Maravilhoso pseudointelectuais | Vinicius Brown

busca | avançada
83745 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Oficina de Objetos de Cena nas redes do Sesc 24 de Maio
>>> Lançamento: livro “A Cultura nos Livros Didáticos”, de Lara Marin
>>> Exposição coletiva 'Encorpadas - Grandes, largos, políticos: corpos gordos'
>>> Clássicos da Literatura Unesp ganha mais cinco títulos
>>> Bertolt Brecht inspira ÉPICO
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jogando com Cortázar
>>> Os defeitos meus
>>> Confissões pandêmicas
>>> Na translucidez à nossa frente
>>> A Velhice
>>> Casa, poemas de Mário Alex Rosa
>>> Doutor Eugênio (1949-2020)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
Últimos Posts
>>> Tonus cristal
>>> Meu avô
>>> Um instante no tempo
>>> Salvem à Família
>>> Jesus de Nazaré
>>> Um ato de amor para quem fica 2020 X 2021
>>> Os preparativos para a popular Festa de Réveillon
>>> Clownstico de Antonio Ginco no YouTube
>>> A Ceia de Natal de Os Doidivanas
>>> Drag Queen Natasha Sahar interpreta Albertina
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A crítica e o custo Brasil
>>> Manual prático do ódio
>>> Greatest hits em forma de coluna
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Jogando com Cortázar
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Diálogos de Platão, pela editora da Universidade Federal do Pará
>>> Desligando o Cartoon Network
>>> Simonal e O Pasquim: nem vem que não tem
>>> O Free, de Chris Anderson
Mais Recentes
>>> Insurgente de Veronica Roth pela Rocco (2013)
>>> Cidades de Papel de John Green pela Intrínseca (2013)
>>> Os Miseráveis de Victor Hugo Adaptação de Silvana Salerno pela Seguinte (2014)
>>> 1808 de Laurentino Gomes pela Planeta do Brasil (2007)
>>> 1808 de Laurentino Gomes pela Planeta do Brasil (2007)
>>> 1808 de Laurentino Gomes pela Planeta do Brasil (2007)
>>> 1815 de Henry Houssaye pela Perrin et Cia. Libraires-édite (1912)
>>> 1919 de John dos Passos pela Abril (1980)
>>> 1919 de John dos Passos pela Abril (1980)
>>> "a" de álibi de Sue Grafton pela Ediouro (1993)
>>> "b" de Busca de Sue Grafton pela Ediouro (1993)
>>> "c" de Cadáver de Sue Grafton pela Ediouro
>>> "d" de Dívida de Sue Grafton pela Ediouro (1999)
>>> 007 Encontro Em Berlim de Ian Fleming pela Bloch
>>> 007 Goldfinger - uma Novela de James Bond de Ian Fleming pela Best Seller
>>> 007 o Satânico Dr. No de Ian Fleming pela Bestseller
>>> 1° Livro de Leitura de Alegria de Ler pela Abril
>>> 1° Livro de Leitura de Alegria de Ler pela Abril
>>> 10 Que Valem 30! de Atilio Bari; Patricia Lima pela Scipione (2002)
>>> 100 Cronicas de Mario Prata pela O Estado de S Paulo (1997)
>>> 100 Dicas para Viajar Melhor - Ideias para Antes, Durante e Depois Da de Ricardo Freire pela Globo (2008)
>>> 100 Impulsos Positivos para Viver Melhor de Eduardo Criado pela Folio (1996)
>>> 100 maneiras de conquistar um homem na cama de Hans Freud / Nadia Maggi pela Sampa
>>> 100 Reflexões Filosóficas e Cor Local nos Romances Mediúnicos de Victo de Divaldo Pereira Franco pela Leal (2009)
>>> 100 Segredos das Pessoas Felizes de David Niven pela Sextante (2001)
>>> 1000 Erros de Portugues de Luiz Antonio Sacconi pela Nossa
>>> 101 Dicas Essenciais - Gravidez de Outros pela Ediouro (1996)
>>> 101 Lugares para Fazer Sexo Antes de Morrer de Marsha Normandy; Joseph pela Best Seller (2010)
>>> 101 Segredos para Ser um Supervisor Bem-sucedido de Peter R. Garber; Mark S. Loper pela Futura (1999)
>>> 12 Semanas para Mudar uma Vida de Augusto Cury pela Academia de Intelige (2007)
>>> 127 Coisas para Ser Feliz de Donna Wilkinson; Vitoria Paranhos Mantovani pela Ediouro (2010)
>>> 13 á 18 de Fevereiro de 1922 - a Semana de 22: Revolução Estética de Marcia Camargos pela Lazuli (2007)
>>> 15 Minutos Espanhol de Ana Bremón pela Publifolha (2005)
>>> 15 Seconds de Andrew Cross pela Harper (2012)
>>> 1808 Juvenil - Laurentino Gomes de Laurentino Gomes pela Planeta Jovem (2008)
>>> 1808 Juvenil - Laurentino Gomes de Laurentino Gomes pela Planeta Jovem (2008)
>>> 1932 - São Paulo Em Chamas de Luiz Octavio de Lima pela Planeta
>>> 1961 o Brasil Entre a Ditadura e a Guerra Civil de Paulo Markun; Duda Hamilton pela Benvira (2011)
>>> 1968 - o Ano Que Não Terminou - a Aventura de uma Geração de Zuenir Ventura pela Nova Fronteira (1988)
>>> 20 Ficções Sobre o Amor e Ribeirão Preto de Alexandre Azevedo Etc pela Coruja (2013)
>>> 20. 000 Léguas Matemáticas de A. K. Dewdney pela Jorge Zahar (2000)
>>> 20. 000 léguas submarinas de Julio Verne pela Mônica Krauzs (2005)
>>> 20. 000 léguas submarinas de Julio Verne pela Mônica Krauzs (2005)
>>> 200 Músicas Inesquecíveis Volume Iii de Sérgio Roberto Rodrigues pela Coopim
>>> 200 Músicas Inesquecíveis Volume Iii de Sérgio Roberto Rodrigues pela Coopim
>>> 2011-12 Duvine Adventures de Andy Levine pela Do Autor (2012)
>>> 2012 a era do Ouro de C. Torres; S. Zanquim pela Madras (2012)
>>> 2012 uma Aventura no Fim do Mundo de Vanessa Bosso pela Novo Seculo (2010)
>>> 203 de Enlouquecer um Homem na Cama de Olivia St. Claire pela Ediouro (1997)
>>> 203 Maneiras de Enlouquecer um Homem na Cama de Olivia St. Claire pela Ediouro (1997)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 21/6/2002
Comentários
Leitores


Maravilhoso pseudointelectuais
Muito bonito em vez de viver amigavelmente e tentar compreender as deficiências do povo. Vamos malhar o pau neles pois são uns ignorantes assassinos, traficantes, sequestradores. Viva a classe média de merda do nosso país. Continuam achando que um lixeiro, gari entre outros são inferiores a eles...

[Sobre "Ludopédio em Pindorama"]

por Vinicius Brown
21/6/2002 às
18h23 200.19.104.4
(+) Vinicius Brown no Digestivo...
 
Prata da casa
Obrigada, Anelise! Realmente, O Grande Circo Místico, para a gente, tem um sabor todo especial!

[Sobre "Uma pirueta, duas piruetas, bravo, bravo!"]

por Adriana
21/6/2002 às
15h57 200.151.218.66
(+) Adriana no Digestivo...
 
I ♥ Italy
Alexandre, Quero deixar claro que, embora ache graça em todos e concorde com alguns dos seus argumentos (especialmente os de cunho musical) acho que a Italia nos deu coisa maravilhosas, tais como: Abridores de garrafa, saca-rolhas, garrafas térmicas e cafeteiras de lindo design. Além disto, os rapazes italianos são mesmo lindos...*s*. Abraços, Ana.>>>>P.S.: Japoneses, Italianos...Que tal, agora, os Franceses???? *s*

[Sobre "Grandes Carcamanos da História"]

por Ana Veras
21/6/2002 às
14h54 199.228.142.5
(+) Ana Veras no Digestivo...
 
Texto legal e briga doméstica
Caro Fábio, achei muito interessante o texto. Realmente existem por aí pessoas que gozam de muito prestígio na mídia e que tentam nos convencer a aceitar determinados conceitos a muito ultrapassados e absurdos. É uma pena que apesar do texto legal tenhamos que ler comentários tão estúpidos como estes do Denis e Do Helion, que deveriam terminar a briguinha particular por telefone e/ou pessoalmente. Mas. claro eles responderão à isto alegando a liberdade de expressão. Abração.

[Sobre "a falsa verdadeira democracia"]

por Márcio
21/6/2002 às
14h48 150.165.61.14
(+) Márcio no Digestivo...
 
Basta de mitificações!
Alexandre: tenho, aqui nestas veias, a minha dose de sangue italiano, que nem é tão pouca, mas insuficiente para me transformar em admirador do País da Bota (eu disse bota, mesmo). Para mim, a Itália é uma Terra de exageros, de breguices sem fim. Basta assistir aos programas da RAI, para entrar em imediato estado de choque estético. Aqueles cabelos das mulheres italianas, aquela maquiagem circense, aplicada com pá de pedreiro, as roupas, as jóias imensas, os maneirismos, as gargalhadas explosivas, que assustam criancinhas e causa lesões nas paredes do ouvido interno... tudo é mais do que exagerado. Há quem goste, sim, mas há quem goste de qualquer coisa, não é mesmo? O seu texto apresentou pontos de vista bem lúcidos a respeito da falsa grandeza italiana. E olhe que você nem chegou a mencionar um cortejo de personalidades históricas medonhas, como os cruéis imperadores romanos, o incestuoso papa Alexandre Bórgia, sua filha Lucrécia envenenadora e vagabunda de carteirinha, também a "papisa" Joana, que se fez passar por homem, chegou a ocupar o trono de São Pedro e pariu em plena procissão (até hoje o Vaticano nega que ela tenha existido). Quanto à beleza portuguesa, ela existe, claro. Achei que você foi bem perspicaz ao destacar a questão dos ressentimentos históricos contra os portugueses. Sim, é verdade! Há uma antiga causa econômica por detrás desses rancores (ah! deixo claro, ainda, que também tenho minha dose de sangue português legítimo) O seu texto de hoje me fez rir um bocado, Alexandre. Ficou ótimo. A parte ruim é que você escolheu um tema muito vasto; seria impossível mencionar todas as breguices italianas... a gente começaria hoje e só terminaria na Copa do Mundo do quinto milênio. Também acho que a Itália não é uma porcaria. Essa mania de ficar mitificando povos e culturas é que é uma grande porcaria! Quase ia me esquecendo... a Itália também produziu o admirável, frio e realista Maquiavel! / Meu abraço e parabéns, Alexandre!

[Sobre "Grandes Carcamanos da História"]

por Dennis
21/6/2002 às
13h09 200.204.143.186
(+) Dennis no Digestivo...
 
amor ao circo
Genial Adriana. Assino embaixo de suas impressões sobre aquela noite mágica porque tive a sorte de estar lá também. Tomara que as outras cidades brasileiras aproveitem tanto quanto nós paranaenses, que devemos ter orgulho de nosso Ballet Guaíra. Abraços.

[Sobre "Uma pirueta, duas piruetas, bravo, bravo!"]

por Anelise
21/6/2002 às
14h05 200.160.22.154
(+) Anelise no Digestivo...
 
Futebol e Política?De novo????
Gente, não é possível!!! Até quando pessoas inteligentes vão continuar misturando futebol e politica??? Toda Copa do Mundo é a mesma coisa. Que saco!Todos os países que se prezam têm um "esporte-paixão". Por favor, abram a janela, deixem entrar o sol e observem o mundo real. E, como eu disse, ainda hoje, para um amigo, TEM que haver algo de errado em quem nasce no Brasil e não gosta (ao menos um pouquinho)de futebol...Saudações. Verde-amarelas (cheias de felicidade pelo jogo que ganhamos hoje), Ana.

[Sobre "Ludopédio em Pindorama"]

por Ana Veras
21/6/2002 às
11h54 199.228.142.5
(+) Ana Veras no Digestivo...
 
!!!
Tire-se a crase!!

[Sobre "Ludopédio em Pindorama"]

por RICARDO
21/6/2002 às
05h13 200.227.233.254
(+) RICARDO no Digestivo...
 
MAS IRRITA ...
Não estou acordado agora por insônia ou doença em família, mas porque centenas de cretinos manifestam sua estupidez soltando fogos e mais fogos e mais fogos ... Tire-se o doce deste povo sim! Até ele aprender a comportar-se! Garanto que se eu fizesse isso sozinho, que se soltasse fogos a esta hora, comemorando alguma coisa, a polícia já estaria batendo à minha porta. O voto deste "povo ignorante" pode mudar o destino deste país? Sei, sei, sei ...

[Sobre "Ludopédio em Pindorama"]

por RICARDO
21/6/2002 às
05h03 200.227.233.254
(+) RICARDO no Digestivo...
 
o q é arte contemporânea
Alexande,... uma breve definição de ARTE CONTEMPORÂNEA:- Quando se fala em «arte contemporânea» não é para designar tudo o que é produzido no momento, e sim aquilo que nos propõe um pensamento sobre a própria arte ou uma análise crítica da prática visual. Como dispositivo de pensamento, a arte interroga e atribui novos significados ao se apropriar de imagens, não só as que fazem parte da historia da arte, mas também as que habitam o cotidiano. O belo contemporâneo não busca mais o novo, nem o espanto, como as vanguardas da primeira metade deste século: propõe o estranhamento ou o questionamento da linguagem e sua leitura. / Geralmente, o artista de vanguarda tinha a necessidade de experimentar técnicas e metodologias, com o objetivo de criar novidades e se colocar à frente do progresso tecnológico. Hoje, fala-se até em ausência do "novo", num retorno à tradição. O artista contemporâneo tem outra mentalidade, a marca de sua arte não é mais a novidade moderna, mesmo a experimentação de técnicas e instrumentos novos visa a produção de outros significados. Diante da importância da imagem no mundo que estamos vivendo, tornou-se necessário para a contemporaneidade insinuar uma critica da imagem. O artista reprocessa linguagens aprofundando a sua pesquisa e sua poética. Ele tem a sua disposição como instrumental de trabalho, um conjunto de imagens. A arte passou a ocupar o espaço da invenção e da crítica de si mesmo. As novas tecnologias para a arte contemporânea não significam o fim, mas um meio à disposição da liberdade do artista, que se somam às técnicas e aos suportes tradicionais, para questionar o próprio visível, alterar a percepção, propor um enigma e não mais uma visão pronta do mundo. O trabalho do artista passa a exigir também do espectador uma determinada atenção, um olhar que pensa. Um vídeo, uma performance ou uma instalação não é mais contemporâneo do que uma litogravura ou uma pintura. A atualidade da arte é colocada em outra perspectiva. O pintor contemporâneo sabe que ele pinta mais sobre uma tela virgem, e é indispensável saber ver o que está atrás do branco: uma história. O que vai determinar a contemporaneidade é a qualidade da linguagem, o uso preciso do meio para expressar uma idéia, onde pesa experiência e informação. Não é simplesmente o manuseio do pincel ou do computador que vai qualificar a atualidade de uma obra de arte. Nem sempre as linguagens coerentes com o conhecimento de nosso tempo são as realizadas com as tecnologias mais avançadas. Acontece, muitas vezes, que os significados da arte atual se manifestam nas técnicas aparentemente «acadêmicas». Diante da tecnologia a arte reconhece os novos instrumentos de experimentar a linguagem, mas os instrumentos e suportes tradicionais estão sempre nos surpreendendo, quando inventam imagens que atraem o pensamento e o sentimento. Mas em que consiste essencialmente a arte contemporânea? Ou melhor: qual o segredo da arte na atualidade? Pode parecer um problema de literatura ou de filosofia. - É muito mais uma questão de ética do que de estilo, para se inventar com a arte uma reflexão. Não existem estilos ou movimentos como as vanguardas que fizeram a modernidade. O que há é uma pluralidade de estilos, de linguagens, contraditórios e independentes, convivendo em paralelo, porque a arte contemporânea não é o lugar da afirmação de verdades absolutas. Almandrade

[Sobre "O fim da arte como conhecimento"]

por Almandrade
20/6/2002 às
22h23 200.151.201.71
(+) Almandrade no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DICCIONARIO SEXUAL - 9221
J. RODDIGER Y L. K. FRENSHAN
DUX, EDICIONES Y PUBLICACIONES
(1956)
R$ 10,00



GUIA POLITICAMENTE INCORRETO DA HISTÓRIA DO MUNDO - 5F
LEANDRO NARLOCH
LEYA
(2013)
R$ 10,00



AVENTURA NO EGITO
ELISABETH LOIBL
MELHORAMENTOS
(1996)
R$ 10,00



MUDANçA NA EDUCAçãO MEDICA E RESIDêNCIA MEDICA NO BRASIL
LAURA CAMARGO MACRUZ FEUERWERKER
REDE UNIDA/HUCITEC
(1998)
R$ 10,00



MEU QUERIDO ASSASSINO 8779
DALTON TREVISAN
RECORD
(1988)
R$ 10,00



PSICODRAMATIZAR - ENSAIOS
ALFREDO NAFFAH NETO
AGORA
(1980)
R$ 10,00



AMOR
LEO BUSCAGLIA
RECORD
(1978)
R$ 10,00



O QUARTO REI MÁGICO
CESAR ROMÃO
MANDARIM
(1999)
R$ 10,00



O MUNDO DA ARTE - ARTE MODERNA
NORBERT LYNTON
EXPRESSÃO E CULTURA
(1979)
R$ 10,00



PORTUGUÊS 4. ESTILO
ODILON SOARES LEME
BARROS FISCHER & ASSOCIADOS
(2014)
R$ 10,00





busca | avançada
83745 visitas/dia
2,4 milhões/mês