No caminho de Sterne | Bruno Garschagen | Digestivo Cultural

busca | avançada
50801 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Terça-feira, 11/6/2002
No caminho de Sterne
Bruno Garschagen

+ de 4100 Acessos
+ 2 Comentário(s)

O título já estava definido quando o escritor irlandês Laurence Sterne (1713-1768) resolveu morrer deixando inacabada "Uma viagem sentimental através da França e da Itália" (Nova Fronteira, 158 páginas). Ter abandonado este mundo antes do previsto nos privou da rota italiana (apesar de algumas citações de passagens em Roma, Florença e Milão), mas o relato de sua incursão às entranhas do espírito francês - sofisticado, inteligente, trapalhão - nos transforma em gratos médicos legistas que sorriem ao resultado da autópsia.

Sterne não se priva em detalhar as características do então invejado estilo francês em detrimento de uma monótona descrição das ruas, vielas, becos, praças, que compõem o cenário. Não nos insulta com detalhes irrelevantes. Vai costurando com linha de seda os diálogos, interjeições, resignações, maldades, e nos apresenta uma fina colcha sem qualquer marca das cicatrizes deixadas pela agulha.

O pastor Yorick - alter-ego do escritor extraído de Hamlet, de Shakespeare - é o condutor da viagem. A pretensão inicial era percorrer França e Itália. Passeio recomendado pelo médico por conta de uma malfada tuberculose. A doença que causou sua morte também decretou o fim do romance no meio de um ato. Sabiamente, pressentindo que não terminaria seu relato, transferiu à imaginação do leitor descobrir o que ele fez com a fille de chambre (criada) da dama piemontesa de cerca de trinta anos que se colocou entre os dois no limiar de uma intimidade. Até então, estavam o três na contingência de compartilhar o mesmo quarto de uma pensão.

É Yorick que nos conta as sutilezas do relacionamento com os franceses. O pastor é um "avarento esclarecido" - daqueles que negam uma esmola e se ressentem -, cínico e um sedutor incorrigível. Se misturam no protagonista a capacidade de espezinhar um pobre monge em busca de alguns tostões para sua Ordem de São Francisco (se martirizando logo em seguida) e a de confessar sem pudores não haver neste mundo homem que ame as mulheres mais do que ele. Um sujeito que afronta placidamente; que completa aqueles raros clubes de esgrimistas que derramam uma lágrima a cada coração perfurado.

Pretenso sedutor, Yorick distribui galanteios às mulheres que lhe cruzam o caminho como um pizzaiolo salpica orégano sobre a massa. "Sim - e então - Vós, cujas cabeças frias como a argila e cujos corações indiferentes podem questionar ou dissimular suas paixões, dizei-me que transgressão é essa que faz com que o homem as tenha? ou como seu espírito pode ficar responsável, perante o pai dos espíritos, por uma conduta sua que não fosse aquela sob o impacto delas?".

Vaidoso, se vê atingido na alma ao descobrir qualidades superioras de sedução em seu criado. Indigna-se ao saber que ele sairá com uma petit demoiselle que trabalhava para Monsieur lê Count de B****. La Fleur a conhecera e conquistara nuns poucos minutos em que acompanhou Yorick até a casa do conde para tentar obter o passaporte. "(...) como - só Deus sabe - ele se relacionara com a demoiselle no patamar da escada, enquanto eu estava ocupado com o meu passaporte; e como houve tempo suficiente para que eu atraísse o Conde para a minha causa, La Fleur conseguira fazê-lo ser o bastante para atrair a criada para a sua própria (...)".

Sterne faz acrobacias com as frases. Fundamental se ater a cada verbo, imagem, travessão, para não deixar escapar sua visão mordaz emplacada nas expressões de duplo sentido e insinuações. Fica, então, a questão: quem é esse Yorick que desnuda sem piedade o perfil do escritor irlandês? Um sujeito culto; irônico; crítico, engraçado; que despreza a seriedade? Um pouco de cada. Um inglês. O homem que acha os franceses "um povo tão civilizado e cortês, e tão famoso por sua sensibilidade e sentimento refinado, que eu tenha que argumentar", mas, por outro lado, que "certamente têm a fama de compreender mais o que seja o amor e de fazê-lo melhor do que qualquer outra nação na superfície da terra: mas, quanto a mim, eu os considero uns trapalhões errantes, e, na verdade, o pior grupo de atiradores que jamais submeteu à prova a paciência de Cupido". A sutileza faz o homem.

"Uma viagem sentimental através da França e da Itália" traz a marca da linguagem sterniana. Frases cadenciadas, pensamentos enviesados, prosa extraída a ferro dos diálogos urbanos. "Se isso não resultar em nada - outra coisa não resultará - não importa - é uma experiência sobre a natureza humana - considero-me pago por meus sofrimentos - é o bastante - o prazer do experimento manteve meus sentidos e a melhor parte do meu sangue acesos, e fez adormecer a parte grosseira". Essa forma de literatura serviria de influência, em menor e maior grau, ao nosso Machado de Assis e ao irlandês James Joyce. Se "Memórias póstumas de Brás Cubas" carrega de Sterne os curtos capítulos e reflexões filosóficas (Machado inclusive cita o escritor irlandês), "Ulisses" exagera na fragmentariedade e rapidez da linguagem, além das intervenções que recheiam uma conversa.

Foi em "A vida e as opiniões do cavalheiro Tristram Shandy" que Sterne nos apresentou um dos primeiros romances modernos da literatura mundial. Trabalhou como um ourives nos jogos intertextuais, na livre associação de idéias, na dissolução do enredo, elementos hoje reconhecidos como modernos e pós-modernos. É este o livro que ecoou na obra de Machado e Joyce e reverbera até hoje em diversos escritores - inclusive em alguns que desconhecem sua existência. Com "Tristram Shandy", um livro difícil e ostensivamente escrito para frustrar a expectativa do leitor, no que concordo com a análise do intelectual e tradutor José Paulo Paes, o escritor irlandês se tornou conhecido e admirado. Deste, "Uma viagem sentimental através da França e da Itália" funciona como um apenso, pois Yorick está lá, como o pastor bonachão da paróquia local que intervém regularmente nos diálogos do irmãos Shandy, Toby e Walter (tio e pai de Tristram). O curioso é que "Uma viagem..." foi lançado e relançado no Brasil muito antes de "A vida e as opiniões do cavalheiro Tristram Shandy" ter sido traduzido por aqui. Trata-se ainda de um complemento a "Os sermões de Yorick", que desagradou a cúpula da igreja anglicana a que pertencia Sterne.

Traduzido em várias línguas desde que foi lançado, a viagem sentimental de Sterne obteve mais sucesso do que sua obra principal. Misturando relato de viagem, novela e esquete humorístico, recebeu elogios de figuras como Goethe e Heine e imitadores como o português Almeida Garret em suas "Viagens na minha terra" e o francês Xavier de Maistre em sua "Viagem ao redor do meu quarto".

Filho de um pobre alferes ou porta-bandeira do exército inglês Laurence Sterne passou a infância em barracas do acampamento militar. Nasceu na Irlanda por acaso. Confiado por seu pai aos cuidados de parentes em Yorkshire, pouco antes de partir para a Índias Ocidentais, onde morreria, o garoto estudou filosofia e humanidades em Cambridge. Após bacharelar-se em 1738, tomou ordens na Igreja Anglicana, mais por conveniência do que vocação, e conseguiu um vicariato em Yorkshire. Casou-se também por conveniência com a herdeira de uma família de proprietários rurais supostamente abastados - depois descobriu o engodo.

Nos anos seguintes, ganha uma filha e consegue sucessivas promoções na carreira eclesiástica graças ao aprumo com que escreve seus sermões. Não demorou a afetá-lo a afecção nos pulmões (que o levaria à morte), forçando-o a viajar em busca de ares mais benéficos. Entremeando os afazeres religiosos passou a escrever os romances que dois séculos mais tarde continuariam a perturbar a existência dos que se atrevem a incursionar em sua literatura numa viagem muito além do sentimental.





Bruno Garschagen
Cachoeiro de Itapemirim, 11/6/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. De volta à antiga roda rosa de Elisa Andrade Buzzo
02. Estação Esperança de Elisa Andrade Buzzo
03. Um bar em permanente construção de Rafael Lima


Mais Bruno Garschagen

colunista_mais_acessadas_query=SELECT colunistas.iniciais, colunas.ano, colunas.acessos, colunas.codigo, colunas.titulo, colunas.dia, colunas.mes FROM chamadas, colunas, colunistas WHERE colunas.codigo = chamadas.coluna AND colunas.colunista = colunistas.codigo AND colunistas.iniciais = 'BG' AND colunas.ano = 2002 ORDER BY colunas.acessos DESC LIMIT 10 Mais Acessadas de Bruno Garschagen em 2002
01. O romance da desilusão - 6/8/2002
02. Eu quero é rosetar - 12/2/2002
03. Niilismo e iconoclastia em Thomas Bernhard - 26/2/2002
04. Paz é conto da Carochinha - 28/5/2002
05. Chopin não viu, mas deve ter gostado - 14/5/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
11/6/2002
11h33min
Curiosidade inútil: o livro "Sentimental journey through France and Italy" está à venda em www.alibris.com, por U$ 2,999.95!! Abraços, Evandro.
[Leia outros Comentários de Evandro Ferreira]
11/6/2002
13h38min
Oi Evandro, boa a dica nesses tempos bicudos em que os tostões rareiam em bolsos furados. Grande abraço. Bruno.
[Leia outros Comentários de Bruno Garschagen]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ESQUINA DOS AFLITOS
AFONSO CELSO RASO
OPERA PRIMA
(1998)
R$ 9,90



PORTUGUÊS ATRAVÉS DE EXERCÍCIOS
FERNANDO DOS SANTOS COSTA
ATICA
(1970)
R$ 6,90



PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO - QUESTÕES SOCIAIS
HELEN BEE
INTERAMERICANA
(1979)
R$ 34,00



DA GEHT KAFKA
JOHANNES URZIDIL
DTV
(1966)
R$ 29,00



O CONSOLADOR PROMETIDO POR CRISTO
JOÃO BATISTA
EDIÇÕES INTELIGENTES
(2007)
R$ 10,00



CÓDIGO ELEITORAL ANOTADO E LEGISLAÇÃO COMPLEMENTAR
TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL
TSE
(2012)
R$ 12,00



MUCHO ESPAÑOL PARA BRASILEIROS 1 C CD
ADDA-NARI M. ALVES E ANGÉLICA MELLO
MODERNA
(2002)
R$ 14,00



A CIDADE APONTADA PARA O CEU-COL. TIRANDO DE LETRA C/SUPLE DE LEITURA
LUIZ ANTÔNIO AGUIAR
ATUAL
(1988)
R$ 7,00



OS PÉS DE VERÔNICA E OUTRAS HISTÓRIAS
ANA MEDINA
RAZÃO CULTURAL
(1998)
R$ 6,90



FAZER O BEM FAZ BEM - 2ª EDIÇÃO
MARIA HELENA GOUVEIA
GENTE
(2001)
R$ 21,00





busca | avançada
50801 visitas/dia
2,6 milhões/mês