Autoajuda: denominação errônea | Lilian Gonçalves

busca | avançada
56914 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Centro em Concerto - Palestras
>>> Crônicas do Não Tempo – lançamento de livro sobre jovem que vê o passado ao tocar nos objetos
>>> 10º FRAPA divulga primeiras atrações
>>> Concerto cênico Realejo de vida e morte, de Jocy de Oliveira, estreia no teatro do Sesc Pompeia
>>> Seminário Trajetórias do Ambientalismo Brasileiro, parceria entre Sesc e Unifesp, no Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
Últimos Posts
>>> PANFLETO AMAZÔNICO
>>> Coruja de papel
>>> Sou feliz, sou Samuel
>>> Andarilhos
>>> Melhores filme da semana em Cartaz no Cinema
>>> Casa ou Hotel: Entenda qual a melhor opção
>>> A lantejoula
>>> Armas da Primeira Guerra Mundial.
>>> Você está em um loop e não pode escapar
>>> O Apocalipse segundo Seu Tião
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Cadáveres
>>> A teoria do caos
>>> Ainda o mesmo assunto...
>>> Contradições da 30ª Mostra
>>> Chinese Democracy: grande disco
>>> 50 Anos de Preguiça e Insubmissão
>>> Dos Passos: duplamente grande
>>> 1992 e hoje
>>> 26 de Outubro #digestivo10anos
>>> Sabedoria de vida
Mais Recentes
>>> Prossiga Com Otimismo de R. O. Dantas pela Cardeal
>>> Serenando a Mente o Olhar Budista Sobre o Medo e o Terrorismo de Thich Bhat Hanh pela Vozes (2007)
>>> Revista Brasileira de Historia Nº 58 Repúblicas de Varios Autores pela Anpuh (2009)
>>> Pesquisa, Educação e Formação Humana nos Trilhos da História de Regina Célia Passos Ribeiro de Campos pela Autêntica (2010)
>>> A Educação e Seus Sujeitos na História de Maria de A. Nepomuceno & Elianda F. A. Tiballi pela Argvmentvm (2007)
>>> Iniciação ao Estudo da Sociologia de Caroline B. Rose pela Zahar (1976)
>>> Livro - Sentimentos do Mundo - Bolso de Carlos Drummond de Andrade pela Companhia de Bolso (2013)
>>> A Lua de Yakuza de Shoko Tendo pela Escala (2010)
>>> Introdução à Literatura Fantástica de Tzvetan Todorov pela Perspectiva (2012)
>>> O Dna do Sucesso de Jack Zufelt pela Best Seller (2005)
>>> Direito Administrativo Parte II Vol 20 de Marcio Fernando Elias Rosa pela Saraiva (2011)
>>> A caminho do Oeste de Sérgio Túlio Caldas pela Ed. DBA (2002)
>>> O Que é Leitura de Maria Helena Martins pela Brasiliense (1984)
>>> Revista de Direito Tributario 118 de Varios Autores pela Malheiros (2013)
>>> O Nascimento de Vênus de Sarah Dunant pela Record
>>> Uma Canção de Natal de Charles Dickens pela Penguin (2019)
>>> Marxismo e Filosofia da Linguagem de Mikhail M. Bakhtin pela Hucitec (2009)
>>> Cidadania e Direitos Em uma Nova Era: os Direitos Economicos e Sociais de Varios Autores pela Cladem (2003)
>>> Temas de Direito Tributario de Nélida Cristina dos Santos pela Saraiva (2013)
>>> O Martelo das Feiticeiras de Andrei Fernandes pela Ignis (2018)
>>> Os Doze Trabalhos de Hércules de Monteiro Lobato pela Brasiliense (1969)
>>> Os Limões da Minha Limonada de Alcides Amaral pela Cultura (2001)
>>> A Estafa do Ator de Thomaz Wood Jr. pela Ideias e Letras
>>> Direitos Humanos na Ordem Contemporanea Proteção Nacional Vol III de Flavia Piovesan pela Jurua (2010)
>>> La Dama de La Luna de Amy Tan; Gretchen Schields pela Tusquets / Circulo (1992)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 6/8/2010
Comentários
Leitores


Autoajuda: denominação errônea
Apesar de classificarem como autoajuda (já é padrão) essa denominação é errônea, porque o livro se torna um dispositivo para a ajuda, e quem lê não é somente o autor, sendo assim, quem ajuda é o livro enquanto dispositivo desencadeante de uma auto-avaliação. O texto me lembrou mmuito o livro "Quando Nietzsche chorou": ceticismo, resistência (por parte do esntrevistado) e a redenção.

[Sobre "O dia em que Paulo Coelho chorou"]

por Lilian Gonçalves
http://liliangoncalves.blogspot.com
6/8/2010 à
00h56 187.117.245.33
(+) Lilian Gonçalves no Digestivo...
 
Paulo Coelho não é problema
O problema não é o que Paulo escrve, nem quem lê Paulo, mas o que isso traduz...

[Sobre "O dia em que Paulo Coelho chorou"]

por Paulo Stockler
http://@stockler4
6/8/2010 à
00h52 189.32.19.123
(+) Paulo Stockler no Digestivo...
 
Ser inteiro é...
Carlos, é exatamente assim que eu penso. A dependência exagerada sufoca o outro. Precisamos, sim, de outras pessoas, de alguém em especial... mas não podemos jogar a responsabilidade da nossa felicidade nesse outro. Aí fica muito fácil achar um bode expiatório para tudo que dá errado na minha vida: eu sou infeliz por sua culpa, você não me faz feliz... você, você, você... e nunca eu. A gente tem que assumir a responsabilidade de muita coisa. Claro que alguém pode nos gerar algum sofrimento por determinado período de tempo. Mas não é tudo responsabilidade do outro. Tenho que assumir meus fracassos e frustrações... e até mesmo minhas conquistas e qualidade. Na minha visão, isso é ser inteiro.

[Sobre "Metade da laranja ou tampa da panela?"]

por Débora Carvalho
http://www.debcaroli.wordpress.com
4/8/2010 às
16h38 189.110.209.201
(+) Débora Carvalho no Digestivo...
 
Integralmente felizes
Débora, pois é justamene isso que faz com que nunca completemos esse jarro. Ganhamos experiências novas, descartamos as de outrora, nos renovamos, somos camaleões, mutações nos acometem a todo momento... O fato é que nossa necessidade dos outros nos é passada desde nossos antepassados. Na realidade, necessitamos do outro apenas quando nossa solidão já nos é um fardo. Mas reconheço que unir forças com alguém é prazeroso e como pessoas sociais que somos vem bem a calhar a presença do outro, desde que este respeite o momento de nossa "solidão". O problema existe quando achamos que dependemos de outras pessoas para nos sentirmos íntegros (acho que é isso que quer dizer com inteiro). Sair dessa cadeia de dependência é mui difícil, mas quando se consegue, enxergamos a vida por um ângulo diferente, e então teimamos em sermos felizes, integralmente felizes!

[Sobre "Metade da laranja ou tampa da panela?"]

por Carlos Patez
http://www.capatez.zip.net
4/8/2010 às
16h26 189.19.67.141
(+) Carlos Patez no Digestivo...
 
Estamos sempre mudando
Carlos, adorei "1+1=2" é melhor que "0,5+0,5=1". Não creio que exista um limite. Amadurecer é algo que não acaba nunca. E, falando sério, a cada experiência que vivemos, algo muda dentro da gente. Eu, por exemplo, a cada ano me sinto diferente, mudo de opinião e até de gosto por comida. Tem coisas que eu não gostava e passo a gostar, e vice-versa. Mudamos os hábitos, as crenças, os sentimentos. Acho que sabemos que somos completos quando não necessitamos que alguém nos faça feliz. É quando estar sozinho não incomoda tanto. É quando eu posso sair para ir à festa só, na boa, mas prefiro ir com você ou te encontrar lá. Se não tiver a sua companhia, posso ter a de uma amiga ou amigo. Acho que é isso. Não vou deixar de ir porque você não vai comigo. E viva a felicidade inteira!!!

[Sobre "Metade da laranja ou tampa da panela?"]

por Débora Carvalho
http://www.debcaroli.wordpress.com
4/8/2010 às
13h46 189.110.209.201
(+) Débora Carvalho no Digestivo...
 
Troca de experiências
Muito bem escrita essa sua pequena novela. Concordo com essa coisa de pessoas inteiras se "completando". Se sou completo, o que acrescento ao outro o faz incompleto ou podemos ensinar aprendendo, nos tornando inda mais cheios? Acho que somos dependentes das experiências dos outros e temos vontade de passar-lhes as nossas. Esta soma para mim é até matemática 1+1=2 (prefiro esta do que a 0,5+0,5=1). A "troca" de experiências é mais frutífera do que o simples "passar experiência" ao outro. Gostei, mas tive uma reflexão a esse respeito: quando sabe realmente quando está cheio, completo, pronto? Há um limite então para nós?

[Sobre "Metade da laranja ou tampa da panela?"]

por Carlos Patez
http://www.capatez.zip.net
4/8/2010 às
12h27 189.19.67.141
(+) Carlos Patez no Digestivo...
 
Sou pintora "autodidata" e ...
Sou pintora "autodidata" e ja vendi mais de 3.000 quadros e pergunto...o que ficara? Ai me vem `a cabeca uma frase de um critico de arte, nao lembro o nome, "as obras de arte tem valor pelos que as preservaram"...quantas, talvez melhores, nao sobreviveram.A expressao," uma imagem vale por mil palavras" faz com que eu tenha feito mais obras que muitos escritores, mas isso nao significa reconhecimento nem preservacao dos meus trabalhos. O que importa e' fazar, porque se ama o que se faz. O resto fica ao futuro. E isso o Paulo faz.Ama.

[Sobre "O dia em que Paulo Coelho chorou"]

por Maria Anna Machado
http://maria machado
4/8/2010 às
10h30 70.118.124.179
(+) Maria Anna Machado no Digestivo...
 
Parabéns pelo dom da música
A música é terapêutica. Parabéns pelo dom da música. Sem música a vida seria sem sal, amarga e tediosa.

[Sobre "3 perguntas: Voa Viola"]

por Ivone Vebber
2/8/2010 às
14h37 187.23.190.38
(+) Ivone Vebber no Digestivo...
 
Sem mais pudores e insegurança
Minha nossa! E eu tentando terminar um doutorado em geografia, a ponto de desistir por achar meu texto carente de fundamentação... Grata ao autor pelo excelente texto, foi o que eu precisava para, sem mais pudores e inseguranças, terminar mais um capítulo.

[Sobre "Claudia Leitte, articulista..."]

por Márcia Braga
2/8/2010 às
07h38 189.71.60.185
(+) Márcia Braga no Digestivo...
 
A felicidade tem seu preço
Olá, Célio. Quantas mulheres têm a mesma compreensão que eu? Posso garantir que muitas amigas e amigos que já vieram buscar conselhos... rs. Sim, eu sei bem o que é o peso do ensinamento da geração anterior. E também sei a delícia que é libertar-se desses conceitos que só nos trazem infelicidade. Sim, a grande maioria se permite ser infeliz por pura conveniência, porque a felicidade tem o seu preço. Ser alguém completo exige um alto preço de reflexão, autoconhecimento, e até mesmo o preço de "botar" algum conhecimento dentro da "cuca", seja por meio de leitura, por vivência, conhecer pessoas que tenham uma bagagem legal de vida - um psicólogo, por exemplo. Duas leituras me ajudaram muito: "Como se livrar de pessoas tóxicas" e "Para sempre a menininha do papai". E vamos defender a pessoa INTEIRA!!!

[Sobre "Metade da laranja ou tampa da panela?"]

por Débora Carvalho
http://www.debcaroli.wordpress.com
1/8/2010 às
22h12 189.110.228.243
(+) Débora Carvalho no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Cadeia
Clara Ramos
Jose Olympio
(1992)



Natureza e seres vivos
Samuel Murgel Branco
Moderna
(2004)



Projeto Múltiplo Geografia - Caderno de Estudo Parte I - Volume Único
João Carlos Moreira ;eustáquio de Sene
Scipione
(2014)



The Houseplant Book
Cynthia Wickham
Marshall Cavendish
(1978)



Fala e Escrita Em Questão
Dino Petri
Humanitas
(2001)



O desembarque - espiões nazistas ameaçam Washington
Haynes Johnson & Howard Simons
Marco Zero
(1987)



História em Revista O Mundo da Natureza
Vários Autores
Abril
(1993)



O Trabalho Em Minas Colonial
Gonçalves e Kantor
Atual
(1996)



Sinal Verde
Francisco Cândido Xavier
Cec
(2003)



Candeia de Sonhos
Florisbella Carneiro Zimmermann
Martins Livreiro





busca | avançada
56914 visitas/dia
1,8 milhão/mês