Guinga e Moacir Santos | CRRocha_Guitar

busca | avançada
80910 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Contos do Índio e da Floresta estreia dias 03 e 04 de outubro na Sympla Streaming
>>> “Conversa de Criança – Coronavírus” discute o acolhimento das emoções das crianças durante pandemia
>>> São Paulo ganha grafitti gigante que propõe reflexão sobre igualdade racial
>>> Buena Onda Reggae Club faz maratona de shows online a partir de 1ª de outubro
>>> Filó Machado e Felipe Machado dividem o palco em show online pelo CulturaEmCasa
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> O jornalismo que dá nojo
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Útil paisagem
>>> O Brasil da inovação
>>> A terra das oportunidades
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Two lost souls living in a fish bowl
>>> Brochadas, romance inquietante de Jacques Fux
>>> É Julio mesmo, sem acento
Mais Recentes
>>> Almanaque Total sagitário de André De Biasi pela Três
>>> Obra Imatura de Mário de Andrade pela Agir (2009)
>>> Plotinus - ennead ii, v.2 de Plotino; A. Hilary Armstrong pela Loeb (1966)
>>> A Vida dos Grandes Compositores de Harold C. Schonberg pela Novo Século (2012)
>>> Não Há Silêncio Que Não ermine de Ingrid Betancourt pela Companhia Das Letras (2010)
>>> Almirante Nelson -0 O Homem que derrotou Napoleão de Armando Vidigal pela Contexto (2012)
>>> No ser DIOS - Una Autobiografía a Cuatro Manos de Gianni Vattimo e Piergiorgio Paterlini pela Paidós Entornos 7 (2008)
>>> Pilares para uma Vida Saudável de Mohamad Barakat pela Vital (2017)
>>> Anticâncer Prevenir e vencer usando nossas defesas naturais de David Servan-Schreiber pela Fontanar (2008)
>>> A Marca da Vitória de Phil Knight pela Sextante (2016)
>>> O Grande Livro da Saúde Natural - 73 Segredos da Cura Sem Remédios de Jolovi Natural Health pela Jalovi Natural (2018)
>>> Slapstick Lonesome no more! de Kurt Vonnegut pela Dell (1976)
>>> Relatos de uma Quarentena de Acioli Junior pela Promove (2020)
>>> Les Fiançailles D'Imogène de Exbrayat pela Champs - Elysees (1971)
>>> Ce Jésus Qu'on Applle Christ de Jacques Loew pela Fayard-Mame (1970)
>>> The Enciclopedia of Reality - A Guide to the New Age de Kalinka Matson pela Granada (1979)
>>> The New Yorker de Owen Smith pela Condé Nast (2020)
>>> A Cada Um o Seu de Leonardo Sciascia pela Objetiva (2007)
>>> Rolling Stone Magazine April 2020 de Greta Thunberg pela Penske (2020)
>>> Wire Magazine 432 February 2020 de The Wire pela The Wire Magazine (2020)
>>> Songlines 107 May 2020 de Moonlight benjamin pela Ma (2020)
>>> Prog Magazine 110 June 2020 de Rick Wakeman pela Future (2020)
>>> Prog Magazine 107 March 2020 de Yes pela Future (2020)
>>> Playboy Magazine Fall 2019 de Kylie Jenner pela Playboy (2019)
>>> Downbeat Magazine April 2020 de Gregory Porter pela Db (2020)
>>> Le Coté de Guermantes de Marcel Proust pela Gllimard (1945)
>>> House & Garden July/August 2020 de Where the Hearts pela Condé Nast (2020)
>>> Uncut Magazine July 2020 de Bob Marley pela Bandlab (2020)
>>> Drogas e Álcool no Local de Trabalho de Drusilla Campbell e Marilyn Graham pela Nórdica (1991)
>>> Uncut Magazine June 2020 de Prnce pela Bandlab (2020)
>>> Uncut Magazine May 2020 de George Harrison pela Bandlab (2020)
>>> Os Deuses subterrâneos de Cristovam Buarque pela Record (2005)
>>> Uncut Magazine December 2019 de Bob Dylan pela Bandlab (2019)
>>> O livro da sabedoria dos pais de Edward Holffman pela Dcl (2010)
>>> O prazer da produção científica de Israel Belo de Azevedo pela Unimep (1998)
>>> O leque de Oxum de Vasconcelos Maia pela Ponte da Memória (2006)
>>> O mar, o Marujo de Mauro a. L. Hespanhol pela Chiado (2012)
>>> Os 4 pilares da lucratividade de Leslie H. Moeller; Edward C. Landry pela Campus (2010)
>>> A fuga de João Goulart de Hélio Silva pela Três (1998)
>>> A Majestade do Xingu de Moacyr Scliar pela Deagostini (2004)
>>> Memórias Sentimentais de João Miramar de Oswald de Andrade pela José Olympio (1973)
>>> Noventa e Três de Victor Hugo pela Otto (1980)
>>> A Queda de Albert Camus pela Circulo do Livro (1986)
>>> Você - A idéia mais fantástica de Deus de Max Lucado pela Thomas Nilson (2007)
>>> The abolition of the Brazilian slave trade de Leslie Bethell pela Cambridge University Press (2009)
>>> O processo de Franz Kafka pela Globo (1997)
>>> A brincadeira de Milan Kundera pela Circulo do Livro (1967)
>>> Vôo Noturno de A. de Saint - Exupery pela Circulo do Livro (1985)
>>> A Segunda Dama de Irving Wallace pela Circulo do Livro (1980)
>>> O RETRATO DE dORIAN gray de Oscar Wilde pela Circulo do Livro (1975)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 31/5/2010
Comentários
Leitores


Guinga e Moacir Santos
Oi, Rafael, parabéns por colocar na sua coluna dois do maiores valores da música instrumental, que são Moacir Santos com seus arranjos e composições de primeira grandeza, e Guinga, que é o diferencial na música instrumental com composições com um riqueza harmônica e melódica assustadora. Manda bala!

[Sobre "Meus álbuns: '00 - '09 ― Pt. 3"]

por CRRocha_Guitar
31/5/2010 à
01h09 200.158.228.122
(+) CRRocha_Guitar no Digestivo...
 
Como definir Deus?
A questão é definir Deus, afinal, dizer que acredita ou que é ateu, sem ter definido o que é ou quem é Deus, me parece muito improdutivo. Jesus de Nazaré, apelidado de o Chrisna (Christus) disse que somos todos assemelhados, negou ser Deus perante Pilatos e disse que o Pai tem tantas moradas... Mora dentro de cada um, ou seja, Jesus não deve ter sido muito compreendido pois também Ele não acreditaria no Deus Cristão! Interessante isto, mas basta estudar o que foi atribuído como palavras dele. Debater princípios religiosos é uma arena que não tem dados bons resultados, é preciso começar com outros princípios básicos de existência. Acima de tudo, o ser humano precisa saber que, para ser totalmente LIVRE, não pode haver ninguém acima e ninguém abaixo, isto seria Divino e à nossa imagem e semelhança. Quem não souber definir a si mesmo, como poderia definir Deus? O dia em que de fato alguém definir Deus, perceberá que está definido a si mesmo no básico de existência, antes deste Universo!

[Sobre "Para que o Cristianismo?"]

por Celito Medeiros
http://www.celitomedeiros.com
31/5/2010 à
00h52 201.86.21.187
(+) Celito Medeiros no Digestivo...
 
Nietzsche é espada!
Êpa... Cuidado com a Viviane. É espada. Ou não. Grande Nietzsche!

[Sobre "O cristianismo para Nietzsche"]

por guilherme
30/5/2010 às
15h26 189.71.111.139
(+) guilherme no Digestivo...
 
Nota 10
Nota 10. Com louvor. A Bethânia dispensa calçados... número 90 não dá, não daria, não dará. Na próxima nota, lembre da Marisinha Monte... poderosa, viu!

[Sobre "Maria Bethânia em Amor Festa Devoção"]

por guilherme
30/5/2010 às
15h12 189.71.111.139
(+) guilherme no Digestivo...
 
Vandré não quer badalação
Não poderia deixar de comentar nesse maravilhoso blog. Tenho 53 anos. Quando Vandré participava do 1º festival da canção em 1965 e depois em 68, eu ainda morava no interior de Minas. Por lá, as notícias chegavam bem pela metade. Só vim a entender melhor a obra desse maravilhoso compositor brasileiro a partir de 1977. Nesta época, a ditadura ainda nos causava dor e indignação. Lembro-me que passei uma noite inteira junto a um grupo de amigos munidos de violão e tudo, cantando a famosa "Pra não dizer que não falei das flores". Acredito que o Vandré não queira badalação. Quer ser apenas um cidadão comum e ele tem esse direito. Obrigada, Vandré, pela sua rica contribuição cultural, artística e revolucionária! Um beijo em seu coração!

[Sobre "Geraldo Vandré, 70 anos"]

por Jace
http://twitter.com/jacevegana
30/5/2010 às
12h59 187.58.7.202
(+) Jace no Digestivo...
 
Não há tradução... sorry
Quando li o original acima em inglês, pensei "impossível traduzir", depois ao deparar com a tradução abaixo... bom, confirmei minha suspeita. Assim, com todo respeito aos grandes, tanto o falecido autor como Millôr, há certas coisas para as quais realmente, não há tradução... sorry.

[Sobre "O dia em que traduzi Renato Russo"]

por Marko
http://twitter.com/yakolev
29/5/2010 à
01h42 189.33.204.218
(+) Marko no Digestivo...
 
Onde errou o nazareno?
Jesus ensinou os indivíduos a lutarem contra o ego, o que os torna mais fortes, a ponto de os verdadeiramente sinceros se tornarem o super homem estimado por Nietzche. Assim sendo, posso lhes perguntar onde errou o nazareno segundo o filósofo?

[Sobre "O cristianismo para Nietzsche"]

por mauro judice
http://www.gizeditorial.com.br/maurojudice
28/5/2010 às
22h28 201.93.70.202
(+) mauro judice no Digestivo...
 
Pedras e pontes
Há sábios e tolos, santos e vermes, lúcidos e cegos em ambos os lados desse riacho estreito e é fácil encontrá-los, aos pares, comendo na mesma mesa, religiosa ou agnóstica. Não há um único lugar em que não se os encontre, uma única instituição imaculada, basta observar. Mas qual teria sido o motivo e o objetivo deste enxovalhamento exclusivo da fé cristã feito por Nietzsche? Seria em louvor ao judaísmo? Ao budismo? Ao islamismo? Ao politeísmo? Ao ateísmo? Com pedras, melhor é construir pontes. Do contrário, atirá-las poderá, no máximo, ferir alguém, aqui ou acolá, sejam arremessadas por Nietzsche ou outro, menos culto, seja por qualquer cristão. A intolerância independe do QI e em nada ajuda a melhorar o planeta e a vida.

[Sobre "O cristianismo para Nietzsche"]

por ENEAS FINESSI
28/5/2010 às
20h14 189.5.41.99
(+) ENEAS FINESSI no Digestivo...
 
Cristianismo e cristandade
Confundem cristianismo com cristandade. Cristianismo é seguir a conduta do Cristo. E quem segue, exceto uns poucos? Não é porque padres e pastores desvirtuaram as palavras de Jesus que Ele deixou de dizer a coisa certa. Estaria se revirando no túmulo se não tivessem roubado seu corpo (nem bem morreu e já começaram a fazer besteira). Aliás, foram roubar um cadáver de quem ia ressuscitar. Tiranos e sanguinários de todos os tempos diziam agir em nome da verdade. E, por isto, a verdade deve deixar de existir? E que marotice é esta, Jardel, que vemos no livro citado? Pedir para um pastor falar em nome do cristianismo é o mesmo que criar debate sobre comportamento e confrontar um professor e um aluno da pior turma do ginásio. E para não dizerem que não acredito na existência de padres ou pastores sinceros, existem uns poucos, apesar dos horrores que fazem suas igrejas. São homens de fé inabalável.

[Sobre "Para que o Cristianismo?"]

por mauro judice
http://www.gizeditorial.com.br/maurojudice
28/5/2010 às
17h46 200.100.72.95
(+) mauro judice no Digestivo...
 
Nietzsche não errou!
Realmente alguns não entendem mesmo Nietzsche, pois ele realmente atacou a religião cristã, e não só a igreja católica. Compará-lo a Lutero é ridículo (pois o próprio já o havia atacado), dizer que ele atacou padres pedófilos é desmoralizante... ele atacou a ignorância cristã que vendeu e matou a consciência do homem para seus instintos, que colocou uma espessa nuvem de ilusão nos olhos do homem pequeno, que o faz inverter os reais valores da vida... e sim, definitivamente Nietzsche não acreditava em um Deus supremo e muito menos no deus dos judeus, portanto Nietzsche não errou!

[Sobre "O cristianismo para Nietzsche"]

por Carlos Patez
http://capatez.zip.net
28/5/2010 às
11h43 189.19.67.141
(+) Carlos Patez no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MISTÉRIO NA MORADA DO SOL
ISA SILVEIRA LEAL
MODERNA
(1983)
R$ 5,00



EVANGELHO ETERNO E ORAÇÕES PRODIGIOSAS
OSVALDO POLIDORO
ASSAHI
(2006)
R$ 7,50



ANDROPAUSA
JUAN CARLOS KUSNETZOFF
GENTE
(1997)
R$ 6,90



TÁBUA DE LOGARITMOS 4ª EDIÇÃO
ALBERTO NUNES SERRÃO
FENAME
(1963)
R$ 5,00



SOCIOLOGIA PARA O ENSINO MÉDIO
NELSON DACIO TOMAZI
SARAIVA
(2010)
R$ 59,90



O HOMEM É DEUS QUANDO CRIA
RENATO EZEQUIEL
ARMAZÉM DE IDÉIAS
(2002)
R$ 6,00



JAPONÊS O MELHOR GUIA DE CONVERSAÇÃO
JOSEPH R. MORGAN
VINTE UM
(2005)
R$ 14,00



CE JÉSUS QU'ON APPLLE CHRIST
JACQUES LOEW
FAYARD-MAME
(1970)
R$ 17,00



THE PROFESSIONALS BOOK OF SKILLS AND TACTICS (FUTEBOL)
KEN JONES E PAT WELTON (CAPA DURA)
MARSHALL CAVENDISH (LONDRES)
(1973)
R$ 48,82



O FATOR RENOVAÇÃO
ROBERT H. WATERMAN JR.
HARBRA
(1989)
R$ 7,00





busca | avançada
80910 visitas/dia
2,2 milhões/mês