Polaroid | Carlos E. F. Oliveir

busca | avançada
51839 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Cia Triptal celebra a obra de Jorge Andrade no centenário do autor
>>> Sesc Santana apresenta SCinestesia com a Companhia de Danças de Diadema
>>> “É Hora de Arte” realiza oficinas gratuitas de circo, grafite, teatro e dança
>>> MOSTRA DO MAB FAAP GANHA NOVAS OBRAS A PARTIR DE JUNHO
>>> Ibevar e Fia-Labfin.Provar realizam uma live sobre Oportunidades de Carreira no Mercado de Capitais
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
Últimos Posts
>>> Parei de fumar
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Mais espetáculo que arte
>>> teu filho, teu brilho
>>> O Medium e o retorno do conteúdo
>>> A Poli... - 10 anos (e algumas reflexões) depois
>>> Web-based Finance Application
>>> Pensando sozinho
>>> Aventuras pelo discurso de Foucault
>>> Chega de Escola
>>> Hipermediocridade
>>> A luta mais vã
Mais Recentes
>>> A Economia Política da Crise: Problemas e impasses da política econômica brasileira 5ª edição. de Maria da Conceição Tavares; Maurício Dias David pela Vozes (1984)
>>> O Guardião de Nicholas Sparks; Maria Clara de Biase pela Arqueiro (2013)
>>> Thy Neighbors Wife de Gay Talese pela Dell (1980)
>>> A Inflência do Consumidor Nas Decisões de Marketing de Marcia Valéria Paixao pela Casa da Qualidade (2011)
>>> Você é Jackie Ou Marilyn? de Pamela Keogh pela Globo Antigo (2011)
>>> Pantanáutilus de Ana Carolina Neves pela Ftd (2011)
>>> Antimanual de Jornalismo e Comunicação de Antonio Cláudio Brasil pela Senac (2007)
>>> O Fim da Macroeconomia? de David Simpson pela Instituto Liberal (1995)
>>> Guia de Negociação para Mulheres de Leslie Whitaker pela Sextante (2002)
>>> Go Pro. Passos para Se Tornar um Profissional do Marketing ... de Livro; Eric Worre pela Rumo ao Topo (2014)
>>> O Que é Greve de Marcia de Paula Leite pela Brasiliense (1992)
>>> Tocantes considerações de um pioneiro de Edson Cabral pela Não consta (2007)
>>> Em memórias de Urias de Henrique M. Ziller pela Do autor (2018)
>>> Texto & Interação de William Cereja e Thereza Cochar pela Atual (2009)
>>> Minha Vida Antes do Invento na Hora de Lucas Lira pela Outro Planeta (2016)
>>> Gerenciamento de Projeto de Carlos Magno da Silva Xavier pela Saraiva (2005)
>>> Shalimar, o Equilibrista de Salman Rushdie pela Companhia das Letras (2005)
>>> Ramses - a Batalha de Kadesh ( Vol. 3) 6ª de Christian Jacq pela Bertrand (1999)
>>> A Onda Que se Ergueu no Mar: Novos Mergulhos na Bossa Nova de Ruy Castro pela Companhia das Letras (2001)
>>> Quintana de Bolso: Rua dos Cataventos e Outros Poemas de Mario Quintana pela L&pm (1997)
>>> Gêmeos e Múltiplos de Renata Dejtiar Waksman pela Minha (2015)
>>> Conquistar Clientes - Emante - los para sempre de Michael Leboeuf pela Harbra (1996)
>>> Um Gato de Rua Chamado Bob de James Bowen pela Novo Conceito (2013)
>>> Manual para Desenvolvimento de uma Universidade Corporativa de Luiz Augusto Junqueira pela Abtd (2008)
>>> Smalville Arrival de Desconhecido pela Richmond (2007)
COMENTÁRIOS

Quarta-feira, 30/1/2008
Comentários
Leitores


Polaroid
Ana, um belo exercício de concisão. Gosto muito desta tua polaroid registrando impressões cotidianas e extraindo do ordinário um prenúncio de poesia. Estas "mínimas" nos situaram diante de mitos que nos revelam semelhanças e situações de reconhecimento, gosto do seu olhar atento ao que brota do cotidiano e fica registrado intensamente em nossas vivências. Penso sempre nestes pequenos episódios como a nossa conquista particular de identidade. Às vezes minha própria cidade se cansa de mim e se apresenta de modo a me confundir, e esta insegurança de não saber para onde ir é um estar vivo. Abraços.

[Sobre "Mínimas"]

por Carlos E. F. Oliveir
30/1/2008 às
22h58 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Paixão explícita
Percebe-se que você se apaixonou pelo filme "Frida", Julio, e sentiu necessidade de tentar justificar o encanto sentido. Aliás, paixão é uma palavra que pode definir as motivações dessa artista em relação à arte e à vida. Frida Kahlo era movida por paixão; podia não ser uma pintora genial, mas era uma pintora apaixonada, que se entregou à obra e ao mestre aparentemente com a mesma intensidade. E lutou contra todas as adversidades pelo direito de pintar. Algumas atividades são solitárias, se desenvolvem na solidão, como afirmou Goethe, apesar de serem alimentadas pelo contato com os outros, pelo social; o acidente que a deixou de cama, impossibilitada de andar durante um período, forçou Frida a estar sozinha, trabalhando a sua arte, amadurecendo o seu talento. Talvez o filme não agrade a muitos, pois o que representa para alguns pode não ser o mesmo para outros, mesmo próximos, que pensamos conhecer, saber dos gostos, antever as apreciações. Nossas paixões são subjetivas, surpreendem!

[Sobre "Frida Kahlo e Diego Rivera nas telas"]

por Cristina Sampaio
http://www.minhasvozes.blogspot.com
30/1/2008 às
22h13 189.70.202.138
(+) Cristina Sampaio no Digestivo...
 
Já estou terminando
Já estou quase acabando de ler o livro pelas vias tradicionais, ou seja, palavra por palavra do início ao fim. Quem se deixar levar pelo título vai perder um excelente livro.

[Sobre "Ah, essa falsa cultura..."]

por Juca Azevedo
30/1/2008 às
18h41 189.2.184.40
(+) Juca Azevedo no Digestivo...
 
É bom olhar pro espelho
"Criminoso! Criminoso, sim!". Mas ele não foi preso? Não cumpriu a pena que a Justiça determinou para o caso dele? E se o cara não fosse "filhinho de papai" seria alguma garantia de que ele hoje se diria arrependido? Jeez. Olhem para as próprias vidas e vejam o tanto de besteira que certamente também já fizeram - todos fazemos.

[Sobre "Traficante, sim. Bandido, não."]

por Renato Pedrecal
30/1/2008 às
16h25 201.17.218.227
(+) Renato Pedrecal no Digestivo...
 
Um dia escreverei bem...
Como dizer de uma forma bonita ou menos dolorosa que levei um tapa lendo seus textos? Já li as 3 partes dele e, bom, foi o que aconteceu! Quero agradecê-lo por compartilhar conosco sua experiência. Parabéns!

[Sobre "Como escrever bem — parte 1"]

por Rúbia
30/1/2008 às
15h55 200.141.142.2
(+) Rúbia no Digestivo...
 
Apreciação do leitor
"Boas histórias e de verdade" é um texto agradável para ser lido por internautas mesmo que apressados. Gostei. Vou voltar a esse saite/blog noutra hora, com mais tempo. O que li foi suficiente para me ilustrar, quem sabe, para minha coluna no jornal "O Dia".

[Sobre "Boas histórias — e de verdade"]

por francisco miguel de
30/1/2008 às
14h55 189.12.177.81
(+) francisco miguel de no Digestivo...
 
A porta abre para os 2 lados
E imagina como os peruanos, por exemplo, se sentem quando os mineiros ficam se gabando de morar nas montanhas, bem aí do alto de um punhado de morrinhos mixurucas...

[Sobre "Mínimas"]

por Paulo Moreira
http://paulodaluzmoreira.blogspot.com
30/1/2008 às
13h36 76.219.88.23
(+) Paulo Moreira no Digestivo...
 
Até eu já escrevi
Qualquer biólogo, qualquer antropólogo, qualquer cronista, qualquer um ou mesmo qualquer blogueiro, se arroga o direito de filosofar sobre Deus. Até ateu fala sobre ele! (Existe ateu porque deve existir Deus, senão pra quê ateu?) Nietzsche e tantos outros foram simplesmente coadjuvantes no verdadeiro assassinato de Deus... Charles Darwin, com sua teoria da evolução, sim, colocou dúvida na existência divina. O Chefe Criador não deve ser mais do que uma Enorme Energia Cósmica; não tem gênero nem número, não é nem O nem A, não tem barba e muito menos é Branquinho como queria o Constantino e demais inventores, como Da Vinci, Michelangelo e Rubens, por exemplo. Os antigos escritores bíblicos, ignorantes pela própria natureza, escreveram uma monte de insanidades que hoje não podem mais serem suportadas... Todos falam; por isso até eu escrevi um ensaio sobre isso. Abraços!

[Sobre "Deus não é Grande, de Christopher Hitchens"]

por I. Boris Vinha
http://oslivros-iborisvinha.blogspot.com
30/1/2008 às
09h56 201.52.247.134
(+) I. Boris Vinha no Digestivo...
 
Miseravelmente humano
LEM, seu texto é um excelente contraponto para "Preconceitos", do Diogo Salles, mas a humanidade em seu estado natural, portanto selvagem, oculta ou sufoca seus estímulos primários. Criou-se o ambiente das premissas fundamentais, mas o humano traz em si porões e sótãos onde suas essências são preservadas. Criamos, então, talvez por contrato, um oásis de civilidade, uma educação elizabetana(?) e vivemos isto como um modelo. Abdicamos da liberdade no seu contexto radical e cultuamos a transgressão nas artes e nos símbolos da nossa herança estética. O ser humano é o grande predador, um lobo entre lobos e não reage diferente diante das disputas territoriais em qualquer dimensão. É possível construir uma analogia sobre poder e celebridade nos tempos atuais, então veremos uma pequena mostra dos valores de parcela expressiva do senso comum se vendendo de todos os modos, como nos matrimônios antigos, por um pouco mais de civilidade. A disputa é um ritual de reconhecimento.

[Sobre "Quais são os verdadeiros valores?"]

por Carlos E. F. Oliveir
29/1/2008 às
22h31 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Belo texto, Adriana
Parabéns, Adriana, e obrigado pela receita do ovo no pão de forma. Vou fazer com muito carinho. E, por falar em atendentes mal educadas, é de lamentar que isto aconteça, pois apesar da precariedade de emprego neste nosso Brasil, ainda tem gente que não valoriza o que conseguiu... Abraços!

[Sobre "Preguiça culinária"]

por Elias Gonçalves
29/1/2008 às
21h41 189.70.112.74
(+) Elias Gonçalves no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Anuário Brasileiro de Artes Plásticas Vol VII
Helder Fazilari
Roma



Biblioteca de Arte os Impressionistas - Lautrec
Luis Carta et Al (editores)
Três
(1973)



Abandono Sonetos Inéditos
Gioconda Labecca
São Paulo
(1986)



O Peixinho Azul e Outras Histórias
Roque Jacintho
Feb
(1990)



Minissaia Batom e Futebol
Sardenberg Leticia
Zit
(2011)



Aspectos Biológicos da Flora Brasileira
João Decker
Rotermund
(1936)



Os Cavaleiros de Cristo - Coleção Verdades Ocultas
Edgar Melo
Escala
(2015)



O Marido Perigoso
Jane Shapiro
Record
(2002)



Poemas Em Autoplágio
Wilson Caritta
Patuá
(2013)



La Nostra Lotta Dall Opposizione Verso Il Governo
Enrico Berlinguer
Riuniti
(1979)





busca | avançada
51839 visitas/dia
1,8 milhão/mês