Digo: muito bom | Rafaelle Amundsen

busca | avançada
59843 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Pousada e Recanto dos Pássaros – Sítio Vô Elias Maffei
>>> Coreógrafa carioca Esther Weitzman ministra oficina gratuita de dança no Sesc Santana
>>> Caleidos apresenta “Entrevista” para gestores e professores da rede pública de São Paulo
>>> É HOJE (30/9): Mostra Imaginários no Cine Bijou
>>> Etapa apresenta concerto gratuito da Camerata Fukuda com o violinista Ricardo Herz
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
Colunistas
Últimos Posts
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
Últimos Posts
>>> Cabelos brancos
>>> Liberdade
>>> Idênticos
>>> Bizarro ou sem noção
>>> Sete Belo
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
>>> Conforme o combinado
>>> Primavera, teremos flores
>>> Além dos olhos
>>> Marocas e Hermengardas
Blogueiros
Mais Recentes
>>> 50 anos de Bossa Nova
>>> O humor da Belle Époque
>>> 24 de Março #digestivo10anos
>>> Lendo Virgílio, ou: tentando ler os clássicos
>>> Introdução ao filosofar, de Gerd Bornheim
>>> Kindle DX salvando os jornais?
>>> A Casa de Ramos
>>> Reconhecimento
>>> A hora exata em que me faltaram as palavras
>>> Salão do Livro para crianças
Mais Recentes
>>> Fator de Enriquecimento de Paulo Vieira pela Gente (2016)
>>> Treinamento de Líderes Voluntários de Silvino J Fritzen pela Vozes (1982)
>>> A Sentence of Life de Julian Gloag pela World Books (1967)
>>> Amanhã é Natal de Liene Collaço Paulo pela Do Autor (1997)
>>> Pequenas Quinquilharias para Colecionadores Precoces de Liluah pela Saint Germain (2002)
>>> Dogsong de Gary Paulsen pela Aladdin (1985)
>>> A Vantagem Competitiva das Nações de Michael E. Porter pela Campus (1990)
>>> Sexo e Obsessão de Divaldo Pereira Franco pela Leal (2004)
>>> Sinfonia dos Animais Noturnos de Lourenço Cazarré pela Artes Ofícios (1994)
>>> Seja Feliz, Meu Filho! de Içami Tiba pela Gente (1995)
>>> Pai sem Computador de Amilcar Neves pela Atual (1993)
>>> Vinhedo das Vontades de Eduardo Dall Alba pela Iel (2000)
>>> Adoro Problemas de Michael Moore pela Leya Casa da Palavra (2011)
>>> O Mecanismo da Vida Consciente de Carlos Bernardo Gonzáles pela Logosófica (2002)
>>> S. Rita de Cássia de L. de Marchi pela Paulinas (1979)
>>> E o Nilo Continua... de Carmen Annes Dias Prudente pela Melhoramentos
>>> Nova Lei de Falências de Emilio Sabatovski Iara P Fontoura pela Juruá (2005)
>>> A Vida e o Amor Meninas 3 a 8 Anos Meninos e Jovens de Bernardette Delarge Doutor Emin pela Rideel
>>> Contos e Cânticos de Felicidade de A Bogaz e M Couto pela Escala
>>> Simbologia Braille de Geisa Leticia Kempfer Bock pela Dioesc (2013)
>>> Nem Sempre Verdade Nem Tanto Folclore de Pedro Sampaio pela Do Autor (2007)
>>> Rumo ao Sucesso - a Jornada de Us1 Bilhão da Phison... de Ks Pua pela Age (2012)
>>> A Hora - uma Revolução na Imprensa de Lauro Schirmer pela L&pm (2000)
>>> Feng Shui - o Livro das Soluções de Nancilee Wydra pela Pensamento (2000)
>>> Fragmentos Revista Vol 1 Nº 1 de Universidade Federal de Santa Catarina pela Ufsc (1986)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 6/3/2008
Comentários
Leitores


Digo: muito bom
Isso é tudo uma questão de hermenêutica. Nada a ser ingnorado.

[Sobre "A teoria do caos"]

por Rafaelle Amundsen
6/3/2008 às
14h29 189.49.30.77
(+) Rafaelle Amundsen no Digestivo...
 
Delírio de poder
Como esse mundo exalta e idolatra qualquer um, qualquer coisa, qualquer obra que invista no delírio de poder! Coisa mais infantil...

[Sobre "Quebrando a banca, de Ben Mezrich"]

por Joel Macedo
6/3/2008 às
11h41 201.17.89.47
(+) Joel Macedo no Digestivo...
 
como a reportagem da Globo
É deveras impressionante perceber que tocando as mesmas músicas, fazendo "mais do mesmo", o Iron Maiden consegue sobreviver, se perpetuando como uma das maiores bandas de rock tanto para pais como para filhos. Como eu já dizia em outra ocasião, o fato de duas ou três gerações se reunirem para "celebrar" as músicas do Maiden faz justamente com que a banda não "pare no tempo", como sugeriu a reportagem da Globo e este artigo. Ao contrário, o Iron Maiden, fazendo o "mais do mesmo", se prolonga no tempo. É uma marcha mais lenta do que a da indústria do rock de hoje, que troca qualquer coisa razoável por uma novidade qualquer, fazendo com que as bandas sejam constantemente substituídas ao invés de "consagradas". Então, não é bem interessante como o Iron Maiden subverte toda essa lógica do tempo e da velocidade? Fui ao show no último domingo, me emocionei; e me alegra saber que poderei ir novamente a um outro show da Donzela aqui no Brasil.

[Sobre "Iron Maiden no Brasil. De novo"]

por Mariano de Azevedo
6/3/2008 às
11h34 201.59.237.68
(+) Mariano de Azevedo no Digestivo...
 
vc conseguiu, meu caro amigo
Os 99% dos comentários estão totalmente certos. Nem vou fazer minha grande crítica contra vc. Mas vc tem muita coragem de falar isso sobre a banda. Se vc nao gosta da banda, então fique com isso só para vc. Se vc escreveu isso para ganhar ibope, vc conseguiu, meu caro amigo... parabéns!!!

[Sobre "Iron Maiden no Brasil. De novo"]

por Bruno
6/3/2008 às
11h14 201.32.47.174
(+) Bruno no Digestivo...
 
Rock Star...
Você assistiu Rock Star, de novo?!?! Como você consegue ver um filme clássico desses, de novo!? Que absurdo.. Um filme bom desses, e você revendo ele... (tsctsc)

[Sobre "Iron Maiden no Brasil. De novo"]

por Kha Khalil
6/3/2008 às
11h11 143.107.79.2
(+) Kha Khalil no Digestivo...
 
para ficar uma eternidade
Vi a peça Avenida Dropsie e quase chorei de emoção. A partir de Will Eisner se produziu uma peça com criativide, emoção, ritmo, graça, uma história divina, emocionante, que jamais esquecerei. No Rio de Janeiro, a peça ficou pouquíssimo tempo, o que é uma lástima. Avenida Dropsie é peça para ficar uma eternidade e ser vista quantas vezes for possível. Fiquei muito triste quando a peça foi embora. Queria levar minha família toda. Queria que todos vissem e revissem. Socorro! Tragam de volta para o Rio de Janeiro, urgente! Peça, desse nível, é raridade que não aparece todos os dias!

[Sobre "My Favorite Things"]

por Marcia Algranti
6/3/2008 às
05h24 201.51.4.24
(+) Marcia Algranti no Digestivo...
 
Um texto meio beat
Esse texto meio beat me lembrou Kerouac. A abordagem sobre amor e traição feita de maneira leve, mas profunda. Um confesso apaixonado. Muito bom mesmo.

[Sobre "Chamada a cobrar"]

por Adriana Godoy
5/3/2008 às
23h12 201.8.72.114
(+) Adriana Godoy no Digestivo...
 
O difícil meio termo
Alguns artigos falam em trabalhos que sinalizam na direção de que pessoas que alimentam algum tipo de fé são, no geral, mais felizes e reagem melhor a doenças como o câncer. Gosto de acalentar a idéia de que prossigo, de alguma forma, após a morte do corpo. Mas o radicalismo, o desenvolvimento de sistemas de condutas e valores, advindos dos fanáticos (politicamente, históricamente bem ou mal intencionados) anula qualquer bem que "ter fé" possa trazer ao ser humano. Gosto da idéia da fé, mas ao apreciar a forma como o ser humano transformou uma boa idéia para a angústia da finitude, é preferível ser Ateu. Jardel, seu texto é uma síntese muito bem elaborada, parabéns.

[Sobre "Escrevo deus com letra minúscula"]

por Álvaro A. C. Lélis
5/3/2008 às
20h52 189.79.80.169
(+) Álvaro A. C. Lélis no Digestivo...
 
Tem gente vestindo a carapuça
Rafael, tem gente vestindo a carapuça gratuitamente, ou esses são "mestres" já conhecidos? Texto muito simples, direto, quase a visão de um fato. Gostei muito.

[Sobre "A literatura e seus efeitos"]

por Álvaro A. C. Lélis
5/3/2008 às
19h04 189.79.80.169
(+) Álvaro A. C. Lélis no Digestivo...
 
Só sei que foi assim
Eu só vim conhecer o China quando ele já estava como vocal da banda Del Rey, que eu acho o máximo. Adoro ele todo desmilingüido cantando os sucessos do tal Rei... Aí um dia, vi no jornal, "Show do China". Então eu fui, sem pretensão, sem nada... sem saber até do que se tratava. Fui pelo nome, não vou negar. Quando ele começou a cantar... eu terminei de fumar meu cigarro, e fui mais pra perto, pra dançar. É muito bom. Final do show fui lá e comprei o "Simulacro", cheguei em casa, ouvi antes de mandar para um amigo em Brasília. Foi assim. Abraço, valeu pela matéria, muito boa mesmo.

[Sobre "Dobradinha pernambucana"]

por dora nascimento
5/3/2008 às
18h55 189.70.194.225
(+) dora nascimento no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Grande Esperança
Ellen G. White
Casa Publicadora Brasileira
(2012)



A Paternidade Faz a Diferença
Wilmer Bottura Junior
Gente
(1994)



Através do Espelho
Jostein Gaarder
Cia das Letras
(2012)



O Desenvolvimento Econômico Brasileiro / 15ª Ed - Confira !!!
Argemiro Jacob Brum
Vozes
(1995)



Kairós
Padre marcelo Rossi
principium
(2013)



Altíssima Pobreza
Giorgio Agamben; Selvino J. Assmann
Boitempo
(2014)



As Formas do Conteúdo
Umberto Eco
Perspectiva
(1974)



Produtividade no Brasil: a Chave do Desenvolvimento Acelerado
Mckinsey Adapt Mirian Leitão
Campus
(1999)



Livros - Cochichos e Sussurros - Contos
Edson Gabriel Garcia
Atual
(1988)



Pequenas Historias da Vila Galvão
Vicência Purificação Fernandes
Própria
(2002)





busca | avançada
59843 visitas/dia
2,0 milhão/mês