Estamos sempre mudando | Débora Carvalho

busca | avançada
83267 visitas/dia
2,3 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Zeca Camargo participa de webserie sobre produção sustentável de alimentos
>>> Valéria Chociai é uma das coautoras do novo livro Metamorfoses da Maturidade
>>> Edital seleciona 30 participantes do país para produção de vídeos sobre a infância
>>> Joca Andreazza dirige leitura de Auto da Barca de Camiri na série 8X HILDA
>>> Concerto Sinos da Primavera
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Janelário
>>> A vida é
>>> (...!)
>>> Notívagos
>>> Sou rosa do deserto
>>> Os Doidivanas: temporada começa com “O Protesto”
>>> Zé ninguém
>>> Também no Rio - Ao Pe. Júlio Lancellotti
>>> Sementinas
>>> Lima nova da velha fome
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Pesquisa e blog discutem "Marca Amazônia"
>>> Vida e morte do Correio da Manhã
>>> O site de Dorival Caymmi
>>> Entrevista à revista Capitu
>>> Figuras de linguagem e a escrita criativa
>>> Arte e Poupança
>>> Entrevista com Paulo Polzonoff Jr.
>>> A Marcha da Família: hoje e em 1964
>>> A escola está acabando
>>> Co-opting creative revolution
Mais Recentes
>>> Quarup de Antônio Callado pela Circulo do Livro
>>> As Vantagens de Ser Otimista de Allan Percy pela Sextante (2014)
>>> A Turma do Arrepio Nº 22 de Globo pela Globo (1991)
>>> Mundo do Terror Nº 12- Monstro Humano de Press Editorial pela Press Editorial (1987)
>>> Elogio da Mentria de Patricia Melo pela Companhia das Letras (1998)
>>> O Chefão - a Verdade Sobre a Máfia de Mário Puzo pela Expressão e Cultura (1970)
>>> Vigiar e Punir de Michel Foucault pela Vozes (1999)
>>> Uma Constelação de Fenômenos Vitais de Anthony Marra pela Intrinseca (2014)
>>> Os Reinos Bárbaros de Luciano Ramos pela Ática (1998)
>>> Tormenta de Espadas as Crônicas de Gelo e Fogo Livro 03 de George R R Martin pela Leya (2011)
>>> Morte no Litoral - um Crime Quase Perfeito de Nádia São Paulo pela Novo Século (2009)
>>> Pedagogia do Oprimido de Paulo Freire pela Paz & Terra (1968)
>>> As Tecnologias da Inteligencia de Pierre Lévy pela Editora 34 (1993)
>>> O Outro Lado da Vida do Crime - Autobiografia de Jucelino da Silva pela Nova Letra (2005)
>>> A Costureira de Dachau de Mary Chamberlain Alyne Azuma pela Harper Collins (2015)
>>> Roberto Marinho de Pedro Bial pela Jorge Zahar (2004)
>>> Pelo Caminho de Emaús de Ir. María de Lurdes Gascho (Coord) pela Loyola (2001)
>>> Os Reinos Bárbaros de Luciano Ramos pela Ática (1998)
>>> Morte na Alta Sociedade de Georges Simenon pela Globo (1987)
>>> Agitação á Beira- Mar Série Vaga Lume de Leusa Araujo pela Ática
>>> A História É Amarela - uma Antologia de 50 Entrevistas... de Equipe Abril pela Abril (2017)
>>> The Treasure of Monte Cristo de Alexandre Dumas; John Escott pela Macmillan Education (2010)
>>> Kátia Boca de Tambor - Qualquer Um, Menos Eu de Nancy Krulik pela Fundamento (2011)
>>> Psicologia Comportamental do Adolescente de Carlos del Nero pela Edibell (1970)
>>> A Utopia do Brasil de Justo Junior pela Soler (2004)
COMENTÁRIOS

Quarta-feira, 4/8/2010
Comentários
Leitores


Estamos sempre mudando
Carlos, adorei "1+1=2" é melhor que "0,5+0,5=1". Não creio que exista um limite. Amadurecer é algo que não acaba nunca. E, falando sério, a cada experiência que vivemos, algo muda dentro da gente. Eu, por exemplo, a cada ano me sinto diferente, mudo de opinião e até de gosto por comida. Tem coisas que eu não gostava e passo a gostar, e vice-versa. Mudamos os hábitos, as crenças, os sentimentos. Acho que sabemos que somos completos quando não necessitamos que alguém nos faça feliz. É quando estar sozinho não incomoda tanto. É quando eu posso sair para ir à festa só, na boa, mas prefiro ir com você ou te encontrar lá. Se não tiver a sua companhia, posso ter a de uma amiga ou amigo. Acho que é isso. Não vou deixar de ir porque você não vai comigo. E viva a felicidade inteira!!!

[Sobre "Metade da laranja ou tampa da panela?"]

por Débora Carvalho
http://www.debcaroli.wordpress.com
4/8/2010 às
13h46 189.110.209.201
(+) Débora Carvalho no Digestivo...
 
Troca de experiências
Muito bem escrita essa sua pequena novela. Concordo com essa coisa de pessoas inteiras se "completando". Se sou completo, o que acrescento ao outro o faz incompleto ou podemos ensinar aprendendo, nos tornando inda mais cheios? Acho que somos dependentes das experiências dos outros e temos vontade de passar-lhes as nossas. Esta soma para mim é até matemática 1+1=2 (prefiro esta do que a 0,5+0,5=1). A "troca" de experiências é mais frutífera do que o simples "passar experiência" ao outro. Gostei, mas tive uma reflexão a esse respeito: quando sabe realmente quando está cheio, completo, pronto? Há um limite então para nós?

[Sobre "Metade da laranja ou tampa da panela?"]

por Carlos Patez
http://www.capatez.zip.net
4/8/2010 às
12h27 189.19.67.141
(+) Carlos Patez no Digestivo...
 
Sou pintora "autodidata" e ...
Sou pintora "autodidata" e ja vendi mais de 3.000 quadros e pergunto...o que ficara? Ai me vem `a cabeca uma frase de um critico de arte, nao lembro o nome, "as obras de arte tem valor pelos que as preservaram"...quantas, talvez melhores, nao sobreviveram.A expressao," uma imagem vale por mil palavras" faz com que eu tenha feito mais obras que muitos escritores, mas isso nao significa reconhecimento nem preservacao dos meus trabalhos. O que importa e' fazar, porque se ama o que se faz. O resto fica ao futuro. E isso o Paulo faz.Ama.

[Sobre "O dia em que Paulo Coelho chorou"]

por Maria Anna Machado
http://maria machado
4/8/2010 às
10h30 70.118.124.179
(+) Maria Anna Machado no Digestivo...
 
Parabéns pelo dom da música
A música é terapêutica. Parabéns pelo dom da música. Sem música a vida seria sem sal, amarga e tediosa.

[Sobre "3 perguntas: Voa Viola"]

por Ivone Vebber
2/8/2010 às
14h37 187.23.190.38
(+) Ivone Vebber no Digestivo...
 
Sem mais pudores e insegurança
Minha nossa! E eu tentando terminar um doutorado em geografia, a ponto de desistir por achar meu texto carente de fundamentação... Grata ao autor pelo excelente texto, foi o que eu precisava para, sem mais pudores e inseguranças, terminar mais um capítulo.

[Sobre "Claudia Leitte, articulista..."]

por Márcia Braga
2/8/2010 às
07h38 189.71.60.185
(+) Márcia Braga no Digestivo...
 
A felicidade tem seu preço
Olá, Célio. Quantas mulheres têm a mesma compreensão que eu? Posso garantir que muitas amigas e amigos que já vieram buscar conselhos... rs. Sim, eu sei bem o que é o peso do ensinamento da geração anterior. E também sei a delícia que é libertar-se desses conceitos que só nos trazem infelicidade. Sim, a grande maioria se permite ser infeliz por pura conveniência, porque a felicidade tem o seu preço. Ser alguém completo exige um alto preço de reflexão, autoconhecimento, e até mesmo o preço de "botar" algum conhecimento dentro da "cuca", seja por meio de leitura, por vivência, conhecer pessoas que tenham uma bagagem legal de vida - um psicólogo, por exemplo. Duas leituras me ajudaram muito: "Como se livrar de pessoas tóxicas" e "Para sempre a menininha do papai". E vamos defender a pessoa INTEIRA!!!

[Sobre "Metade da laranja ou tampa da panela?"]

por Débora Carvalho
http://www.debcaroli.wordpress.com
1/8/2010 às
22h12 189.110.228.243
(+) Débora Carvalho no Digestivo...
 
Nem machista nem feminista
Não sei se devo, ou se posso falar diretamente com a Débora, mas vou mandar. Débora, boa noite! Achei excelente o diálogo que teve com a sua irmã caçula, porém farei alguns questionamentos. Quantas mulheres, como você, têm essa compreensão e convicção de qual é o seu real papel "nessa laranjada"? Já lhe ocorreu que muitas pessoas estão nessa situação por aceitarem o que nos foi ensinado e até imposto pelas gerações anteriores? E você também não acha que várias pessoas estão nesta condição por pura conveniência? Bem! De uma forma ou de outra, independente da escolha de cada um, quero lhe dar os parabéns, não só pelo texto, mas também por você estar passando esse pensamento que, com todo respeito, e se você me permitir, compartilho nesse momento. Não sou machista nem feminista, mesmo porque acho que esses dois rótulos não são necessários para um bom relacionamento entre homens e mulheres (salvaguardando e respeitando as pessoas com outras escolhas de relacionamentos), não é competição...

[Sobre "Metade da laranja ou tampa da panela?"]

por Célio José Ramiro
31/7/2010 às
23h01 187.52.93.201
(+) Célio José Ramiro no Digestivo...
 
Eu utilizo um leitor Nook
Eu utilizo um Nook, da Barnes and Noble, e gosto bastante. Só sinto falta de sublinhar e escrever nos lados das páginas...

[Sobre "Alfa, o leitor eletrônico da Positivo"]

por Renato Lima
http://www.cafecolombo.com.br
31/7/2010 às
17h39 187.78.86.189
(+) Renato Lima no Digestivo...
 
Metacronista?
Depois de escrever "Caçar em campo alheio ou como escrever crônicas", você vem com esse texto, também sobre a escrita. Estaria a cronista se transformando em metacronista? Se assim for, que seja, porque está ótimo!

[Sobre "Escrevendo com o inimigo"]

por Carlos Goettenauer
http://www.estadocronico.com.br
30/7/2010 às
16h14 170.66.1.235
(+) Carlos Goettenauer no Digestivo...
 
Nada se salva da mesmice
A morte anunciada do Jornal do Brasil não demonstra que o caminho é a internet. Demonstra apenas que o jornalismo ficou menos atraente. Há um monopólio no Rio de Janeiro que não faz bem à profissão de jornalista e muito menos aos assuntos que ele deveria cobrir. Mas eu sou de um tempo em que ser repórter de jornal era empolgante. Hoje é uma função quase burocrática, com os assuntos chegando pela internet, twitter e press-releases. Quem lê os jornais on-line percebe que estamos vivendo a cultura do único. Os textos são os mesmos, as notícias também. Nada se salva da mesmice.

[Sobre "A morte do Jornal do Brasil"]

por Sandra Chaves
30/7/2010 às
11h44 200.179.65.2
(+) Sandra Chaves no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Vivir para Contarla
Gabriel García Márquez
Debolsillo
(2017)
R$ 50,00
+ frete grátis



Portinari, o Menino de Brodósqui
Candido Portinari
Livroarte
(2001)
R$ 25,00



Odisseia
Homero
Delprado
R$ 18,97



O Magnífico Reitor
Louis Auchincloss
Nova Fronteira
R$ 6,90



Sociedade e Território Vol. 31 32 Dezembro Revista de Estudos Urban...
Diversos Autores
Reur
(2000)
R$ 22,66



Texde Ouro Nº 68
Jake T. Forbes; Chris Lie
Mythos
(2006)
R$ 1.487,00



Explicando o Santo Sudário
Renzo Baschera
Ediouro
(2005)
R$ 7,50



Projeto Multiplo: Matemática Volume 3 - Livro do Aluno
Luiz Roberto Dante
Ática
(2014)
R$ 120,00



Iniciacao (col. Circulo Secreto) - Vol. 1
L. J. Smith
Galera Record
(1992)
R$ 10,00



Vivencias Hiperfísicas
Vera Filizzola
Luz Azul
(1995)
R$ 5,00





busca | avançada
83267 visitas/dia
2,3 milhões/mês