Shakespeare de graça! | Rennata Airoldi | Digestivo Cultural

busca | avançada
44089 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quarta-feira, 23/10/2002
Shakespeare de graça!
Rennata Airoldi

+ de 1600 Acessos

Montar um clássico é sempre um ato de coragem e, ao mesmo tempo, um grande desafio. Primeiro, por se tratar, na maioria das vezes, de textos mais eruditos e de espetáculos de longa duração e, segundo, porque o número de montagens de um clássico é imensa. Assim, comparações são inevitáveis. Por mais que haja adaptações diferentes de um mesmo texto, é óbvio que, em se tratando de uma história já conhecida, a liberdade de criação é, de certa forma, mais limitada.

Se por um lado há sempre aqueles que nunca assistiram determinada obra encenada, quando se monta um grande clássico, boa parte dos espectadores já conhece o que vai assistir e, assim, surpreender revela-se um trabalho difícil. Além disso, quando já conhecemos determinada obra, formamos, inevitavelmente, nossa própria imagem em relação aos personagens, ao cenário, às cores, etc. Mas tudo isso não deve impedir a realização de um espetáculo. É importante que haja sempre uma maneira de refazer os grandes autores da História do Teatro, levando ao grande público cultura e conhecimento. Shakespeare é um dos maiores autores de todos os tempos. Boa parte das pessoas já assistiu um filme baseado em sua obra, leu algum de seus textos ou, até mesmo, assistiu uma montagem teatral.

O Teatro Popular do SESI, que desenvolve um projeto para a comunidade há quase quatro décadas, tem essa função: levar cultura e entretenimento para o grande público. E, possuindo uma estrutura adequada, consegue produzir grandes textos, algo que, na maioria das vezes, seria financeiramente inviável (devido ao número de personagens, grandiosidade de cenário e de figurinos, que uma grande produção demanda). Claro que se pode montar uma peça de diferentes formas e que a simplicidade também é um grande desafio na arte. Mas falo aqui de uma proximidade com a obra original, no que diz respeito à estrutura e o seu alcance.

Neste teatro, estão atualmente em cartaz, duas peças do autor inglês: "Hamlet" e "Romeu e Julieta". As apresentações são gratuitas! Estas peças fazem, durante a semana, sessões agendadas para escolas e, nos fins de semana, abertas ao público que comparece em massa. Todos os sábados e domingos, uma grande fila se forma na porta do teatro, na tentativa de conseguir a senha e o ingresso. As pessoas chegam uma, duas horas, antes do espetáculo para enfrentar uma imensa fila e garantir um lugar na platéia. Isso tudo para assistir Shakespeare! Depois dizem que "o povo" não gosta de teatro...

"Hamlet" tem a tradução de José Rubens Siqueira e a direção de Francisco Medeiros. Em cena, na maioria das personagens, temos jovens atores e também a tentativa de transformar o clássico em uma peça mais acessível. É, sem dúvida, uma solução e um problema quando se trata de atingir a maioria, não tendo um público alvo pré-determinado. Às vezes, a dificuldade está em simplificar sem perder a força que o texto tem em sua essência. E, ao mesmo tempo, não subestimar a capacidade que todo o ser humano tem de compreender os dramas do homem diante do seu mundo. Por mais que se mudem as palavras, a maneira de dizer, o sentido, são sempre os mesmos.

A peça começa com um dos momentos mais bem resolvidos em relação a soluções cênicas da montagem. Porém, no decorrer da trama, há uma tentativa de "modernizar" vários aspectos e um dos que mais incomoda são os figurinos e adereços. Às vezes, os atores parecem carregar retalhos e sucatas sobre o corpo. A proposta pode até ser essa, mas não fica claro se é uma estilização dos trajes ou um gosto meio grotesco. Ainda falando de detalhes técnicos, a pobre Ofélia, grande personagem feminino da peça, carrega sobre a cabeça uma peruca no mínimo estrambótica. Isso é ruim pois rouba a atenção da cena criando um certo distanciamento em relação à figura pela qual deveríamos nos apaixonar.

Não diminuindo o mérito da montagem mas, já que existe a infra-estrutura para realizar um grande espetáculo, alguns pequenos cuidados poderiam melhorar a qualidade do todo. Há ainda grande desnível no que diz respeito à interpretação. Alguns atores realizam um caminho coerente durante o percurso da peça enquanto que outros estão sempre mal colocados em cena. Como se estivessem apenas fazendo "volume". Por outro lado, as coreografias cênicas, nos momentos de luta, são impecáveis! Temos a nítida impressão de que os atores vão se matar a qualquer momento. Outro ponto forte do espetáculo é a apresentação da companhia dos atores viajantes no palácio. Boas soluções e atuações no momento "meta-teatro" da obra. Há ainda, que se destacar o trabalho de Marcos Damigo, que faz um jovem Hamlet ardiloso e, ao mesmo tempo, cativante.

A peça é longa, mas é capaz de segurar o público até o fim; o mesmo que aplaude com muito entusiasmo. Na verdade, o grande mérito é a simples existência de um projeto cultural como esse, que favorece a todos de maneira idêntica. Não se paga nada, não há distinções na platéia, não há privilégios, etc. Ao mesmo tempo, quem nunca ouviu falar no autor, depara-se com um clássico que é facilmente digerido. A cada sessão, que mais e mais pessoas passam a contaminar com aquela que é a grande dúvida: "Ser ou não ser, eis a questão"!!!

Para ir além
"HAMLET" está em cartaz no Teatro Popular do SESI, Av. Paulista 1313, de Quinta à Domingo às 20hrs.; "Romeu e Julieta", aos sábados e domingos às 15hrs. De graça!


Rennata Airoldi
São Paulo, 23/10/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Caetano, não seja velho coronel de Humberto Pereira da Silva
02. O leitor que escreve de Ricardo de Mattos
03. A revolução de saber das coisas de Marta Barcellos
04. O gene da burrice de Urariano Mota
05. Exibir sem mostrar de Lucas Rodrigues Pires


Mais Rennata Airoldi
Mais Acessadas de Rennata Airoldi em 2002
01. Cartas que mudaram a História! - 10/4/2002
02. Do primeiro dia ao dia D - 13/3/2002
03. Enfim: Mário Bortolotto! - 25/9/2002
04. A Nova Hora, A Hora da Estrela! - 6/3/2002
05. Uma conversa com Reinaldo Moraes - 18/9/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




1968 - O ANO QUE NÃO TERMINOU
ZUENIR VENTURA
NOVA FRONTEIRA
(1988)
R$ 15,00



INTERACCIÓN EN ESPAÑOL - 8º ANO/ 7ª SÉRIE DO PROFESSOR
ROMANOS & JACIRA
FTD
(2007)
R$ 55,00



SERÁ QUE É POSSÍVEL ?
SERGIO CHAIA
INTEGRARE
(2012)
R$ 9,90



ASPIRE - UPPER-INTERMEDIATE STUDENT BOOK DVD
ROBERT CROSSLEY
CENGAGE DO BRASIL
(2012)
R$ 95,00



O CÁLCULO COM GEOMETRIA ANALÍTICA
ND
HARBRA
(1977)
R$ 40,00



CURSO DE PROCESSO PENAL VOLS. 1, 2, 3 E 4
HERÁCLITO ANTÔNIO MOSSIN
ATLAS (SP)
(1998)
R$ 19,82



GO AHEADS - TRÁFEGO AÉREO - RADIO TELEFONIA FRASEOLOGIA
ANTONIO RODRIGUES
GO AHEADS
R$ 20,00



O RATO DE WANCHAI
IAN HAMILTON
BENVIRÁ
(2012)
R$ 13,00



MOSCOU CONTRA 007
IAN FLEMING
IMPORTADORA DE LIVROS S. A
(1964)
R$ 12,00



CORAÇÃO ILUMINADO - A HISTÓRIA DE UM FILME
HECTOR BABENCO - SUSANA SCHILD
CASA AQUILA
(1998)
R$ 30,00





busca | avançada
44089 visitas/dia
1,2 milhão/mês