Comentários de Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
39929 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Sexta-feira, 8/5/2009
Comentários
Julio Daio Borges


Veículos editam, ponto
Fal, você já publicou em algum veículo que não mexeu no seu texto? Então, você nunca publicou em nenhum veículo. Eu já, e já mexeram; principalmente na grande imprensa. Todos os veículos mexem, todos têm de adaptar os textos que publicam (aos seus padrões de edição). Nenhum editor tem tempo de ficar combinando "tudo com todo mundo". (Você também nunca deve ter editado, eu imagino...) O fato é que os blogueiros brasileiros estão muito mal acostumados; não sabem lidar com veículos. Se continuarem assim, vão continuar sem ser publicados. Boa sorte a todos.

[Sobre "Fui xingado pelo Catarro Verde"]

por Julio Daio Borges
8/5/2009 às
08h03 189.53.119.84
 
Resposta ao Nei (#3)
Nei, tente aqui.

[Sobre "Ivan Junqueira desvendando Otto Maria Carpeaux"]

por Julio Daio Borges
http://www.digestivo.com.br
1/5/2009 às
09h17 189.53.119.207
 
Resposta ao Nei (#1)
Você por acaso conhece o Roqueiro Improvável?

[Sobre "Ivan Junqueira desvendando Otto Maria Carpeaux"]

por Julio Daio Borges
http://www.digestivo.com.br
30/4/2009 às
17h15 189.53.119.251
 
Resposta ao Willian (#12)
http://twitter.com/marioamaya/statuses/1639410015

[Sobre "Jornal: o cadáver impresso"]

por Julio Daio Borges
http://www.digestivo.com.br
28/4/2009 às
14h00 189.53.120.107
 
@anamariabahiana responde
Léo, tem resposta da Ana Maria Bahiana pra você...

[Sobre "Surf Hype, o maior blogueiro de São Paulo"]

por Julio Daio Borges
6/2/2009 às
17h11 189.53.120.122
 
Razões para publicar na Web
Alessandro Martins: "Fiquei feliz ao ler o artigo 'Publicar em Papel? Pra quê?', de Julio Daio Borges, e encontrar eco para algo que venho repetindo há algum tempo a jovens autores inéditos que vêm me consultar. Eu, na verdade, não entendo por que eles vêm me consultar se eu mesmo não sou editor e tampouco tenho algum livro publicado. Na verdade, nem ambiciono ter um pelos motivos que listo mais abaixo. Esses escritores querem saber como publicar um livro. Eu recomendo algumas alternativas, mas meu conselho basicamente é: publique na internet. Eis algumas razões para isso: Preço; Abrangência geográfica; Total controle sobre seu trabalho; Pioneirismo; Contato direto com seu público; É barato para o seu leitor; Ver o fruto de seu suado trabalho; Fazer uma experiência; Não precisar apelar para Leis de Incentivo; Você não precisa de um jornalista para dizer que seu trabalho é bom; Não prestar contas a ninguém; Fama; Dinheiro." [Leia Mais...]

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Julio Daio Borges
25/5/2007 às
10h06 200.177.192.30
 
Comentários #32-35 (respostas)
Pepe (#32-33): não acho que é papel do escritor "ensinar o brasileiro a ler" (embora muitos pensem assim...): acho que é papel do escritor escrever bem. E, de novo: o Daniel Galera começou na internet... Parece que vocês não leram minha Entrevista com ele! Fiquem atentos: o próximo Daniel Galera vai surgir, outra vez, da internet, bem debaixo do nariz de vocês! Juliana (#34): blog é muito mais fácil (de lançar) do que livro (embora seja difícil de manter...), não é possível que você não consiga! Fuad (#35): o objetivo do meu texto não é comparar livro com blog (como formato), mas, sim, mostrar que um blog pode ser menos oneroso, mais ágil e eficiente --- em termos de comunicação! Gente desconhecia não vende livro em lugar nenhum; não é só no Brasil, não... Escreva na internet, torne-se conhecido e, só assim, publique um livro. O trauma será menor e a chance de sucesso será maior. Não é tão difícil entender meu raciocínio...

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Julio Daio Borges
18/5/2007 às
20h24 200.177.21.215
 
Comentários #25-31 (respostas)
Janethe (#25): a primeira parte eu já respondi ao Felix (olhe aí em cima...). No texto, eu disse que há hoje blogueiros melhores do que autores publicados (em papel) --- e continuo mantendo isso! Marcel (#26-30): parece o Carlos (Comentário acima...): menos um Comentário do que um brainstorm... Na parte que me toca, não sinto prazer nenhum em desprezar escritos, mas sinto algum, confesso, em selecionar. Vou continuar selecionando. Coisa que os editores, infelizmente, não fazem mais... Eugenia (#31): livro é fetiche, sim, mas, como eu disse ao Lauro (acima), com tanto livro ruim, o fetiche vai acabando...

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Julio Daio Borges
18/5/2007 às
20h22 200.177.21.215
 
Comentários #22-24 (respostas)
Lauro (#22): eu prefiro sacrificar o fetichismo a ler autores ruins; aliás, autores ruins acabam com qualquer fetiche --- não há livro bonito e gostoso (na forma) que resista! Isa (#23), você está vendo? Autores ruins desencorajam até autores bons a publicar --- alguém tem de acabar com isso! Albarus (#24, você tem certeza de que quer publicar um livro com essa assinatura?): o Daniel Galera é um bom exemplo, sim! Ele começou na internet, você sabia? Seu primeiro livro de contos foi todo publicado --- e testado antes --- na internet! É o melhor livro dele, na minha opinião. Ah, e eu já falei isso pra ele... Outra coisa: eu bem que tento ler os autores novos (ninguém pode me acusar de omissão!), mas é que, na maioria das vezes, não consigo nem passar da primeira página --- realmente, não é por má vontade, mas é que não dá...

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Julio Daio Borges
18/5/2007 às
20h20 200.177.21.215
 
Comentários #18-21 (respostas)
Diogo (#18): a diferença, como eu disse por e-mail, é que as bandas que se lançam em CD não querem logo o Grammy, mas os nossos autores novos não querem nada menos que a consagração do Nobel! Newton (#19): o problema é que, hoje, você perde muito mais tempo encontrando livros bons na livraria, porque os ruins abundam nas estantes; as editoras abriram as pernas e lançam cada vez mais títulos (e cada vez mais autores novos... Socorro)! Não acho, Camila (#20): um blog só sobrevive se tiver audiência; um livro, sim, qualquer um publica. Um blog é um teste para um escritor --- para mantê-lo vivo, é preciso trabalhar bastante; já o livro, não é mais teste nenhum, para publicar basta pagar a edição! Brauer (#21): livro é sonho; realidade é o que eu descrevi aqui --- desmanchei, isso sim, os sonhos de muita gente, por isso, agora, estão bravos comigo... (Tudo bem, depois vão me agradecer por terem economizado uma grana...)

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Julio Daio Borges
18/5/2007 às
20h18 200.177.21.215
 
Comentários #11-13 (respostas)
Rogério (#11): a metáfora do futebol é muito boa: é como se os escritores ficassem adiando, sempre, o momento da avaliação. Também não acho que a saída seja a literatura de entretenimento. Com ela, você resolve mais o problema do entretenimento do que o da literatura... Félix (#12): publicar em papel pode ser o sonho de qualquer autor, mas nós não temos de aguentar, nem de "patrocinar", o sonho de todo e qualquer autor... Internet não é televisão; você tem lido muito o Observatório da Imprensa... Por fim, pergunte ao Alex Castro se não dá para ler no laptop. Ele, com a maior paciência do mundo, te explica. Adroaldo (#13): não entendi toda a ironia, mas vamos lá... Não prego a "desnecessidade" de publicar em livro. Mas acho que autores que usam uma palavra assim tão feia, não deveriam, mesmo, publicar em papel... Com a internet, todo mundo tem vez hoje; quem não tem, é porque prefere jogar a culpa nos outros... E, por fim, muita gente puxa para a educação, mas eu estou falando aqui de literatura!

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Julio Daio Borges
16/5/2007 às
15h35 192.168.133.47
 
Comentários #7-10 (respostas)
Bloom (#7): o Ram reclama sempre que "os escritores nunca pensam em fazer dinheiro" (só em pegar do governo) e você afirma que "não se deveria misturar arte com dinheiro". Nem tanto à terra, nem tanto ao mar: não acho, como o Ram (e às vezes o LEM), que os autores de best-sellers são "perseguidos" pela crítica; nem que o artista deveria ignorar a questão econômica. Eu acredito em sucesso de crítica e de público. O Digestivo é isso! Carlos (#9): não sei se as perguntas têm muito a ver com o texto; e não sei se você quis fazer um Comentário ou apenas escrever o que lhe veio à mente... Diogo (#10): a Ana E levantou esse ponto, por e-mail: e se o sujeito quiser somente viver a "experiência" de publicar um livro? Vá em frente, mas depois não reclame que ninguém lê ou compra (ou resenha). Felizmente não é esse o seu caso, parabens pela repercussão e pela vendagem!

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Julio Daio Borges
16/5/2007 às
15h24 192.168.133.47
 
Comentários #4-6 (respostas)
Alvaro (#4): você toca no mesmo ponto do Rafa (#3) e do LEM (texto desta semana), mas eu acho fácil jogar a culpa em entidades como "o brasileiro" (que não lê) ou em instâncias superiores como "o sistema de ensino" (que não estimula a leitura). Só faltou "o governo" (quer ver que, daqui a pouco, alguém vai falar?). Minha proposta é que os próprios autores mudem esse quadro: não esperem editores, nem livros; não derrubem árvores com páginas ruins; testem, antes, em blogs! (O resto, me desculpe, você entendeu tudo errado --- eu recomendo, sim, autores novos, ou não tão novos, veja as Entrevistas do Digestivo!) Dri (#5): gostei de "novos possíveis escritores ruins" e obrigado pelo resto! Escudero (#6): acho que cansei das teorias sobre "celebridades", sociedade do espetáculo, essas coisas --- achei que falar disso seria apelação, mas o resto está OK!

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Julio Daio Borges
16/5/2007 às
15h14 192.168.133.47
 
Comentários #1-3 (respostas)
Bloom (#1), atenção: eu não disse que quanto mais leitores no blog, melhor o blogueiro-escritor --- eu apenas disse que a "audiência on-line" é um bom termômetro (não é perfeito, mas é melhor do que nada...) Obrigado por concordar com o resto! Guga (#2): gostei de "escritores reais" e de "legião de aflitos". Obrigado pelo apoio! Rafa (#3): em primeiro lugar, não estou falando de você nem de ninguém do Digestivo em específico. No texto, eu jogo um pouco da culpa nos editores de araque --- que não editam nada e que publicam tudo. Mas na medida em que os próprios autores se editam hoje, eles também têm, sim, culpa... No fundo, eu tenho muita pena do leitor, que fica com o prejuízo quase todo --- literário e econômico.

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Julio Daio Borges
16/5/2007 às
15h10 192.168.133.47
 
Contato com Humberto Werneck
Simone, meu conselho: fale com o Humberto direto. Aliás, vale para os demais interessados...

[Sobre "Délivrer"]

por Julio Daio Borges
1/5/2007 às
14h12 200.177.195.213
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




HOTEL - CAPA DURA - 1ª EDIÇÃO BRASILEIRA
ARTHUR HAILEY
NOVA FRONTEIRA
(1965)
R$ 7,00



GOLDMINES PRICE GUIDE TO COLLECTIBLE JAZZ ALBUMS 1949-1969
NEAL UMPHRED
KRAUSE PUBLICATIONS
(1994)
R$ 130,00



DECIFRANDO O GENOMA
KEVIN DAVIES
CIA DAS LETRAS
(2001)
R$ 75,00



O MUNDO CONHECIDO
EDWARD P. JONES
JOSÉ OLYMPIO
(2009)
R$ 63,00



TURISMO, HOTELARIA E LAZER - 4
BEATRIZ HELENA GELAS LAGE (ORG.)
NÚCLEO DE TURISMO USP
R$ 14,00



GUIA DE PRONTO SOCORRO
JOHNSON JOHNSON
JOHNSON JOHNSON
R$ 15,00



ALEISTER CROWLEY
CHRISTIAN BOUCHET
HUGIN
(2000)
R$ 139,00



COELHOS INSTALAÇÕES E ACESSÓRIOS
MÁRCIO INFANTE VIEIRA
NOBEL
(1973)
R$ 12,00



NOSSA VIDA NOS SONHOS
TRIGUEIRINHO
PENSAMENTO
(1987)
R$ 15,00



VIVA COM ESPERANÇA
MARK FINLEY- PETER LANDLESS
CASA PUBLICADORA
(2014)
R$ 9,00





busca | avançada
39929 visitas/dia
1,1 milhão/mês