Ao vivo do Roda Viva, pelo Twitter | Verônica Mambrini | Digestivo Cultural

busca | avançada
36499 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Segunda-feira, 6/10/2008
Ao vivo do Roda Viva, pelo Twitter
Verônica Mambrini

+ de 5600 Acessos

Já faz alguns meses que, sempre que o programa Roda Viva, da TV Cultura, é transmitido ao vivo, recebe alguns convidados que comentam, via Twitter, a entrevista de dentro do estúdio. O Digestivo Cultural foi convidado a participar do programa que entrevistou Wagner Moura, em 29 de setembro, do qual tive a chance de participar. A bancada dos twitters não fica ali no alto sem motivo: a visão do estúdio é quase completa; não apenas dá para ver como agem os entrevistadores, em silêncio sepulcral enquanto alguém faz uma pergunta, mas também as reações de quem mais estiver no estúdio. A produção quase sempre concentrada, mas por vez ou outra alguém com olhar perdido, só esperando a hora de entrar em ação.

A TV Cultura fica em ruas tranqüilas perto da Lapa, ao lado da Marginal Tietê. De cara, já dá para ir entrando no clima desde a sala onde começam os bastidores do Roda Viva, com as paredes cobertas de charges. Como não twitto pelo celular, fez falta ter à disposição uma rede wi-fi por ali, que me permitisse conectar o notebook. Em seguida, fomos para a maquiagem eu, a Larissa Menon, do Cinezine, e o Alexandre Fugita, do Techbits. Logo mais chegaram os entrevistadores do programa, dispensando uma certa afetação e ar blasé, no mínimo divertidos.

O convidado dessa edição foi o Wagner Moura, na onda do sucesso de Tropa de Elite, e, mais recentemente, da reencenação de Hamlet que ele protagoniza. Bastou Moura chegar para começarem as entrevistas de bastidores; além do programa que os telespectadores têm acesso pela tevê, existe uma cobertura "off" rolando antes do programa, um pouco depois e durante os intervalos. Ou seja, é só a câmera desligar e se fecha uma rodinha ao redor do ator; são outros papos e perguntas mais off ainda. Em outras palavras, sempre vai haver um bastidor depois do bastidor revelado, uma conversinha de canto que nenhuma câmera de celular consegue pegar e nenhum microfone alcança. Os entrevistadores, que nesse meio tempo já haviam sido devidamente maquiados e tinham colocado as fofoquinhas em dia, voltam para a sala de espera. Portanto, chega de papo: hora de ir para o estúdio.

Juntei-me ao grupo e o Vicente, da produção da Cultura, quase ficou louco porque eu não largava da Coca Zero, até que eu deixei ela quieta debaixo do balcão. Meu Dell foi devidamente maquiado também e ganhou a etiquetinha da tevê, para evitar o merchandising.

A TV Cultura tem hoje um departamento responsável por pensar esse tipo de iniciativa, o Núcleo de Novas Mídias da TV Cultura. O formato dessas transmissões experimentais do Roda Viva tem passado por diversas transformações e vem ganhando mais flexibilidade, mas continuará no formato dessa última segunda-feira por mais algumas semanas antes de ganhar outras possibilidades de interação, de acordo com Isabel Colucci, do Núcleo. Vale a pena entender melhor o que tem de novidade rolando pelo ótimo post do Tiago Dória; a proposta é extremamente vanguardista e, até onde sei, não há nada parecido na tevê brasileira, que no momento está excessivamente preocupada com seu novo brinquedinho, as câmeras de alta definição. Nessa edição, do Roda Viva, a novidade foi o fotógrafo convidado, o Paulo Fehlauer.

Embora a essência do programa permaneça a mesma ― sabatina com personalidade de destaque e entrevistadores de veículos celebrados da imprensa ―, as mudanças e adendos ligados à internet se aglutinam na página do programa, essa, sim, bastante interativa: é possível acompanhar diferentes olhares sobre o que está rolando no estúdio, além da câmera principal, que se divide entre o entrevistado e os sabatinadores. Há a câmera dos bastidores, de olho no que escapa das câmeras principais, e uma outra só sobre os desenhos do Caruso e a coluna com os twits marcados pela tag #rodaviva, integrada com a página principal, que era uma reivindicação antiga dos internautas. Não funciona tudo perfeitamente 100% do tempo, mas abre possibilidades fantásticas. No pé da página, há também as fotos do fotógrafo convidado, uma das novidades recém-acrescentadas. Vai ser perfeito quando os entrevistadores derem uma espiadinha no que está rolando por ali também, especialmente quando o entrevistado for uma unanimidade, como o Wagner Moura. É muito difícil ser incisivo e objetivo com um ator que tem uma trajetória de vida tão exemplar ― nordestino com cara de bom moço que está fazendo uma bela e bem remunerada carreira artística nos pólos culturais do Brasil.

Em silêncio, estava o Caruso. As sacadas e explosões de cores iam saindo calmamente dos pincéis, enquanto os entrevistadores e Moura praticamente repetiam as mesmas perguntas e respostas que já tinham sido feitas diversas vezes, em outras ocasiões. Nas charges, depois de levar uns minutos esquentando, era uma tirada interessante atrás da outra. Não sei se por ficar em silêncio, o Caruso acaba ficando mais à vontade do que os entrevistadores para ser um pouquinho mais objetivo. Eu twittei isso durante o programa; não fosse por ele, daria a impressão de que só a Monica Bergamo estava realmente ligada no Wagner Moura, com o senso crítico em dia. Esta twitteira acabou ganhando uma charge também.

O modelo inovador do Roda Viva ainda deve ser muito reproduzido; mas, conhecendo a televisão brasileira, desconfio que ferramentas populares serão pervertidas a um gosto e a usos bem populistas conforme forem assimilados. Torço de verdade para morder a língua.

Nota do Editor
Leia também "O primeiro Roda Viva, a gente nunca esquece".


Verônica Mambrini
São Paulo, 6/10/2008


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A Vida dos Obscuros de Marilia Mota Silva
02. Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando de Elisa Andrade Buzzo
03. Como medir a pretensão de um livro de Ana Elisa Ribeiro
04. O Carnaval que passava embaixo da minha janela de Elisa Andrade Buzzo
05. As palmeiras da Politécnica de Elisa Andrade Buzzo


Mais Verônica Mambrini
Mais Acessadas de Verônica Mambrini em 2008
01. Boas histórias — e de verdade - 28/1/2008
02. Religião prêt-à-porter - 10/3/2008
03. Ao vivo do Roda Viva, pelo Twitter - 6/10/2008
04. Noite branca no cinema - 18/12/2008
05. Mitofagia: Machado ao molho pardo - 16/6/2008


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




LIVRO DO PRÁTICO DE FARMÁCIA 5A. EDIÇÃO
HEITOR LUZ
TEIXEIRA
(1954)
R$ 19,97



MANUAL PRÁTICO DOS CONTRATOS
JONATAS MILHOMENS
FORENSE
(2001)
R$ 20,00



HORA ZERO
AGATHA CHRISTIE
NOVA FRONTEIRA
(1944)
R$ 10,00



LIMITES DA VOZ (MONTAIGNE, SCHLEGEL, KAFKA)
LUIZ COSTA LIMA
TOPBOOKS
(2005)
R$ 26,91



DROGAS: AÇÕES E REAÇÕES
GESINA L. LONGENECKER
MARKET BOOKS
(2002)
R$ 7,19



ASSOMBRAÇÕES
COLIN JACQUI HAWKINS
MARTINS FONTES
(1997)
R$ 14,00



ATÉ AS PRINCESAS SOLTAM PUM
ILAN BRENMAN
BRINQUE-BOOK
R$ 39,95



NOÇÕES DE PREVENÇÃO E CONTROLE DE PERDAS EM SEGURANÇA DO TRABALHO 7ª EDIÇÃO REVISTA E ATUALIZADA
TAVARES, JOSÉ DA CUNHA
SENAC
(2010)
R$ 5,30



O ANJO, A PÉROLA E O PEQUENO DEUS - CAPA DURA
WINSTON GRAHAM
CÍRCULO DO LIVRO
R$ 7,00



DEPOIS, O SILÊNCIO
GANYMÉDES JOSÉ
EDIOURO
(1975)
R$ 11,49





busca | avançada
36499 visitas/dia
1,2 milhão/mês