Podcast mental | Adriana Carvalho | Digestivo Cultural

busca | avançada
49568 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS >>> Especial Podcasts

Quinta-feira, 21/9/2006
Podcast mental
Adriana Carvalho

+ de 2600 Acessos
+ 2 Comentário(s)

Devido a minha preguiça internética, tudo que sei sobre podcasts é que eles são listas de músicas divulgadas na web. O que eu acho muito legal, porque me parece uma ampliação e uma facilitação daquilo que a gente fazia no século passado: gravar uma fita cassete para os amigos com a nossa seleção favorita. Se a fita não estava no começo, precisava rebobinar usando uma caneta Bic ou o dedo mesmo. A edição das músicas às vezes deixava espaços enormes entre uma e outra, às vezes comia um pedaço. E o pior era o final da fita, quando não cabia uma música inteira. Eu cheguei a ter algumas nas quais a canção "continuava" do lado B. A opção para não ter o trabalho de fazer uma fita era emprestar os próprios discos ou, mais recentemente, CDs. Só que aí perigava não ver mais sua coleção de volta. Com os podcasts e com as listas compartilhadas de músicas, esses problemas acabaram. Mas acabou também o caráter artesanal, mais pessoal e exclusivo, ainda que tosco, da troca de músicas.

Eu, pessoalmente, também tenho várias listas que gostaria de dividir com os outros. Só que como disse, tenho preguiça. Então deixo arquivos e arquivos guardados na minha cabeça. Conforme as situações se desenrolam no dia a dia, eles começam a se combinar e a tocar. São como trilhas sonoras. Se alguém encostar o ouvido na minha cabeça, é até capaz de escutar.

Outro dia, ouvindo indignada o caso de uma figura que resolveu dar uma demonstração de poder massacrando uma pessoa muito humilde, uma seleção começou a fluir automaticamente na minha cabeça. A primeira da lista foi "A Banca do Distinto", de Billy Blanco: ("Não fala com pobre/ Não dá mão a preto/ Não carrega embrulho/ Pra que tanta pose, doutor?/ Pra que esse orgulho?/ A bruxa que é cega, esbarra na gente/ A vida estanca/ O enfarte te pega, doutor/ Acaba essa banca./ A vaidade é assim/ Põe um bobo no alto/ Retira a escada/ Fica por perto esperando sentada/ Cedo ou tarde, ele acaba no chão/ Mais alto o coqueiro, maior é o tombo/ Do coco afinal, todo mundo é igual/ Quando o tombo termina/ Com terra por cima e na horizontal").

Depois disso, senti impulsos de crueldade e imaginei uma vingança cantada à la Clementina de Jesus: "Costurou/ Na boca do sapo um bocado de angu/ O resto do prato que o pato deixou/ Depois deu de rir feito Exu Caveira/ (Aqui muda-se o "marido infiel" para a denominação da dita criatura), vai levar rasteira!"

E então fiquei mais filosófica, com Gilberto Gil: ("Tu, pessoa nefasta/ Vê se afasta o teu mal/ Teu astral que se arrasta tão baixo no chão/ Tu, pessoa nefasta/ Tens a aura da besta/ Essa alma bissexta/ Essa cara de cão").

Tem outra música do Gilberto Gil que também toca na minha cabeça, com freqüência, como se fosse uma função fisiológica acionada involuntariamente quando alguém tenta abduzir minha mente. Acontece durante as sessões de tortura que são as reuniões que vão do nada ao lugar nenhum. Ou ainda durante as conversas-monólogo em que a pessoa toma o interlocutor por figurante e não deixa mais ninguém falar.

Primeiro meu olhar fica parado, dando impressão ao(s) predador(es) de que estou prestando muita atenção. Até balanço a cabeça, sorrio de leve e digo expressões de senso comum como "Agora você disse uma verdade!". Mas meu cérebro já está no modo proteção de tela. Se você olhar fundo nos meus olhos é capaz de ver até aquelas janelinhas do Windows flutuando na íris castanha. Torço para a pessoa não me perguntar nada durante a conversa porque eu não saberia o que responder. A única coisa que ouço é ("Vamos fugir/ Deste lugar, baby/ Vamos fugir/ Tô cansado de esperar/ Que você me carregue"). Se eu tiver um bloco de anotação nas mãos estarei desenhando paisagens e pensando em "qualquer outro lugar ao sol, outro lugar ao Sul, céu azul".

Às vezes meu podcast mental dá pau, acho que o de todo mundo dá. É só ouvir uma vez a música mais chata do mundo - um jingle de banco ou de político, por exemplo - e vem a praga. Ela não pára de tocar sem parar o dia inteiro na minha cabeça. Um tio me ensinou um truque para fazer a música sumir: é só pensar nela tocando cada vez mais e mais devagar. Às vezes dá certo, outras vezes (parece de propósito) ela dispara de novo a tocar mais alto e mais rápido.

Outra característica da minha transmissão musical cerebral é que as músicas são divididas em solares e lunares. Para mim Bob Marley é luz da manhã. De preferência com a janela do carro aberta, na estrada, indo para a praia. E é claro que não consigo pensar em "The Sky is crying/ Look at the tears rolling down the streets" num meio dia de fim de primavera.

Neste momento que escrevo já é fim de dia, sexta-feira num meio de feriado. Lá fora a trilha é de muitas sirenes, buzinas e da turba que aproveita a data para fazer compras na 25 de março. Para sublimar esse momento, eu não recorro a nenhum medalhão da música. O que me vem à mente é uma música do Cocoricó que meu filho ouve em casa: "Oh, que tarde tão bela/ Banana quente no forno com açúcar e canela!". Porque para mim, todo fim de tarde devia era ser assim.


Adriana Carvalho
São Paulo, 21/9/2006


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Claudio Willer e a poesia em transe de Renato Alessandro dos Santos
02. Inquietações de Ana Lira de Fabio Gomes
03. Mais espetáculo que arte de Guilherme Carvalhal
04. Os dinossauros resistem, poesia de André L Pinto de Jardel Dias Cavalcanti
05. Caminhos para a esquerda de Celso A. Uequed Pitol


Mais Adriana Carvalho
Mais Acessadas de Adriana Carvalho
01. Trabalhar e cantar - 10/1/2008
02. Meta-universo - 16/8/2007
03. Minhas caixas de bombons - 14/6/2007
04. Esses romanos são loucos! - 22/3/2007
05. Meditação sobre São Francisco - 19/10/2006


Mais Especial Podcasts
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
21/9/2006
04h18min
Dá vontade de apresentar uma situação qualquer e perguntar pra Adriana Carvalho que música ela selecionaria. Dá pra fazer um programa de rádio assim. Ia ser sucesso absoluto.
[Leia outros Comentários de Guga Schultze]
18/1/2007
15h10min
E ficamos a escutar nossas musicas favoritas, como um fundo para nossos pensamentos e reflexões. Há quem diga que estamos distraídos...
[Leia outros Comentários de Franklin Anderson]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MÃO DE FERRO - CORAÇÃO DE PEDRA - LIVRO 2
CHARLIE FLETCHER
GERAÇÃO JOVEM
(2014)
R$ 13,00



A HISTÓRIA NATURAL E AS POPULAÇÕES VOL 3 TRATADO DO SER VIVO
JACQUES RUFFIÉ
FRAGMENTOS
(1982)
R$ 39,70



PRINCIPI DI SCIENZA ECONOMICA - MANUALI BARBÈRA - VOLUME PRIMO
GHINO VALENTI (VOLUME PRIMO)
G BARBERA (FIRENZI ITÁLIA)
(1925)
R$ 25,28



ARTE FRÁGIL RESISTÊNCIAS
LISBETH REBOLLO
MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA
(2009)
R$ 30,00



DIREITO PENAL ECONÔMICO
LUIZ REGIS PRADO
REVISTA DOS TRIBUNAIS
(2004)
R$ 15,00



REVISTA BRASILEIRA DE FILOSOFIA VOL. XXXVIII FASC. 155
FUNDAÇÃO NUCE E MIGUEL REALE
INSTITUTO BRASILEIRO FILOSOFIA
(1989)
R$ 14,00



COISAS DE HOMEM, COISAS DE MULHER
LAÉ DE SOUZA
ECOARTE
(2011)
R$ 6,28



1930 - OS ÓRFÃOS DA REVOLUÇÃO
DOMINGOS MEIRELLES
RECORD
(2005)
R$ 25,00



O PROTECIONISMO AGRÍCOLA NOS ESTADOS UNIDOS
THIAGO LIMA
UNESP
(2018)
R$ 54,90



ADVANCED ENGLISH COURSE
THE LINGUAPHONE INSTITUTE
LINGUAPHONE INSTITUTE LIMITED
(1976)
R$ 22,00





busca | avançada
49568 visitas/dia
1,2 milhão/mês