E daí? | Fabiano

busca | avançada
75143 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Sesc 24 de Maio apresenta o terceiro episódio do Desafinados Entrevista
>>> Anexo LONA - Interações 1 - Cristina Elias & Thais Stoklos
>>> Viaje ao som de 'Sky', novo single de Dizin
>>> Lewis Wolpert explica como os organismos multicelulares se formam a partir de um simples óvulo
>>> Festival Aparecida Criativa surge para transformar a produção cultural de Sorocaba
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
>>> A vida é
>>> (...!)
>>> Notívagos
>>> Sou rosa do deserto
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Pensar Não é Viver
>>> Caminhos para Roma
>>> Solitária cidadã do mundo
>>> Breve biografia
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> A importância da virtude
>>> Deus ex machina
>>> Mulher-Flamingo
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
Mais Recentes
>>> The Teachings of the Compassionate Buddha de E. A. Burtt pela A Mentor Book (1955)
>>> História da Educação e da Pedagogia de Lorenzo Luzuriaga pela Companhia Nacional (1963)
>>> A ditadura de segurança nacional no Rio Grande do Sul(1964-1985): história e memória - volume 3 de Enrique Serra Padrós, Vânia M. Barbosa, Vanessa Albertinence Lopez e Ananda Simões Fernandes orgs. pela Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul (2014)
>>> El Jugador de Fedor Dostoievski pela Salvat / Alianza Editorial (1969)
>>> O Velho da Horta Auto da Barca do Inferno Farsa de Inês Pereira de Gil Vicente, Segismundo Spina pela Brasiliense (1990)
>>> Estado de Sítio; o Estrangeiro de Albert Camus pela Abril Cultural (1979)
>>> A Hagadá de Pessach de Leonard Baskin e Outros pela Bnai Brith do Brasil (1977)
>>> Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro - Poetas da Escola de Anna Helena Altenfelder pela Mec (2008)
>>> O Outro Lado da Vida - um Guia Psíquico para o Nosso Mundo de Sylvia Browne - Lindsay Harrison pela Sextante (2000)
>>> El ritmo lúdico y los placeres en Bogotá de Victoria Peralta pela Ariel (1995)
>>> Cabala - a Tradição Esotérica do Ocidente de F. V. Lorenz pela Pensamento
>>> Doctor Dolittles Circus de Hugh Lofting pela Butler & Tanner (1967)
>>> Mulher Inteligente Valoriza o Dinheiro Pensa no Futuro e Investe de Sandra Blanco pela Qualymark (2004)
>>> Acervo Fotográfico Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Pe. Pedro Renato Carlesso pela Serrana (2006)
>>> Éticas multiculturais - sobre convivência humana possível de Pedro Demo pela Vozes (2005)
>>> Felicidade de Elias Teixeira pela Casa Dois (2013)
>>> Manual de Jornalismo da Radiobrás de Celso Nucci pela Radiobrás (2006)
>>> Desonrada - Depoimento de Mukhtar Mai - Marie Thérèse Cuny pela Best Seller (2007)
>>> Ruah - Quebrando Paradigmas de Que Gordura é Saúde e Magreza é Doença de Padre Marcelo Rossi pela Principium (2015)
>>> Movimento Nacional pela Livre Iniciativa de Roberto CorrÊa (org.) pela Espm (2008)
>>> A Nova Guerra Contra Israel de Herbert London; Jed Babbin pela Simonsen (2015)
>>> Geometria de 1ª a 4ª Série – Uma Brincadeira Séria de Carmen Cecília Schmitz e Outros pela Unisinos (1994)
>>> Encantadores de Vidas de Eduardo Moreira; Nuno Cobra; Monty Roberts pela Record (2012)
>>> Inteligência emocional no trabalho de hendrie Weisinger pela Objetiva (2001)
>>> Pequeno Manual de Princípios do Sucesso de Mamie Mccullough pela United Press (1999)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 15/7/2005
Comentários
Leitores


E daí?
Pois eu tentei assistir alguns episódios e sinceramente não vi nada demais na badaladíssima e premiadíssima série 24 horas. A começar pela insistência em explicar que oh, vejam só, acontece tudo em tempo real, são as 24 horas do dia do agente fulano e que a ação não para nunca e acontece tudo ao mesmo tempo que aparece em vários quadros. Mas eu pergunto: e daí? Que diferença faz se a história acontece em 24, 48 ou 72 horas ininterruptas? E quantos milhares de filmes, seriados, livros já exploraram essa idéia? Do pouco que vi cheguei a conclusão que se eu quiser me divertir de verdade com tiroteios, explosões nucleares, virus letal, morte de presidente, ação louca sem parar com um relógio nervoso marcando o tempo é muito mais negócio investir meu tempo num joguinho de computador qualquer. Além de poder participar da história ainda não preciso me preocupar nem um pouco com a verossimilhança do que tá acontecendo. Mas de qualquer forma, obrigado pelo resumo. Não preciso me preocupar em ter assistir mais um pouco pra entender afinal porque tanta gente fala tanto desse tal de 24 horas. Pois vocês não viram? É incrivel. São 24 horas em tempo real que bla bla bla ... :-)

[Sobre "24 Horas: os medos e a fragilidade da América"]

por Fabiano
15/7/2005 às
09h59 200.96.66.142
(+) Fabiano no Digestivo...
 
Plasmando a realidade
Meu caro Marcelo, tenho assistido como você os episódios de 24 Hrs. E quanto mais assisto, mais próxima a conclusão de que os norte-americanos são causadores das próprias dores e sofrimentos. Digo isso por que eles buscam o sofrimento, seja intervindo onde não deviam, seja mentalizando tais ações terroristas através desses expedientes (seriados, etc.).

[Sobre "24 Horas: os medos e a fragilidade da América"]

por Marcelo Acuña Coelho
15/7/2005 às
09h27 200.148.31.92
(+) Marcelo Acuña Coelho no Digestivo...
 
outra discussão
Quase Perfeito! :) Só retocaria aonde diz que os posts antigos se esquecem, embrulham peixe. Quem os faz, guarda! Arquiva, para um outro futuro, aonde talvez haja mais "espaço" para se publicar um livro, que será lido talvez por bem menos gente, em maior espaço de tempo.É uma ferramenta para quem gosta e tem vontade de escrever. Só por isso, o blog já é ótimo nesse país. Concorda? Talentos, gênios literarios, já é outra discussão. Abraços.

[Sobre "Blogo, logo existo"]

por Gisele
14/7/2005 às
22h30 200.148.95.180
(+) Gisele no Digestivo...
 
muito legal
Ola', Andrea, gosto muito de seus pensamentos...

[Sobre "Escrever para não morrer"]

por daniel
14/7/2005 às
17h48 200.146.22.120
(+) daniel no Digestivo...
 
Afe!
Além do que, caro Marcelo, têm um monte de gente escrevendo mal faz tempo. E pior, enriquecendo com isso! Afe.

[Sobre "Como escrever bem – parte 3"]

por Iria Bari
14/7/2005 às
11h45 200.198.77.106
(+) Iria Bari no Digestivo...
 
Saudade do grande jornalismo
É com muita saudade daquela época que eu li o seu artigo. Foi um período muito criativo da música internacional e da MPB. Eu lia os artigos da Rolling Stone nacional com muito prazer como faço até hoje. Eu gostaria muito de recuperar algumas edições que perdi. A Rolling Stone nacional representa saudade da minha adolescência e de um jornalismo inesquecível e de grande marco para nossa música.

[Sobre "A Rolling Stone brasileira"]

por Ricardo de Oliveira
14/7/2005 às
10h56 152.92.168.3
(+) Ricardo de Oliveira no Digestivo...
 
Fui fisgada
Olá, Lisandro! Fazendo uma busca no google sobre o George Mikes acabei caindo aqui no Digestivo Cultural por acaso. Dei de cara com esse seu texto – muito engraçado, diga-se de passagem – e não saí mais daqui... vou fuçar mais um pouco. Parabéns, abraço.

[Sobre "Roteiro de um ano"]

por Lívia Santana
13/7/2005 às
15h34 200.164.156.253
(+) Lívia Santana no Digestivo...
 
De primeira!
Grande Guilherme, parabéns pela excelente estréia no "Digestivo".

[Sobre "Crônicas de solidão urbana"]

por André Cintra
13/7/2005 às
13h19 200.186.101.7
(+) André Cintra no Digestivo...
 
Como Holden Caulfield
Achei o livro "The Catcher in the Rye" por acaso, numa das prateleiras de uma biblioteca em uma cidadezinha qualquer. O livro praticamente pulou da prateleira para as minhas mãos. Não tive outra escolha senão lê-lo. E gostei muito, principalmente porque em várias situações identifiquei-me com Holden Caulfield, sem contar os pensamentos que passam tão depressa e aquela sensação de sentir-se uma exceção, ou um personagem fora do contexto quando há ao nosso redor tanta hipocrisia.

[Sobre "O apanhador no campo de centeio"]

por M.B.N.F.
13/7/2005 às
02h19 201.1.144.51
(+) M.B.N.F. no Digestivo...
 
escrever... tá tão saturado!
De vez em vez passo por aqui. Dá de rir um pouco, na boa. Mas sei lá, sobre escrever, escrever, escrever... isso tá tão saturado, parece. Tá pior que o abstracionismo barato de quadro de escritório. O cara escreve qualquer coisa, uma viagem qualquer, tudo é válido, lota servidores de bits, quem sabe amanhã vai ser apagado, e não fica nada, não mata a fome de leitura. Uma tagarelice pra passar o tempo e que parece não se propor a isso (é a pós-modernidade, dizem uns). Bulhufas. Gosto muito de literatura, de escrever, mas tem uma hora que a coisa só gira em torno do umbigo, sei lá. Embora esteja stand-by com a literatura, é meu trabalho escrever uma, duas, três paginas todos os dias. Um dia depois, a cidade inteira (generalização, bãn) lê. Não ganho a menos ou a mais por isso, não fico mais ou menos famoso (o que é ficar famoso, aparecer na mídia, bãn?) Na verdade, nem sei quem me lê. Essa pessoa não tem rosto. É até capaz de naquele dia ninguem me ler, e daí? Às vezes uns ligam pra xingar, às vezes pra fazer um elogio rápido na rua, sem uma argumentação consistente. E eu só trabalho para quem me lê, na verdade. Sou repórter de jornal diário, não faço artigo, faço matéria, de preferência reportagem. E, olha, essa coisa de escrever por escrever tá estéril... o que nutre as palavras mesmo é a realidade – é a lição boa que tirei dessa profissão "suspeita" que é o jornalismo. É narrar e não ficar matutando sobre tudo... é um santo remédio quando se escreve, se escreve, e tem-se a sensação de não dizer nada, para ninguem. Benjamin fala sobre isso em um texto do qual não me recordo agora. Ah... porque o lance de contar história, como antigamente, acabou, dizem uns. Acabou nada. Uma cambada que não consegue contar um bom causo prega que acabou, fica se lamuriando... oh, tudo está perdido, é o fim. Chega ao cúmulo de se promover em cima do apocalipse. E mais um bando estende o tapete vermelho. Aff. É só o cara sentir a realidade mais de perto, dar mais vida ao olhômetro, cheirômetro e etc., que sobra o que escrever, sem esforço, só por curtição. Acredito que a resposta de quem lê também é diferente, nesse caso. É isso, pode ser um pouco "realista", sei lá. Mas sou fã da imaginação, e como! Escrever tem a ver com fertilidade, fertilidade com vida. Abraços.

[Sobre "Sobre Parar de Escrever Para Sempre"]

por rogerkw
13/7/2005 à
00h19 200.101.242.157
(+) rogerkw no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




País das Neves
Yasunari Kawabata
Círculo do Livro
(1974)
R$ 13,00



Candida uma Doença do Século XX
Shirley S Lorenzani
Ground
(1989)
R$ 500,00



Sonhei que a neve fervia
Fal Azevedo
Rocco
(2012)
R$ 16,99



Jornada para a Meditação Voltando para Dentro
Rolf Sovik/ Psy. D.
Madras
(2012)
R$ 36,99



Manual de Prisão e Soltura Sob a Ótica Constitucional
José Herval Sampaio Júnior
Método
(2007)
R$ 27,00



Na Passarela do Samba
André Diniz, Diogo Cunha
Leya
(2014)
R$ 37,00



Você não merece ser feliz
Craque Daniel
Intrínsica
(2020)
R$ 24,00



Biblioteca da Arte - Os Impressionistas: Manet
Gernain Bazein
Três
(1973)
R$ 10,00



Nova York o Guia da Cidade
Vários Autores
Publifolha
(2008)
R$ 5,00



Poemas Escolhidos
Cláudio Manuel da Costa
Ediouro
R$ 5,00





busca | avançada
75143 visitas/dia
2,1 milhões/mês