entrevistado deixa a desejar | Lúcia do Vale

busca | avançada
54332 visitas/dia
2,0 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Elísio Lopes Jr comanda oficina gratuita de dramaturgia nesta sexta-feira (27)
>>> Livro aborda Perícia Grafoscópica de forma acessível para profissionais de diversas áreas
>>> Textos reunidos de Adorno sobre indústria cultural ganham tradução revigorada
>>> Jornalista Silvana Salerno mostra como escrever de forma criativa elementos externos ao livro
>>> Websérie ‘Extremos’ estreia em dezembro com atores contracenando de cidades diferentes do país
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
Colunistas
Últimos Posts
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Um tweet que virou charge
>>> Lugar de mulher é...
>>> 27 de Março #digestivo10anos
>>> Remix Narrativo
>>> Asia de volta ao mapa
>>> A Era do Gelo
>>> As cartas de Dostoiévski
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> 9 de Abril #digestivo10anos
>>> Solidão Moderna
Mais Recentes
>>> Mindhunter o Primeiro Caçador de Serial Killers Americano de John Douglas e Mark Olshaker pela Intrínseca (2017)
>>> Alice no Pais das Maravilhas de Lewis Carroll; Edy Lima pela Scipione (2010)
>>> Ilusões a Caminho do Sol de Donizeti de Sousa pela Donizeti de Sousa
>>> Sorrir e Pensar de Francisco Cândido Xavier pela Ide (1984)
>>> Alice no País das Maravilhas de Lewis Carroll pela L&pm Pocket (1999)
>>> O Código da Vinci de Dan Brown pela Sextante (2004)
>>> Madison, 1300 de Ira Levin pela Best Seller
>>> Madame Bovary de Gustave Flaubert pela Folha
>>> Alianças de Junco - um Caso de Amor, ódio e Obsessão de Roberto de Carvalho pela Aliança (2007)
>>> Sonho de uma Noite de Verão- Serie Reencontro de William Shakespeare - Ana Maria (adaptação) pela Scipione
>>> Solo de Clarineta de Erico Verissimo pela Globo
>>> Solo de Clarineta de Erico Verissimo pela Globo
>>> Sim, Sim! Não, Não! de Pe. Jonas Abib pela Canção Nova (2004)
>>> Alguem Tem Que Perdoar de Ismael Biaggio pela Ide (2013)
>>> Série Bom Livro - Amor de Salvação de Camilo Castelo Branco pela Atica
>>> Otimismo de R. Stanganelli pela Horley (1986)
>>> Fifty Shades Darker de E L James pela Vintage (2012)
>>> O Código da Vinci de Dan Brown pela Arqueiro (2004)
>>> Senhora - Série Bom Livro de José de Alencar; Com Suplemento pela Atica (2002)
>>> Desculpa, Quero Me Casar Contigo de Federico Moccia pela Planeta do Brasil (2010)
>>> Senhora Série Bom Livro de José de Alencar pela Atica
>>> Corações Partidos de Luiz Antônio Aguiar pela Atica (2004)
>>> Doidas e Santas de Martha Medeiros pela L&pm Editores (2008)
>>> O Código da Bíblia de Michael Drosnin pela Cultrix
>>> Senhora - Coleção Clássicos Saraiva de José de Alencar; José de Alencar; José de Alencar pela Saraiva (2007)
>>> Senhora de José de Alencar pela Ática
>>> Diário de Aventuras da Ellie - a Aluna Nova de Ruth Mcnally Barshaw pela Ciranda Cultural (2014)
>>> Alguém Espia Nas Trevas de Mary Higgins Clark pela Record
>>> O Chamado de Cthulhu e Outros Contos de H. P. Lovercraft pela Principis (2019)
>>> De Amores e Guerras de Paulo R Santos pela Eme (2012)
>>> As cinco pessoas que você encontra no céu de Mitch Albom ; Pedro Jorgensen Junior pela Sextante (2004)
>>> Fisioterapia: Interação Profissional-paciente de Carol M. Davis pela Guanabara Koogan (2007)
>>> Seja Feliz Meu Filho de Içami Tiba; Natércia Tiba pela Integrare (2006)
>>> Encontros de Barbara Delinsky pela Harlequin Books Br (2007)
>>> Algoritmos e Estruturas de Dados de Ãngelo de Moura Guimarães pela Livros Técnicos e Científicos (1985)
>>> Emoções Poéticas de Márcio Carneiro pela Futurama (2014)
>>> Seguindo Juntos de Francisco Cândido Xavier pela Geem
>>> O Chá-de-bebê de Becky Bloom de Sophie Kinsella pela Record (2008)
>>> Segredo das Fadas 1 - a Pulseira Encantada de Emily Rodda pela Fundamento (2009)
>>> Satiricon - Grandes Sucessos de Petrônio pela Abril Cultural (1981)
>>> Sangue Fresco de João Carlos Marinho pela Global
>>> Alexandre e Outros Herois de Graciliano Ramos pela Record
>>> Ruah Quebrando os Paradigmas de Que Gordura é Saúde de Padre Marcelo Rossi pela Principium (2015)
>>> Encontro Marcado de Cristina Sena pela Petit (2002)
>>> Ria da Minha Vida Antes Que Eu Ria da Sua de Evandro a Daolio pela Mandarim (2001)
>>> O Céu Pode Esperar de Antônio Carlos e Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho pela Petit
>>> Eles Morrem Você Mata! de Stella Carr pela Moderna
>>> Sherlock Holmes - Short Stories de Sir Arthur Conan Doyle pela Oxford University Press (2000)
>>> Além do Azul do Céu de Nora Roberts pela Harlequin
>>> Resgate no Tempo de Silvia Cintra Franco pela Moderna
COMENTÁRIOS

Domingo, 2/12/2007
Comentários
Leitores


entrevistado deixa a desejar
Parabéns pela entrevista! Mas só para a entrevista. Já o entrevistado deixa a desejar... É nítida a oposição de qualidade entre as perguntas e as respostas. Perguntas inteligentes e bem preparadas e contraste com respostas medíocres e deselegantes. Quanto à literatura ser coisa de "desocupados e parasitas", eu fico só pensando em Machado de Assis, em Guimarães Rosa: seriam eles enquadrados nessa categoria? Ainda bem que Mainardi abandonou a literatura. Ufa!

[Sobre "Diogo Mainardi"]

por Lúcia do Vale
2/12/2007 às
18h19 201.6.171.136
(+) Lúcia do Vale no Digestivo...
 
A fábula do amor ou da vida?
Que prazer ir lendo "pela estrada a fora", sem saber que tipo de lobo será encontrado nessa versão da história. Chapeuzinho Vermelho encontrou ou foi encontrada pelo lobo? Boa pergunta. O amor acontece, segundo a fábula, de acordo com as crenças, mas acontece de amarmos qualquer pessoa? Será que não se escolhe o amor, como dizem? Não se escolhe a pessoa amada, ou não se escolhe o cultivo do sentimento amor? Não é preciso fazer nada para amar, essa situação não requer nada de nós, não nos exige absolutamente nada além de estarmos no local e no momento marcado pelo destino para o possível encontro? E uma vez perdida a possibilidade, não haverá outra? Ah, sim, haverá, a floresta está cheia de lobos, famintos, querendo comer a Chapeuzinho... Além de que o mesmo lobo pode ser encontrado na ida pra casa da vovó ou na volta pra casa da mãe, a floresta é a mesma, não há outro caminho, o que não percebemos em um momento podemos perceber em outro, se um caçador não matar antes o nosso lobo!...

[Sobre "Pela estrada afora"]

por Cristina Sampaio
http://www.minhasvozes.blogspot.com
2/12/2007 às
15h44 189.70.162.93
(+) Cristina Sampaio no Digestivo...
 
Tem regra que nada impõe
Já há uma língua formal, culta, e outra coloquial, popular, isso em nada mudaria com a reforma; as pessoas permaneceriam falando do mesmo jeito que falam, com seus vícios e sotaques, que não fazem mal a ninguém, nem mesmo à própria língua. Também não traria nenhum prejuízo à nossa literatura, pois a vivacidade e inovação nessa área dependem da criatividade e do preparo dos escritores, não das regras gramaticais e modelos de escrita, que servem apenas como base, não como lei, aos grandes autores. Quanto aos possíveis prejuízos aos estudantes e intelectuais, independente de mudanças, todos temos algum tipo de dificuldade com a língua oficial, ela nunca é dominada totalmente por aqueles que não se dedicam ao estudo da gramática; os erros não aumentariam tanto após a reforma, já erramos muito, então não há por que temê-la enquanto acordo, algo que possa diminuir determinadas burocracias. Talvez seja mais perigoso o domínio da língua inglesa em nosso país.

[Sobre "Por que Faraco é a favor da mudança ortográfica"]

por Cristina Sampaio
http://www.minhasvozes.blogspot.com
2/12/2007 às
14h31 189.70.162.93
(+) Cristina Sampaio no Digestivo...
 
Concordo integralmente
Poucas palavras, mas intensas e verdadeiras. Ótimo.

[Sobre "Poesia e inspiração"]

por Adriana
2/12/2007 às
12h15 201.8.34.12
(+) Adriana no Digestivo...
 
você perdeu seu tempo
Pena que você perdeu seu tempo com o DM. As suas perguntas são bem mais interessantes que as respostas que ele deu. Parece que DM se limitou a responder superficialmente, sem se preocupar com o a amplitude de suas questões. Acho que perdi meu tempo também. Abraço. Dri

[Sobre "Diogo Mainardi"]

por adriana godoy
2/12/2007 às
12h12 201.8.34.12
(+) adriana godoy no Digestivo...
 
Se é para gastar latim...
"Vanitas vanitatum et omnia vanitas". Se é para gastar latim, deixa eu gastar o meu: acho o Diogo vaidoso, pretensioso e preconceituoso. Mas isso é só a minha opinião...

[Sobre "Diogo Mainardi"]

por Carlos Santanna
2/12/2007 às
11h10 200.162.201.62
(+) Carlos Santanna no Digestivo...
 
bonitinho mas ordinário
Lembra muito o Pepe Escobar no auge, quando deu uma entrevista para uma revista brasileira, o cara se achava a única Coca-cola do deserto. É um imitador barato de Paulo Francis até em desprezar Lula. Paulo Francis disse várias vezes que detestava o Nordeste. Diogo é, em suma, bonitinho mas ordinário.

[Sobre "Diogo Mainardi"]

por Ailton Medeiros
http://www.ailtonmedeiros.com.br
1/12/2007 às
21h51 189.71.83.61
(+) Ailton Medeiros no Digestivo...
 
a empáfia de sempre
Boa entrevista, porém o Diogo continua com a empáfia de sempre e uma inveja freudiana do poder. Sorry. É uma pena pois o Diogo poderia aproveitar melhor o potencial que Deus lhe deu. É um burguês enrustido em outra pele.

[Sobre "Diogo Mainardi"]

por Adauto
1/12/2007 às
16h39 189.4.52.85
(+) Adauto no Digestivo...
 
Haverá inocência?
Tropa de elite confronta o estado crítico da nossa sociedade com seus valores, propõe no antagonismo de sua força legal a perda da essência que defende. A forma como o conflito é estruturado revela em seus silêncios muito mais do que todos os diálogos que foram registrados no seu roteiro. O cenário das ações é um gueto esquecido por Deus e por toda a sociedade, por assim dizer. Os valores que predominam são valores de resistência e instinto. A sociedade organizada chega como colonizadora, lei e ordem e nenhum envolvimento na trama sufoca os nativos da região. Quanta riqueza... Quantas leituras possíveis diante de uma realidade surreal. Vivemos uma luta de classes que beira o genocídio, assistimos a uma mortandade de jovens por relações com o tráfico e as drogas que faz a guerra do Iraque parecer um conflito menor. Quando nos enxergaremos no espelho? Afinal, onde estão os heróis? Quem serão os mocinhos?

[Sobre "Tropa de Elite, de José Padilha"]

por Carlos E. Oliveira
1/12/2007 às
03h56 201.65.37.4
(+) Carlos E. Oliveira no Digestivo...
 
Agridoce
A minha sensação é a de que atingimos um grau tal de ruptura dessa teia social, onde nada mais é solução. Somente a vingança. A catarse. Queremos justiça vindicativa, mesmo no plano de um filme de ação, não resta mais nada a esperar, a não ser um herói. Ainda resta um portador da esperança, caso contrário nós viveríamos no Inferno de Dante. A nossa crítica literária vai se extinguindo com o passar do tempo, a de cinema parece seguir o mesmo caminho. Ninguém ousa contradizer o sucesso. Ele se basta. Ele é o maior argumento. Triste e ilógico é remar contra a corrente. Como a história é boa, tem dinâmica, o mocinho vence no final, a música soa bem, os diálogos rápidos, incisivos. O conjunto não aponta para nenhum lugar. É uma visão agridoce da realidade. Deixando a fantasia de lado, o bandido - quase sempre - mata o mocinho. Não estamos no momento de legalizar o consumo das drogas? É melhor o governo administrar essa coisa, do que os atuais detentores desse oligopólio.

[Sobre "Tropa de Elite, de José Padilha"]

por Djabal
http://havesometea.net/NonLiquet/
30/11/2007 às
11h35 200.207.119.199
(+) Djabal no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




BROTHERS OF EARTH
C. J.. CHERRIH
DAW BOOKS
(1976)
R$ 10,00



CIÊNCIAS NATURAIS APRENDENDO COM O COTIDIANO 7ª SÉRIE
EDUARDO LEITE DO CANTO
ED. MODERNA
R$ 11,90



INTRODUÇÃO À TEOLOGIA MORAL
KLAUS DEMMER
LOYOLA
(1999)
R$ 23,10
+ frete grátis



GOVERNANÇA CORPORATIVA: A CAPACITAÇÃO BÁSICA DO CONSELHEIRO
PAULO GURGEL VALENTE
GEN; LTC
(2010)
R$ 25,82



MARKETING OPERACIONAL - 1
ALFREDO BIANCHI PRATES
DICOPEL
R$ 35,00



PEDI E RECEBEREIS O PODER DA ORAÇÃO NOVENA
COMUNIDADE CANÇÃO NOVA
CANÇÃO NOVA
(2010)
R$ 15,00



O PASSADO NAS MÃOS DE SANDRA
ROSANA RIOS
SARAIVA
(2000)
R$ 5,00



CAMINHOS Nº 18: AUTONOMIA, REFLEXÃO E AÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
SEGRAC
(1999)
R$ 6,90



FORMAÇÃO DE PREÇOS: MERCADO E ESTRUTURA DE CUSTOS
JUNE ALISSON WESTARB CRUZ E OUTROS
IBPEX
(2011)
R$ 5,00



HISTOLOGIA VEGETAL
A. UZUNIAN
HARBRA
(2000)
R$ 9,90





busca | avançada
54332 visitas/dia
2,0 milhões/mês