiar pela Melhoramentos (2007)
>>> O Pequeno Assassino de Bradbury pela L&PM (1991)
>>> O olho do furacão de Murillo Nunes de Azevedo pela Civilização brasileira (1973)
>>> O Estranho Mundo de Zé do Caixão de José Mojica Marins / R. F. Lucchetti / Nico Rosso pela L&PM (1987)
>>> Roma Antiga de Martin César Feijó pela Ática (1994)
>>> Serm Asas ao Amanhecer de Luciana Scotti pela Melhoramentos (2003)
>>> Poesia Africana de Lingua Portuguesa de Livia Apa, Maria Daskalos pela Lacerda (2003)
>>> El plano astral y el plano mental de C. W. Leadbeater pela Teorema (1986)
>>> Memoria, politica y pedagogia de Graciela Rubio Soto pela Lom (2013)
>>> Mulheres Apaixonadas de D. H. Lawrence pela Abril Cultural (1979)
>>> Histoire de Ma Vie de George Sand pela Stock (1949)
>>> Lolita de Vladimir Nabokov pela O Globo (2003)
>>> Cuentos de la Alhambra de Whashington Irving pela Padre Suarez (1967)
>>> Libro de Manuel de Julio Cortázar pela Bruguera (1981)
>>> A Incrível e Triste História de Cândida Eréndira e sua Avó Desalmada de Gabriel garcia Márquez pela Círculo do Livro (1975)
>>> Le Communisme Utopique, Le Mouvement de Mai 1968 de Alain Touraine pela Seuil (1972)
>>> Dicionário Ediouro Espanhol - Português Português - Espanhol de Éverton Florenzano pela Ediouro
>>> Les Structures du Hasard de Jean-Louis Boursin pela Du Seuil
>>> Amor É Prosa Sexo É Poesia de Arnaldo Jabor pela Objetiva (2009)
>>> As relações Perigosas de Choderlos de Laclos pela Globo (1987)
>>> O Idiota de Fiodór Dostoiévski pela Martin Claret (2005)
>>> 201 Mensagens para o Amor da Minha Vida de Diana Lerner pela Vergara & Riba (2007)
>>> Tragédia Grega, Estudo Literário II Volume de H. D. F. Kitto pela Arménio amado (1972)
>>> Hegel de Roland Corbisier pela Civilização Brasileira (1981)
>>> O Anarquismo e a Democracia Burguesa de Malatesta, Bakunin, Engels e outros pela Global (1980)
>>> Teoria da História de Maria Beatriz Nizza da Silva (Org.) pela Cultrix (1976)
>>> Sobre la Esencia de la Libertad Humana de Federico Schelling pela Juarez (1969)
>>> Alrededor del Cuanto de L Ponomariov pela Editorial Mir (1974)
>>> Teeteto de Platão pela Inqérito
>>> Griegos y Persas, El Mundo Mediterráneo en la Edad Antigua I de Hermann Bengtson pela Siglo Veintuno (1972)
>>> A Importância do Ato de Ler de Paulo Freire pela Cortez (1986)
COLUNAS

Quarta-feira, 30/5/2018
A falta que Tom Wolfe fará
Rafael Lima

+ de 8300 Acessos

Há mais de 50 anos, num artigo entitulado The Mid-Atlantic Man, Tom Wolfe mostrou como o preconceito de classe britânico estava sendo espanado por publicitários ingleses cujas vidas profissionais dividiam-se entre Londres e Nova Iorque estavam descobrindo que podiam livrar-se do preconceito de classe britânico, tornando-se um pouco norte-americanos! Meghan Markle, quando trocou sua carreira e reputação ativista por um lugar na realeza, fez a trajetória inversa. Seria um prato cheio para Tom Wolfe; é uma pena que tenha partido antes do casamento. Faria bem a Megan ler Tom Wolfe.

Aliás, faria bem a todo mundo, por dois motivos. Primeiro: escrevia bem demais. Mais do que qualquer um de seus contemporâneos, Wolfe pegava o senso de típico em uma situação, lugar ou pessoa -- e também tinha mais imaginação verbal para descrevê-lo, imergindo o leitor na cena. Seu segredo? Rasgar o manual de redação, substituído por referências literárias. Um segredo de polichinelo, compartilhado por toda a turma do New Journalism: Gay Talese queria emular os contos de Irving Shaw, Hunter S. Thompson mirava-se numa página de F. Scott Fitzgerald. Alguém precisa urgentemente escrever um ensaio sobre a influência do sul dos EUA no New Journalism: Wolfe e Thompson eram sulistas e Talese formou-se numa universidade do sul.

Esse seria o aspecto mais chamativo do jornalismo de Tom Wolfe, as maiúsculas, os pontos de exclamação, as enumerações intermináveis, os itálicos, o uso de diálogos, todo um arsenal de linguagem que ia além das descrições divertidas; no seu zênite, teve ressonância para cunhar termos que entraram na linguagem do dia-a-dia: a Década do Eu, Radical Chic.

Segundo motivo: mais do que um jornalista, Tom Wolfe era um homem de idéias. Suas reportagens sobre motociclistas, surfistas, publicitários, office boys que frequentam discotecas ao meio-dia, os Merry Pranksters de Ken Kesey -- não seriam tão boas se focassem apenas no aspecto pitoresco de seus sujeitos. Tom Wolfe leu muito de antropologia, sociologia e história, de onde pinçou conceitos que o permitiam fazer ligações entre o Vale do Silício e Teillard de Chardin, mods e Saint-Just, contextualizando cada subcultura emergente da década de 60 para além da pirotecnia verborrágica. Wolfe viu ali manifestações de dilatação do ego, somente então possíveis graças à elevação do nível de vida das classes trabalhadoras, tese que desenvolveria e consolidaria no ensaio A Década do Eu.

Ele tinha teses, e não se furtava em entrar em brigas por causa delas. Encarou de uma só vez Norman Mailer e dois Johns, Irving e Updike, porque acreditava que o melhor romance norte-americano devia embutir um estudo sociológico dos acontecimentos de seu tempo ao invés das elucubrações intelequituais desses três escritores (Meus Três Patetas, em Ficar ou Não Ficar). Defendeu o classicismo contra a esterilidade modernista imposta pela escola Bauhaus na arquitetura (Da Bauhaus ao Nosso Caos). Atacou o vazio e a falta de técnica dos abstracionistas (A Palavra Pintada). No fim da vida, ainda arrumou energia para atacar as teorias linguísticas de Noam Chomsky e o ateísmo de Richard Dawkins.

Mais do que qualquer outra coisa, celebrou a glória da civilização norte-americana, em seu entender uma metáfora pra o espírito humano, sempre à procura de uma nova conquista -- nenhuma conquista seria maior do que a conquista da lua, narrada em Os Eleitos, talvez seu melhor livro.

Nunca teve vergonha de se declarar e, sobretudo, de se vestir com um conservador. Nunca perdeu o senso de humor. Megan, faça seu dever de casa: vá ler Tom Wolfe.


Rafael Lima
Rio de Janeiro, 30/5/2018


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Cidades do Algarve de Elisa Andrade Buzzo
02. Gosta de escrever? Como não leu este livro ainda? de Renato Alessandro dos Santos
03. Os olhos de Ingrid Bergman de Renato Alessandro dos Santos
04. Pra que mentir? Vadico, Noel e o samba de Renato Alessandro dos Santos
05. De quantos modos um menino queima? de Duanne Ribeiro


Mais Rafael Lima
Mais Acessadas de Rafael Lima
01. Charge, Cartum e Caricatura - 23/10/2001
02. A diferença entre baixa cultura e alta cultura - 24/7/2001
03. Sobre o ato de fumar - 7/5/2001
04. Coisas nossas - 23/4/2002
05. Pi, o [fi]lme, e o infinito no alfa - 25/6/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




LA DOROTEA/LA TERCERA CELESTINA - LOPE DE VEGA (TEATRO ESPANHOL)
LOPE DE VEGA
BÉRGUA
(1933)
R$ 35,00



DE VITÓRIA EM VITÓRIA
HAROLD CABALLEROS
PROFETIZANDO VIDA
R$ 22,00



O PODER DO SILÊNCIO
ECKHART TOLLE
SEXTANTE
(2010)
R$ 7,00



SOB A LUZ DAS ESTRELAS
A. J. CRONIN
RECORD
R$ 7,00



O DESPERTAR DA TERRA - O CÉREBRO GLOBAL
PETER RUSSELL
CULTRIX
(1995)
R$ 35,00



O QUE É VIDA? 50 ANOS DEPOIS. ESPECULAÇÕES SOBRE O FUTURO DA BIOLOGIA
MICHAEL P. MURPHY, LUKE A. J. O'NEILL (ORGS.)
UNESP/CAMBRIDGE
(1997)
R$ 20,00



CORES - ELIANE KRUSCHEWKY
ELIANE KRUSCHEWSKY
VJ
(2011)
R$ 149,00



O PEQUENO FILÓSOFO
GABRIEL CHALITA
GLOBO
(2011)
R$ 4,90



LOS ESTRENOS TEATRALES DE FEDERICO GARCÍA LORCA (1920-1945) - TEATRO ESPANHOL
MARIA FRANCISCA VILCHES DE FRUTOS E DRU DOUGHERTY
TABAPRESS
(1992)
R$ 25,00



TRATADO DE DIREITO PRIVADO - TOMO 4
PONTES DE MIRANDA
BOOKSELLER
(2000)
R$ 9,90





busca | avançada
34641 visitas/dia
1,1 milhão/mês