Estação da Luz | Rafael Lima | Digestivo Cultural

busca | avançada
38320 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> De vinhos e oficinas literárias
>>> Michael Jackson: a lenda viva
>>> Gente que corre
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Reinaldo Azevedo no Fórum CLP
>>> Introdução ao filosofar, de Gerd Bornheim
>>> Companheiro dileto
>>> O Vendedor de Passados
>>> Eugène Delacroix, um quadro uma revolução
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Terça-feira, 18/12/2001
Estação da Luz
Rafael Lima

+ de 2500 Acessos
+ 4 Comentário(s)

Chegou o verão. Eu sei que, pelo giro da Terra, e oficialmente, o verão só começa daqui há alguns dias, mas qualquer um que more no Rio sabe que o ano se divide em quatro estações: primavera, verão, inverno e inferno. E como o inferno ainda não começou, essa é a hora boa de aproveitar o verão. Que daqui a pouco não vai dar mais para saber se o dia está insuportável por causa da canícula ou da música irritante que toca sem parar nos alto-falantes dos carros engarrafados a caminho da praia.
Chegou o verão, gente. Está na hora de fingir que a gente se preocupou com a qualidade da água do mar antes de sair correndo para dar o mergulho, e fingir que se preocupou mais com o FPS do filtro do que com o bronzeado da pele, apesar da hepatite e do câncer de pele. De mal acreditar que ainda é dia claro às 7 horas (da noite?), e largar tudo para uma voltinha no calçadão, ou mesmo um pulo na praia. De se inteirar das novas gírias, aprender as novas danças, provar os novos drinks gelados; de descobrir as últimas novidades em serviços & produtos que inventaram de vender na areia (entre as mais recentes, massagem shiatsu e queijo coalho assado); de ficar na praia o sábado inteiro, e de noite voltar para conferir o luau que está rolando. De ser frívolo, fútil e fácil.
É verão, quando a insistente máscara de elegância européia que teima em vestir os trópicos cai de podre. Ninguém em sã consciência vai manter a preocupação de chegar no fim do dia arrumado, penteado ou... seco. Porque aí está o suor, unificando a todos, e na escassez de roupas que aparece a verdadeira elegância (além das vantagens de se ver mulher em traje de banho). É hora das revistas publicarem aqueles especiais temáticos absolutamente iguais sobre verão, com uma garota sarada na capa, halteres às mãos, malhando numa academia com um body colorido. A reportagem indicará quais boates vão encher, qual trecho da praia será o mais movimentado e qual fruta cítrica será a base de sucos, batidas e saladas, denunciando aos olhos mal treinados uma impressionante falta de assunto dos editores, quando, na verdade, é o necessário 3x4 do período mais expressivo do ano, tido por muitos como o mais autêntico - aquele no qual o país mostra sua verdadeira cara - e por outros, como a maior desgraça da nação ("Para esse país andar pra frente tinha que acabar com carnaval, futebol e cerveja!").
E bom filtro solar FPS 30 para vocês.

Xô, shopping
Um shopping carioca, naquele bairro onde os prédios parecem discos voadores, os out-doors abusam da capacidade de agregar palavras estrangeiras à nossa língua e o intimismo se perdeu procurando uma esquina, está veiculando uma propaganda na Tv onde promete presentear com uma camiseta "personalizada" qualquer compra acima de não-sei-quanto. O "design" da camiseta é de Alexandre Hercovitch. Sem questionar o talento do jovem estilista, a promoção foi uma idéia de jerico: pedir para um paulista criar uma camiseta, com motivos temáticos de verão, evidentemente relacionados à cidade maravilhosa - à qual o tal shopping vinculou sua imagem desde a abertura - quando o Rio sempre foi pródigo ninho de desenhistas de humor (o Salão Carioca de Humor da Laura Alvim é um dos mais importantes do país; tudo quanto é bloco carnavalesco da cidade tem camiseta própria desenhada por cartunista carioca) foi bola foríssima. Depois, quando se descobrir que os autores do samba-enredo campeão foram um par de compositores do Jabaquara, que as alegorias foram desenhadas por uma carnavalesca de Londrina, e que as fantasias foram feitas por um curitibano, não me venham reclamar.

Comigo não, violão
O livro novo do Sérgio Augusto, Lado B, tem um ensaio de abertura com potencial para levantar um bocado de poeira. Fundamentalmente, o ensaio diz que o Plano Real foi ruim para a MPB porque ao democratizar o acesso das classes sociais mais baixas ao consumo de CDs, abaixou a qualidade média das músicas lançadas pelas gravadoras. Esse problema de cegueira e do imediatismo das gravadoras, que as faz pensar apenas em termos de vendagem na maior fatia de mercado, ignorando a fidelidade e permanência de consumidores de segmentos menores, também foi abordado pelo Ruy Castro no recém-lançado A onda que se ergueu no mar. Sérgio Augusto limitou-se a relatar e concatenar os fatos; não deve-se cair na tentação de extrapolar suas afirmações, como ocorreu em recente programa televisivo: "uma recessãozinha caía muito bem", nem como ironia. Ecoa também nessas horas aquela referência de que a música composta durante o período militar era superior à do período democrático subseqüente, como se censura fosse fertilizante da imaginação - quando o que acontece é que em períodos de menor liberdade de expressão sobra para os artistas fazer o protesto que em sociedades democráticas é tarefa dos meios de comunicação e organismos da sociedade civil organizada.
Nas entrevistas, Sérgio Augusto tem afirmado que o livro é sua tentativa de "democratizar o elitismo", iniciativa louvável e até subversiva de distribuir biscoito fino em tempos de massa mal misturada, mas ele se trai ao resvalar no elitismo, que o impede de enxergar por trás da explosão de consumo dos CDs a inacreditável democratização dos meios hoje, quando uma banda de garagem consegue alugar um estúdio e gravar seu CD, um escritor pode enviar suas obras por e-mail, e um animador pode expor curta-metragens em seu site. Que o conteúdo médio ainda não tenha alcançado a excelência exigida por Sérgio, é um questão de tempo e paciência para esperar a seleção natural atuar. Isso, obviamente, se o público consumidor mostrar que quer qualidade e se os meios de distribuição não forem engolidos pelo monopólio das mega-fusões antes...
Lado B :::: Sérgio Augusto, Editora Record, 2001
A onda que se ergueu no mar :::: Ruy Castro, Cia das Letras, 2001


Laerte ruuuulez!!!
laerte on blogs


If I was a work of art

Composição A

Se eu fosse um quadro, eu seria a Composição A de Piet Mondrian.

Eu sou rigidamente organizado e metódico, embora minha aparência exterior fria e distante esconda um modo de pensar brilhante e uma natureza inovadora. Muitas pessoas não me entendem, mas eu ainda posso afetá-las em nível emocional.

Qual trabalho de arte você seria?
The Art Test



Rafael Lima
Rio de Janeiro, 18/12/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O Novo Museu da Estação da Luz: uma Proposta de Heloisa Pait
02. Jackie O., editora de Eugenia Zerbini
03. Educando as velhas gerações de Carla Ceres
04. A memória vegetal de Gian Danton
05. Patriotada às avessas de Luiz Rebinski Junior


Mais Rafael Lima
Mais Acessadas de Rafael Lima em 2001
01. Charge, Cartum e Caricatura - 23/10/2001
02. A diferença entre baixa cultura e alta cultura - 24/7/2001
03. Sobre o ato de fumar - 7/5/2001
04. Um álbum que eu queria ter feito - 6/11/2001
05. Vendem-se explicações do Planeta dos Macacos - 4/9/2001


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
29/12/2001
17h52min
voce deve ser bem velhinho para não curtir o Rio e suas belezas naturais e o povo alegre e alto astral que nele habita e que voce não mais está enxergando
[Leia outros Comentários de maria lucia puty]
2/1/2002
14h36min
Rafael, o Rio de Janeiro continua lindo, como sempre foi. O verão no rio é que mudou. Nessa estação mostra-se tudo, menos a cara. Pode reparar, mas isso tudo se repete nas demais estações do ano, de uma forma ou de outra, padronizando as ações de todos, para ninguém sair do "programa". Quanto ao samba, o que você tem contra paulistas e paranaenses? O samba é brasileiro, muito antes de ser carioca. Já existia o samba nos festejos de outrora (hã?). É outro tipo de samba, mas é samba. Aos seus comentários do "Lado B", acrescento ao último parágrafo: "Isso, obviamente,... se os meios de distribuição não forem engolidos pelo monopólio das mega-fusões ..." monopólio esse que não têm o menor interesse em melhorar a qualidade do gosto do público consumidor. Prá quê? De repente, as pessoas podem ficar exigentes, começar a pensar e ver a bobagem que lhes estão empurrando...
[Leia outros Comentários de Sonia Pereira]
3/1/2002
13h34min
Nada contra sambistas paulistas ou paranaenses, Sonia, mas acho um erro não valorizar os talentos nativos, quando - pelo menos em tese - eles são os mais indicados para interpretar sua terra. E ao invés de ficar apontando o dedo para as mega-fusões, é bom lembrar que o 'aumento de exigência' do público consumidor quase sempre é vencido pela vontade de 'ninguém sair do programa'... Mas que o Rio continua lindo, continua...
[Leia outros Comentários de Rafael Lima]
3/1/2002
14h50min
O Rio continua lindo como sempre foi? Com milhares de godzillas arquitetônicos, camelôs, favelas, sujeira, multidões de pessoas repulsivas destruindo Copacabana, prostitutas, travestis, pobres e a lagoa Rodrigo de Freitas reduzida a quase metade de seu tamanho?
[Leia outros Comentários de François Maltie]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DECIDA-SE PELO SUCESSO
NOAH ST. JOHN
CULTRIX
(2003)
R$ 29,90



TEEN VILLAGE 1
DAVID SPENCER
MACMILLAN
(2008)
R$ 10,00



DO FUTURO - FATOS, REFLEXÕES, ESTRATÉGIAS
ANTONIO PASQUALI
UNISINOS
(2004)
R$ 7,90



RECIFE DOS HOLANDESES
JULIETA DE GODOY LADEIRA
ÁTICA
(1990)
R$ 4,42



O HÓSPEDE DE DRÁCULA COLEÇÃO MINI BIBLIOTECA
BRAM STOKER
PUBLICAÇÕES EUROPA - AMÉRICA
(1996)
R$ 21,78



O CAVALEIRO DOS SETE REINOS HISTÓRIAS DO MUNDO DE GELO E FOGO
GEORGE R.R. MARTIN
LEYA
(2017)
R$ 42,00



A VERDADEIRA HISTÓRIA DE MARIA MADALENA
DAN BURSTEIN J. DE KEIJZER
EDIOURO
(2006)
R$ 74,00



O LAVATER DAS SENHORAS
EDOUARD HOCQUART
IMPRENSA OFICIAL
(2010)
R$ 31,99



O CANTOR PRISIONEIRO
ROGÉRIO BORGES; ASSIS BRASIL
MODERNA
(2004)
R$ 10,00



JUSTIÇA E COMPORTAMENTOS DE CIDADANIA NAS ORGANIZAÇÕES UMA ABORD
ARMÉNIO REGO
SÍLABO
(2000)
R$ 39,70





busca | avançada
38320 visitas/dia
1,3 milhão/mês