O irmão alemão, de Chico Buarque | Jardel Dias Cavalcanti | Digestivo Cultural

busca | avançada
58188 visitas/dia
2,0 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Conversas no MAB com Sergio Vidal e Ana Paula Lopes
>>> Escola francesa de Design, Artes e Comunicação Visual inaugura campus em São Paulo
>>> TEATRO & PODCAST_'Acervo e Memória', do Célia Helena, relembra entrevista com Nydia Licia_
>>> Projeto Cultural Samba do Caxinha cria arrecadação virtual para gravação de seu primeiro EP
>>> Designer e arquiteto brasileiro, Giovanni Vannucchi participa da VIIBienal Ibero-americana de Design
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Aos nossos olhos (e aos de Ernesto)
>>> Carol Sanches, poesia na ratoeira do mundo
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
Colunistas
Últimos Posts
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> De Kooning em retrospectiva
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> Aquele apoio
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
>>> Pouca gente sabe
>>> O chilique do cabeleireiro diante da modelo
>>> Paradiso por Metheny
>>> A nova propaganda anda ruim
>>> A Erva do Diabo, de Carlos Castaneda
>>> Manual para o leitor de transporte público
Mais Recentes
>>> Coleção 5 Gibis - Turma da Mônica de Mauricio de Souza pela Panini Comics (1500)
>>> Coleção 5 Gibis - Turma da Mônica de Mauricio de Souza pela Panini Comics (1500)
>>> Coleção 5 Gibis - Turma da Mônica de Mauricio de Souza pela Panini Comics (1500)
>>> A tragédia de um povo: a Revolução Russa (1891 - 1924) de Orlando Figes pela Dom Quixote (2017)
>>> Contabilidade Geral e Avançada Esquematizadotizado de Eugenio Mototo pela Saraiva Jur (2018)
>>> Floriano Peixoto - Vida e Governo de Francolino Camêu e Arthur Vieira Peixoto pela A Noite (1925)
>>> Annaes das Guerras do Brazil com os Estados do Prata e Paraguay de Coronel J. S. Torres Homem pela Imprensa Nacional (1911)
>>> "E o sangue brasileiro correrá..." de Elvaldo de Alarcon pela Du Barry (1942)
>>> O punhal nazista no coração do Brasil de Capitão Antônio Carlos Mourão Ratton (e outros) pela Imprensa Oficial do Estado de Santa Catarina (1943)
>>> História da II Guerra Mundial 1939-1945 (6 volumes) de Edgar Mc Innis pela Globo (1958)
>>> A Canção de Ariel de Martins Fontes pela Comissão glorificadora de Martins Fontes (1938)
>>> Passagens: Estudos sobre a filosofia de Kant de Ricardo Terra pela Ufrj (2003)
>>> Vathek de William Beckford pela L&PM Pocket (2007)
>>> Natureza e ilustração: Sobre o materialismo de Diderot de Maria das Graças de Souza pela Unesp (2002)
>>> Hume et la fin de la philosophie de Yves Michaud pela Quadrige / PUF (1999)
>>> Hume: Une Philosophie Des Contradictions de Jean-Pierre Cléro pela Vrin (1998)
>>> Hume's Philosophy of Religion de J. C. A Gaskin pela MacMillan (1988)
>>> Machado de Assis: equívocos da crítica de Alfredo Jacques pela Iel (1974)
>>> Diálogos com Leuco de Cesare Pavese pela Cosac & Naify (2012)
>>> Subjetividade, Espaço E Tempo Em David Hume de Monica Loyola Stival pela Humanitas / FAPESP (2015)
>>> Biologia 1(ensino médio) biologia das células de Amabis Martho pela Moderna plus (2010)
>>> História conexões de Alexandre Alves, Letícia Fagundes pela Moderna plus (2013)
>>> Geografia conexões de Lygia Terra, Regina Araújo e Raul Borges pela Moderna plus (2012)
>>> Atividade em Feltro Foguete dos Cálculos de Claudia Maria Bertuqui Ribeiro pela Feltro (2020)
>>> Contribuição para a História da Revolução Constitucionalista de 1932 de Euclydes Figueiredo pela Livraria Martins (1954)
>>> Por São Paulo e pelo Brasil de João Neves pela Sem (1933)
>>> A Revolução Constitucionalista de Herculano C. e Silva pela Civilização Brasileira (1932)
>>> Química 1 (ensino médio) de Tito Canto pela Moderna plus (2010)
>>> Prefiero Espanol (ensino médio) 1 de Gretel Eres Fernandez pela Moderna (2010)
>>> A Columna Romão Gomes de Herbert V. Levy pela Saraiva & Cia (1933)
>>> Literatura (ensino médio) 1 de Maria Luiza M. Abaurre e Marcela Pontara pela Moderna plus (2010)
>>> Um Desconhecido de Danielle Steel pela Record (1999)
>>> Capacete de Aço de Affonso de Carvalho pela Civilização Brasileira (1933)
>>> Palmo a Palmo (a Lucta no Sector Sul) de Cap. Alves Bastos pela Sociedade Impressora Paulista (1932)
>>> Preces Atendidas de Danielle Steel pela Record (2009)
>>> Matemática (ensino médio) 1 de Manoel Paiva pela Moderna plus (2013)
>>> Agora Nós! de Paulo Duarte pela Sem (1927)
>>> Um Mundo que Mudou de Danielle Steel pela Record (1996)
>>> Revolucione sua qualidade de vida de Augusto Cury pela Sextante (2002)
>>> O poder de cura da linhaça de Conceição Trucom pela Alaúde (2015)
>>> 1934 de Alberto Moravia pela Riográfica (1986)
>>> 000 Contra Moscou Viagem ao País do Medo de Ibrahim Sued pela Bloch (1965)
>>> 1 de Janeiro de 1993 o Que Vai Mudar na Europa de Peter Sutherland pela Ed 70 (1993)
>>> 10 Anos de Aventuras na História - as Reportagens Fundamentais de Da Editora pela Abril (2013)
>>> 10 Décadas: a História do Santos Futebol Clube de Celso Jatene pela Companhia Ed Nacional (2012)
>>> 10. 000 Anos de Descobertas de Bruno Kaiser pela Melhoramentos
>>> 100 Crônicas Escolhidas Rubem Braga de Rubem Braga pela José Olympio (1958)
>>> 100 Dicas de Marketing Sexual para Homens de Roberto Bo Goldkorn pela Best Seller (2006)
>>> 100 Dicas Infalíveis para Emagrecer e Se Manter Em Forma de Fred A. Stutman M D pela Sextante (2010)
>>> 100 Dicas Infalíveis para Emagrecer e Se Manter Em Forma de Fred A. Stutman pela Sextante (2010)
COLUNAS

Terça-feira, 25/11/2014
O irmão alemão, de Chico Buarque
Jardel Dias Cavalcanti

+ de 3100 Acessos

Desde Estorvo, seu primeiro romance, Chico Buarque vem mesclando fantasia e realidade nas suas criações literárias. Também aspectos biográficos (ligados ao eu do artista ou à sua inserção na história do Brasil) compõem grande parte do que ele escreve (e mesmo no âmbito de suas canções pressentimos o mesmo tipo de presença). Não é diferente agora em seu novo romance, denominado O irmão alemão, que a Companhia das Letras acaba de lançar.

O novo livro parte da ideia da existência de um irmão de Chico Buarque, concebido por seu pai, o grande historiador Sergio Buarque de Hollanda, no período de sua juventude vivida na Alemanha, antes de se casar com a mãe do escritor. Além do irmão alemão, o autor decide explorar a relação que tem com o próprio pai, um escritor preso à sua biblioteca, ausente de contatos amistosos com o filho, mas para quem ele é uma figura central e, principalmente, misteriosa.

Não só dos elementos acima citados vive o romance, onde aparecem vários fatos ligados à história pessoal do próprio autor, suas aventuras afetivo-sexuais, suas preferências literárias, sua relação com o aparecimento da ditadura militar e a morte do pai. Chico Buarque, em sua escrita sempre delirante (como em Leite Derramado e Estorvo, principalmente), pratica uma espécie de literatura que concebe o real como fantasioso e o fantasioso como real. Nessa transmutação de significados, os leitores passam a confundir os dois polos das existências descritas. A velocidade da escrita/narrativa, sem muita descrição subjetiva dos fatos, ajuda a pensar o próprio correr do tempo de uma vida que se forma dentro e fora dos personagens, não sendo uma mais importante que a outra. E é essa capacidade de criar a dimensão cruzada de forças interiores e exteriores que faz de Chico um grande narrador.

O crítico literário Alcides Villaça, em artigo no Estadão sobre O irmão alemão, chamou esse tipo de literatura de "romance de imaginação autobiográfica", o que talvez traga um parentesco com a literatura de outro escritor contemporâneo: Marcelo Mirisola. De fato, nos dois escritores os aspectos pessoais da existência e os aspectos da criação literária não se separam, sendo como dois átomos trombando um no outro e, com a energia que daí deriva, é que se fertiliza a escrita que sustenta a arquitetura dos romances que criam.

Ao ler o romance de Chico Buarque sentimos que estamos sendo levados para uma espécie de parque de diversão, onde o drama não deixa de existir, mas onde o humor é quem se apresenta com mais força na constituição dos encontros e desencontros dos personagens. Não só a presença do pai, da mãe, dos amigos e do irmão namorador, como também as fantasias que o autor cria em torno do irmão alemão são colocados sempre na clave divertida de uma aventura detetivesca, misto de farsa e realidade documentada, forjando os elementos propulsores da história.

Mesmo não deixando de lado a História - a descrição da violência dos corpos sob tortura no regime militar e a invasão de privacidade, por exemplo, e até a aproximação da ditadura com o nazismo- o peso a ela atribuído tem certa leveza, talvez a de quem se libertou dos ressentimentos do passado, ou de quem a descreve a partir de uma lembrança tão distante que faz dela uma fantasia em dó menor.

O que importa de fato para Chico Buarque é sua qualidade de escritor, ou seja, a do sujeito que fabrica uma fantasia através da linguagem e para quem a linguagem é o meio mais eficaz de se aproximar do "real". E que sabe que o real, quando tornado elemento literário, merece sempre as aspas com que a literatura o adorna.

Dentro de uma clave musical, podemos dizer que o romance de Chico Buarque é uma "fantasia". E aqui recorremos ao Dicionário Grove de Música, que define "fantasia" como uma composição em que a imaginação do compositor tem precedência sobre os estilos e formas convencionais. Então, se o real se apresenta, sobre ele o autor cria uma sucessão de acontecimentos, pequenas peças livres, guiadas por estados imaginativos tão importantes quanto a reconstrução documental dos fatos. E se os documentos querem falar, poderão falar, mas sob o tom maior da inventividade do autor. Afinal, para ser uma obra literária uma narrativa precisa ir além do real e se tornar um produto da rainha das faculdades humanas, a imaginação.

E Chico Buarque, apesar do peso que sua própria história comporta dentro da História do Brasil, sempre soube nos embalar com criações que vão além do tempo datado dos fatos históricos. E este romance, O irmão alemão, que é um romance também sobre livros, mostra que grande leitor ele foi para depois se tornar o grande escritor em que tem se transformado.


Jardel Dias Cavalcanti
Londrina, 25/11/2014


Mais Jardel Dias Cavalcanti
Mais Acessadas de Jardel Dias Cavalcanti em 2014
01. Simone de Beauvoir: da velhice e da morte - 29/7/2014
02. O assassinato de Herzog na arte - 30/9/2014
03. As deliciosas mulheres de Gustave Courbet - 3/6/2014
04. A Puta, um romance bom prá cacete - 2/12/2014
05. Narciso revisitado na obra de Fabricius Nery - 11/3/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




SALVANDO UM VIRA-LATA
MARK R LEVIN
EDIOURO
(2008)
R$ 5,00



FALLEN - VOL. 2 - TORMENTA - 1ª EDIÇÃO
KATE LAUREN
GALERA RECORD
(2011)
R$ 39,95



MANDADO DE SEGURANÇA COLEÇÃO PRÁTICA DO DIREITO 8
MARGARETH MICHELS BILHALVA
SARAIVA
(2012)
R$ 12,00



TECHNIQUES HOSPITALIÈRES MÉDICO - SOCIALES ET SANITAIRES Nª 163 ABR...
DIVERSOS AUTORES
LA REVUE DE L ÉQUIPE DES TECH
(1959)
R$ 10,05



SOBOTTA: ATLAS DE ANATOMIA HUMANA VOLUME 2
SABOTTA
GUANABARA
(2000)
R$ 149,90



RISÍVEIS AMORES
MILAN KUNDERA
NOVA FRONTEIRA
(1985)
R$ 15,90



PLANEJAMENTO URBANO
ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE ADMINISTRADORES MUN...
FGV
(1965)
R$ 88,00



REVISTA FLAP INTERNACIONAL Nº 371 - ANO 40 - AGOSTO 2003
CARLOS ANDRÉ SPAGAT DIRETOR
EDITORIAL SPAGAT
(2003)
R$ 7,00



O REI DE FERRO
MAURICE DRUON
ABRIL
R$ 10,00



A QUE NO SABES...?
LOURDES MIGUEL LOPEZ
EDELSA
(1989)
R$ 5,60





busca | avançada
58188 visitas/dia
2,0 milhões/mês