Genialidade | Ricardo de Mattos | Digestivo Cultural

busca | avançada
31843 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
Colunistas
Últimos Posts
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
>>> Jornada Escrita por Mulheres
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Cinema é filosofia
>>> Quem é (e o que faz) Julio Daio Borges
>>> Mulher no comando do país! E agora?
>>> YouTube, lá vou eu
>>> YouTube, lá vou eu
>>> Bar azul - a fotografia de Luiz Braga
>>> Eu + Você = ?
>>> Virtudes e pecados (lavoura arcaica)
>>> Pela estrada afora
>>> A vida sem computador
Mais Recentes
>>> Coleção Os Pensadores de Vários pela Abril Cultural (1973)
>>> Passando a Limpo: a Trajetória de um Farsante: História Completa... de Pedro Collor de Mello/ Coord. Dora Kramer pela Record (1993)
>>> Passando a Limpo: a Trajetória de um Farsante: História Completa... de Pedro Collor de Mello/ Coord. Dora Kramer pela Record (1993)
>>> Um Diplomata da Regeneração - O 1º Conde de Villa Franca do Campo de Fernando Abecassis pela Tribuna da Historia (2007)
>>> Inspeção do Trabalho de Nelson Mannrich pela LTr (1991)
>>> Jurupari - Estudos de Mitologia Brasileira de Silvia Maria S. de Carvalho pela Ática (1979)
>>> Sport in the 21st Century de John Mehaffey & Reuters pela Thames & Hudson (2007)
>>> Matemática para economistas de Alpha Chiang pela Unesp (1982)
>>> Memórias do cárcere 3º volume Colônia Correlaccional de Graciliano Ramos pela José Olympio (1954)
>>> As hortaliças na medicina doméstica de A. Balbach pela Edel
>>> Caderno de teses vol.2 28ºCongresso Nacional procuradores Estado de Helena Maria Silva Coelho pela Metropole industria gráfica ltda (2002)
>>> Casais Inteligentes Enriquecem Juntos de Gustavo Cerbasi pela Gente/ SP. (2004)
>>> Ordem Juridico-econômica e trabalho de Ricardo Antonio Lucas Camargo pela Sergio antonio fabris (1998)
>>> Capo Verde. Una storia lunga dieci isole de Marzio Marzot & Maria de Lourdes de Jesus et alii pela D'Anselmi (1989)
>>> Investimentos Inteligentes: Para Conquistar e Multiplicar o seu Primeiro Milhão de Gustavo Cerbasi pela Thomas Nelson do Brasil (2008)
>>> Esquecidos e Renascidos - Historiografia Acadêmica Luso-americana de Iris Kantor pela Hucitec (2004)
>>> Nova York anos 40 de Andreas Feininger pela Museu Lazar Segall (2011)
>>> O Intelectual e o Poder de Eduardo Portella pela Tempo Brasileiro/ RJ. (1983)
>>> Indivíduo e Cosmos na Filosofia do Renascimento de Ernest Cassirer pela Martins Fontes (2001)
>>> Fundamentos Culturales de Civilizacion Industrial de John U. Nef pela Editorial Paidós/ Buenos Aires (1964)
>>> Noções Preliminares de Direito Previdenciário de Wagner Balera pela Quartier Latin (2004)
>>> Salvador Negro Amor de Sérgio Guerra pela Maianga (2007)
>>> Ensaios de Biologia Social - Encadernado de Josué de Castro pela Brasiliense/ SP (1957)
>>> A imprensa na História do Brasil & Fotojornalismo no século XX de Oswaldo Munteal & Larissa Grandi pela Desiderata/PUC (2005)
>>> Roteiro de Macunaíma (Encadernação de Luxo) de M. Cavalcanti Proença/ Autografado pela Ahembi/ SP. (1955)
>>> Alferes Teófilo Olegário de Brito Guerra -Um Memorialista Esquecido de Raimundo Soares de Brito pela Coleção Mossoroense (1980)
>>> HQ Os Grandes Inimigos do Mandrake Nº 2 + A Volta do Camelo de Barro de Lee Falk pela Globo (1989)
>>> Lugar de Fala de Djamila Ribeiro pela Polen (2019)
>>> Administração Financeira Internacional de David K. Eiteman, ArthurStonehill, e Michael Moffett pela Bookman (2002)
>>> HQ Os Grandes Inimigos do Mandrake Nº 1 + o Retorno do Cobra de Lee Falk pela Ebal (1989)
>>> História da Literatura Portuguesa/ Encadernado de Antonio José Saraiva e Oscar Lopes pela Porto Ed.
>>> Cortez -A Saga de Um sonhador de Teresa Sales -Goimar Dantas pela Cortez (2010)
>>> HQ Os grandes inimigos do Mandrake Nº 4 + Os Oito Tentáculos da Morte de Lee Falk pela Ebal (1989)
>>> HQ Rastros de ódio - Revista Cinemin Nostalgia 3 de Diversos Autores pela Ebal (1989)
>>> Regulamento do ICMS do Rio de Janeiro de Ana Cristina Martins Pereira pela Lex (2006)
>>> A cidade do sol de Khaled Hosseini pela Nova froteira (2007)
>>> HQ Revistsa Elipse nº 1 + Crepúsculo dos Super-heróis de David Campiti & Kevin Juaire & Bart Sears pela Ebal (1992)
>>> Cinquenta tons mais escuros de E L James pela Intrínseca (2012)
>>> As mil e uma noites- os corações desumanos de René Khawam pela Brasiliense (1991)
>>> HQ Quem foi? Os prisioneiros de Sulma de Diversos Autores pela Ebal (1982)
>>> Autoritarismo e Participação Política da Mulher de Fanny Tabak pela Graal/ RJ. (1983)
>>> Cartas entre amigos - sobre os medos contemporâneos de Fábio de melo e Gabriel chalita pela Ediouro (2009)
>>> A Civilização Romana de Pierre Grimal pela Edições 70 (2001)
>>> Centenário de José Bezerra Gomes de Joabel R. de Souza pela Fcjbg (2011)
>>> Alienação na Univesidade - a Crise dos Anos 80 de Paulo L. Hoffmann pela Edit. da UFSC (1985)
>>> O castelo da intriga de Paulo Stewart pela Scipicione (1996)
>>> No Tempo dos Faraós (Crianças Na História) de Ginette Hoffmann - Françoise Lebrun pela Scipione (1993)
>>> No Tempo dos Faraós (Crianças Na História) de Ginette Hoffmann - Françoise Lebrun pela Scipione (1996)
>>> As asas do joel de Walcir Carrasco pela Quinteto Editorial (2019)
>>> No Tempo dos Faraós (Crianças Na História) de Ginette Hoffmann - Françoise Lebrun pela Scipione (1998)
COLUNAS >>> Especial Gênio

Segunda-feira, 26/1/2009
Genialidade
Ricardo de Mattos

+ de 3800 Acessos
+ 2 Comentário(s)

"O fim da alma, em sua evolução, é atingir e realizar em si e em volta de si, através dos tempos e das estações ascendentes do Universo, pelo desabrochar das potências que possui em gérmen, esta noção eterna do Belo e do Bem, que exprime a idéia de Deus, a própria idéia de perfeição." (Léon Denis, em O problema do ser, do destino e da dor).

O tema da Genialidade, proposto para o Especial do mês, será aqui abordado com a especialização de premissas gerais que adotamos em nossas reflexões a respeito do Homem e seu papel no planeta. A base maior é a compreensão de um Criador responsável pela existência do que vemos e do que não vemos. Em seguida, a compreensão de que fomos todos criados diretamente por Ele e encaminhados para a trilha da Evolução. Entendemos que a Evolução dá-se em dois planos, o que justifica a existência de um corpo material provisório sobre o qual atua a inteligência individualizada e imortal, atuação pautada pelo seu estágio de amadurecimento. Estamos convictos, enfim, de que uma só existência corpórea é insuficiente para cumprir todo um programa de depuração intelectual e moral, e de que a vida imaginada pelo ser só é plena e real no plano espiritual. Não é questão de Fé, impressão causada pela predominância, no Brasil, do aspecto religioso do Kardecismo.

Todo espírito é criado simples e ignorante, para que desenvolva por si sua própria inteligência e garanta o mérito de seu trabalho. Recorrendo a um Deus que é absoluto em todos seus atributos, não seria fácil explicar Sua Justiça com base na diversificação de privilégios: uns mal sabendo empilhar dois pratos sem quebrar três, outros embasbacando-nos com suas conquistas nas Artes e nas Ciências. Como indivíduos dos mais diversos níveis de intelectualidade e de moralidade coexistem no mesmo plano, e como o homem moderno ignora, ou mesmo rejeita, o conhecimento de encarnações sucessivas e gradativas, o resultado são o pasmo contínuo e a revolta.

Outro grande problema enfrentado é o do relativismo moral. A famosa frase "o que é moral para você pode não ser moral para mim" causou aos indivíduos, e, por extensão, à sociedade, um mal que estamos começando a avaliar através dos fatos que nos são fartamente noticiados. Encarar a diferenciação entre o certo e o errado leva a pessoa a defrontar-se consigo própria como num espelho indesejado, e poucos estão dispostos a proceder com as reformas que deveriam ser decorrentes da investigação íntima. Daí o acerto de Vauvenargues, em suas Máximas e reflexões: "Nossa indiferença pela verdade na moral vem do fato de estarmos determinados a seguir nossas paixões a qualquer preço: e é isto que faz com que não hesitemos quando é preciso agir, apesar da incerteza de nossas opiniões. Pouco me importa, dizem os homens, saber onde está a verdade, sabendo onde está o prazer".

Entretanto, a evolução do espírito é aferida pelo que o indivíduo realizou nos dois campos. O mais comum é que ele firme seus passos num lado e negligencie o outro. Considerando que não se perdem as conquistas feitas através dos séculos terrenos, chega o momento em que ele se depara com o desequilíbrio. Por isso encontramos pessoas intelectualmente deslumbrantes, mas que revelam uma convivência difícil com seus semelhantes, bem como pessoas boas e honestas que sabem apenas o suficiente para sobreviver.

Onde se situa o denominado "gênio"? É o ser que nas suas constantes vindas a este plano adquiriu, conservou e desenvolveu um grande cabedal intelectual. É o indivíduo cujo conhecimento em determinada área do Saber é tão vasto, profundo e sistematizado, que a certa hora parece ocorrer um "Big Bang" pessoal. Ele não apenas sabe, mas consegue transmitir, aplicar e impulsionar o progresso. O Tempo transcorre e suas realizações continuam impressionando as gerações. Falamos não só de artistas, filósofos e cientistas, como também daqueles cujas ações foram de destaque na orientação da sociedade. Falamos de Einstein, Bach, Gandhi, Pasteur, dos Curie, Galileu, Newton, Darwin, Thomas Edson, Teresa de Calcutá, Beethoven, Benjamim Franklin, Michelangelo, Buda. Incluímos também Allan Kardec, que apresentou racionalmente conhecimentos antes velados por uma infinidade de símbolos, numa obra que nos faz considerá-lo um dos últimos grandes filósofos sistemáticos. Atualmente, podemos citar de imediato o físico Stephen Hawking como coroado pela genialidade.

E o homem de talento? É aquele que exibe as primeiras manifestações do que será o gênio. Seus trabalhos demonstram o progresso, mas também revelam lacunas. Michelangelo foi um gênio; o francês setecentista Watteau, um talento. Ambos, porém, atenderam à vocação, que nada mais é do que a força que impele alguém a continuar uma trilha já iniciada. Isso não livra ninguém de estudar, trabalhar, desenvolver técnicas e atualizar conhecimentos, sempre com aplicação e disciplina. Havendo este encaminhamento o resultado é certo.

A subida ao patamar da genialidade começa, portanto, com a escolha certa em atender à vocação. "Mas se é uma vocação, uma espécie de impulso, não podemos falar em 'escolha'". Claro que podemos, o livre arbítrio é exercido ao se atender ou não ao chamado íntimo. Quantos suam sangue e desenvolvem sarna nervosa desejando ser poetas, músicos ou pintores e, apesar disso, nunca escrevem, compõem ou pintam um só verso, canção ou tela que preste? Se persistem é por orgulho, ignorância, falta de autoconhecimento, baixa autoestima ― não se julgam capazes de fazer outra coisa ― e mesmo certa vaidade e erro de julgamento quanto ao que confere status social. Acham mais bonita a apresentação como "poeta" do que como "técnico de reciclagem", embora na segunda ocupação talvez desenvolvessem um trabalho social muito mais importante.

À medida que a inteligência se desenvolve e é acompanhada pelo senso moral, em que são acumulados conhecimentos extraídos não só dos livros, mas das experiências pessoais, do contato humano e da observação do mundo, o espírito localiza quais necessidades da humanidade são mais prementes e pode assumir uma tarefa visando supri-las. É o momento em que se dispõe a continuar a desenvolver-se, mas de maneira a ajudar seu semelhante. Eis a origem do gênio.


Ricardo de Mattos
Taubaté, 26/1/2009


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Discos eruditos fundamentais de Jardel Dias Cavalcanti
02. O preconceito estético de Guilherme Pontes Coelho
03. Meus álbuns: '00 - '09 ― Pt. 5 de Rafael Fernandes
04. Gostar de homem de Marta Barcellos
05. O sol se põe em São Paulo de Rafael Rodrigues


Mais Ricardo de Mattos
Mais Acessadas de Ricardo de Mattos em 2009
01. O delfim, de José Cardoso Pires - 19/10/2009
02. Evolução e Adaptação da Imprensa Escrita - 23/3/2009
03. Charles Darwin (1809-2009) - 16/11/2009
04. Américas Antigas, de Nicholas Saunders - 27/4/2009
05. Sobre o Islã, de Ali Kamel - 23/2/2009


Mais Especial Gênio
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
2/2/2009
12h32min
Acredito que a genialidade venha da persistência na busca de encontrar respostas nas mais diferentes formas de conhecimento, da mesma forma que observo, dentro da minha ótica, que as principais invenções geniais se dão pela busca de outra coisa, como foi o caso da própria invenção do telefone, que veio de uma pesquisa para o desenvolvimento de algum instrumento específico para diminuir a surdez. Creio que a genialidade se baseia na capacidade de observação e no evento mesmo de buscar respostas, do navegar por conceitos variados de uma cultura enciclopédica...
[Leia outros Comentários de Ricardo Barradas]
10/2/2009
10h22min
Brilhante texto. Penso que esta é uma explicação muito lógica para o fato de existirem pessoas que, ainda jovens, e sem que sua ascedência demonstre qualquer traço de genialidade, são capazes de compor obras imortais, como um Mozart; ou um teorema, como Pascal... Isso é algo que vem com a pessoa. Num momento em que a física quântica nos mostra que o universo é muito mais "bizarro" e surpreendente do que jamais pudemos imaginar (universos paralelos, universos holográficos etc.), não é absurdo nenhum crer numa inteligência que sobreviva à essa dimensão passando à outra no nomento da morte do corpo físico. Creio a ciência do futuro revelará essa verdade. Abraços.
[Leia outros Comentários de Renata]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




UM IR E VIR COTIDIANO
SIVA BIANCHI
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



TRAÍDA SÉRIE HOUSE OF NIGHT - LIVRO 02 8898
P C CAST E KRISTIN CAST
NOVO SÉCULO
(2009)
R$ 10,00



OSTEOPOROSE
M. A. DAMBACHER E E. SCHATCHT
ALFAD
R$ 9,00



MANEJO REPRODUTIVO DE OVINOS DE CORTE (NAS REGIÕES CENTRO-OESTE, NORTE E SUDESTE DO BRASIL)
AURORA MARIA GUIMARÃES GOUVEIA CLÁUDIO JOSÉ BORELA ESPESCHIT E SILVIA LETICIA TARTARI
LK
R$ 63,00



TRAVESSIA REPORTAGEM SOBRE O SERTÃO DE GUIMARÃES ROSA
JULIANA SIMONETTI
LINC
(2010)
R$ 35,00
+ frete grátis



O LIVRO DOS MILAGRES
KEVIN BELMONTE
THOMAS NELSON BRASIL
(2015)
R$ 36,00



POIROT INVESTIGA
AGATHA CHRISTIE
RECORD
(2001)
R$ 10,00



LOVE KISS
GILBERT OAKLEY
DIAMOND STAR
(1970)
R$ 19,82



O GUIA OFICIAL DO CLUB PENGUIN VOL 1
DISNEY
MELHORAMENTOS
(2011)
R$ 4,00



DIREITO PENAL CONCRETO
ANTÔNIO JOSÉ MIGUEL FEU ROSA
CONSULEX
(1992)
R$ 26,82





busca | avançada
31843 visitas/dia
1,0 milhão/mês