Meus parabéns | Eduardo

busca | avançada
82062 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> OBA HORTIFRUTI INAUGURA 25ª LOJA EM SÃO PAULO
>>> Bienal On-line promove studio visit com artista argentina Inés Raiteri
>>> Castelo realiza piqueniques com contemplação do pôr do sol ao ar livre
>>> A bailarina Ana Paula Oliveira dança com pássaro em videoinstalação de Eder Santos
>>> Festival junino online celebra 143 da cidade de Joanópolis
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> Fiel escudeiro
>>> Virtual: Conselheiro do Sertão estreia quinta, 24
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Cacá Diegues e os jornalistas
>>> A Casa é de Daniela Escobar
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
>>> Ação Afirmativa, Injustiça Insuspeita
>>> A mulher madura
>>> 15 de Dezembro #digestivo10anos
>>> A arte da crônica
>>> Passaralho
>>> 7 de Setembro
>>> O filho da Marisa Monte
Mais Recentes
>>> Georges Braque - Oeuvre Gravé de Catalogo pela Maeght ccbb (1994)
>>> História da locomoção terrestre de Maurice Fabre pela Morais (1966)
>>> Vincent Van Gogh - Wie was Who was qui était quien fué de Dr. J Hulsker pela Bert Bakker (1958)
>>> Cultura - Favela é Cidade e o Futuro das Nossas Cidades de João Paulo dos Reis Velloso Coordenação pela Fórum Nacional (2014)
>>> Orquídeas. 430 ilustrações a cores (coleção pequeno guia) de Floyd S. Shuttleworth pela Livraria Bertrand (1970)
>>> Do sonho às coisas: retratos subversivos de José Carlos Mariátegui pela Boitempo (2005)
>>> Gramsci: Periferia e Subalternidade de Marcos Del Roio pela Marcos Del Roio (2017)
>>> A legalização da classe operária de Bernard Edelman pela Boitempo (2016)
>>> Lenin - Um estudo sobre a unidade de seu pensamento de György Lukács pela Boitempo (2012)
>>> Caminhos divergentes: judaicidade e crítica do sionismo de Judith Butler pela Boitempo (2017)
>>> Bibia Quer Tangerica - Autografado de Gilda Rizzo pela Francisco Alves (1987)
>>> Um Lugar Chamado Céu de Regina Rennó pela Ed Lê (1997)
>>> Cropas Ou Praus? de Angela Carneiro; Lia Neiva; Sylvia Orthof pela Ediouro (1994)
>>> Ovos Nevados de Sylvia Orthof pela Formato (1997)
>>> O Diário de Verônica o Primeiro Dia de Férias de Maud Frère pela Pierre Tisné (1965)
>>> A Lenda da Paxiúba de Terezinha Eboli pela Ediouro (1997)
>>> A Floresta Poluída 19ª Ed de Maria Auxiliadora Moreira Duarte pela Ed Lê (1999)
>>> A Ceia dos Cardeais Com Ilustrações de Alberto Souza de Júlio Dantas pela Clássica (1951)
>>> Mundo Criado, Trabalho Dobrado de Elias José pela Atual (1996)
>>> A Fada Que Tinha Idéias de Fernanda Lopes de Almeida pela Ática (1985)
>>> Uma História de Nuvens de Rosângela Guerra pela Ed Lê (1990)
>>> Meu Álbum de Contrastes - Coleção Contrastes Personalidades de Semíramis Paterno; André Bordini pela Arco-Íris (1996)
>>> Palavras, Palavrinhas & Palavrões - Leitura Em Minha Casa de Ana Maria Machado pela Quinteto Editorial (2003)
>>> People Level 1 - Bunny Books 3rd Edition de Eduardo Amos; Elisabeth Prescher pela Moderna (1995)
>>> A Confeitaria Colombo: História Anecdotica Desenvolvimento Comercial de A Confeitaria Colombo pela J C Ed (1929)
COMENTÁRIOS

Quarta-feira, 2/7/2003
Comentários
Leitores


Meus parabéns
Daniel: ótimo texto. Um equilibrado elogio que faltava a São Paulo - apontando os seus defeitos e os seus achados. Meus parabéns.

[Sobre "São Paulo: veneno antimonotonia"]

por Eduardo
2/7/2003 às
18h04 200.183.87.210
(+) Eduardo no Digestivo...
 
Matrix é Internet !
O grande lance é que não importa se é real ou virtual. Se é filosofico ou religioso. Por enquanto oque podemos concluir é que Matrix não passa de um sistema operacional, que vai ficando velho e antiquado com o tempo, assim como o desenvolvimento de hardwares e softwares. Nosso computador vai ficando cheio de programas, o HD lotado, informações perdidas, falhas constantes, vírus que as vezes nem sabemos que tem em nossos computadores e as vezes programinhas indesejaveis (tais como aqueles de jogos de azar que aparecem sem a nossa consciente permissão), alguns tão chatos que nem conseguimos apaga-los de nossos computadores. Por trás de todo aquele assunto filosofico, religioso e pagão, compreendemos que Matrix é uma grande rede de interação/comunicação entre os humanos tumultuada dentro de um computador. De tempos em tempos é necessario fazer uma "formatação" do HD, reinstalação do "Windows", reformulação de programas e reconecta-lo com a Internet para que ele volte a funcionar normalmente. Só que, tudo isso é representado de uma forma extremamente inteligente, numa interação entre maquina e homem.

[Sobre "The Matrix Reloaded"]

por Rodrigo Silva
2/7/2003 às
10h00 200.148.86.39
(+) Rodrigo Silva no Digestivo...
 
Faça um filme
Não há problema algum em formatar o cinema ao gosto do público. Há público e público, que escolhe, desloca-se e paga. É diferente da tv. Citar sucessos como exemplo é perfeitamente adequado. Enumeremos exemplos bem-sucedidos para todos os públicos. Problemática para o cinema brasileiro é a mentalidade jecaprovinciana, que vê em todo sujeito que consegue meter-se atrás de uma câmara, um iluminado, a quem deve-se render o sacrifício de engolir a sua panacéia, tenha que gosto tiver. Há muito superamos isto na literatura. No cinema grassa esta excrescência estupidificante. Para que as câmaras produzam arte são necessários sim incentivos públicos e iniciativas privadas, principalmente à (utópica?) democratização do acesso à operação desta máquina surrealista e também ao seu produto.

[Sobre "Cinema brasileiro agora é notícia. Por quê?"]

por Jean Scharlau
1/7/2003 às
02h23 200.203.82.31
(+) Jean Scharlau no Digestivo...
 
Só podemos descobrir tentando
Sou um pretenso poeta , que acredita no amor e no romantismo.. E foi nesta busca que entrei na net e achei uma pessoa muito especial, que é hoje o grande amor da minha vida e que se Deus quiser sera um dia minha esposa, estamos trabalhando em cima disso.Mas o que venho aqui salientar,é de que tudo na vida so se pode descobrir tentanto, metendo as caras como dizemos por ai, porque tudo na vida tem seu lado bom ou mal,e descobrir o que e bom ou mal depende do que buscamos ou queremos encontrar. Eu apesar de ser um homem, nao procurava sexo facil na net, mas concordo com a afirmação de que as mulheres nao podem ser tao ingenuas a ponto de embarcar as cegas numa desta,mas a internet tambem nao e um bicho de sete cabecas, eu acredito que conhecer uma pessoa pela internet e o mesmo que conhecer uma pessoa num barzinho ou numa danceteria , ou no onibus, porque o que entra em voga aqui , e o tempo que vc vai se "entregar" de uma vez, todos nós temos reservas e devemos dar um certo tempo para so então podermos liberá - las.No mundo em que vivemos hoje, em quem podemos confiar, o marido que vc vive a dez anos, um dia diz que vai embora porque esta tendo um caso com alguem a onze,a pessoa que era hetero te larga porque virou homo,sao os casos que vc ve na vida e que nao mudam com o passar do tempo. Antes de vir a internet, ja existiam salas de batepapos, mas essas eram feitas pelos correios, quando as pessoas se correspondiam por la. nada mudou e a internet , apenas facilitou... Todos temos de tomar cuidado em tudo que fazemos, na escolha de uma profissao, na escolha do par , da religiao , tudo isso denota cuidado e nao entrarmos as cegas , porque tudo que fizermos deixara cicatrizes, que nao serao jamais apagadas, todos nos temos um objetivo , fomos colocados aqui por isso , e nao devemos temer a jornada da vida. Já nos disse o escritor "Tudo vale a pena, se a alma não é pequena" O mundo virtual estaa cada dia, se tornando real...

[Sobre "A internet e o amor virtual"]

por adailto f. de sousa
30/6/2003 às
08h50 200.201.164.9
(+) adailto f. de sousa no Digestivo...
 
Ele piorou, ou nós mudamos?
Não seria simplesmente o efeito de nosso amadurecimento, que faz o nosso 'sentir que se pensa' tornar-se mais lúcido e diminui nossa embriaguês com a própria intumescência?

[Sobre "Rubem Fonseca e a inocência literária perdida"]

por Jean Scharlau
29/6/2003 à
01h59 200.180.190.92
(+) Jean Scharlau no Digestivo...
 
Tipicamente tupiniquim
Depois que a imprensa reacionária nativa começou a achincalhar o Michael Moore todos, indistintamente, passaram a fazer o mesmo. Creio que isso se deve à subserviência inexorável de Pindorama aos ianques.

[Sobre "A Oposição Adestrada"]

por Fabio Cardoso
27/6/2003 às
17h47 200.186.151.97
(+) Fabio Cardoso no Digestivo...
 
O que realmente incomoda?
Eduardo, mas a Parada do Orgulho Gay não tem como origem a demonstração do orgulho por essa orientação sexual, e sim protestar contra o preconceito que esse público sofre na sociedade. Acredito que esse tipo de movimento seja motivado por situações como a desse texto, que estereotipiza os homossexuais em determinadas atitudes, e usa termos que caracterizam o preconceito - liberar a rabiola, etc. Ah, pelo que eu saiba, a Parada não é exclusiva de homens que gostam de homens, mas também de lésbicas, travestis, etc. Também não acredito que os heteros sejam discriminados na passeata. Pelo que eu pude ver na TV, tinha até criança com os pais observando o movimento. Também sou contra atitudes que limitem o direito de ir e vir das outras pessoas. Não gosto da Micaroa, que fecha várias ruas da orla de João Pessoa, mas posso acusar a prefeitura de discriminação? Não. Fico em casa, ou vou para um lugar onde a música baiana e o pagode não me incomodem. Se a manifestação do homossexualismo te incomoda tanto, sugiro que você faça a mesma coisa na próxima Parada.

[Sobre "Preconceito invertido"]

por Adriana Baggio
4/7/2003 às
08h31 200.249.184.146
(+) Adriana Baggio no Digestivo...
 
Leia primeiro a biografia
Sou uma admiradora de Lima Barreto, e adoro a biografia dele, feita, impecávelmente pelo jornalista e escritor Francisco de Assis Barbosa, que Ricardo de Mattos analisa tão precisamente no Digestivo Cultural. Biografias não me atraem porque a maioria só se preocupa com detalhes menores da vida das pessoas, mas a de Lima Barreto é tão boa que já faz parte dos livros básicos sobre o escritor pré-modernista. Para quem não sabe nada sobre Afonso Henriques. É bom começar com A vida de Lima Barreto, e depois enveredar pela obra do mulato carioca. Desse modo se terá uma visão completa do ambiente, do homem e da época que ele viveu. Considero Lima Barreto um dos escritores fundamentais.

[Sobre "Da Biografia de Lima Barreto"]

por Sandra Chaves
26/6/2003 às
10h04 200.255.169.4
(+) Sandra Chaves no Digestivo...
 
Som do bom
O trabalho do Fred Martins é de alto estilo e merece romper essa barreira que a indústria cultural impõe. Aqueles que conseguirem pular o muro e chegar até o trabalho do Fred certamente vão curtir o som. De primeira.

[Sobre "Janelas"]

por Reny Cruvinel
25/6/2003 às
16h16 200.137.227.95
(+) Reny Cruvinel no Digestivo...
 
Reforçando as trincheiras
Você ainda não ouviu nada - Sergio Mendes & Bossa Rio Cine Baronesa - Guinga Geraes - Milton Nascimento O importante é que a nosssa emoção sobreviva - Paulo César Pinheiro, Eduardo Gudin e Márcia Cartola - O 1o. Elis Regina - Qualquer um. Um hino - O Corsário, na voz de Elis.

[Sobre "Por onde anda a MPB atualmente?"]

por Sergio Fonseca
22/6/2003 às
15h55 200.179.40.140
(+) Sergio Fonseca no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




As Ideias no Lugar: Tecnologia, Mística e Alteridade na Cultura
Marcio Tavares Damaral
E-papers
(2009)



O Controle de Políticas Públicas pelo Poder Judiciário;
Revista Magister Direito Civil e P. Civil, 30
Magister (porto Alegre)



Seminário Soluções para a Execução Fiscal no Brasil
Almir Martins Bastos (apresentação)
Ajufe
(2000)



Islamic Thought in the Quran
Ayatollah Sayyed Ali Khamenei
Sahba Institute
(2017)



Acidentes do Trabalho e Doenças Ocupacionais
Antonio Lopes Monteiro
Saraiva
(2007)



Tempestade sem Bonança
Françoise Sagan
Record
(1983)



Títeres de Ninguém - Autografado
Valdir Rocha
Letras Contemporâneas



Comunicação - Discursos, Práticas e Tendências
Antonio Barros e Outros
Rideel
(2001)



Embargos de Declaração no Processo Civil
Antonio Carlos Silva
Lumen Juris (rj)
(2000)



Diccionario Heretico 9ª Edição
Humberto Quino
El Perro Celestial
(1997)





busca | avançada
82062 visitas/dia
2,7 milhões/mês