Ensaio autobiográfico, de Jorge Luis Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
23157 visitas/dia
708 mil/mês
Mais Recentes
>>> Nesta quinta-feira, consumidores da capital poderão adquirir milhares de produtos com descontos
>>> Dois solos compõem a Terça Aberta no Kasulo
>>> Mídia em Foco debate as novas perspectivas do mercado da música
>>> "A PALAVRA FORA DO LUGAR: ESCRITORES REFUGIADOS E EM RISCO no CCBB RJ
>>> Escritora Regina Zappa fala sobre maio de 1968 no Sem Censura
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A Fera na Selva, filme de Paulo Betti
>>> Raio-X do imperialismo
>>> Cães, a fúria da pintura de Egas Francisco
>>> O Vendedor de Passados
>>> A confissão de Lúcio: as noites cariocas de Rangel
>>> Primavera para iniciantes
>>> Nobel, novo romance de Jacques Fux
>>> De Middangeard à Terra Média
>>> Dos sentidos secretos de cada coisa
>>> O pai da menina morta, romance de Tiago Ferro
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
>>> Psiu Poético em BH esta semana
Últimos Posts
>>> Publicando no Observatório de Alberto Dines
>>> Entre a esperança e a fé
>>> Tom Wolfe
>>> Terra e sonhos
>>> Que comece o espetáculo!
>>> A alforja de minha mãe
>>> Filosofia no colégio
>>> ZERO ABSOLUTO
>>> Go é um jogo mais simples do que imaginávamos
>>> Wild Wild Country
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Meu Tom Jobim
>>> Links & Links
>>> A suprema nostalgia
>>> O mundo aos olhos de um pescador
>>> A vingança dos certinhos
>>> Django Unchained, de Quentin Tarantino
>>> Sobre o Digestivo, minhas colunas e nossa história
>>> Adolescente lê, sim, senhor!
>>> Diálogos no Escuro
>>> As cartas de Dostoiévski
Mais Recentes
>>> Die Botschaft der Nahrung
>>> Asterix e os Normandos
>>> Asterix na Hispania
>>> Rio Bossa Nova
>>> 1001 Livros Para Ler Antes de Morrer
>>> Dom Quixote
>>> Casa-grande & senzala
>>> Os Clássicos da Política 2
>>> Os Clássicos da Política 1
>>> Aprender a Viver
>>> Os devaneios do caminhante solitário
>>> Olga
>>> Diagnóstico e Tratamento dos Problemas de Aprendizagem
>>> Obras
>>> Prepare-se para Enriquecer
>>> O Deus presente
>>> A Velhinha de Taubaté
>>> Meninos Sem Pátria
>>> Elite Intelectual e Debate Político nos Anos 30
>>> Didática
>>> Psicomotricidade seu objeto, seu espaço, seu tempo
>>> Vestido de Noiva
>>> Didática do Nível Pré-Silábico - Didática da Alfabetização - Vol. 1
>>> Atitudes Favoráveis ao Ensino
>>> Com todas as Letras
>>> O Construtivismo e a Educação
>>> Como viver ou Uma biografia de Montaigne em uma pergunta
>>> A Criança em Desenvolvimento
>>> Jogos Ocultos - Escolha Racional no Campo da Política Comparada
>>> Mecânica dos Fluidos - PLT 110
>>> Álgebra Linear - PLT 195
>>> Química - PLT 196
>>> Práticas de Laboratório para Engenharias - PLT 150
>>> Programação Estruturada - Treinamento em Linguagem C - PLT 193
>>> Uma Verdade Inconveniente - O Que Devemos Saber (e Fazer) Sobre O Aquecimento Global
>>> O Vaticano - Potência Mundial - História e Figura do Papado
>>> Ressurgimento em Portugal - 1962
>>> Bernardo Mascarenhas - O Surto Industrial de Minas Gerais
>>> Anchieta, o Escoteiro do Brasil - 2ª Edição
>>> Missão Radical - Máquinas Voadoras
>>> Álbum de Figurinhas Bandeiras e Países - Completo
>>> Álbum de Figurinhas Pokémon Temos que Pegar
>>> As Razões do Coração - 3ª Edição
>>> Eterno Não é Para Sempre - 3ª Edição
>>> Você Pode Curar Sua Vida - 42ª Edição
>>> A Ilha Perdida - Série Vaga-lume - 40ª Edição - 7ª Impressão
>>> Ronda Grotesca
>>> A Formação do Estado Burguês no Brasil (1888-1891)
>>> O Projeto Político de Pontes de Miranda
>>> O Colecionador de Lágrimas
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Literatura

Quarta-feira, 26/8/2009
Ensaio autobiográfico, de Jorge Luis Borges
Julio Daio Borges

+ de 5500 Acessos
+ 2 Comentário(s)




Digestivo nº 430 >>> Se ainda há escritores novos que dizem que "não leem nada", deveriam, mais uma vez, se envergonhar e ler Borges. Se os seus contos parecem escritos por um deus, que não pode ter sido concebido entre nós (humanos), sua autobiografia, relançada pela Companhia das Letras, indica que o milagre aconteceu... dentro de uma biblioteca. Borges era o funcionário obscuro de uma biblioteca desimportante em Buenos Aires, mas leu, leu, leu — como ninguém mais. E, quando foi escrever, andou sobre as águas... Descobrimos isso porque, aos 70 anos, ele decidiu compor esse "ensaio autobiográfico", que foi, em seguida, publicado na revista New Yorker. Além de ter lido como os escritores contemporâneos nem sequer sonharam, Borges escreve sobre si mesmo com uma honestidade sem par — principalmente numa época de celebridades, onde aparecer é mais importante do que ser. Borges teve a sorte de não conhecer a vulgaridade da televisão; porque ficou cego antes... Tinha horror à política ("Subiu ao poder um presidente cujo nome não quero lembrar"); e um senso de dignidade igualmente extinto ("Para que apresentar-me a um homem que eu não cumprimentaria?"). Borges fala, naturalmente, de suas leituras. De sua preferência pelo conto, em lugar do romance. Rememora as poucas relações que, para ele, importaram. Com seus familiares; especialmente sua mãe. E com alguns poucos escritores; acima de todos, Adolfo Bioy Casares — que o tornou mais "clássico"... Borges ainda recorda os bastidores da escrita de algumas de suas obras-primas. Aponta os livros preferidos, seus. E explica como seguiu escrevendo depois que a cegueira se instalou. Admite a fatalidade sem drama, com uma altivez, novamente, rara, na época contemporânea... Para quem esqueceu o que é literatura — e acha que está inventando alguma coisa —, Borges não é uma recomendação, é uma obrigação.
>>> Ensaio autobiográfico
 
Julio Daio Borges
Editor

Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
18/8/2009
15h53min
Ele é uma obrigação para quem pretende lidar com as palavras. Quer como leitor, quer como escritor. Uma obrigatoriedade, apesar de todas as considerações que fizeram e ainda fazem sobre ele. São pessoas que, por certo, não o leram, ou não o fizeram sem o cuidado que ele pede. Eu tomo a liberdade de recomendar para o iniciante um pequeno texto sobre "Os Rubayat" e seu tradutor inglês, chama-se o "Enigma de Edward Fitzgerald". É um bom começo.
[Leia outros Comentários de Djabal]
28/8/2009
09h23min
Apesar do imperativo (não o critico, é necessário), um texto que chama à leitura. Borges é, mesmo, uma deleitosa obrigação.
[Leia outros Comentários de Fabiula]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




LIÇÕES DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL - VOLUME 3
ALEXANDRE FREITAS CÂMARA
LUMEN JURIS
(2003)
R$ 8,68



O MERCADOR DE VENEZA
WILLIAM SHAKESPEARE
MARTIN CLARET
(2016)
R$ 4,80



ALEGRIA E TRIUNFO
LOURENÇO PRADO
PENSAMENTO
(1995)
R$ 8,00



A FARSA
CLIVE CUSSLER
SEXTANTE
(2008)
R$ 5,99



A GUERRA DE DEUS - UMA NOVA HISTÓRIA DAS CRUZADAS - VOLUME 1
CHRISTOPHER TYERMAN
IMAGO
(2010)
R$ 79,90



O ESINO DE FILOSOFIA
ALEJANDRO CERLETTI
AUTÊNTICA
(2018)
R$ 20,00



QUATRO
VERONICA ROTH
ROCCO JOVENS LEITORES
(2014)
R$ 15,00



O DESPERTAR DA MEIA NOITE
LARA ADRIAN
UNIVERSO DOS LIVROS
(2011)
R$ 10,00



RITOS DE SANGUE + UM ESTUDO SOBRE A ORIGEM DA GUERRAG
BARBARA EHRENREICH
RECORD
(2000)
R$ 16,50



DINOSSAUROS - GIGANTES DO MUNDO PRÉ HISTÓRICO Nº 22
EDITORA GLOBO
GLOBO
(1993)
R$ 8,99





busca | avançada
23157 visitas/dia
708 mil/mês