Na Natureza Selvagem, de Sean Penn | Digestivo Cultural

busca | avançada
104 mil/dia
2,5 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Maíra Lour apresenta leitura dramática audiovisual “Insensatez'
>>> Exposição do MAB FAAP conta com novas obras
>>> Projeto Camerata Filarmônica Brasileira apresenta concerto comemorativo no dia 15 de maio em Indaiat
>>> Ação Urgente Contra a Fome - SescSP
>>> 3ª Mostra de Teatro de Heliópolis recebe inscrições até 31 de maio
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
>>> PoloAC retoma temporada de Os Doidivanas
>>> Em um tempo, sem tempo
>>> Eu, tu e eles
>>> Mãos que colhem
>>> Cia. ODU conclui apresentações de Geração#
>>> Geração#: reapresentação será neste sábado, 24
>>> Geração# terá estreia no feriado de 21 de abril
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Irredentismo
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> O assassinato de Herzog na arte
>>> Hitler, de Ian Kershaw, pela Companhia das Letras
>>> Livrarias em tempos modernos
>>> O que é a memética?
>>> O dinossauro de Augusto Monterroso
>>> Sobre o Jabá
>>> Você viveria sua vida de novo?
>>> Suicídio, parte 2
Mais Recentes
>>> Robot Dreams de Isaac Asimov pela Ace Books (1996)
>>> O Dramaturgo como Pensador de Eric Bentley pela Civilização Brasileira (1991)
>>> O Conclave de Malachi Martin pela Novo Tempo (1978)
>>> A Nova Ciência da Política de Eric Voegelin pela Universidade de Brasília (1982)
>>> Gestión del Conocimiento de Agustí Canals pela Gestión (2003)
>>> Brasil:a Arte de Hoje de Jocob Klintoeitz pela Sao Paulo (1983)
>>> A Conquista do Rio Grande Volume 1 de Jose Netto pela Rio Cell (1989)
>>> Rui Barbosa:tentativa de Compreenção e de Síntese de Luiz Delgado pela Jose Olympio (1945)
>>> T. E. C. Tecnologia Estelar Complementável de Marcelo Santana pela Anthology (2010)
>>> O Pensamento de Platão de Antonio Freire pela Livraria Cruz - Braga (1967)
>>> O Circo de Lucca de Zugliani Jorge Otávio pela Devir (2007)
>>> Far Eastern Ceramics - Marks and Decoration de Maria Penkala pela Mouton (1963)
>>> Tesoros del Arte Japones:periodo Edo(1615-1868) de Museo Fuji - Tokio pela Fundacion Juan March (1995)
>>> Ferrari-the Sports and Gran Turismo Cars de Warren W Fitzgerald / Richard F Merrittn e Outros pela Norton Company (1979)
>>> Cómo Evaluar y Mejorar Sus Capacidades Personales de Gareth Lewis pela Gestión (2000)
>>> Noções Básicas de Importação de João dos Santos Bizelli e Ricardo Barbosa pela Aduaneiras (1993)
>>> Dinheiro Dinheiro Dinheiro... Como Ganhar Rapidamente de Mathias Gonzalez pela Ediouro (1987)
>>> Organizacion del Almacen de Michele Calimeri pela Hispano Europea (1961)
>>> Mestres do Marketing de Gene Walden pela Ediouro (1994)
>>> O Poder do Marketing Direto de Ray Jutkins pela Makron (1994)
>>> Dinheiro Dinheiro Dinheiro... Como Ganhar Rapidamente de Mathias Gonzalez pela Ediouro (1987)
>>> Dinheiro Dinheiro Dinheiro... Como Ganhar Rapidamente de Mathias Gonzalez pela Ediouro (1987)
>>> Como Negociar Aumento de Salário de George M. Hartman pela Ediouro (1995)
>>> Karoshi o Jogo da Qualidade - Completo de Paulo Sandroni e Luis Alberto Sandroni pela Best Seller (1995)
>>> O Monstro Embaixo da Cama de Stan Davis pela Futura (1996)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Cinema

Quarta-feira, 4/3/2009
Na Natureza Selvagem, de Sean Penn
Julio Daio Borges

+ de 7300 Acessos
+ 7 Comentário(s)




Digestivo nº 405 >>> "A alegria de viver surge nos nossos encontros com novas experiências, e, portanto, não existe felicidade maior do que a de ter um horizonte em constante mutação, e, para cada dia, ter um novo e diferente sol". Assim falava Alexander Supertramp. Depois de se formar, Christopher McCandless resolveu mandar uma banana para seus pais "materialistas, manipuladores e dominadores", destruiu todos seus cartões de crédito, livrou-se de todos seus documentos e doou suas últimas economias para uma instituição de caridade, a fim de sair numa cruzada solitária pelos Estados Unidos da América, tendo, como objetivo final, viajar até o Alasca e vivenciar sua natureza selvagem em primeira mão. Até aí nenhuma novidade, em termos de ambição, não tivesse McCandless existido de fato — e realizado tal façanha, rompendo com a família por mais de dois anos, e morrendo, de inanição e fome (por descuido), no mesmo Alasca, sem nunca mais retornar. Foi no início dos anos 90. Jon Krakauer transformou em livro, em 1996, Sean Penn transformou em filme (roteirizando e dirigindo), no ano retrasado, e agora podemos assistir em DVD, com trilha premiada de Eddie Vedder e atuação "hipnótica" (segundo Roger Ebert) de Emile Hirsch — como "Alex Supertramp", codinome de Christopher McCandless, em sua jornada vertiginosa e fatal. Leitor de Tolstói, Thoreau e Jack London, "Surpertramp" deixaria, ainda, um diário, cartas e máximas quase filosóficas: "Tantas são as pessoas que vivem infelizes e que, contudo, não tomam a iniciativa de mudar sua própria vida — afinal, estão condicionadas a uma existência de 'segurança, conformismo e conservadorismo'; os quais, aparentemente, trazem paz de espírito — embora, na realidade, nada possa haver de mais danoso ao espírito humano do que um 'futuro seguro'". Paisagens deslumbrantes e personagens exóticos completam o quadro. A crítica foi praticamente unânime. Afinal de contas, não é todo dia que "o melhor ator de sua geração" realiza, na direção e no roteiro, um projeto tão pessoal.
>>> Into the Wild
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Os Arquivos Snowden, de Luke Harding (Internet)
02. Noites Urbanas, de Daniel Piza (Imprensa)
03. Wrong Way, de Conrado Paulino (Música)
04. O Prêmio Nobel para Mario Vargas Llosa (Literatura)
05. Diderot, o enciclopedista, e sua História da Filosofia (Internet)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
26/2/2009
19h47min
"Na natureza selvagem" é mesmo um belíssimo filme. A cena da capa do DVD é emblemática, no sentido de que Supertramp queria muito mais da vida, muito mais do que o conforto, a família e as pessoas ao seu redor poderiam oferecer. Sean Penn acertou em cheio ao escolher Emile e pontua o filme com trechos de desilusão, esperança e amizade. Afinal, como conclui o próprio, são os encontros com as pessoas que realmente valem a pena na vida. Ótimo poder conhecer Alexander Supertramp e sua viagem.
[Leia outros Comentários de Bia Cardoso]
6/3/2009
08h03min
tô na espreita pra ver se passa na minha cidade... até por outros filmes "parecidos" que gosto - "inocência selvagem", "dersu uzala", "homem urso", "montanha dos gorilas" - mas, sem deslumbramento, quero entender essa de morrer de fome por descuido, parece morrer como escravo do senhor liberdade e bem maltratado - bad trip. fora ideias religiosas, Francisco (o de Assis) fez o mesmo, sofreu muito e curtiu muito mais cercado de Clara e amigos... ah, sim, o Sean Penn tem valido cada vez mais o ingresso e/ou a locadora (eu e meu filho assistiremos ainda umas quatro ou cinco vezes "I'am Sam") construindo uma bela e sólida carreira, depois de sandices juvenis rsrsrs - very good trip!
[Leia outros Comentários de sandra vissotto]
6/3/2009
08h52min
A vida, que muitos passam anos procurando, Chris MacCandless encontrou em quase 1/4 de século. Qual o sentido da vida, afinal? Encontrar seu caminho - ainda que seja breve e viver conforme as escrituras -, ou lutar para viver um século sem encarar a vida de frente, se escondendo pelos cantos e driblando a morte? Li o livro "Into The Wild - O Lado Selvagem" e assisti ao filme "Na natureza Selvagem". Acredito que ele tenha encontrado, em sua breve jornada, a paz interior, deixando um rastro de otimismo e amizades verdadeiras, encontrando a luz que todos buscamos e morrendo com a paz espiritual almejada. Excelente texto, Borges, principalmente pelo desfecho.
[Leia outros Comentários de Gleiciano Sacramento]
6/3/2009
10h34min
Bem, eu não gosto do Sean Penn, principalmente depois que ele deixou de ser um bom ator de comédias e resolveu provar que é capaz de ter uma profundidade intelectual qualquer, emulando Ingmar Bergman ou algo assim. O filme não se sustenta em seu roteiro triste e rígido (sim, rígido), é monótono e o brilho (se tiver algum) vem exclusivamente da fotografia. Diálogos previsíveis, situações previsíveis, déjà-vu e o final borocochô que Sean Penn prepara pacientemente para incomodar os espectadores. Como sempre. Incomodar o público é uma intenção e já deixou de ser lugar comum para se tornar cacoete dos cabeções anos 60. Ou seja, dá um pouco de preguiça de Sean Penn. Mas eu também tenho uma preguiça mortal só com a idéia básica do BBB, por exemplo. E a audiência é enorme. Acho que sou mais outsider do que Sean Penn é capaz de imaginar, eheheh. Além disso, e para ninguém me acusar de intelequitual, o Sean Penn tem uma cara de chupa ovo.
[Leia outros Comentários de Guga Schultze]
6/3/2009
16h25min
Belíssismo filme... Mas me parece que a "lição" é dizer que não existe possibilidade de retorno à natureza, pois o mito da pureza dela é destruído quando ele é envenenado pela própria natureza ao comer uma planta, que, sem as informações dos livros (domínio da ciência sobre a natureza), se tornou fatal para ele. A natureza é um mito. E é um perigo, pois cria e destrói na mesma medida. O que é da natureza o homem não come.
[Leia outros Comentários de jardel dias]
7/3/2009
00h07min
Graças a Deus tenho ranço de hiponguice encrustado e quando vi a capa do filme, fui direto nele. Depois que fui ver que era do Sean Penn. Fiquei embasbacada. Muito forte, muito bom. E aconteceu uma gracinha, ainda: enquanto eu o via, quis me fotografar e o fiz. Tirei um autoretrato pela primeira vez assim: vendo um filme. De tão mexida que fiquei. A hiponguice de novo "gritou", achei lindo!
[Leia outros Comentários de Gabriela Galvão]
10/3/2009
22h06min
O livro ainda é melhor, assim como "No ar rarefeito". O que Krakauer quer discutir não é a constatação de que a sociedade é ruim e que é justificável romper paradigmas. Este é um ideal romântico. Em ambos os livros (e no filme excepcional) este ideal se choca com o mundo real. Até que ponto um ideal romântico justifica uma atitude extrema?
[Leia outros Comentários de Renato]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Elogio da Leitura
Gabriel Perissé
Manole
(2006)



A Queda da Monarquia Francesa - Luis XVI, Maria Antonieta e O Barão de Breteuil
Munro Price
Record
(2007)



A Boca no Mundo - 100 Crônicas de Fernando Bonassi
Fernando Bonassi
Novo Século
(2007)



Comece Hoje a Esquentar a Relação
Joyce e Clifford Penner
Thomas Nelson Brasil
(2012)



Um Novo Espírito Santo Onde a Corrupção Veste Toga
Rogério Medeiros e Stenka do Amaral Calado
Capital Cultural
(2010)



Educação Em Astronomia
Rodolfo Langhi - Roberto Nardi
Escrituras
(2013)



Contar Com Deus - Estudos de Teologia Moral
Xavier Thevenot
Loyola
(2008)



Riso Rimado - Autografado
Oswaldo Gomes
Taba Cultural
(2006)



Fairy Tail Vol. 57
Hiro Mashima
Jbc
(2016)



Urbanidade e Violência
Dados Revista Ciências Sociais Nº 2 de 1988
Vértice
(1988)





busca | avançada
104 mil/dia
2,5 milhões/mês