Comentários do IP 200.252.140.90 | Digestivo Cultural

busca | avançada
73422 visitas/dia
2,5 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Minute Media anuncia lançamento da plataforma The Players’ Tribune no Brasil
>>> Leonardo Brant ministra curso gratuito de documentários
>>> ESG como parâmetro do investimento responsável será debatido em evento da Amec em parceria com a CFA
>>> Jornalista e escritor Pedro Doria participa do Dilemas Éticos da CIP
>>> Em espetáculo de Fernando Lyra Jr. cadeira de rodas não é limite para a imaginação na hora do recrei
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
>>> PoloAC retoma temporada de Os Doidivanas
>>> Em um tempo, sem tempo
>>> Eu, tu e eles
>>> Mãos que colhem
>>> Cia. ODU conclui apresentações de Geração#
>>> Geração#: reapresentação será neste sábado, 24
>>> Geração# terá estreia no feriado de 21 de abril
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
Blogueiros
Mais Recentes
>>> 2009: intolerância e arte
>>> A Marafa Carioca, de Marques Rebelo
>>> Maiores audiências da internet
>>> Amando quem não existe
>>> 18 de Outubro #digestivo10anos
>>> A alma boa de Setsuan e a bondade
>>> Geração abandonada
>>> O dia em que a Terra parou
>>> A Geração Paissandu
>>> Srta Peregrine e suas crianças peculiares
Mais Recentes
>>> Boneco de Pano de Daniel Cole pela Arqueiro (2017)
>>> Hereges de Leonardo Padura Fuentes pela Boitempo (2015)
>>> Nix de Nathan Hill pela Intrinseca (2018)
>>> Os Anagramas de Varsóvia de Richard Zimler pela Record (2010)
>>> Os Anagramas de Varsóvia de Richard Zimler pela Record (2010)
>>> Código da Vida de Saulo Ramos pela Planeta (2007)
>>> Caras Animalescas de Renato Moriconi; Ilan Brenman pela Cia das Letrinhas (2013)
>>> Jujubalândia de Mariana Caltabiano pela Brinque Book (1997)
>>> O Pequeno Dragão - 2ª Nova Ortografia de Pedro Bandeira; Carlos Edgard Herrero pela Moderna (2009)
>>> O Coiso Estranho de Blandina Franco pela Companhia das Letras (2014)
>>> Rupi! o Menino das Cavernas de Timothy Bush; Gilda de Aquino pela Brinque-book (1997)
>>> Casa-grande Senzala - Dois Volumes de Gilberto Freyre pela Jose Olympio (1950)
>>> Condessa de Barral: a Paixão do Imprerador de Mary del Priore pela Objetiva (2008)
>>> Isso Me Traz Alegria de Marie Kondo pela Sextante (2016)
>>> As Aventuras de Benjamim: o Muiraquitã de Camila Franco; Marcela Catunda; e Outros pela Companhia das Letrinhas (2004)
>>> Vitrines e Coleções de Christine Ferreira Azzi pela Memória Visual (2010)
>>> El Nacimiento de Europa de Robert S. López pela Editorial Labor (1963)
>>> O Que é Isso, Companheiro? de Fernando Gabeira pela Companhia das Letras (1997)
>>> Mística e Espiritualidade de Leonardo Boff; Frei Betto pela Vozes (2010)
>>> As Aventuras de Pinóquio de Carlo Collodi pela Companhia das Letrinhas (2002)
>>> Livro das Perguntas de Ferreira Gullar; Pablo Neruda; Isidro Ferrer pela Cosac & Naify (2008)
>>> Entrevista Com o Vampiro de Anne Rice pela Rocco (1991)
>>> Pais Brilhantes - Professores Fascinantes de Augusto Cury pela Sextante (2003)
>>> Ciranda de Pedra de Lygia Fagundes Telles pela Rocco (1998)
>>> Uma Janela Em Copacabana de Luiz Alfredo Garcia-Roza pela Companhia das Letras (2001)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Segunda-feira, 1/1/2007
Comentários
200.252.140.90


Momento Daktari
Vou mandar esse teu texto pruma irmã minha. Esquisitices à parte, ela teve seu momento Daktari, mas acho que era uma outra fixação televisiva dela, não lembro qual. De todo modo, ela devorou feito traça todos (acho) os livros da diminuta blblioteca dum Centro Social que ficava em frente à sua casa. Era só ter o trabalho de atravessar a rua. O horror! O horror! pra ela eram os trocentos e grossos livros de Serviço Social e Manuais de Psicologia (7 coleções do primeiro e nãoseiquantas do segundo) da vetusta biblioteca de nossa tia. Agatha Christie, Sherlock Holmes, Harold Robbins, Sidney Sheldon, Morris West dormiam junto com ela, junto com os ralhos da tia e da avó. Hoje ela continua uma traça de biblioteca com o gosto, digamos, mais apurado. Talvez teu texto dê um empurrãozinho para além da vontade de simplesmente a atravessar a rua. Eu também tive meu Daktari, mas era algo mais profundo... Me via um Capitão Lee decifrando os mistérios humanos e não tão humanos...

[Sobre "Obrigada, daktaris"]

por Pepê Mattos
http://www.pepemattos.zip.net
1/1/2007 às
10h13 200.252.140.90
(+) Pepê Mattos no Digestivo...
 
A galera do Galera
Galera foi extremamente oportuno e direto ao falar. Que bom que temos a oportunidade de saber o que anda pela cabeça dos novos autores. Bem que o DC poderia abrir um espaço (mais um entre tantos) pra divulgar obras dessa nova galera (ai, desculpa aí, Galera). Acredito que o que se escreve hoje no país não chega a ser um novo grande movimento organizado. Mas como vivemos num mundo extremamente rotuleiro haja se buscar um rótulo para encaixar a atual produção literária nacional. Anterior ao que vier de rótulo, basta ressaltar que temos grandes nomes, muitos ainda desconhecidos. Também concordo em que o escritor (novo ou não) não se arvore em benesses oficiais. Quem tem boca, vai à Roma ou corre pra Galera, ops, galera.

[Sobre "Daniel Galera"]

por Pepê Mattos
11/6/2006 às
19h22 200.252.140.90
(+) Pepê Mattos no Digestivo...
 
Inté eu fiquei encafifado...
Ai, Ana. Já não bastava mia mana Rose me encafifar com essa história de estar lendo o Grande Sertão, lá vem ocê com estas prosas pra lá de boas e me fazer embrenhar pelas Veredas do Rosa. Lá vai eu destrinchar vales e cafundós atrás do que andam fazendo Diadorim, Riobaldo, Manuelzão, Miguilim etecetera e tar... Bom, que o Bom Deus me guie de volta à civilização... Se é que inda vou querer de saber disso. Inté mais ver...

[Sobre "Como Guimarães Rosa me arranjou um emprego"]

por Pepê Mattos
3/5/2006 às
04h24 200.252.140.90
(+) Pepê Mattos no Digestivo...
 
Godot em Macapá
Assisti a uma representação deste Beckett em Macapá. Um grupo de jovens atores encenando "Esperando Godot" sob colunas do palco de nosso único teatro durante os finais de semana de abril último. Achei interessante. Tenho comentado com minha namorada que é professora de Arte-Educação que as produções locais usam e abusam do besteirol ou de um teatro voltado para o público infantil. Sei que existem umas tantas companhias de teatro aqui. Não sei o que andam fazendo no que tange a encenarem algo além do quase-porno-chanchada ou infanto-farsesco, se é que soube me expressar... De vez em quando tiram um Artaud da cartola (que é a mesma peça que se encena há anos). Este "Esperando Godot", se não me engano, vez ou outra é encenado. Somando ao caricaturesco "Bar Caboclo" (uma escrachante paródia de um certo bar d'antanho local), temos um mais-do-mesmo acachapante. Falta-nos outros autores. E com urgência. Não quero ficar esperando Godot eternamente. Em todos os sentidos, diga-se de passagem.

[Sobre "A essência da expressão dramática"]

por Pepê Mattos
3/5/2006 às
04h10 200.252.140.90
(+) Pepê Mattos no Digestivo...
 
O oásis e o deserto
Outro dia um leitor criticava a auto-promoção do editor-mor deste DC. JDB é fruto de um momento muito rico da expansão das mídias por ciberespaços. E o DC, fruto do sonho do JDB, cada vez mais se moderniza, lançando mil e um recursos para deixar-nos, nós, os DC-maníacos, sempre em pé de igualdade com os avanços tecnológicos, a cada dia mais sofisticados e necessários, para acompanhar as novas tendências das novas mídias. Não há o que criticar e, sim, congratular o editor e sua incansável busca por satisfazer seus leitores com o que há de melhor na web. Em vista disso, o DC é um oásis de cultura no meio do deserto escaldante das mesmices virtuais que grassam por aí...

[Sobre "Digestivo nº 273"]

por Pepê Mattos
1/4/2006 às
02h47 200.252.140.90
(+) Pepê Mattos no Digestivo...
 
achei e perdi uma pessoa...
Se alguém se perde, o trem acha. Se alguém é levado, o trem traz de volta. Se alguém quer se perder de alguém, pula do trem. Se alguém quer achar outrem, pula no trem. Se algúém se acha sem direção, ouve o apito do trem. Se alguém quer perder a direção, perde o trem. É trem pra tudo que é trem. E foi por causa dum trem que eu achei e perdi uma pessoa maravilhosa... Belo texto.

[Sobre "Copacabana-Paulista-Largo das Forras"]

por Pepê Mattos
28/2/2006 às
16h01 200.252.140.90
(+) Pepê Mattos no Digestivo...
 
Bolas, pra quê sentido?
Nunca parei pra pensar em crises de idade. Passei pelos 27, 28. Acho que estagnei nos 30, embora cronologicamente tenha 42 e meio. E tem essa coisa de as pessoas ficarem achando que você tem que ter um sentido na vida. Bolas, pra quê sentido? Isso me lembra qualquer coisa de militar: Sentido! Maroldi, teus textos dão uma leveza ao DC. Feliz Aniversário!

[Sobre "A crise dos 28"]

por Pepê Mattos
5/2/2006 às
23h37 200.252.140.90
(+) Pepê Mattos no Digestivo...
 
And nothing can stop us now...
Lá vai eu comentar algo aqui no DC... E estou inquieto. Inquieto como uma lagartixa de parede vendo o seu rabo decepado balançar-se fora do corpo. E nada faço. E o que me convém fazer? 2006. O que é um novo ano? Se "the song remains the same"? Escrevi certa vez: "acho que antes de/ uma leitura/ assim de coisas dispersas,/ um minuto de sabedoria// as osgas copulam// por entre as frestas/ em silêncio". Eu não tinha nada pra dizer. Era final de 2002 e minha vida escorria líquida prum 2003 no qual as coisas fluíam como se fossem se repetir "ad infinitum" em 2004, 2005. 2006. Continuo sem nada pra dizer no fim do ano em que deixei escorrer pelos meus dedos quase 13 anos dum relacionamento que tinha tudo pra ser sólido. Sem lamentações, brothers and sisters. Lívido, enxuto e áspero regurgito as últimas palavras de Reznor: and nothing can stop me now... Porque o show não pode parar. Belo texto, Daniela.

[Sobre "Pensamentos & Pedidos"]

por Pepê Mattos
11/1/2006 à
00h25 200.252.140.90
(+) Pepê Mattos no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Vacinas Orientações Práticas
Lourdes Bernadete
Martinari
(2011)



Case, Amori, Universi
Fosco Maraini
Oscar Mondadori
(1999)



Maturidade Revista
Rosana Hermann
Gente
(2003)



Nosso Lar. Bastidores do Filme
Wagner de Assis
Feb
(2010)



Contabilidade Introdutória + Livro de exercícios
Equipe de Professores da FEA da USP
Atlas
(1985)



Sabrina: Cúmplices e Amantes
Bervely Brandt
Nova Cultural



Sexo e Negócios
Shere Hite
Bertrand Brasil
(2011)



O Cinema Documentário e Suas Linhas de Fuga
Eco Ufrj Publicação da Pós Graduação (nº5)
Ufrj
(1997)



Rurouni Kenshin - Crônicas da era Meiji - Volume 22
Nobuhiro Watsuki
Jbc
(2015)



O Pequeno Filósofo
Gabriel Chalita; Thais Linhares
Globo Antigo
(2011)





busca | avançada
73422 visitas/dia
2,5 milhões/mês