Boas histórias — e de verdade | Verônica Mambrini | Digestivo Cultural

busca | avançada
78320 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Sesc 24 de Maio apresenta novos episódios do projeto Música Fora da Curva
>>> Quarador de imagens partilha experiências em música, teatro e cinema
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Temporada Alfa Criança estreia Zazou, um amor de bruxa dia 24 de abril
>>> Operilda na Orquestra Amazônica Online tem temporada grátis pela Lei Aldir Blanc
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Estreia: Geração# terá sessões virtuais gratuitas
>>> Gota d'agua
>>> Forças idênticas para sentidos opostos
>>> Entristecer
>>> Na pele: relação Brasil e Portugal é tema de obra
>>> Single de Natasha Sahar retrata vida de jovem gay
>>> A melancolia dos dias (uma vida sem cinema)
>>> O zunido
>>> Exposição curiosa aborda sobrevivência na Amazônia
>>> Coral de Piracicaba apresenta produção virtual
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> A morte da Gazeta Mercantil
>>> A hora certa para ser mãe
>>> Blogging+Video=Vlogging
>>> In London
>>> Mil mortes de Michael Jackson
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Dalton Trevisan revisitado
>>> Who killed the blogosphere?
Mais Recentes
>>> Metanoia - A Chave Está Em Sua Mente de JB Carvalho pela Chara (2018)
>>> 8 Hábitos Do Líder Eficaz De Grupos Pequenos de Dave Earley pela Ministério Igreja em Células (2013)
>>> Final Da Tempestade de Deive Leonardo pela Quatro Ventos (2020)
>>> Enquanto Isso (journal) de Fernanda Witwytzky pela Quatro Ventos (2020)
>>> A caminho do Sótão de Denis Mattar pela Livraria Cultura (1978)
>>> Devocional Simplificando O Secreto (Capa Dura) de Vários pela Quatro Ventos (2020)
>>> A santa sem véu de Tibério Vargas Ramos pela Age (2013)
>>> Danuza & sua visão de mundo sem juízo de Danuza Leão pela Agir (2012)
>>> Fora de mim de Martha Medeiros pela Objetiva (2010)
>>> Contos de Voltaire pela Abril Cultural (1983)
>>> O assassino de Evelyn Anthony pela Martins (1974)
>>> O condenado de Gabriel Lacerda pela Lacerda Ed. (1998)
>>> Curso de Aperfeiçoamento Em Betão Armado - livro de J. Darga e Lima e Outros pela Lnec (1969)
>>> O dinheiro de Arthur Hailey pela Nova Fronteira (1975)
>>> A insurreição de Antonio Skármeta pela Francisco Alves (1983)
>>> Era Uma Vez o Amor, Mas Tive Que Matá-lo de Efraim Medina Reyes pela Planeta (2006)
>>> Dominó de Ross King pela Record (2010)
>>> Jogos Surrealistas de Robert Irwin pela Record (1998)
>>> Revista Planeta 11 - Julho 1973 - a Psicologia Pode Melhorar o Mundo de Ignácio de Loyola Brandão pela Três (1973)
>>> O Último Cabalista de Lisboa de Richard Zimler pela Companhia das Letras (1997)
>>> Livro Alegria e triunfo de Lourenço Prado pela Pensamento (2021)
>>> Perigos Que Rondam o Ministério de Richard Exley pela Ucb (2003)
>>> Revista Planeta 12 - Agosto 1973 - Para que serve a Ioga de Ignácio de Loyola Brandão pela Três (1973)
>>> Predestinação e Livre-arbítrio de John Feinberg pela Mundo Cristão (1989)
>>> Cartas de João Guia de Estudos Práticos de Laudir e Sonia Pezzatto pela Sepal (1989)
COLUNAS

Segunda-feira, 28/1/2008
Boas histórias — e de verdade
Verônica Mambrini

+ de 9300 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Você gosta de uma boa história? Paco Sanchez, jornalista galego que volta e meia aparece aqui pelas terras tupiniquins para dar seminários, vive contando o causo de um matuto espanhol que foi atropelado por um avião. Isso mesmo: o avião teve que fazer um pouso forçado por ali, em um pueblecito muy hermoso no meio do nada, na Espanha, e arrebentou com a propriedade. A companhia aérea fez uma generosa proposta, cobrindo o custo das vaquinhas e benfeitorias detonadas pelo avião, mais uma quantia em dinheiro, e apenas uma contrapartida: o sujeito tinha que silenciar sobre o incidente. "Pero no voy a poder contar la historia a la gente? Gracias, entonces. No me interesa."

Ouvir e contar boas histórias. É por aí que segue a proposta do jornalismo literário, polêmico desde sua nomenclatura. Nasceu como New Journalism, pelas mãos de talentosos escritores como Truman Capote, Norman Mailer e Gay Talese, alguns dos nomes mais famosos, disponíveis em livros. A proposta era quebrar novamente um ciclo do jornalismo. Depois da modernização americana, lá pela década de 1950, que transformou artigos longos e cheios de opinião em textos informativos curtos e ágeis, o New Journalism trouxe técnicas da literatura para as páginas de revista, nas décadas de 1960 e 1970.

No Brasil, o nome pegou como Jornalismo Literário. Inspirada nessa onda, em 1966, a editora Abril criou a revista Realidade, que fez escola com grandes reportagens. Pautas grandiosas, textos ambiciosos, fotos impressionantes, tudo inspirado na cartilha do New Journalism. Até hoje, a revista deixa um rastro de nostalgia nos bancos de faculdades. Recentemente, ressurgiu a aposta de que há um mercado de leitores ávidos por histórias bem contadas. As revistas Brasileiros e piauí tentam resgatar o formato de grandes reportagens, textos longos, autorais (se conseguem, é outra história). E há, claro, pitadas aqui e ali nas páginas de jornais e revistas tradicionais.

O livro Jornalistas Literários ― Narrativas da vida real por novos autores brasileiros (Summus, 2007, 320 págs.) traz dezesseis histórias contadas em outro ritmo. Com mais calma, olho nos detalhes, clima. O apaixonante perfil que abre a coletânea é o do jornalista Marcos Faerman, escrito por Isabel Vieira. Faerman começou a carreira no extinto jornal gaúcho Última Hora e foi repórter especial no Jornal da Tarde, numa época em que havia muito mais tempo e dinheiro para reportagens de fôlego. Muita apuração, e um equilíbrio delicado entre a personalidade agitada e humanista de Faerman, a carreira cheia de projetos idealistas e marcantes e o contexto da época dão vida ao perfil.

Há textos de vários gêneros: reportagens, narrativas pessoais, ensaios. Sobressaem reportagens como "Pasta & Passione", de Lorena Tovil Schuchman, sobre um pastifício artesanal e a família que o conduz, ou "A Clarividente Neiva", de Isabel Fonseca, sobre como começou e cresceu uma seita espiritualista em Brasília. Histórias que não cabem no noticiário ― muitas vezes, o texto transbordante de informação e interesse não tem nada nem próximo de ser notícia. Muitas vezes, as histórias são de anônimos, de personagens brechitianos como os do poema "Perguntas de um operário que lê": "Quem construiu Tebas, a das sete portas?/ Nos livros vem o nome dos reis,/ Mas foram os reis que transportaram as pedras?". E um olhar sobre os personagens que flerta com a Nova História, que busca sinais do registro de uma época nas casas dos vizinhos, na rua que é caminho da escola em que se estuda, no pescador que é um artesão com o no sangue. Possivelmente a importância do Novo Jornalismo é a mesma da nova história: ignorar a história de governantes, mandatários de guerras e chefes de Estado é um fator que limita a compreensão de mundo. Mas o mundo em que a história é contada apenas pelas decisões de poucos homens, e ignorando os gostos e o trabalho do homem comum, é inútil. E na retomada da narrativa como ponto fundamental, e da oralidade, os dois campos de conhecimento também se cruzam.

As reportagens são o resultado das primeiras turmas da pós-graduação em jornalismo literário da Associação Brasileira de Jornalismo Literário (ABJL). O organizador do livro é Sergio Vilas Boas, um dos fundadores da ABJL e professor do curso de pós-graduação. Ele comenta que o caminho para esse tipo de narrativa no Brasil se consolidar é longo. Não há tradição e poucos profissionais têm fôlego para encarar um texto menos técnico, com mais arte. "Simplesmente Mulata" é quase um conto, uma história de amor que podia ser ficção. Contada no clima de causo que pedem os personagens, se mostra no caminho de um jornalismo mais novo e fresco, em que o compromisso maior é entre leitor e autor. Que não precisa ter a cara sisuda do jornalismo tradicional para ser tão claro e preciso quando uma matéria de jornalão. Pela falta de profissionais que tenham cacife para se enveredar nesse tipo de empreitada, a coletânea tem textos que ainda não acharam o tom.

Mas ainda assim, "Tantas histórias/ Quantas perguntas", como lembra o poema de Brecht.

Para ir além






Verônica Mambrini
São Paulo, 28/1/2008


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O umbigo, nossa arena olímpica de Adriana Baggio
02. O Livro Impresso e O Livro Virtual de Ricardo de Mattos
03. EUA, Ano Zero de Daniela Sandler


Mais Verônica Mambrini
Mais Acessadas de Verônica Mambrini em 2008
01. Boas histórias — e de verdade - 28/1/2008
02. Religião prêt-à-porter - 10/3/2008
03. Ao vivo do Roda Viva, pelo Twitter - 6/10/2008
04. Noite branca no cinema - 18/12/2008
05. Mitofagia: Machado ao molho pardo - 16/6/2008


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
30/1/2008
14h55min
"Boas histórias e de verdade" é um texto agradável para ser lido por internautas mesmo que apressados. Gostei. Vou voltar a esse saite/blog noutra hora, com mais tempo. O que li foi suficiente para me ilustrar, quem sabe, para minha coluna no jornal "O Dia".
[Leia outros Comentários de francisco miguel de ]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Psicologia para Administradores - a Teoria e as Técnicas da Liderança
Hersey - Blanchard
Epu - Cpb
(1986)



Cirurgia Vascular 1 - Princípios e Técnicas 4ed
Henry Haimovici e Outros
Dilivros
(1999)



Ensurdecedor
Frances Itani
Objetiva
(2004)



Codigo Comercial e Constituição Federal Legislação Empresarial
Equipe Editora Saraiva
Saraiva
(2014)



Adeus Ponta do Meu Nariz
Edward Lear
Hedra
(2004)



Desperte o Empreendedor Em Você Jorge Duro -
Jorge Duro e J. R. Bonavita
Senac
(2007)



Capitais Migrantes e Poderes Peregrinos: o Caso do Rio de Janeiro
Barbara Freitag
Papirus
(2009)



Stiletto
Harold Robbins
Círculo do Livro
(1960)



Buena Gente 3
Encina Alonso Arija e Outros
Macmillan Education
(2018)



Cinema Brasileiro
Antônio Moreno
Ufg
(1994)





busca | avançada
78320 visitas/dia
2,6 milhões/mês