Guinga e Moacir Santos | CRRocha_Guitar

busca | avançada
74501 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Espetáculo “Canções Para Pequenos Ouvidos” chega ao Teatro Clara Nunes, em Diadema
>>> Escrever outros Corpos - Criar outras Margens || BELIZARIO Galeria
>>> SESC 24 DE MAIO RECEBE EVENTO DE LANÇAMENTO DA COLEÇÃO ARQUITETOS DA CIDADE
>>> Dramaturgo Ed Anderson lança livro com textos de espetáculos
>>> Encomenda De Livro On-Line É Disparo Para Novo Espetáculo Do Grupo Pano
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
Colunistas
Últimos Posts
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
Últimos Posts
>>> Universos paralelos
>>> Deseduquei
>>> Cuidado com a mentira!
>>> E agora? Vai ter pesquisa novamente?
>>> Cabelos brancos
>>> Liberdade
>>> Idênticos
>>> Bizarro ou sem noção
>>> Sete Belo
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Trailer do Fim do Mundo
>>> Uísque ruim, degustador incompetente
>>> O bom e velho jornalismo de sempre
>>> Apresentação
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> A fragilidade dos laços humanos
>>> Anomailas, por Gauguin
>>> Felicidade
>>> Ano novo, vida nova.
>>> 31 de Maio #digestivo10anos
Mais Recentes
>>> Magistratura do trabalho (ótimo estado) de Lucas dos Santos Pavione / André Araújo Molina / Januário Justino Ferreira e outros pela Saraiva (2014)
>>> Fundamentos de Estratigrafia Moderna de Jorge C. Della Fávera pela EdUerj (2001)
>>> Livro - O Estranho Caso do Cachorro Morto de Mark Haddon pela Record (2012)
>>> Livro - Pomba-gira Cigana de Maria Helena Farelli pela Pallas (2004)
>>> Tex Nº 234 de Bonelli pela Globo (1989)
>>> Matemática - Vol. Único de Facchini pela Saraiva (1997)
>>> Livro - Temqueliques: Limeriques do Poderoso e Perigoso de Tatiana Belinky pela Panda Books (2008)
>>> Mais Forte do Que Nunca de Eliana Machado Coelho pela Lúmen (2011)
>>> Personagens ao Redor da Cruz de Tom Houston pela Encontro (2007)
>>> Livro de bolso - Carta ao Pai de Franz Kafka pela L&pm Editores (2004)
>>> Livro - A Formigadinha de Rossana Ramos pela Cortez (2010)
>>> Aniversário da II Guerra Mundial - 30 volumes de Abril Coleções pela Abril
>>> Tex Nº 291 - Terror na Cripta de Bonelli pela Globo (1994)
>>> O Rosto Materno de Deus de Leonardo Boff pela Vozes (2003)
>>> Livro - Bastard 9 de Kazushi Hagiwara pela Kazushi Hagiwara
>>> Livro de bolso - O Que É Física - Coleção Primeiros Passos 131 de Ernst W Hamburger pela Brasiliense (2001)
>>> Tex Nº 325 de Bonelli pela Globo (1996)
>>> Livro - O Menino e o Pardal de Daniel Munduruku pela Callis (2010)
>>> Diálogos com Cientistas e Sábios: A Busca da Unidade de Renée Weber pela Círculo do Livro (1990)
>>> Língua grega Volume 1: teoria de Henrique Murachco pela Vozes (2003)
>>> Livro de bolso - Agosto de Rubem Fonseca pela Companhia de Bolso (2006)
>>> Para Sempre Comigo de Marcelo Cezar pela Vida e Consciência (2007)
>>> Mulheres que correm com os lobos (muito bom) de Clarissa Pinkola Estés pela Rocco (2014)
>>> Lógica do sentido de Gilles Deleuze pela Perspectiva (2009)
>>> Tex Nº 303 de Bonelli pela Globo (1995)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 31/5/2010
Comentários
Leitores


Guinga e Moacir Santos
Oi, Rafael, parabéns por colocar na sua coluna dois do maiores valores da música instrumental, que são Moacir Santos com seus arranjos e composições de primeira grandeza, e Guinga, que é o diferencial na música instrumental com composições com um riqueza harmônica e melódica assustadora. Manda bala!

[Sobre "Meus álbuns: '00 - '09 ― Pt. 3"]

por CRRocha_Guitar
31/5/2010 à
01h09 200.158.228.122
(+) CRRocha_Guitar no Digestivo...
 
Como definir Deus?
A questão é definir Deus, afinal, dizer que acredita ou que é ateu, sem ter definido o que é ou quem é Deus, me parece muito improdutivo. Jesus de Nazaré, apelidado de o Chrisna (Christus) disse que somos todos assemelhados, negou ser Deus perante Pilatos e disse que o Pai tem tantas moradas... Mora dentro de cada um, ou seja, Jesus não deve ter sido muito compreendido pois também Ele não acreditaria no Deus Cristão! Interessante isto, mas basta estudar o que foi atribuído como palavras dele. Debater princípios religiosos é uma arena que não tem dados bons resultados, é preciso começar com outros princípios básicos de existência. Acima de tudo, o ser humano precisa saber que, para ser totalmente LIVRE, não pode haver ninguém acima e ninguém abaixo, isto seria Divino e à nossa imagem e semelhança. Quem não souber definir a si mesmo, como poderia definir Deus? O dia em que de fato alguém definir Deus, perceberá que está definido a si mesmo no básico de existência, antes deste Universo!

[Sobre "Para que o Cristianismo?"]

por Celito Medeiros
http://www.celitomedeiros.com
31/5/2010 à
00h52 201.86.21.187
(+) Celito Medeiros no Digestivo...
 
Nietzsche é espada!
Êpa... Cuidado com a Viviane. É espada. Ou não. Grande Nietzsche!

[Sobre "O cristianismo para Nietzsche"]

por guilherme
30/5/2010 às
15h26 189.71.111.139
(+) guilherme no Digestivo...
 
Nota 10
Nota 10. Com louvor. A Bethânia dispensa calçados... número 90 não dá, não daria, não dará. Na próxima nota, lembre da Marisinha Monte... poderosa, viu!

[Sobre "Maria Bethânia em Amor Festa Devoção"]

por guilherme
30/5/2010 às
15h12 189.71.111.139
(+) guilherme no Digestivo...
 
Vandré não quer badalação
Não poderia deixar de comentar nesse maravilhoso blog. Tenho 53 anos. Quando Vandré participava do 1º festival da canção em 1965 e depois em 68, eu ainda morava no interior de Minas. Por lá, as notícias chegavam bem pela metade. Só vim a entender melhor a obra desse maravilhoso compositor brasileiro a partir de 1977. Nesta época, a ditadura ainda nos causava dor e indignação. Lembro-me que passei uma noite inteira junto a um grupo de amigos munidos de violão e tudo, cantando a famosa "Pra não dizer que não falei das flores". Acredito que o Vandré não queira badalação. Quer ser apenas um cidadão comum e ele tem esse direito. Obrigada, Vandré, pela sua rica contribuição cultural, artística e revolucionária! Um beijo em seu coração!

[Sobre "Geraldo Vandré, 70 anos"]

por Jace
http://twitter.com/jacevegana
30/5/2010 às
12h59 187.58.7.202
(+) Jace no Digestivo...
 
Não há tradução... sorry
Quando li o original acima em inglês, pensei "impossível traduzir", depois ao deparar com a tradução abaixo... bom, confirmei minha suspeita. Assim, com todo respeito aos grandes, tanto o falecido autor como Millôr, há certas coisas para as quais realmente, não há tradução... sorry.

[Sobre "O dia em que traduzi Renato Russo"]

por Marko
http://twitter.com/yakolev
29/5/2010 à
01h42 189.33.204.218
(+) Marko no Digestivo...
 
Onde errou o nazareno?
Jesus ensinou os indivíduos a lutarem contra o ego, o que os torna mais fortes, a ponto de os verdadeiramente sinceros se tornarem o super homem estimado por Nietzche. Assim sendo, posso lhes perguntar onde errou o nazareno segundo o filósofo?

[Sobre "O cristianismo para Nietzsche"]

por mauro judice
http://www.gizeditorial.com.br/maurojudice
28/5/2010 às
22h28 201.93.70.202
(+) mauro judice no Digestivo...
 
Pedras e pontes
Há sábios e tolos, santos e vermes, lúcidos e cegos em ambos os lados desse riacho estreito e é fácil encontrá-los, aos pares, comendo na mesma mesa, religiosa ou agnóstica. Não há um único lugar em que não se os encontre, uma única instituição imaculada, basta observar. Mas qual teria sido o motivo e o objetivo deste enxovalhamento exclusivo da fé cristã feito por Nietzsche? Seria em louvor ao judaísmo? Ao budismo? Ao islamismo? Ao politeísmo? Ao ateísmo? Com pedras, melhor é construir pontes. Do contrário, atirá-las poderá, no máximo, ferir alguém, aqui ou acolá, sejam arremessadas por Nietzsche ou outro, menos culto, seja por qualquer cristão. A intolerância independe do QI e em nada ajuda a melhorar o planeta e a vida.

[Sobre "O cristianismo para Nietzsche"]

por ENEAS FINESSI
28/5/2010 às
20h14 189.5.41.99
(+) ENEAS FINESSI no Digestivo...
 
Cristianismo e cristandade
Confundem cristianismo com cristandade. Cristianismo é seguir a conduta do Cristo. E quem segue, exceto uns poucos? Não é porque padres e pastores desvirtuaram as palavras de Jesus que Ele deixou de dizer a coisa certa. Estaria se revirando no túmulo se não tivessem roubado seu corpo (nem bem morreu e já começaram a fazer besteira). Aliás, foram roubar um cadáver de quem ia ressuscitar. Tiranos e sanguinários de todos os tempos diziam agir em nome da verdade. E, por isto, a verdade deve deixar de existir? E que marotice é esta, Jardel, que vemos no livro citado? Pedir para um pastor falar em nome do cristianismo é o mesmo que criar debate sobre comportamento e confrontar um professor e um aluno da pior turma do ginásio. E para não dizerem que não acredito na existência de padres ou pastores sinceros, existem uns poucos, apesar dos horrores que fazem suas igrejas. São homens de fé inabalável.

[Sobre "Para que o Cristianismo?"]

por mauro judice
http://www.gizeditorial.com.br/maurojudice
28/5/2010 às
17h46 200.100.72.95
(+) mauro judice no Digestivo...
 
Nietzsche não errou!
Realmente alguns não entendem mesmo Nietzsche, pois ele realmente atacou a religião cristã, e não só a igreja católica. Compará-lo a Lutero é ridículo (pois o próprio já o havia atacado), dizer que ele atacou padres pedófilos é desmoralizante... ele atacou a ignorância cristã que vendeu e matou a consciência do homem para seus instintos, que colocou uma espessa nuvem de ilusão nos olhos do homem pequeno, que o faz inverter os reais valores da vida... e sim, definitivamente Nietzsche não acreditava em um Deus supremo e muito menos no deus dos judeus, portanto Nietzsche não errou!

[Sobre "O cristianismo para Nietzsche"]

por Carlos Patez
http://capatez.zip.net
28/5/2010 às
11h43 189.19.67.141
(+) Carlos Patez no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O pequeno Príncipe
Antoine de Saint Exupéry
Agir
(2006)



Trabalho Infância - Exercícios Tensos de Ser Criança - Haverá Espaço..
Miguel G. Arroyo & Maria dos Anjos Lopes Viella ..
Vozes
(2015)



Por Dentro do Trabalho - Ergonomia: Método & Técnica
Alain Wisner
Ftd/oboré
(1987)



Livro - O Silêncio das Missões de Paz
Reginaldo Mattar Nasser
Educ
(2012)



A Luz Que Não Se Apaga
Carlos Alberto de Nóbrega
Novo Século
(2004)



Planejamento Estratégico e Operacional
Luís Moretto
Dca
(2012)



Wolverine N° 86
Marvel
Panini Comics
(2012)



Livro - Querido Bebê: um Romance Sobre ~planos~ Imprevistos e Encontros
Julia Braga
Mapa. Lab
(2020)



O Código Da Vinci
Dan Brown
Sextante
(2004)



Perspectiva 19 (espanhol)(1999)
Equipo Parramon
Paramón
(1999)





busca | avançada
74501 visitas/dia
2,0 milhão/mês