trabalhadores do Brasil | novoa

busca | avançada
38458 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 24/5/2002
Comentários
Leitores


trabalhadores do Brasil
O que o povo brasileiro mais faz é trabalhar, do misevel ao bem-alimentado(a maioria deles pelo menos).Pergunte ao sujeito que mora na periferia de Sao paulo acorda as quatro da madrugada, passa seis horas por dia no transito e mal consegue viver.Isto porem não quer dizer que o Estado deva ser uma figura paternal que acolha em suas asas os desafortunados os pobres.Sabemos o que isso causa e julgo que o maior exemplo disso é a Argentina e sua tragica herança de peronismo e populismo.O varguismo brasileiro tambem é outro exemplo ainda que menos ilustrativo.Entraanto como já disse o braasileiro trabalha muito e nosso estado apesar de paquidermico é tudo menos welfare, não é um estado- mãe mas um estado- parasita e patrimonialista.Como eu disse no meu texto anterior a afimative action que o Brasil precisa é investimento maciço em educação e as bolsas governamentais não são más .Permitem a uma familia manter o filho na escola mas não são essa fortuna toda que permita a uma familia folgar e viver as custas do estado.Fazemos má idéia dos pobres.A maioria deles tem ambições e não se contenta com quinze reais.Quanto à Lula penso que ele não é o mais indicado para ser presidente entretanto ele é a imagem do que você falou:um homem que venceu pelo trabalho,que mudou sua condição, que ascendeu em relação aos seus pais e avós: a perfeita imagem do imigrante vencedor como penso que foram seus antepassados e como foram os meus.O buraco é mais embaixo.

[Sobre "Bantustões brasileiros"]

por novoa
24/5/2002 às
12h54 200.128.28.100
(+) novoa no Digestivo...
 
Pra variar...
...sua coluna está ótima. Parabéns de novo! Seu primeiro parágrafo está arrebatador! Sempre pensei o mesmo sobre quem generaliza o baixo nínel da TV. Afinal, eu mesmo faço TV, não é?

[Sobre "Joss Whedon"]

por Juliano Maesano
24/5/2002 às
12h38 200.158.22.114
(+) Juliano Maesano no Digestivo...
 
Boa garimpada
Aí Denis, bela busca que você deu na galera! Espero que volte a escrever e faça uma lista de atrizes, tipo Molly Ringwald, Kelly LeBrock, Ally Sheedy, etc e tal...

[Sobre "Onde estão os ídolos juvenis dos anos 80"]

por Juliano Maesano
24/5/2002 às
12h29 200.158.22.114
(+) Juliano Maesano no Digestivo...
 
Pense nisso!!!
Realmente desabafei só que nada que eu coloquei é novidade, opinião não muda o mundo eu sei disso. Só que contratos geralmente usa-se a submissão de uma das partes que ao ver como funciona o sistema se sente preso . Logo para quebrar tais contratos vem a tal da indole que se adquire até meados da juventude. Então o alemão que não consegue se relacionar nem com seu irmão este ao término da corrida olhou para ele com uma cara de desprezo que me chamou a atenção. Só faltou o Ralph falar poxa vc não é o melhor para que aceitar este vexame, não foi isso que aprendemos me casa. E tb vc nem comentou sobre o homem aranha não ama e nem arranha.

[Sobre "Sobre responsabilidade"]

por Vinicius Brown
24/5/2002 às
10h22 200.19.104.184
(+) Vinicius Brown no Digestivo...
 
MAIS UMA VEZ ...
... reparo em mim algo de exilado. Hoje eu assisto muito mais televisão do que há alguns anos atrás. Por que? Porque me exilei nos canais pagos. Nunca assistí "Buffy", nem "Angel", mas sei que existem pois vi-os programados nos seu canal, nas vezes que estou fazendo "zapping" quando um programa termina e espero outro começar. O que prevalece na TV aberta é o gosto do populacho, sendo necessário então que a abandonemos. Caindo na TV por assinatura, tudo muda. Chega até ser irritante quando em certas ocasiões, dois, três, quatro!, bons programas passam ao mesmo tempo, e precisamos sacrificar ao menos um. Está certo, é um "pantagruelismo" televisivo, mas assim que eu gosto. Mas com o povo não se compete, surgindo com isso, duas opções: unir-se a ele em gosto, OU o exílio. Exilando-se o autor da coluna "descobriu" Joss Whedon, mas quantos outros tão bons quanto ele não estão escondidos, esperando ser descobertos? E, sinceramente, embora já tenha visto boas adaptações, prefiro programas escritos "diretamente" para a televisão, pois quem os elabora tem em vista o meio de veiculação. Dostoieviski, ao escrever "Crime e Castigo", por exemplo, não deve ter pensado: "Escrevo isso até aqui, pois em caso de adaptação, haverá um intervalo comercial, daí fica interessante dividir a cena em duas partes". Na minha cabeça de leigo acho que mesmo para o Cinema, essa obra daria trabalho de adaptação, pois a maior parte do enredo passa dentro da cabeça do personagem (a lembrança da morte do cavalo, a febre nervosa, etc). Concluindo: compreendo a satisfação do autor ao deparar-se com um trabalho feito para a televisão, mas com estofo, um trabalho no qual ele encontrou elaboração e cuidado.

[Sobre "Joss Whedon"]

por Ricardo
24/5/2002 às
09h06 200.227.233.204
(+) Ricardo no Digestivo...
 
Desabafo
Percebo que você estava precisando desabafar, porque a maioria dos seus comentários não se referem às opiniões colocadas no texto. Mas isso não é ruim, os foruns são feitos para isso mesmo. Em nenhum momento falo da culpa do Rubinho. A abordagem é sobre a responsabilidade dele em relação ao contrato que ele tem com a Ferrari, que por sua vez, lhe dá "poderes". Discordo que o "alemão" tenha má índole. Ele também está cumprindo as regras do jogo. Também gostaria que o Brasil mudasse, e acho que a mudança passa pela responsabilidade.

[Sobre "Sobre responsabilidade"]

por Adriana
24/5/2002 às
09h00 200.191.223.218
(+) Adriana no Digestivo...
 
Os nossos farsantes
Henry James e o suspense de "A Outra Volta do Parafuso" têm alguma semelhança com a sua Buffy, ao menos no que se refere a fugir das previsibilidades. E são elas, as previsibilidades, bem como os seus medrosos e fiéis cultuadores, as mulas que impedem a Televisão de crescer intelectualmente. É tão mais fácil produzir e oferecer sempre a mesma coisa, com variações insignificantes, que não comprometam as fórmulas consagradas... Independentemente da tal tendresse que você nutre pela atriz principal de Buffy, concordo que a série apresenta tramas criativas e bem originais. Digamos que Buffy seja o extremo oposto do falecido "Sai de Baixo". Se bem que qualquer vaudeville circense batia de mil a zero no "Sai de Baixo". Obrigado, Alexandre, por me apresentar Mr. Whedon. Sempre é bom sabermos quais são as mentes acesas, na noite escura deste começo de século. Muito oportuno, também, você ter mencionado a decadente Academia Brasileira de Letras (Arghh!), essa farsa engalanada e decadente. Estamos próximos de presenciar a risível "imortalização" de um Paulo Coelho, o que não seria menos constrangedor do que as já presenciadas "imortalizações" daquele patético criador de marimbondos fátuos e de Saramindas engabrieladas. As livrarias estão lotadas com livros idiotas, sim. São os idiotas que escrevem para leitores idiotas, sim. Até a irmã do Gugu já está pensando no fardão-fêmea da Academia. Não duvide, Alexandre! Que tal convidarmos Mr. Whedon a visitar o Brasil e, talvez... criar um episódio de Buffy inspirado nos nossos farsantes literários, hein? Seria um roteiro muito repulsivo, acho! Gostei muito do seu texto, Alexandre. Você mostra que inteligência e criatividade ainda estão produzindo obras para a Televisão. Pena que Mr. Whedon não seja brasileiro. Temos que aturar uma vergonhosa e vulgar plagiadora como a tal Glória Pérez (Arghhh!). Que constrangedor, Dio mio! E você ainda menciona Flaubert, Cervantes, Dante... e Tolstoi! Por falar em Tolstoi, vamos enterrar Glória Pérez lá em Jasnaya Poliana? Enterrar viva? Hahaha!/ Abraço do Dennis.

[Sobre "Joss Whedon"]

por Dennis D.
24/5/2002 às
08h45 200.158.234.117
(+) Dennis D. no Digestivo...
 
Não se iluda!!!
Discordo em primeiro lugar rubinho não teve culpa da má indole do alemão, que famigerado aceitou o que a ferrari lhe propos se fosse de bom carater, e como sendo o supra sumo da fórmula teria ido para o box cruzando os braços, assim mostraria que é um campeão . Queria ver a cara da ferrari bem tudo mudaria... Outra o homem-aranha este sim o nerd que virou quase um Deus e trouxe a tona os defeitos que todos possuimos, em especial a vaidade, passou a vida inteira esperando o beijo da gatinha quando consegue joga fora só em filme, E falar de politica sabendo dos escandalo que veio à tona sobre as privatizaçoes das estatais nem comento; PT na veia, essa história de risco Brasil é ridicula pois na própria veja tem uma matéria nas capas amarelas que fala da podridão das multinacionais.Bem me alonguei muito no contra comentário Só desejo um mundo melhor, que não se de tanta atenção a detalhes mesquinhos como brasil em vez de BRASIL, tem é que mudar o todo e não só o que a mídia mostra.

[Sobre "Sobre responsabilidade"]

por Vinicius Brown
23/5/2002 às
17h20 200.19.104.141
(+) Vinicius Brown no Digestivo...
 
OS PRODUTORES TB COMEM !!!
Caro Julio, muito bom seu texto sobre os sites de gastronomia. Como produtor e proprietário do SeuRestaurante.com.br confirmo sua análise sobre este e os outros sites. Porém, informo-lhe que o site esta em Reforma, fora do ar (entre mesmo assim!!), pois confio que o mercado esta nascendo e na qualidade de nosso produto que voltara ampliado, remodelado em design e sistemas, e com um posicionamento mais agressivo e voltado para a interação... Em tempo, contate-nos para ter mais informação e dar sugestões. Obrigado.

[Sobre "Digestivo nº 69"]

por Itibere Muarrek
23/5/2002 às
16h25 200.204.121.206
(+) Itibere Muarrek no Digestivo...
 
Lula-laite vem aí!
Vai ser fácil resolver essa situação da pobreza no Brasil, Nóvoa: Lula-laite vem aí, será eleito e atingiremos o paraíso. Falando sério, não sei como os outros irão acabar com sua própria miséria. Eu sei como acabar com a minha, meu pai soube, meus irmãos souberam, meu avô idem, idem bisa/tetra/pentavô também. E ninguém, da minha família, nunca teve ajuda financeira do Governo, bolsa-escola, vale-alimentação e tudo o que esse país marsupial oferece no momento - só falta a bolsa-maconha do Fernando Gabeira. O que o povo brasileiro precisa para vencer a miséria é trabalhar, trabalhar, trabalhar. Foi o trabalho que reergueu a Alemanha e o Japão depois da Guerra. Aliada com a educação, como ocorreu também na Coréia do Sul. Quanto a haver gente podre de rico no Brasil, eu não tenho nenhuma restrição quanto a isso. São eles, os ricaços, com suas empresas, que dão emprego a milhões de trabalhadores e pagam impostos para financiar o paquidérmico Estado brasileiro. E meu salário de aposentado da União. Mãos à obra, Brasil! Chega de engodo!

[Sobre "Bantustões brasileiros"]

por Félix Maier
23/5/2002 às
15h48 200.193.250.174
(+) Félix Maier no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ASTROSSAUROS - PIRATAS DAS ESTRELAS
STEVE COLE
FUNDAMENTO
(2015)
R$ 4,99



HORROR MOVIES: AN ILLUSTRATED SURVEY
CARLOS CLARENS
PANTHER
(1971)
R$ 45,82



THE PSYCHOLOGY OF WRITTEN COMMUNICATION: SELECTED READINGS
JAMES HARTLEY EDITED BY
KOGAN PAGE
(1980)
R$ 190,00



MONUMENTOS MEGALÍTICOS DO ALTO ALENTEJO - MEGALITH SITES IN ALTO
ANA PALMA DOS SANTOS
FENDA
(1994)
R$ 64,00



QUADRINHOS NO CINEMA 2
CALLARI, ALEXANDRE , ZAGO, BRUNO , LOPES, DANIEL
EDITORA ÉVORA
(2012)
R$ 120,00



A TRIBUTAÇÃO DO CONSUMO (AUTOGRAFADO)
VALCIR GASSEN
MOMENTO ATUAL
(2004)
R$ 60,00



AMOR E FOME
B. MANSTEIN
EDIÇÕES MELHORAMENTOS
(1971)
R$ 11,00



CONTROLE JURISPRUDENCIAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS - PARÂMETROS OBJETIVOS
MARCUS AURÉLIO DE FREITAS BARROS
SERGIO ANTONIO FABRIS
(2008)
R$ 45,00



ENCICLOPÉDIA AGRÍCOLA BRASILEIRA VOL. 1: A-B
SOUSA, JULIO SEABRA INGLEZ DE
EDUSP
R$ 107,00



DC - PLANETARY BATMAN - NOITE NA TERRA
WARREN ELLIS / JOHN CASSADAY / DAVID BARON
PIXEL MEDIA
(2007)
R$ 8,10





busca | avançada
38458 visitas/dia
1,4 milhão/mês