Comentários do IP 201.52.247.134 | Digestivo Cultural

busca | avançada
47592 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Bossa Nova Mall homenageia músicos brasileiros com a programação especial Cantos e Encantos do Brasi
>>> SESC CARMO REALIZA CICLO DE OFICINAS VIRTUAIS SOBRE DIREITOS SOCIAIS E PRIMEIRA INFÂNCIA
>>> Tiras da Niara viram livro
>>> “Relatos da Era Digital”: novo álbum celebra a cultura sound system
>>> Abertas as Inscrições para a Oficina Conteúdo Audiovisual Infantil e Infantojuvenil
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Olavo de Carvalho (1947-2022)
>>> Maradona, a série
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
Colunistas
Últimos Posts
>>> O melhor da Deutsche Grammophon em 2021
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
Últimos Posts
>>> Brega Night Dance Club e o afrofuturismo amazônico
>>> Fazer o que?
>>> Olhar para longe
>>> Talvez assim
>>> Subversão da alma
>>> Bons e Maus
>>> Sempre há uma próxima vez
>>> Iguais sempre
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Wear Sunscreen
>>> Millôr no IMS Paulista
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> L.S.D.eus
>>> Vida Virtual? Quase 10 anos de Digestivo
>>> Also known as
>>> No line on the horizon, do U2
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> Carteiros do Condado
>>> Amor fati
Mais Recentes
>>> Fábulas Fabulosas 5ª Edição Ilustrada de Millôr Fernandes pela Nórdica
>>> Apostila SESI 9º Ano Ensino Fundamental Anos Finais Caderno 4 de Serviço Social da Industria pela Somos (2020)
>>> A Revolução Russa - 4ª Edição - Série Discutindo a História de Maurício Tragtenberg pela Atual (1988)
>>> Apostila SESI 9º Ano Ensino Fundamental Anos Finais Caderno 1 de Serviço Social da Industria pela Somos (2020)
>>> O vencedor está só de Paulo Coelho pela Agir (2008)
>>> A Chave do Tesouro de J. Carlos de Assis pela Paz e Terra (1983)
>>> Apostila SESI Ensino Fundamental Ano Finais - Linguagens: Língua Espanhola 1 de Serviço Social da Industria pela Sesi (2020)
>>> Tudo Sobre Meninas para Meninos de Cláudia Felício pela Planeta (2006)
>>> Apostila SESI Ensino Fundamental Ano Finais - Linguagens: Língua Espanhola 3 de Serviço Social da Industria pela Sesi (2021)
>>> Comentários as Súmulas do Tst de Francisco Antonio de Oliveira pela Revista dos Tribunais (2005)
>>> Ecologia Objetiva de Dervile Ariza pela Nobel (1979)
>>> Diário de Um Fantasminha 2 de Adeilson Salles pela Letra Jovem (2018)
>>> Diário de Um Fantasminha 2 de Adeilson Salles pela Letra Jovem (2018)
>>> A Importância de Crer de R R Soares pela Graça (1999)
>>> O Desafio das Emoções Biblioteca Mente e Cérebro de Gláucia Leal Org. pela Duetto (2013)
>>> O Melhor do humor na internet - volume 2 de Netto Augusto M. Costa pela Best Seller (2010)
>>> Apostila SESI Ensino Fundamental Ano Finais - Linguagens: Língua Espanhola 2 de Serviço Social da Industria pela Sesi (2021)
>>> O Resgate - Ele Não Desistiu de Você de Sergio Corrêa pela Unipro (2018)
>>> Sobre a China de Karl Marx e Friedrich Engels pela Publicações Escorpião (1974)
>>> O livreiro de cabul de Asne Seierstad; Grete Skevik pela Record (2006)
>>> O livro do bar de Carlos hauber pela Ediouro (1987)
>>> Ramses v.2 - the eternal temple de Christian Jacq pela Warner Books (1998)
>>> A Travessa Americana de Carlos Eduardo Novaes pela Ática (1985)
>>> Educar sem Culpa - a Gênese da Ética de Tania Zagury pela Record (2003)
>>> A História da Aranha de Berny Stringle (Autor), Jackie Robb (Autor) pela Atica (2004)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Segunda-feira, 3/3/2008
Comentários
201.52.247.134


escravidão intelectual
O Guga, quando escreve, deixa resquícios do seu pensamento por bastante tempo. Estou comentando um texto seu de janeiro recém-passado. É que esse assunto me interessa muito, gosto disso, até escrevi um livro, ainda não publicado, como sempre, sobre a intrigante dúvida humana. Penso que religião, política, sexo e outros temas que são feitos tabus, devem sim ser discutidos, analisados e se possível renovados e melhorados. Caso contrário, seremos sempre os acomodados. O Richard Dawkins escreveu um livro bom, apesar de muito longo; outros já falaram sobre isso e estão corretos, precisamos alertar para os grilhões religiosos que nos prendem e nos escravizam, como faz a política. Política e religião são os maiores responsáveis pela escravidão intelectual dos humanos. Em tudo há essas amarras! Acredito, juro, que a Bíblia deveria ser reescrita, tirando o ranço dos ensinamentos errôneos e brutos ditados pelos escritores religiosos, antigos e ignorantes, até pelo tempo em que viveram...

[Sobre "Ciclones sobre a cruz"]

por I. Boris Vinha
http://www.sitedoslivros.com
3/3/2008 às
11h24 201.52.247.134
(+) I. Boris Vinha no Digestivo...
 
dão o tapa e escondem a pata
Rapaz, pensei que fosse somente eu que pretendesse desmistificar as inverdades contadas para a humanidade! Quer dizer, tento desmistificar contando as minhas verdades, e nem sempre nossas verdades são as verdadeiras, é ou não é? Mas se a gente fala, desmistifica os falsos e pseudos, quase sempre nos execram, dizem que somos isso e aquilo, um cara chato, infeliz, mal amado, negativista; execram, mas se escondem atrás de suas mediocridades e pretensas erudições; são como gatos, dão o tapa e escondem a pata! Só não queremos ser hipócritas! Mas que tem um monte de falsos intelectuais enchendo o saco, tanto o do Rafael como o nosso, com as suas ejaculações eruditas, por aí, tem... como tem! O fulano faz um cursinho de letras qualquer, de jornalismo, lê uns livros e já se acha o escritor, o autor erudito, o crítico literário, o rei do óbvio, (O Nelson Rodigues está certo!). Depois vai para a FLIP e se pavonea, mostrando que é o bom. Parabéns, Rafael! Quanto mais desmistificadores, melhor!

[Sobre "A literatura e seus efeitos"]

por I. Boris Vinha
http://www.sitedoslivros.com
29/2/2008 às
09h46 201.52.247.134
I. Boris Vinha no Digestivo...
 
nenhum ismo presta!
Alguns humanos se norteiam por tendências políticas, entre direita e esquerda, muitos ficam sobre o muro, mais encima do que embaixo, e outros se posicionam dos lados que os pariu. ... E assim, se esquecem de andar para a frente... E isso é só ismo! É comunismo, e é capitalismo, anarquismo, niilismo, babaquismos infindos! E podem crê, nenhum ismo presta! O capitalismo é a lei do mais forte, do mais rico, do mais importante. Subjuga o mais fraco... coitado! Comunismo é uma utopia total, todos são subjugados e só os chefes se locupletam com as benesses dos governos... alguns ficam riquíssimos! Niilismo quer acabar com tudo, começar outra vez do nada. Destruição total e recomeço incerto. Anarquismo é uma caca, ninguém se entende e nem se respeita... Que tal se nos norteássemos pelo Bom Sensoísmo? Por isso a humanidade está involuindo depressa; há muito ismo e putismos.

[Sobre "Direita, Esquerda ― Volver!"]

por I.Boris Vinha
http://www.sitedoslivros.com
27/2/2008 às
15h46 201.52.247.134
(+) I.Boris Vinha no Digestivo...
 
Não sou rei, mas...
Se auto-ajuda, conselhos e dicas fosse tão bons, os autores dessas mixórdias não precisariam suar tanto para divulgá-las. Muitas vezes, os consultores desses cursos miraculosos que as empresas nos oferecem ganham mal, trabalham muito e nem sempre utilizam o que prometem (ia dizer que enchem nossos sacos, mas é muito chulo e pessoas educadas não gostam disso). Por outro lado, as macumbeiras e ledoras de sorte seriam todas maravilhosas, teriam maridos e namorados bonitos e ricos w todos os times de futebol da Bahia seriam campeões nacionais em todos os anos. Não li esse livro "35 segredos..." e não irei ler e nem indicar para nenhum amigo. Só se for para inimigo! Quantas besteirinhas juntas, meu Deus, só pelo que diz o colunista Spanding! Não sou rei, mas se fosse diria, com certeza: "Porque no si callam!" Mesmo que eles estejam brincando... Há coisas melhores, acho.

[Sobre "Literatura de auto e baixo-ajudas"]

por I. Boris Vinha
http://www.sitedoslivros.com
14/2/2008 às
11h03 201.52.247.134
(+) I. Boris Vinha no Digestivo...
 
Beatles: pseudos-gênios
Sei que irei ficar mal com muitos tietes e até com alguns fanáticos fãs dos Beatles. Não só deles, mas com todos os admiradores e defensores dos mocinhos bobinhos dos perdidos anos da década de 60. Estranho isso? Mas é a pura constatação da realidade! Os mocinhos enraivecidos, os contestadores babacas, daqueles tempos, hoje seriam considerados rapazinhos tontinhos, inocentinhos! É desagradável ver os velhinhos dando uma de roqueiros, dançando como se tivessem mal de São Guido; é deprimente ver esses senhores, alguns caquéticos, querendo, ainda, ser os bons! Isso é saudosismo besta, é tomar o lugar do novo; e o novo deve sempre substituir o velho, isso é lei da Natureza! E se querem saber, tanto os Beatles, quanto os Rollings Stones, nossa, esses são ridículos, e outros grupos daqueles tempos são responsáveis por parte dos desmandos de hoje, da perda de valores. Toda a década foi involutiva! Vejam a música, Lucy in the Sky with Diamonds, LSD, dos pseudos-gênios... Analisem isso.

[Sobre "Across the Universe, de Julie Taymor"]

por I. Boris Vinha
http://www.sitedoslivros.com
13/2/2008 às
12h38 201.52.247.134
(+) I. Boris Vinha no Digestivo...
 
É querer demais
Julio, é querer demais! Que bom se os conterrâneos das Américas, principalmente da sulina e da central, lessem e entendessem o que estão lendo, gostassem de ler, de ir a museus e bibliotecas, de assitir filmes com boas mensagens, de contar mais do que dez e conhecer mais do que trinta palavras completas e corretas... Nesses países bonitos, mas muito pobres em corpo, mente e alma, ninguém liga para isso, não! Muitos não gostam de ler porque não lhes ensinaram que ler faz bem; outros porque não podem comprar os livros; outros, ainda, porque aprendem na Universidade da vida...(essa é panaca demais). Muitos porque não lhes oferecem bibliotecas públicas e outros porque são burros mesmo e não entenderiam o que está escrito... Então, para que ler? Agora, pode crer, a esmagadora maioria não lê nesses nossos países bananeiros, alguns também são petroleiros, porque deixar de ser ignorante seria um grande luxo, demasiado extravagante para eles e para alguns dirigentes...

[Sobre "A pintura, textos essenciais, volume 9"]

por I. Boris Vinha
http://www.sitedoslivros.com
11/2/2008 às
10h43 201.52.247.134
(+) I. Boris Vinha no Digestivo...
 
Leio até bula de remédio!
Acho que ler é bom! Eu leio de tudo, até bula de remédio. Podem crer, muitas bulas são verdadeiros exemplos ensaistas, um primor descritivo. Deveriam ser consideradas um novo estilo literário. Não é maldade minha, não, é a pura constatação da realidade. Tem tanto livro inútil por aí que as bulas e alguns artigos de blogs são melhores. São muitos os livros publicados e a maioria de autores estrangeiros. As editoras não gostam de publicar escritores brasileiros e muito menos os novos. Entrem em uma dessas modernas livrarias grandes, dessas bonitonas, com café, restaurante, spa, piscina, sauna e parque infantil, que se perderão no meio de tantos títulos. Pesquisem bem e verão que grande parte é de inutilidades. Não é porque o autor é desses conhecidos que o seu livro é bom! Estou lendo um ensaio de Bernard Shaw, "Socialismo para Milionários", que é uma porcaria! E Bernard Shaw é conhecido, não é?

[Sobre "Ah, essa falsa cultura..."]

por I. Boris Vinha
http://www.sitedoslivros.com
11/2/2008 às
10h27 201.52.247.134
(+) I. Boris Vinha no Digestivo...
 
muitos escritores frustrados
Nossa senhora! Estou vendo que muitos pretensos novos autores pensam da mesma maneira! Já estava preocupado, pensando que só eu conto como é a realidade dos novos autores, como as editoras normais os tratam, como as editoras por demanda os caçam e porque milhares de pretensos nunca publicarão nada... e se publicarem venderão, no máximo, 5 ou 6 exemplares, para os amigos e para os parentes; poderá até vender um para o inimigo... esse o execrará. Tanto o artigo da Ana Elisa Ribeiro como os comentários que daí resultam são a pura comprovação de que existem muitos, mas muitos mesmo, escritores frustrados... Todos nós que escrevemos sobre como é difícil publicar qualquer coisa somos frustrados, mesmo tendo lançado algum livrinho. Não adianta insistir, procurar daqui e dali, ninguém quer saber de novos escritores, não. A não ser que tenha um pai famoso ou a mãe escritora.

[Sobre "Publicar um livro pode ser uma encrenca"]

por I. Boris Vinha
http://www.sitedoslivros.com
6/2/2008 às
11h08 201.52.247.134
(+) I. Boris Vinha no Digestivo...
 
Até eu já escrevi
Qualquer biólogo, qualquer antropólogo, qualquer cronista, qualquer um ou mesmo qualquer blogueiro, se arroga o direito de filosofar sobre Deus. Até ateu fala sobre ele! (Existe ateu porque deve existir Deus, senão pra quê ateu?) Nietzsche e tantos outros foram simplesmente coadjuvantes no verdadeiro assassinato de Deus... Charles Darwin, com sua teoria da evolução, sim, colocou dúvida na existência divina. O Chefe Criador não deve ser mais do que uma Enorme Energia Cósmica; não tem gênero nem número, não é nem O nem A, não tem barba e muito menos é Branquinho como queria o Constantino e demais inventores, como Da Vinci, Michelangelo e Rubens, por exemplo. Os antigos escritores bíblicos, ignorantes pela própria natureza, escreveram uma monte de insanidades que hoje não podem mais serem suportadas... Todos falam; por isso até eu escrevi um ensaio sobre isso. Abraços!

[Sobre "Deus não é Grande, de Christopher Hitchens"]

por I. Boris Vinha
http://oslivros-iborisvinha.blogspot.com
30/1/2008 às
09h56 201.52.247.134
(+) I. Boris Vinha no Digestivo...
 
Diogo, o moço
O Mainardi ainda é novinho e ainda irá mudar o modo de pensar! Na idade dele é assim mesmo; muitos nessa idade passam de radicais, às vezes de esquerda, para revoltados e críticos de tudo e de todos. Ainda bem que ele é crítico de quem merece ser criticado... Agora, saibam que o Diogo já foi comunista, desses de passeatas e quebrar tudo pelas ruas, um radical de esquerda. Era bonitinho ser radicalzinho! Depois ele cresceu, escreveu alguns textos, uns bons e outros nem tanto, vendeu alguns livros, e arrumou um emprego na Veja. Assim, de garoto revoltado e metido a comunista, hoje é um rapaz em transição e se tornando crítico, como todos fomos. Daqui a pouco ele envelhece e passa a ter bom senso, como "quase" todos tivemos. É difícil ficar velho radical. Notem como somente alguns energúmenos são, na maioridade, fanáticos radicalizados. Mas eu gosto do Diogo assim, deixemos que ele execre os medíocres atuais. Quando ficar mais velho ele muda!

[Sobre "Diogo Mainardi"]

por I. Boris Vinha
http://oslivros-iborisvinha.blogspot.com
27/1/2008 às
16h57 201.52.247.134
(+) I. Boris Vinha no Digestivo...
 
Enochatos e enopedantes
Baco nos livre! Todo mundo quer falar sobre vinhos! De uns tempos para cá pensamos conhecer vinhos, falamos sobre essa bebida santificada, adorada por deuses e por filhos de deuses, utilizada em santas ceias em copos simples ou em Santos Graals. Há os enólogos que entendem, de fato. Há os enófilos que pensam que entendem, mas são metidos, como eu próprio sou. Há os sommeliers que fazem um cursinho de nada e já derramam a sabedoria enobabaca sobre todos. Salvo rarríssimas exceções. Há os Enochatos que enchem o saco de todos, a todo momento, em qualquer lugar, sobre a bebida bendita. Existem enochatos em blogs, em sites, em programas de televisão, em livros. Ô gente desagradável! E há os enopedantes; esses são de amargar. Esses não entendem nada de vinho, mas dizem ter tomado vinhos caríssimos, como os Pètrus, os Romaneé Contis, o Vega Sicilias... Até escrevi sobre isso em meu blog.

[Sobre "De vinhos e oficinas literárias"]

por I. Boris Vinha
http://oslivros-iborisvinha.blogspot.com
27/1/2008 às
11h02 201.52.247.134
(+) I. Boris Vinha no Digestivo...
 
Escape para medíocres
Olá Matta! Já tive a oportunidade de comentar, ou pelo menos tentei fazê-lo, talvez não tão brilhante como em seus artigos, mas tenho concordado com o que você escreve. Novamente concordo que a Internet é um meio bom para nos comunicarmos, para aprendermos, para viajarmos, mas estou de pleno acordo que é também um escape para medíocres, para covardes que se acobertam sob seus endereços falsos e descarregam os efeitos de suas idiossincrasias falhas sobre os comentados. Por isso tenho receio, um pouco de "pé atrás", com blogueiros, alguns viciados em despejar suas frustrações e incapacidades sobre tudo e todos, alguns chegam a ser totalmente inversos aos bons tons de moral e da ética que regula essa moral. São idiotas! ...Opa! Estou falando sobre despejar xingamentos sobre os outros e aqui estou eu despejando os meus! Por isso a evolução humana é precária, aliás, estamos involuindo; até escrevi um romance falando nisso: "Involução, um alerta". Não publicado, ainda. Fala sobre isso.

[Sobre "Quais são os verdadeiros valores?"]

por I. Boris Vinha
http://oslivros-iborisvinha.blogspot.com
23/1/2008 às
10h40 201.52.247.134
(+) I. Boris Vinha no Digestivo...
 
Pretensos e pseudos
Marcelo Maroldi, parabéns! Você escreve bem! Será você um "novo escritor"? Escrevendo bem assim, deveria ter livro publicado, mas publicado em papel, não os e-books terríveis e "cancerígenos". Fique na tela de um computador direto, lendo um livro, mesmo que bom, porque a maioria é "triste", e poderá ter câncer no olho! Estou chutando, até porque não sou médico; sou "profeta". Ou posso ser um filósofo, por exemplo, já que filosofia é a arte de especular... e esse câncer é só especulação minha, claro. Se alguém já teve um câncer no olho, por ler e-books, que me perdoe, a citação é uma mera coincidência... Agora, você tem razão quando afirma ou sugere que não existe novo escritor; existem somente os "pretensos escritores", nesse caso. E alguns serão pretensos como blogueiros. Então, e-books e blogueiros são pretensos também; desta vez pretensos livros e pseudos autores... Nada como virar cada página de papel, sentado sob uma frondosa árvore...

[Sobre "Novos escritores? Onde?"]

por I. Boris Vinha
http://i.borisvinha.vilabol.uol.com.br
11/1/2008 às
14h49 201.52.247.134
I. Boris Vinha no Digestivo...
 
Matta, você tem razão!
Matta... como você tem razão! As editoras não arriscam nada. Assim, como saber se os novos autores são bons ou medíocres? Tudo bem que uma editora é um negócio, como outro qualquer, mas um pouco mais de respeito com os "pretensos" escritores seria bom. Tenho dez livros escritos, todos registrados na BN (Escritório de direitos autorais). São mais de 2.500 páginas escritas e não publicadas. Cansei de enviar cópias dos originais para as editoras. Enviava antes os resumos dos livros e muitas editoras pediam as cópias, mas, dois ou três meses depois, informavam que não era bem isso que queriam e diziam que estavam inutilizando-as... Para mim, livro não publicado é como um filho natimorto. Com a paciência lotada de recusas, estou abrindo a minha própria editora; publicarei meus livros e tentarei ajudar os não publicados.

[Sobre "Os desafios de publicar o primeiro livro"]

por I. Boris Vinha
http://iborisvinha.spaces.live.com
6/1/2008 às
18h57 201.52.247.134
I. Boris Vinha no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Vôo de Pássaro
Lúcia Pimentel Góes
Nacional
(1985)



Oab Nacional 1ª Fase. Teoria Unificada
Simone Diogo Carvalho Figueiredo
Saraiva
(2011)



Vodu Urbano
Edgardo Cozarinsky
Iluminuras
(2005)



Marley & Me Marley & Eu
John Grogan
Ediouro Publicações Sa
(2000)



Renato Russo: O filho da revolução
Carlos Marcelo
Agir
(2012)



Mercadores de Sentido (lacrado)
Veneza Mayora Ronsini
Sulina
(2007)



Psicologia e Educação
Ercília Maria de Paula Fernando Wolff
Iesde
(2009)



Atrás do Espelho - Cartas de Meus Pais
Afonso Arinos Filho
Record
(1994)



Novo Código de Processo Civil Comentado
Daniel Amorim Assumpção Neves
Juspodivm
(2016)



Sql Guia Pratico
Rogerio Luis de C Costa
Brasport
(2006)





busca | avançada
47592 visitas/dia
1,9 milhão/mês