jornalista sem jornalismo | Paula Carolina

busca | avançada
65177 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Luiz Ruffato lança novo livro e estreia em nova editora
>>> Live commerce terá show exclusivo ao vivo para festejar o Dia Nacional do Samba
>>> Um Recital para Ariano - com Antônio Nóbrega
>>> Coletiva de Arte Naïf | Galeria Jacques Ardies
>>> Cia O Grito evoca os fantasmas do teatro em nova peça
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
Últimos Posts
>>> Entre outros
>>> Entre o corpo e a alma, o tempo
>>> O tempo é imbatível
>>> Consciência
>>> A cor da tarja é de livre escolha
>>> Desigualdades
>>> Novembro está no fim...
>>> Indizível
>>> Programador - Trabalho Remoto que Paga Bem
>>> Oficinas Culturais no Fly Maria, em Campinas
Blogueiros
Mais Recentes
>>> João, o Maestro (o filme)
>>> O Brasil pode ser um país de leitores?
>>> Claudio Galeazzi sobre a crise
>>> Millôr no IMS Paulista
>>> Can Google Stay Google?
>>> Breve Apresentação
>>> Star Wars
>>> As novas estantes virtuais
>>> Minha história com Philip Roth
>>> O momento do cinema latino-americano
Mais Recentes
>>> Sistemas Operacionais - 3ª Ed. (lacrado) de Harvey M. Deitel, Paul J. Deitel, David Choffnes pela Pearson Universidades (2005)
>>> Os Sete Pecados - Inveja de Alexandre Carvalho pela Leya (2015)
>>> Crônicas da Guerra de J. M. Pinheiro Neto pela Saint Paul (2007)
>>> Empresa Focada no Cliente (lacrado) de Niraj Dawar pela Elsevier (2014)
>>> Crescer Através do Sofrimento de Zilma Gurgel Cavalcante pela Cia dos Livros (2011)
>>> Kit Elas Estão Com Tudo (lacrado) de Margaux Motin, Navie, Audrey Lainé pela Nemo (2020)
>>> O Exílio e o Reino de Albert Camus pela Record (1981)
>>> As Entrevistas de Putin de Oliver Stone pela Best Seller (2017)
>>> Economia de Empresas - Aplicações, Estratégias e Táticas de James R. Mcguigan, R. Charles Moyer pela Cengage Learning (2010)
>>> Clarice Lispector - uma Literatura Pensante de Evando Nascimento pela Civilização Brasileira (2012)
>>> Alguém Come Centopeias Gigantes? de Fabio Massari pela Ideal (2015)
>>> Educação Básica e o Básico na Educação de Attico Chassot, Danilo Streck pela Sulina (1996)
>>> Trabalho e Consumo (lacrado) de Regina Ap. Cirelli Ângulo pela Ícone (2000)
>>> Saúde e Previdências - Estudos de Política Social (lacrado) de José Carlos de Souza Braga, Sérgio Góes de Paula pela Hucitec (2018)
>>> O Direito Autoral na Obra Psicografada (lacrado) de Francisco Narcélio Ribeiro pela Lumen Juris (2016)
>>> 1434 - o Ano Em Que uma Magnífica Frota Chinesa Velejou... (lacrado) de Gavin Menzies pela Bertrand Brasil (2010)
>>> Pânico no Pacífico de Pronto pela Autêntica (2014)
>>> Os Tijolos Nas Paredes das Casas (lacrado) de Kate Tempest pela Casa da Palavra (2016)
>>> Patentes Verdes (lacrado) de Nivaldo dos Santos pela Lumen Juris (2016)
>>> Família e Crianças (lacrado) de Lígia Ebner Melchiori, Ana Claudia Maia pela Juruá (2012)
>>> De Santos e Sábios (lacrado) de James Joyce pela Iluminuras (2000)
>>> Excelência Em Recepção de Hotéis (lacrado) de Guilherme Guzela pela Intersaberes (2012)
>>> De Tudo Que Eu Vi (lacrado) de Paulo César de Oliveira pela José Olympio (2019)
>>> Ética Profissional - Simplificado (lacrado) de Haroldo Paranhos Cardella, José Antonio Cremasco pela Saraiva (2012)
>>> Raymond Chandler - uma Vida (lacrado) de Tom Williams pela Benvirá (2014)
COMENTÁRIOS

Sábado, 13/9/2008
Comentários
Leitores


jornalista sem jornalismo
Faço Artes Visuias (que é o Artes Plásticas de hoje em dia) e vou confessar que sonho em fazer jornalismo. Mas agora me sinto ingênua. Sempre admirei o jornalismo pela possibilidade romântica de trabalhar com cinema, teatro e música, mas pensar que ingressaria num curso norteado por notícias de guerra, ursos polares e vendas-vendas-vendas me faz tremer de pavor. Acho que prefiro ser jornalista sem o jornalismo, se isso for possível.

[Sobre "Letras"]

por Paula Carolina
http://fabulariozine.blogspot.com/
13/9/2008 às
12h08 189.62.37.197
(+) Paula Carolina no Digestivo...
 
Ler é mais que tudo!
Tenho uma comunidade no Orkut chamada "Viciados em Livros", e tenho visto cada vez mais pessoas envolvidas com a leitura. Vejo jovens lendo, sim. Sempre gosto de encontrar alguém, ou no ônibus, metro, lendo. E os pais deveriam ajudar a incentivar esse hábito, mesmo hoje tendo concorrentes como jogos de computadores, videogames de ultima geração. Vale incentivar.

[Sobre "Literatura é coisa para jovem?"]

por claudio schamis
http://claudioschamis.multiply.com
13/9/2008 às
10h23 189.32.138.92
(+) claudio schamis no Digestivo...
 
Ler é tudo!
Acho que leitura é coisa para todas as idades. Desde o começo da minha vida fui incentivado a ler. Lembro de uma coleção que tinha do Monteiro Lobato. Depois, na escola, vivia freqüentando a biblioteca, e fora da escola também. Adorava a matéria literatura, onde tínhamos que ler livros: Clarice Lispector, Drummond, José de Alencar, George Orwell... Depois, uma cirurgia muito delicada de coluna que me deixou acamado por mais de 20 dias e fora o colete de gesso que fui obrigado a usar por 1 ano, me limitando a toda e qualquer atividade física, me aproximou ainda mais dos livros. Na minha casa, de três filhos eu fui o único que ama ler, as outras duas não passam nem perto. Hoje continuo com esse meu hábito de leitura, comecei a escrever uma coluna de crônica política em alguns sites, já tive ela publicada em um jornal da Bahia... Tudo ainda sem remuneração, mas não desisti. Hoje sou um comprador voraz de livros.

[Sobre "Literatura é coisa para jovem?"]

por claudio schamis
http://claudioschamis.multiply.com
13/9/2008 às
10h13 189.32.138.92
(+) claudio schamis no Digestivo...
 
O amor pela leitura contagia
Meus parabéns pela edição de seu livro! Copiei o texto para reler com calma: ele suscita muitos comentários pra seus leitores inquietos... rs. Sim, o amor pela leitura dos pais e professores e aliados é contagiante. Sou aprendiz, autodidata e mãe de filha única e leitora... Beijo ;-)

[Sobre "Literatura é coisa para jovem?"]

por Gisele Lemper
12/9/2008 às
21h38 201.86.166.224
(+) Gisele Lemper no Digestivo...
 
Nem melhor nem pior
Crer ou não crer... Essa questão tem dividido a humanidade desde sempre. Assim como desde sempre os homens buscam no divino as respostas para suas dúvidas, medos, angústias e para tudo aquilo que fuja à sua compreensão... Certa vez assisti a um filme onde um padre passando por uma fase de crise de fé ajoelhou-se aos pés da imagem de Jesus dizendo que não era justo que a igreja pedisse a todos a fé absoluta em seus dogmas. Não tenho posição fixa sobre religiões em geral, mas certamente não acredito que o fato de não crer em Deus - nos moldes em que ele nos é "embalado e vendido" - torna alguém pior ou melhor... Segundo meu parco conhecimento do mundo, existem calhordas e seres vis em todas as esferas do pensamento...

[Sobre "Chris Hedges não acredita nos ateus"]

por Marilia
12/9/2008 às
17h05 189.33.50.66
(+) Marilia no Digestivo...
 
Retorno à democracia?
Caro Luis Eduardo, você situa 1982 como o ano do retorno à democracia no Brasil. Ressalta o prodígio da formação do Parlamento brasileiro em 1823. Contudo, por meio de um breve repasse pela nossa história, fica tão claro que o Brasil é um país tão pouco voltado às práticas democráticas. O Brasil-Império ainda é uma nação voltada aos interesses da Corte portuguesa! Em seguida, nossa República nada mais foi que um acordo firmado entre generais, coronéis e fazendeiros; culminando na Ditadura Vargas! Finda a II Guerra Mundial e após as acomodações das nações no cenário mundial, o Brasil mergulha numa longa ditadura militar. Nesse sentido, como falar de retorno da democracia no Brasil? Desafortunadamente, a nossa história não permite tal assertiva!

[Sobre "A evolução da nova democracia brasileira"]

por Sílvio Medeiros
http://imprimis.arteblog.com.br
12/9/2008 às
17h01 201.95.186.53
(+) Sílvio Medeiros no Digestivo...
 
Onde onde onde
Penso muito na relação da minha escrita com a música. Gostei especialmente das comparações que fez com as canciones populares. Agora, como vive um homem que só vive de escrever sem aparecer? Vive no Brasil mesmo?

[Sobre "Do maior e do melhor"]

por Gabriel Pardal
http://nomedacousa.wordpress.com
12/9/2008 às
12h27 189.122.17.126
(+) Gabriel Pardal no Digestivo...
 
Escrita e pronúncia
A reforma ortográfica facilita a escrita, mas dificulta a pronúncia. Ainda mais num paí­s onde a maioria das pessoas lêem pouco e não entendem muito de concordância. [Itapetininga - SP]

[Sobre "Promoção Cartas de Antônio Vieira"]

por Adriana Palma
12/9/2008 às
10h12 201.31.105.55
(+) Adriana Palma no Digestivo...
 
Carioca escreveria Braziu?
Esse Shultzês não daria certo, porque é totalmente artificial, mais artificial ainda que o Esperanto. Sem falar que iria abolir a origem das palavras. Só tem dificuldade em escrever as palavras portuguesas com s, sc, ss, x etc. quem nunca teve familiaridade com o Latim. Um pouco do antigo Latim que era ministrado antigamente nas escolas não faria mal a ninguém! E ajudaria uma barbaridade na análise sintática. A propósito: carioca escreveria Braziu? Braziuziuziuziuziuziu!!!

[Sobre "Contra reforma ortográfica"]

por Félix Maier
12/9/2008 às
09h45 189.61.118.147
(+) Félix Maier no Digestivo...
 
Democracia é liberdade?
Se for, então, estamos no caminho errado. A lei eleitoral, "rigorosíssima", acabou por tirar aquele certo brilho de eleições passadas. Acabou com o brilho, não com as falcaturas de alguns candidatos, que ainda insistem em transformar a votação em um balcão de negócios, e quem acaba pagando o pato é sempre o eleitor, culpado pelos descalabros. Interessante, que, quem julga e condena o eleitor, são os "céticos", pessoas que se dizem politizadas o bastante para rejeitar o processo eleitoral brasileiro (parece que têm saudade dos áureos tempos da ditatura militar), tentando convencer os menos politizados a desisitir de votar, com o discurso de que a política é coisa "de" e "para" bandidos. Se não sei em quem votar, por que não assistir ao horário gratuito eleitoral, apesar da quantidade enorme de bobagens? Sim, preciso assisti-lo para comparar "quem é quem" no jogo eleitoral. Não há nenhum demérito nisso. O país mudou, porque a nossa democria mudou - e para melhor.

[Sobre "A evolução da nova democracia brasileira"]

por Américo Leal Viana
12/9/2008 às
09h29 200.223.252.194
(+) Américo Leal Viana no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Deus no Mundo Real
Jon Paulien
Casa
(2008)



Poesia Em 4 Tempos
Marina Colasanti
Global
(2008)



Lisbela e o Prisioneiro (Teatro brasileiro)
Osman Lins
Planeta
(2003)



O ateneu
Raul Pompéia
Ediouro
(1997)



A Filha do Restaurador de Ossos
Amy Tan
Rocco
(2002)



Terapia da Preocupação
Daniel Grippo
Paulus
(2007)



Gerencia em Pequenas Doses
Russell L. Ackoff
Campus
(1988)



A Psicografia Ante os Tribunais
Feb
Feb
(2021)



Historias para Aquecer o Coraçao das Maes
Jack Canfield
Sextante
(2002)



Goya - Gallery Guide
Manuela B. Mena Marques
Alianza
(2001)





busca | avançada
65177 visitas/dia
1,9 milhão/mês