Receita para fazer filmes | Maurício Dias | Digestivo Cultural

busca | avançada
29939 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
>>> Livro Alma Brasileira
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Literatura e interatividade: os ciberpoemas
>>> O Valhalla em São Paulo
>>> Por dentro do Joost: o suco da internet com a TV
>>> Em busca de cristãos e especiarias
>>> Fim dos jornais? Desconfie
>>> O gênesis na argila
>>> Desejo de Status
>>> Até você se recompor
>>> Lobão e Olavo de Carvalho
>>> Sabemos pensar o diferente?
Mais Recentes
>>> O Método Viscott: Um Famoso Médico...Ensina como Voce Pode Ser oSeu Próprio Psicanalista de Dr. David Viscott pela Record
>>> Obras Completas ( Vol. Xxx IX - 1912 - Tomo 2): Trabalhos Jurídicos de Rui Barbosa pela Dep. Imprensa Nacional/ RJ (1963)
>>> Para Abrir o Coração: Treinamento para a Paz de Chagdud Tulku (compilado Por: Lama Shenpen Drolma) pela Makara (2007)
>>> Astrologia, o Cosmo e Voce: o Elo de Ligação Entre o Homem e Univerno de Alan Oken pela Nova Fronteira/ Rj. (1988)
>>> Astrologia, o Cosmo e Voce: o Elo de Ligação Entre o Homem e Univerno de Alan Oken pela Nova Fronteira/ Rj. (1988)
>>> Fábulas de La Fontaine (02 Volumes/ Encaderndos) de Jean de La Fontaine (Ilustrações de): Gustave Doré/ Trad. M. Amado pela Itatiaia/Belo Horizonte (1989)
>>> Profiles Students Book (3) + Workbook de Nick Beare/ Jeanette Greenwell/ Terry Phillips pela Macmillan Education (2003)
>>> Profiles Students Book (3) + Workbook +... de Nick Beare/ Jeanette Greenwell/ Terry Phillips pela Macmillan Education (2003)
>>> Inteligência emocional de Sophie Martineaud e dominique Engelhart pela Ediouro (1997)
>>> O grande Gatsby - série grandes sucessos de F. Scott Fitzgerald pela Rio gráfica (1980)
>>> O dia do Chacal de Frederick Forsyth pela Rio gráfica (1980)
>>> O colecionador de John Fowles pela Rio gráfica (1980)
>>> Horizonte perdido de James Hilton pela Abril cultural (1980)
>>> A sangue frio de Truman Capote pela Nova Frnteira (1980)
>>> A mulher só de Harold Robbins pela Abril cultural (1985)
>>> Os insaciáveis de Harold Robbins pela Rio gráfica (1985)
>>> O Inconsciente, a Magia e o Diabo no Século Xx (Encadernado de Alberto Lyra pela Record/ RJ.
>>> A filha de mistral de Judith Krantz pela Rio gráfica (1985)
>>> A mulher do viajante do tempo de Audrey Niffenegger pela Objetiva (2009)
>>> Perdida de Carina Rissi pela Verus (2013)
>>> A farsa de Cristopher Reich pela Sextante (2008)
>>> O trono de diamante - Trilogia Elenium - Livro 1 de David Eddings pela Aleph (2015)
>>> Leave Your Language Alone! (encadernado) de Robert A. Hall- Jr. pela Ithaca/ N. Y. (1950)
>>> Água para elefantes de Sara Gruen pela Arqueiro (2007)
>>> Louco para Amar de Sam Shepard pela L&pm, Porto Alegre (1985)
>>> Gossip Girl - É você que eu quero- vol 6 de Cecily von Ziegesar pela Record (2007)
>>> Gossip Girl - Ninguém faz melhor - vol 7 de Cecily von Ziegesar pela Record (2007)
>>> Gossip Girl - do jeito que eu gosto - vol 5 de Cecily von Ziegesar pela Record (2007)
>>> Gossip Girl - Nunca mais - vol 8 de Cecily von Ziegesar pela Record (2007)
>>> Épico de conor Kostick pela Galera (2007)
>>> Na décima nuvem de Hugo rodrigues pela Record (2019)
>>> Vida! Reflexões sobre sua jornada de Louise \L. Hay pela Madras2012 (2019)
>>> Adobe Photoshop de MarceloGino Pereira pela Viena (2005)
>>> Preparações Ocultas para uma Nova Era de Dane Rudhyar pela Pensamento (1995)
>>> Memórias dos Profetas (Incritos no Lixo) de Pedro Figueiredo pela Univ. Federal Rgs. (2015)
>>> Poços de Caldas Preparada para o Futuro - Dicas -nº 7 de Victor de Carvalho pela Sulminas (1996)
>>> Memorial da Companhia Geral de Minas - Subsid. da Alcoa Alumínio S/a de Alex Prado - Texto Central pela Alcoa (2001)
>>> Um É o Outro: Relações Entre Homens e Mulheres de Elizabeth Badinter pela Nova Fronteira/ Rj. (2019)
>>> Explorador - insetos de Jonh Woodward pela Ciranda cultural (2012)
>>> História Meio Ao Contrário de Ana Maria Machado pela Ática (1977)
>>> Le Grand Voyage - Roman de Jorge Semprun pela Éd. Gallimard/ Paris: France (1963)
>>> Physiological Psichology de Morgan (clifford T) pela McGraw- hill: Usa/ Kógakusha Co./ Tokio (1965)
>>> Quadribol através dos séculos de Kennilworthy Whisp pela Rocco (2001)
>>> Amor além da vida de Richard Matheson pela Buttefly (2016)
>>> O Congado Em Oliveira - Tributo a Leonídio João dos Santos de Hugo Pontes Autografado pela Sulminas (2003)
>>> Tudo que eu queria te dizer de Martha Medeiros pela Objetiva (2007)
>>> Invocações da Virgem Maria no Brasil de Nilza Botelho Megale Autografado pela Vozes (1998)
>>> Depois daquela viagem de Valéria Piassa Polizzi pela Ática (2015)
>>> Querido John de Nicholas Sparks pela Novo Conceito (2012)
>>> Ramsés Sob a Acácia do Ocidente de Christian Jacq pela Berttrand Brasil (1999)
COLUNAS

Terça-feira, 2/9/2003
Receita para fazer filmes
Maurício Dias

+ de 4900 Acessos
+ 2 Comentário(s)

O norte-americano Joseph Campbell (1904 - 1987) foi um estudioso de mitologia. Tomei conhecimento do seu trabalho num curso extra de roteiro para cinema que fiz logo após a conclusão da faculdade. Foi lançado aqui logo em seguida o livro A Jornada do Escritor, de Christopher Vogler, um estudo aplicando ao roteiro de cinema as idéias de Campbell para a concretização da estrutura do mito.

No livro de Vogler, uma série de filmes americanos, especialmente O Mágico de Oz e a série Guerra Nas Estrelas são analisados e vemos que suas estruturas se adequam ao método de Campbell.

Trabalhando com arquétipos como mentores, guardiões do limiar, etc., ali se expõe um esquema básico ideal para a jornada do herói em um mito:

1) Consciência Limitada

2) Aumento da Consciência

3) Relutância à Mudança

4) Superando

5) Compromisso

6) Experimentando

7) Preparando

8) Grande Mudança

9) Conseqüências

10) Nova Dedicação

11) Tentativa Final

12) Domínio

Esta estrutura, com algumas variações, pode ser encontrada em muitos dos filmes americanos. Estou aqui apenas expondo o que é colocado ao longo de 340 páginas. O conhecimento destes elementos é uma chave para se fazer um bom roteiro cinematográfico.

Mas um erro fundamental da maioria dos roteiros de filmes americanos é achar que apenas o conhecimento destes elementos garante qualidade a um roteiro. Não garante. Roteiristas medíocres usam este esquema como receita para bolo. Nem na culinária o fato de se ter um bom livro de receitas garante ao sujeito ser um bom cozinheiro. Imagine então na arte como é.

O diretor francês Jacques Tati dizia que não se pode fazer filmes como pães. Cada obra deveria ter seu tempo de maturação e suas qualidades individuais. Evidentemente, nos filmes da grande indústria isso é uma utopia.

Filmes como Titanic ou Dança com Lobos tem o roteiro todo estruturado para se enquadrar a algum esquema já pré-testado (o de Vogler-Campbell não é o único método, há outros) e de comprovado sucesso.

Os citados acima, como outros, acabaram sendo sucessos de público, em parte por qualidades da produção que nada tem a ver com roteiro (atores carismáticos, cenografia bem cuidada, bons efeitos especiais), em parte por campanhas de marketing bem elaboradas, e em grande parte, bem, em grande parte porque o público é, como se diz, well, burro. Ambos os filmes são bem medíocres. Não são horríveis. Foram pré-elaborados, refeitos, testados em audiências durante muito tempo, dificilmente seriam horríveis. São apenas medíocres. Justamente por quererem agradar a muitos, são esvaziados de qualidade. Roteiros que, originalmente poderiam até ser bons, são escritos e reescritos vezes demais, para agradar a produtores e yes men, esvaziando-se assim qualquer conceito autoral que ali pudesse estar embutido. O processo todo é mostrado de forma satírica em O Jogador, de Robert Altman, em que um diretor iniciante quer fazer um filme trágico sobre uma inocente que morre na câmara de gás. O personagem do diretor frisa várias vezes que quer algo realista e sem "estrelas de Hollywood". No final, os produtores conseguem convencê-lo a mudar a tragédia para um happy end e a usar Julia Roberts e Bruce Willis (ambos "interpretando" a si mesmos). A voz do público é a voz de Deus.

Sei que em Titanic ou Dança com Lobos os finais trágicos são mantidos - se bem que em Titanic o casal de pombinhos ressurja após a morte para ser aplaudido por todos os fantasmas do navio (logo antes de entrar a música da - Argh! - Celine Dion) e em Dança com Lobos o casal branco escape (tinha que haver uma mulher branca na tribo? Não seria mais politicamente correto se Costner se relacionasse com uma índia - opa, quero dizer, "nativo-americana", uma Pocahontas da vida?) e só os índios se ferrem geral. Mas O Jogador, lembremos, é uma sátira, não um filme realista. Como também é uma sátira o melhor filme sobre Hollywood, Crepúsculo dos Deuses (Billy Wilder, 1950), sobre o qual já escrevi, ou a grosseira e divertidíssima série para TV Action, que mostrava os trambiques do fictício produtor de filmes de ação Peter Dragon (durou apenas 12 episódios e foi exibida aqui pelo canal Sony).

Mas tendo conhecimento destes esquemas, você vê como a maioria dos profissionais do roteiro se acomodam, repetem o já-feito e se acovardam. Apesar de a história ser o ponto central de um filme, aqueles que a escrevem são uma classe muito pouco prestigiada, é natural que se retraiam e no final acabem virando funcionários que farão o que for mandado em troca de um cheque no final do mês - cheque este que, muitas vezes, não vem.

Quando atuava no mercado, ouvi de produtores e editores frases que variavam nas palavras, mas cujo sentido era mais ou menos este: - "Eu mesmo escreveria, se tivesse tempo!"

Claro que escreveria. Bastaria para isso que tivesse lido alguns livros (coisa que, em geral, não fazem), visto e revisto certos filmes (idem), e estudado (isso então, nem preciso falar). Para depois, sentar a bunda na cadeira, escrever e reescrever.

Com frases como esta que mostrei acima, pessoas ignorantes, que em geral estão numa boa posição apenas por conexões familiares, diminuem o profissional e ainda mostram que eles próprios, os patrões, são capazes de fazer o serviço, mas preferem se dedicar a algo mais importante. Cheirar cocaína e ir à termas, por exemplo - não que os roteiristas não cultivem os mesmos passatempos. É que em geral não tem dinheiro para isso.

Isto é universal. Mas nos EUA, pelo menos há um mercado vasto, o roteirista pode dar a sorte de trocar o imbecil do seu chefe por outro um pouco menos imbecil. Aqui, com um cinema que é uma ação entre amigos ricos (mas com apoio do governo), e o monopólio de uma única emissora de TV que investe em "qualidade de dramaturgia" - bota aspas nisso, e mesmo assim, numa faixa de horário reduzida de sua grade - o roteirista oscila entre o trabalho para comerciais publicitários e a inanição, até resolver fazer concurso para funcionário público.

Pretendo ainda voltar a falar de Joseph Campbell, seu trabalho com mitologia tem pontos interessantes e não se limita ao ato de escrever roteiros. Mas não é pra usar como auto-ajuda em nossas vidas, como alguns (e o próprio Vogler) querem nos fazer acreditar. Aproveito para indicar um link, onde há um texto mais longo meu sobre o cineasta Stanley Kubrick.


Maurício Dias
Rio de Janeiro, 2/9/2003


Mais Maurício Dias
Mais Acessadas de Maurício Dias em 2003
01. A obra-prima de Raymond Chandler - 21/1/2003
02. Picasso e Matisse: documentos - 10/6/2003
03. Uma teoria equivocada - 14/10/2003
04. Quentin Tarantino: violência e humor - 29/7/2003
05. Por onde anda a MPB atualmente? - 20/5/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
9/9/2003
16h48min
Caro Mauricio.Bons tempos em que se podia se deparar com um produtor como Robert Evans;escoltando com toda boa vontade um roteirista extraordinário como Robert Towe,que saudades de filmes como Chinatown.Escreva mais sobre cinema,que você terá um leitor fiel.Abraços
[Leia outros Comentários de Heraldo Vasconcellos]
10/9/2003
05h09min
Obrigado pela mensagem. O que eu mais fiz foi escrever sobre cinema. Recomendo entrar no texto sobre Quentin Tarantino. Ao final da página há links para outros textos meus. E enquanto não arranjo grana para levar meus roteiros adiante, recomendo minhas histórias em quadrinhos. Tema histórico: a história dos leões de Roma (7 páginas; dependendo da sua conexão, pode demorar um pouco); história politicamente incorreta (5 páginas no total);
[Leia outros Comentários de Mauricio Dias]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




POESIA E VIDA DE FAGUNDES VARELA (LITERATURA BRASILEIRA)
FREDERICO PESSOA DE BARROS
EDAMERIS
(1965)
R$ 5,00



FOGO-FATUO
PATRÍCIA MELO
ROCCO
(2014)
R$ 30,00
+ frete grátis



UMA VOLTA COM O CACHORRO
WALTER MOSLEY
RECORD
(2003)
R$ 10,00



O NOVO CPC: A TERCEIRA ETAPA DA REFORMA
LUIS GUILHERME AIDAR BONDIOLI
SARAIVA
(2006)
R$ 15,00



PROJETO "BRINCANDO COM A LUZ" NA EDUCAÇÃO INFANTIL
KARINA CALÇA MANDAJI
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 279,00



OS LIVROS DA FUVEST III - OBJETIVO
FRANCISCO ACHCAR E FERNANDO TEIXEIRA DE ANDRADE
SOL
(2001)
R$ 10,00



NOÇÕES ELEMENTARES DE MÚSICA
MIGUEL IZZO

R$ 9,80



NOVOS DEUSES- VOL 3
JACK KIRBY
OPERA
(1998)
R$ 19,90
+ frete grátis



A 25ª HORA
VIRGIL GHEORGHIU
CÍRCULO DO LIVRO
R$ 5,00



CORAÇÃO DO MAR
NORA ROBERTS
BERTRAND BRASIL
(2002)
R$ 20,00





busca | avançada
29939 visitas/dia
1,1 milhão/mês