Dias de Luta, de Ricardo Alexandre | Digestivo Cultural

busca | avançada
57238 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Espetáculo 'Figural', direçãod e Antonio Nóbrega | Sesc Bom Retiro
>>> Escritas de SI(DA) - o HIV/Aids na literatura brasileira
>>> Com Rincon Sapiência, Samanta Luz prepara quiche vegana no Sabor & Luz
>>> Exposição Alma
>>> Festival internacional de fotografia premia fotos vencedoras da edição de 2022
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
>>> Sem chance
>>> Imcomparável
>>> Saudade indomável
>>> Às avessas
>>> Amigo do tempo
>>> Desapega, só um pouquinho.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> State of the art
>>> Revista Florense
>>> Nazismo na era do videogame
>>> A Música Erudita no Brasil
>>> O primeiro assédio, na literatura
>>> O Twitter de Bill Gross
>>> The Boat That Rocked ou Os Piratas do Rock
>>> Livros, revistas, jornais e displays eletrônicos
>>> Música do acaso
>>> Duas cartas
Mais Recentes
>>> Sobre a vida feliz de Sêneca pela PEnguin e Companhia das letras (2021)
>>> Gramática Alemã de Herbert Andreas Welker pela Edunb (1992)
>>> Saneamento Básico - Concessões, Permissões e Convênios Públicos de Alaôr Caffé Alves pela Edipro (1998)
>>> Linguagem do Corpo 2 de Cristina Cairo pela Mercuryo (2006)
>>> 1961 o Brasil Entre a Ditadura e a Guerra Civil de Paulo Markun e Duda Hamilton pela Benvirá (2011)
>>> Proteção Jurídica do Meio Ambiente de Nicolao Dino de Castro e Costa Neto pela Del Rey (2003)
>>> Gerenciamento da rotina do trabalho no dia a dia de Vicente falconi pela Falconi (2013)
>>> A logica do cisne negro de Nassim Nicholas Taleb pela Best business (2007)
>>> A Deusa Interior de Jennifer Barker Woolger / Roger J. Woolger pela Cultrix (1989)
>>> Entre a aspidistra e o artocarpus de Olavo cabral ramos filho pela Chiado (2007)
>>> Admiravel mundo novo de Aldous huxley pela Biblioteca azul (1995)
>>> A Mensagem do Mestre de Bhagavad Gita pela Pensamento (2006)
>>> Santos do Povo Brasileiro de Nilza Botelho Megale pela Vozes (2002)
>>> O Livro Completo de Bruxaria do Buckland de Raymond Buckland pela Gaia (2003)
>>> Tudo Sobre Arte - os Movimentos e as Obras Mais Importantes de Todos os Tempos de Stephen Farthing pela Sextante (2011)
>>> 1984 de George Orwell pela Companhia das letras (2009)
>>> A Connecticut Yankee in King Arthur's Court de Mark Twain pela Collins Classics
>>> A song of Ice and Fire - A Game of Thrones de George R. R. Martin pela Harper Voyager (2011)
>>> A Batalha do Apocalípse de Eduardo Spohr pela Verus (2013)
>>> Jane Eyre de Charlotte Brontë pela Oxford (2000)
>>> Seus pontos fracos de Wayne W. Dyer pela Record (1976)
>>> Nas Ciladas da Obsessão de Liszt Rangel pela Dpl (2002)
>>> Transmissão de Energia Elétrica - teoria e prática em linhas aéreas de Cleber oberto Guirelli - Ivanilda Matile pela Mackenzie (2014)
>>> Guia ilustrado TV Globo Novelas e Minisséries de Projeto Memória Globo pela Jorge Zahar (2010)
>>> 60 Histórias para dormir 4 de Vários Autores pela Divisão Cultural do Livro (2012)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Música

Segunda-feira, 17/6/2013
Dias de Luta, de Ricardo Alexandre
Julio Daio Borges

+ de 5800 Acessos




Digestivo nº 492 >>> Os anos da bossa nova mereceram um livro de Ruy Castro. Já as memórias de Nelson Motta, que atravessam desde a bossa nova até os anos 90, de Marisa Monte, se consagraram como Noites Tropicais. Ruy Castro pensa como Paulo Francis, que ouvinte de rock é "animal invertebrado" (quanto mais de rock brasileiro). E Nelson Motta fala en passant do rock brasileiro dos anos 80 ― mas o foco de suas memórias é, naturalmente, ele mesmo, e seus empreendimentos musicais. Faltava um livro que se consagrasse como "a biografia" do rock brasileiro dos anos 80. Mas Ruy Castro jamais iria escrevê-lo. Fernando Morais, outro dos nossos grandes biógrafos, prefere historicamente temas políticos, a não ser quando o assunto é Paulo Coelho. E Nelson Motta ― aparentemente ― já havia esgotado o que tinha a dizer sobre o tema. Acontece que, para surpresa geral da Nação, a biografia do rock brasileiro dos anos 80 já foi escrita. E, publicada ― em 2002. Sim, há mais de uma década. Guilherme Bryan e seu alentado volume pela Record que nos perdoem, mas estamos falando de Dias de Luta ― O Rock e o Brasil dos Anos 80, de Ricardo Alexandre. Sim, o mesmo autor de Nem vem que não tem ― A Vida e o Veneno de Wilson Simonal (2009).Um clássico instantâneo sobre um "elo perdido" entre a bossa nova, a jovem guarda, o tropicalismo e a MPB. A biografia definitiva sobre o maior cantor brasileiro desde João Gilberto. Mas voltemos a Dias de Luta... No bojo de tantos lançamentos, no início dos anos 2000, entre blogueiros-escritores (e escritores-blogueiros), o livro de Ricardo Alexandre terminou eclisado. Foi publicado pela DBA e Alexandre, circunstancialmente, misturou-se com outros "autores iniciantes". Acabou confundido com ficcionistas muito barulhentos e pouco representativos (da propalada Geração 90 e depois). Ocorre que Dias de Luta é um grande livro. E sua reedição, agora pela Arquipélago Editorial, é a chance que temos, como leitores, para nos redimir. Para quem não egole o tema do rock, e menos ainda o rock brasileiro, Dias de Luta não é apenas sobre música. Tem um escopo cultural mais amplo, desde teatro e cinema até rádio e televisão. E tem um escopo social, desde a "abertura", a chamada redemocratização, até a primeira eleição direta e a era Collor. Dias de Luta tem o cuidado jornalístico de um Ruy Castro e tem ― ora, vejam ― os depoimentos de Nelson Motta (!). Além de contar a melhor história dos anos 80 até agora, Ricardo Alexandre juntou os méritos de Chega de Saudade e de Noites Tropicais. Desde a vanguarda do Lira Paulistana e Rita Lee como fenômeno pop, Dias de Luta parte do Vímana, e do rock brasileiro progressivo (sim), até os mesmos anos 90, de Marisa Monte e Sepultura. Passando, evidentemente, pela Gang 90, por Lulu Santos, a Blitz, os Paralamas, João Penca e seus Miquinhos, Kid Abelha, Magazine, Ira!, Barão Vermelho, Ultraje a Rigor, Titãs, Legião Urbana e RPM. Entre outros. Ricardo Alexandre tem a paciência de esmiuçar o movimento punk de São Paulo (do primeiro Ratos de Porão), o rock gaúcho (de Engenheiros do Hawaii) e até o hip-hop (de Thaíde e DJ Hum). E para a música em si, Alexandre tem o olhar generoso de quem não julga peremptoriamente, levantando o papel de cada um na construção da cena, sem esquecer das "armações", das "máfias", das "panelinhas" e dos excessos típicos do rock'n'roll em qualquer época. O texto é informativo, guardando uma ironia "na medida". A divisão em "primórdios", "ascensão", "auge" e "queda", digamos assim, transforma o livro num verdadeiro ensaio de interpretação. E os capítulos, no tamanho certo, encadeiam a leitura até o final. Para quem viveu, os anos 80 foram mitológicos. Mesmo que discutíveis, esteticamente falando. Dias de Luta é o melhor esforço no sentido de reviver essa época, apresentá-la às novas gerações e entender o passado recente, com desdobramentos até hoje. E, em termos autorais, os livros de Ricardo Alexandre são tão importantes quanto os romances de Daniel Galera.
>>> Dias de Luta ― O Rock e o Brasil dos Anos 80
 
Julio Daio Borges
Editor

Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Relações, Assessorias e Relações
Alessandra Terrazas Taparelli
Cubic
(1999)



As Brumas de Avalon - o Prisioneiro da árvore
Marion Zimmer Bradley
Imago
(1982)



Constituição da Republica Federativa do Brasil
Saraiva
Saraiva
(2006)



O Poeta e o cavaleiro
Pedro Bandeira
FTD
(1999)



Nas Pegadas do Nazareno
Miguel de Jesus Sardano
Leal
(1988)



Como Escrever um Romance
Miguel de Unamuno
É Realizações
(2011)



O Ensino para a Compreensão
Paula Pogré, GracielaLombardi
Hoper
(2006)



Dom Casmurro - Classicos Saraiva
Machado de Assis
Saraiva
(2009)



Livro - Antologia Poética
Vinicius de Moraes
Companhia de Bolso
(2009)



O Adolescente por Ele Mesmo
Tania Zagury
record
(1996)





busca | avançada
57238 visitas/dia
1,6 milhão/mês