A verdade sobre os gênios | Renata

busca | avançada
63818 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> “Um pé de biblioteca” estimula imaginação e ajuda a criar novas bibliotecas pelo Brasil
>>> Diálogos na Web FAAP: Na pauta, festivais de cinema e crítica cinematográfica
>>> Pauta: E-books de Suspense Grátis na Pandemia!
>>> Hugo França integra a mostra norte-americana “At The Noyes House”
>>> Sesc 24 de Maio apresenta programação de mágica para toda família
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Morando sozinha II
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> A Piauí tergiversando sobre o fim dos jornais
>>> Mário Sérgio Cortella #EuMaior
>>> O Gabinete do Dr. Caligari
>>> Ser intelectual dói
>>> Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge
>>> É Julio mesmo, sem acento
Mais Recentes
>>> Curso Básico de Yoga de Gerson D'Addio da Silva pela Grecco e Mello (2007)
>>> O Outono do Patriarca de Gabriel García Márquez pela Record (1975)
>>> Filosofias da Índia de Heinrich Zimmer , compilado por Joseph Campbell pela Palas Athena (2008)
>>> Historias do Tio Marciano de Antonio Gregorio Goidanich pela Nova Prova (2001)
>>> O Caminho da Tranquilidade de Sua Santidade O Dalai-Lama pela Sextante (2000)
>>> A Senda Do Yoga de Maria Laura Garcia Packer pela Nova Letra (2011)
>>> Oráculo Manual e Arte da Prudência de Baltasar Gracian pela Ediouro (1979)
>>> A Solução: Viagra, a cura da impotência de Dr. Steven Lamm pela Record (1998)
>>> O primo Basílio de Eça de Queiros pela Globo (2000)
>>> Mojo 318 May 2020 de Foo Fighters pela Mojo (2020)
>>> The Penguin Business Dictionary de Michael Greener pela Penguin Books (1987)
>>> Mojo 317 April 2020 de Jimi Hendrix pela Mojo (2020)
>>> Dentro da Noite Veloz & Poema Sujo de Ferreira Gullar pela Círculo do Livro
>>> Mojo 316 March 2020 de Joy Division pela Mojo (2020)
>>> Longa Jornada Noite Adentro de Eugene O'Neill pela Abril (1977)
>>> Mojo 315 February 2020 de Johnny Cash pela Mojo (2020)
>>> Mojo 314 January 2020 de Leonard Cohen pela Mojo (2020)
>>> Prog Magazine 88 de Pink Floyd pela Future (2020)
>>> Conversa Franca Sobre Desânimo de Joyce Meyer pela Min. Joyce Meyer (2005)
>>> O Leitor de Bernhard Schlink pela Record (2009)
>>> Downbeat Magazine June 2020 de Norah Jones pela Db (2020)
>>> Yoga, Imortalidade e Liberdade de Mircea Eliade pela Palas Athena (2009)
>>> The Bell - Her wise, witty and compulsive novel de Iris Murdock pela Penguin Books (1962)
>>> Os robôs e o império de Isaac Asimov pela Record (1985)
>>> Wallpaper Magazine May 2020 de Design Directory pela TI Media (2020)
>>> Contato de Carl Sagan pela Guanabara (1986)
>>> Os Três Reos e o Quarto Rei, Lendas Natalinas de Jakob Streit pela Edições Waldorf (1991)
>>> Neuromancer de William Gibson pela Aleph (1991)
>>> O Gênio do Crime de J.C. Marinho Silva pela Edijovem (1999)
>>> O incrível congresso de futurologia de Stanislaw Lem pela Nova Fronteira (1977)
>>> O cair da noite de Isaac Asimov pela Hemus (1981)
>>> Solaris de Stanislaw Lem pela Círculo do livro (1987)
>>> O Livro da Filosofia de Diversos pela Globo (2016)
>>> O homem bicentenário de Isaac Asimov pela Hemus (1976)
>>> Os robôs do amanhecer de Isaac Asimov pela Record (1983)
>>> Cartas de Um Executivo a Seu Filho de G. Kingsley Ward pela Record (1985)
>>> Desenho de Perspectiva (Português) Capa dura , Livro Novo de David Sanmiguel pela Ambientes (2020)
>>> Os anéis de Saturno de Isaac Asimov pela Hemus
>>> Inimigo Rumor 17 de Carlito Azevedo e Outros Editores pela Naify (1993)
>>> Anjos e Demônios de Dan Brown pela Sextante (2004)
>>> Fundação de Isaac Asimov pela Hemus (1982)
>>> Pureza de Jonathan Franzen pela Companhia das Letras (2016)
>>> Os Anos 40 de Rachel Jardim pela José Olympio (1973)
>>> A maçã no escuro de Clarice Lispector pela Círculo do livro
>>> Prontuário de Yoga Antigo (SVÁSTHYA YOGA de Professor de Rose pela Ground (1986)
>>> De corpo inteiro de Clarice Lispector pela Artenova (1975)
>>> A cidade sitiada de Clarice Lispector pela José Olympio (1975)
>>> A paixão segundo GH de Clarice Lispector pela José Olympio (1977)
>>> A Queda para o Alto de Herzer pela Círculo do Livro (1982)
>>> Química e física de Daniel Cruz pela Ática (2002)
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 10/2/2009
Comentários
Leitores


A verdade sobre os gênios
Brilhante texto. Penso que esta é uma explicação muito lógica para o fato de existirem pessoas que, ainda jovens, e sem que sua ascedência demonstre qualquer traço de genialidade, são capazes de compor obras imortais, como um Mozart; ou um teorema, como Pascal... Isso é algo que vem com a pessoa. Num momento em que a física quântica nos mostra que o universo é muito mais "bizarro" e surpreendente do que jamais pudemos imaginar (universos paralelos, universos holográficos etc.), não é absurdo nenhum crer numa inteligência que sobreviva à essa dimensão passando à outra no nomento da morte do corpo físico. Creio a ciência do futuro revelará essa verdade. Abraços.

[Sobre "Genialidade"]

por Renata
10/2/2009 às
10h22 189.26.211.203
(+) Renata no Digestivo...
 
O Chico vale um Brasil
Que beleza de artigo! O cara falou de Chico com isenção e fez uma análise brilhante da obra e da trajetória de Chico e da dimensão de suas músicas, que vão além de determinado período; são eternas, porque são de comprovada qualidade, mesmo que, às vezes, se encaixem melhor em determinadas situações. Agora sem isenção de minha parte: o Chico vale um Brasil.

[Sobre "Chico Buarque falou por nós"]

por Adriana Godoy
http://driaguida.blogspot.com.br
10/2/2009 às
10h20 201.58.119.15
(+) Adriana Godoy no Digestivo...
 
O japonês foi pra casa, ué
Agora discordo dos comentários da Isa Fonseca. Os possíveis "erros" de narrativa que ela apontou estão no texto do Saramago, não são invenções do Meirelles. E fico admirado que uma pessoa que não gosta do Saramago vá ver um filme inspirado em sua obra. A maioria das pessoas foi ver o filme exatamente para deleitar-se com a interpretação que o Meirelles daria ao livro. Para esses, a fotografia é perfeita, reflete o clima do romance. O caso do japonês, que no livro não tem nacionalidade especificada, é absolutamente plausível: a pessoa ficou cega de repente, uma cegueira branca, isto é, não está tudo escuro, há excesso de luz. Por ser uma coisa tão inusitada e inesperada, ele pensa em ir para casa descansar, pois pode ser alguma coisa passageira, um mal-estar qualquer.

[Sobre "Ensaio sobre a Cegueira, por Fernando Meirelles"]

por José Frid
http://blogdofrid.blogspot.com
9/2/2009 às
21h28 200.148.4.254
(+) José Frid no Digestivo...
 
Meirelles não alcança Saramago
A cegueira é milenar e Saramago não só a sente na pele como a percebe feito vírus doentio no mundo. Acho que é sobre isso que ele fala, e sobre suas consequências. O filme do Meirelles não alcança isso, mas se aproxima; é bonito e ousado e rompe com uma linguagem no cinema nacional. No mais, aqui da galera, o melhor ultimo filme ainda é "Tropa de Elite" com Wagner Moura e elenco, sob a batuta do José Padilha, e tenho dito ;-))))

[Sobre "Ensaio sobre a Cegueira, por Fernando Meirelles"]

por Gisele Lemper
http://cartasdacigana.blogspot.com
9/2/2009 às
21h02 201.86.154.245
(+) Gisele Lemper no Digestivo...
 
Gatos e lebres
Não vi o filme. Mas comento o texto pelo que contém, que é uma opinião divergente de outra, estando esta outra apresentada como geral. A mídia, essa coisa necessária, porém altamente suspeita, fabrica mitos. É certo que lá dentro de nós fica algo remexendo quando alguma coisa nos é apresentada como especial e aquilo nos parece coisa comum. Mas nosso poder só pode ser manifestado pela nossa preferência, traduzida na nossa presença lá, assistindo, quando for para assistir ou lendo quando for para ler, para ficar só nesses casos. Correto? Nem tanto. Os métodos científico-massificantes criados por experts de comunicação, muitas vezes com base em certas teorias antigas, permitem vender um gato, perfeitamente gato e fazendo miau, afirmando que é lebre...

[Sobre "Ensaio sobre a Cegueira, por Fernando Meirelles"]

por Miguel Accacio
http://www.cmtmondale.blogspot.com
9/2/2009 às
20h27 189.106.60.94
(+) Miguel Accacio no Digestivo...
 
Jornalistas temem blogueiros
Para um bom entendedor meia palavra basta. Jornalistas estão precoupados em perder a disputa para os blogueiros. O que é compreensível. Mas, se tiverem qualidade e credibilidade, não há o que temer. É a lei da oferta e da procura de informação.

[Sobre "Blog precisa ser jornalismo?"]

por Sandro
9/2/2009 às
14h32 189.104.146.97
(+) Sandro no Digestivo...
 
Unanimidade versus Qualidade
O fato de ter vencido o Nobel, e Drummond, Borges, Pessoa entre inúmeros outros, não, não tira o mérito da obra de Saramago. Ele é um escritor de ótimo nível, e essa discussão é apenas uma prova disso. Aliás, o seu texto, Julio, parece dizer que unanimidade é sinal de qualidade. Será que é mesmo?

[Sobre "Ensaio sobre a Cegueira, por Fernando Meirelles"]

por Gustavo
http://gustavohenn.com
9/2/2009 às
13h35 200.140.135.113
(+) Gustavo no Digestivo...
 
Ensaio sobre a Cegueira é ruim
Concordo e vou mais longe; o filme, ao qual consegui assistir por apenas 20 minutos, de tão ruim, é uma das piores coisas feitas pelo cinema brasileiro nos últimos anos. Assim como me envergonhei de estar na platéia de "Durval Discos", quando o filme dá uma virada e tenta a linguagem do nonsense, também me envergonhei pelo Meirelles e por ter representado o Brasil lá fora. A começar pela fotografia, que parece ter sido feita por um garoto do primeiro ano da escola de cinema. O personagem do japonês trabalha mal. A estética que cai para a propaganda é terrível. A história é ruim, inverossímil em termos de narrativa. Alguém fica cego e, ao invés de correr ao hospital, vai para casa. Enfim, é uma baboseira só. Não vi mais porque a minha sensibilidade já havia sido ferida e a minha bagagem na área me permitiu avaliar que o filme é ruim. No mais, não gosto de Saramago, jamais gostei e saio dizendo para quem quiser ouvir. Quem conhece boa literatura, não gosta de Paulo Coelho e nem de Saramago...

[Sobre "Ensaio sobre a Cegueira, por Fernando Meirelles"]

por isa fonseca
http://www.hisafarr.zip.net
9/2/2009 às
11h41 189.102.15.73
(+) isa fonseca no Digestivo...
 
É cego quem quer!
Discordo totalmente do texto. O filme não foi o mais superestimado do ano passado. Foi avaliado na medida certa. Quem leu o livro sabia que a adaptação para o cinema seria difícil. E que o filme, pelo tema do livro, não seria para multidões. Meirelles conseguiu fazer um filme excelente, fiel ao livro mas não mera transcrição dele. Cortou com precisão toda a "gordura" permitida no papel, mas que não seria tolerada no cinema. Valorizou alguns personagens meio escondidos no livro. Conseguiu passar a mensagem do livro sem precisar abusar de violência desnecessária. Trilha sonora ótima. A escolha dos atores foi primorosa. Por outro lado, a discussão quanto ao mérito do Nobel do Saramago é ociosa. A lista de escritores injustiçados já é enorme e só tende a aumentar. Os critérios da Academia são obscuros, muitas vezes com viés político. Quem deveria ser comparado a Orwell e Huxley seria o Saramago, e não o Meirelles. E onde está a consagração sem limites do Meirelles? Não vi. Estarei cego?

[Sobre "Ensaio sobre a Cegueira, por Fernando Meirelles"]

por José Frid
http://blogdofrid.blogspot.com
9/2/2009 às
09h55 200.148.3.158
(+) José Frid no Digestivo...
 
Defesa do Fernando Meirelles
Fernando Meirelles criticou os trabalhos de Glauber Rocha? Ora veja! Eis um sujeito que vê a realidade de maneira clara e sem retoques. Só posso aplaudir alguém que possui luz neste Brasil de toupeiras cinematográficas. E só para não fugir do contexto: Fernando Meirelles é, atualmente, o maior cineasta brasileiro em nível internacional. O resto é inveja ou má intencionalidade.

[Sobre "Ensaio sobre a Cegueira, por Fernando Meirelles"]

por João Athayde
9/2/2009 às
09h53 189.14.27.169
(+) João Athayde no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O ÔNIBUS DA ENERGIA
JON GORDON
SEXTANTE
(2009)
R$ 14,20



A ORIGEM DA IDOLATRIA
MAURO MEISTER
VIDA NOVA
(2017)
R$ 10,00



O CAOS NOSSO DE CADA DIA
CARLOS EDUARDO NOVAES
NORDICA
R$ 5,00



QUANDO OS SONHOS SE TORNAM REALIDADE - LITERATURA
ROSANA BENI E LUCIANO SZAFIR
GENTE
R$ 15,00



ENERGIA SOLAR - CL. SOS PLANETA TERRA
M SPENCE
MELHORAMENTOS
(1993)
R$ 7,87



MONTE CASSINO BATALHA DAS NAÇÕES BATALHAS 3 HISTORIA DA 2ª GUERRA
DOMINICK GRAHAM
RENES
(1974)
R$ 8,90



A EGOLATRIA E O ESCOPO ÉTICO DA MAÇONARIA
LOJA FRATERNIDADE BRAZILEIRA DE ESTUDOS E PES
MAÇÔNICA A TROLHA
(2015)
R$ 34,28



MEU TIO MATOU UM CARA E OUTRAS HISTÓRIAS
JORGE FURTADO
LPM POCKET
(2004)
R$ 15,00



AMOR, ETERNA CANÇÃO
HÉBER SALVADOR DE LIMA
LOYOLA
(1987)
R$ 25,00
+ frete grátis



SOCIEDADE DOS MENINOS GÊNIOS
LEV AC ROSEN
NOVO CONCEITO
(2014)
R$ 49,90





busca | avançada
63818 visitas/dia
2,2 milhões/mês