Lucrando com o tempo perdido | Áurea Thomazi

busca | avançada
56138 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Centro em Concerto - Palestras
>>> Crônicas do Não Tempo – lançamento de livro sobre jovem que vê o passado ao tocar nos objetos
>>> 10º FRAPA divulga primeiras atrações
>>> Concerto cênico Realejo de vida e morte, de Jocy de Oliveira, estreia no teatro do Sesc Pompeia
>>> Seminário Trajetórias do Ambientalismo Brasileiro, parceria entre Sesc e Unifesp, no Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
Últimos Posts
>>> Melhores filme da semana em Cartaz no Cinema
>>> Casa ou Hotel: Entenda qual a melhor opção
>>> A lantejoula
>>> Armas da Primeira Guerra Mundial.
>>> Você está em um loop e não pode escapar
>>> O Apocalipse segundo Seu Tião
>>> A vida depende do ambiente, o ambiente depende de
>>> Para não dizer que eu não disse
>>> Espírito criança
>>> Poeta é aquele que cala
Blogueiros
Mais Recentes
>>> De re coquinaria
>>> Mas, afinal, qual o futuro da TV?
>>> Vida e morte do Correio da Manhã
>>> Arte, cultura e auto-estima
>>> Publicidade e formação política
>>> Os 33 mineiros e nossa visão limitada
>>> Uma Obra-Prima Sertaneja
>>> As pessoas estão revoltadas
>>> As duas facetas da eternidade
>>> Ilustres convidados
Mais Recentes
>>> Bourne Legacy, The de Eric Van Lustbader pela St Martins Press (2005)
>>> Ciranda do Meio Ambiente Vol II de Virginia Schall - Coord. pela Fundação Oswaldo Cruz (1991)
>>> O Colo Uterino Humano de Alfredo de Moraes e Silva Filho pela Artes Médicas (1991)
>>> The Uses of Life - a History of Biotechnology de Robert Bud pela Cambridge (1993)
>>> Farei Com Que a Morte Me Ame de Ruth Rendell pela Publicações Europa-américa (2000)
>>> Os Agravos no Cpc Brasileiro - Recursos no Processo Civil - 2 de Teresa Arruda Alvim Wambier pela Revista dos Tribunais (2000)
>>> Livro - para Gostar de Ler 9 - Contos Brasileiros 2 de Clarice Lispector, Outros pela Atica (2002)
>>> Jãnio Quadros - Sete Meses Que Abalaram o Brasil de Vários Autores; Carlos Mendes Rosa pela Folha de São Paulo
>>> Luta e Sonhos: cultura política e hegemonia progressista em santos (1945-1962) de Alcindo Gonçalves pela Unesp (1995)
>>> Architecture Now! Vol. 2 de Philip Jodidio pela Taschen (2002)
>>> Um Ônibus do Tamanho do Mundo de J. M Simmel pela Nova Fronteira (1976)
>>> Pretty Little Liars: Maldosas de Sara Shepard pela Rocco Jovens Leitores (2010)
>>> Suicidio - a Sombria Trilha da Ilusao de Agnaldo Cardoso pela Mundo Maior (2006)
>>> Poder pode mas... Não deve de Barbara Virginia pela Vozes (1989)
>>> Direito Eleitoral Digital de Diogo Rais; Daniel Falcão; Andre Zonaro pela Revista do Tribunais
>>> Arte e Meio Artistico, V. 1 de Aracy A. Amaral pela Studio Nobel (1983)
>>> Mind Over Labor: a Breakthrough Guide to Giving Birth de Carl Jones pela Penguin Books (1988)
>>> Les Peintres Chinois - Etude Critique de Raphael Petrucci pela Renouard (1927)
>>> Projeto Tipográfico: Análise e Produção de Fontes Digitais de Claudio Rocha pela Rosari (2005)
>>> Quincas Borba de Machado de Assis Volume 11 pela Estadão
>>> Fundamentos da Psicologia das Relaçoes de Trabalho de Roberto Heloani pela Zagodoni (2014)
>>> Entrelinhas Urbanas SP de Vários Autores pela Ed. Selo (2017)
>>> A Culpa é das Estrelas de John Green pela Intrinseca (2012)
>>> Sombra de Karin Alvtegen; Marisol Santos Moreira pela Record (2015)
>>> Biologia para um Planeta Sustentável - Manual do Professor de Armênio Uzunian pela Harbra (2017)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 6/11/2008
Comentários
Leitores


Lucrando com o tempo perdido
Ana Elisa, fiquei emocionada com seu texto, porque nasci e vivi durante muitos anos também em um bairro simples bem parecido com o que você contou. Lembro-me principalmente desses momentos que a gente chama de "jogar conversa fora". O tempo passa, mas de um jeito diferente. É uma delícia o que sentimos, só que não sabemos expressar como você. Parabéns!

[Sobre "Minha coleção de relógios"]

por Áurea Thomazi
6/11/2008 às
14h24 189.107.57.5
(+) Áurea Thomazi no Digestivo...
 
Em defesa da prosódia (pt. 2)
Parte dois: quando se trocou pharmácia por farmácia, foi um alívio, creio. Mas não tem sentido alterar o credelevê, nem suprimir o trema (que vai interferir para pior na prosódia) - não só não tem sentido, como haverá um problema de lógica na explicação para as crianças quando começarem a ser alfabetizadas. Algumas normas são bem-vindas, outras aparecem de maneira ditatória, ou seja, de cima para baixo e sem respeitar as mudanças naturais da língua. É o caso da supressão do acento em vôo etc. Passa-se por cima da musicalidade da língua de uma maneira brutal! Enfim, essa reforma veio em má hora e lugar e, para mim, além de absurda e de mediocrizar a língua, é coisa de quem não tinha o que fazer. Abraço!

[Sobre "Cócegas na língua"]

por isa fonseca
http://www.hisafarr.zip.net
6/11/2008 às
11h13 189.102.31.56
(+) isa fonseca no Digestivo...
 
Em defesa da prosódia
Pilar, gosto muito de seus textos e já o disse a você uma vez. Permita-me fazer algumas considerações. Estudei Semiótica, formei-me e graduei-me no estudo das linguagens... e não é possível concordar com este equívoco quanto à prosódia: "O voo do pássaro também ficou mais leve, assim como as ideias e as jiboias, que não serão propriamente um problema para os mineiros, já que por aqui os sons são naturalmente mais abertos. Os paulistas, por outro lado, vão ficar tentados a fechar o som dessas vogais e, mesmo que não confessem, mentalmente vão ouvir uma voz inconformada dizer 'idêias', 'jibôias'." Desculpe-me, mas o paulista jamais falaria idêias ou jibôias. Este grupo sonoro é consenso no Brasil inteiro. O que se tem é diferente: se o carioca fala "e aí, mérrrmão!" (E aí, meu irmão?), o paulistano fala "e aí, mêrmão" - deu para perceber a diferença? Mas o exemplo que colocou está deslocado de uma possível prosódia em qualquer parte do Brasil. Sempre será idéia e jibóia, mesmo. Abraço!

[Sobre "Cócegas na língua"]

por isa
http://www.hisafarr.zip.net
6/11/2008 às
11h06 189.102.31.56
(+) isa no Digestivo...
 
Como evitar as lágrimas?
Como evitar as lágrimas quando lembro daquele dias... Como entrar em contato com Geraldo Vandré? Grande abraço. Ari Almeida. Curitiba - Paraná

[Sobre "Geraldo Vandré, 70 anos"]

por Ari Almeida
6/11/2008 à
00h41 201.21.139.142
(+) Ari Almeida no Digestivo...
 
Os rumos de Al Pacino
O que fazer quando se chega ao auge de uma profissão? Que rumo tomar depois disto? Manter-se no topo, permanecer humilde diante do sucesso, sair do jogo enquanto a reputação ainda está intacta ou perder-se com o passar do tempo, dificilmente encontrando o caminho de volta? A estagnação em uma profissão reflete a falta de objetivos e de paixão por aquilo que se faz, talvez um desinteresse que cresce à medida que se reconhece que não existe outra atividade que requeira suas habilidades, seus talentos. É uma pena, mas acontece.

[Sobre "As várias faces de Al Pacino"]

por A. Luiz
5/11/2008 às
20h31 200.222.208.245
(+) A. Luiz no Digestivo...
 
Sell that boat!
Add one more: "Sell that boat." Make it 2: "Buy things the old-fashioned way: save, and pay cash." Apart from that, a fair addition to the get a Mac campaign. Life is too short to run bad Unix.

[Sobre "12 ways to upgrade your life"]

por Felipe Pait
http://fmpait.blogspot.com/
5/11/2008 às
13h06 70.19.140.19
(+) Felipe Pait no Digestivo...
 
comodista e deselegante
O acordo ortográfico é um atalho para a mediocrização, uma espécie de pacto entre o mundo globalizado e suas conseqüentes perdas localizadas e a necessidade de que tudo venha mais simplificado, não de uma maneira simples, porém comodista e deselegante. Além do quê, sofrerá a prosódia com a retirada do trema e sofrerão e tremerão os professores para fazer com que os alunos separem o joio do trigo. Não precisava. Coisa de gente que não tinha o que fazer... Pena.

[Sobre "Trema, sentirei saudades"]

por isa fonseca
http://www.hisafarr.zip.net
5/11/2008 às
11h24 189.102.10.116
(+) isa fonseca no Digestivo...
 
Pô, discordo
Eu acho que, embora bonitinho, o trema não serve para nada. Mesmo sabendo-me errado, nunca usei, a não ser em provas. Ele serviria para diferenciar o quê do quê? Alguém confundiria a pronúncia de linguiça, aguentar, tranquilo, consequência, aguerrido, querido? Não acho. Já as palavras duplas, com hífen no meio, acho-as muito mais bonitas do que sem o hífen. Uma pena. Ó que coisa feia: agronegócio. Assim também a eliminação dos acentos em epopéia, assembléia, enjôo. Parece que acinzentou tudo. Bom, a gente se acostuma com cada coisa, não será diferente com isso.

[Sobre "Trema, sentirei saudades"]

por José Bueno F. Neto
5/11/2008 às
10h36 201.63.121.154
(+) José Bueno F. Neto no Digestivo...
 
A arte é arteira mesmo
Certas vezes, o sujeito reúne todos os elementos para realizar uma obra magistral, e não realiza. Outras vezes, conta com uma miséria de recursos materiais e humanos e, contra todas as expectativas, acaba por fazer um trabalho que se transforma em patrimônio da humanidade. Por isto que arte é palavra feminina em quase todas as línguas (menos em inglês, que não tem o gênero, exceto em pronomes), pois a arte é imprevisível como as mulheres. Às vezes, um aviãozinho a jato te faz ir em parafuso ao inferno e, noutros casos, um blindado Panzer, cheio de estrias feitas à bala, te arremete ao paraíso.

[Sobre "As várias faces de Al Pacino"]

por mauro judice
http://www.gizeditorial.com.br/maurojudice
5/11/2008 às
10h02 201.93.70.205
(+) mauro judice no Digestivo...
 
Clube do algodão
Interessante texto. Curiosamente, tenho um blog que tem esse nome, Clube do Algodão, homenagem ao famoso Cotton Club e pelo conteúdo musical. Claro que meus posts não têm tanta profundidade, já que as estrelas são as musicas linkadas. Enfim, adorei.

[Sobre "O Cotton Club"]

por Fernando Huete
http://clubedoalgodaoblogspot.com
4/11/2008 às
19h18 201.25.242.212
(+) Fernando Huete no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Homens Imprudentemente Poéticos
Valter Hugo Mãe
Biblioteca Azul
(2016)



Babbitt
Sinclair Lewis
Abril Cultural



Homens São de Marte Mulheres São de Vênus
John Gray
Rocco
(1997)



The Standby Book - Activities For the Language Classroom
Seth Lindstromberg
Cambridge University Press
(2001)



Broquéis, Faróis, Últimos Sonetos
Cruz e Sousa Simbolista
Avenida
(2008)



Introdução ao I Ching
Tom Riseman
Ediouro
(1980)



O Pequeno Príncipe
Antoine de Saint Exupéry
Harper Collins Br
(2006)



Ligue o Foda - Se e Seja Feliz
Évelin Santos e Fábio Lemos
Do Autor
(2010)



A Aposta
Rachel Van Dyken; Claudia Mello Belhassof
Suma de Letras
(2014)



O jogo da sorte
Giulia Alberico
Record
(2005)





busca | avançada
56138 visitas/dia
1,8 milhão/mês