A Amazônia sem pátria | Félix Maier | Digestivo Cultural

busca | avançada
69585 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Pauta: E-books de Suspense Grátis na Pandemia!
>>> Hugo França integra a mostra norte-americana “At The Noyes House”
>>> Sesc 24 de Maio apresenta programação de mágica para toda família
>>> Videoaulas On Demand abordam as relações do Homem com a natureza e a imagem
>>> Irene Ravache & Alma Despejada na programação online do Instituto Usiminas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
>>> Filmes de guerra, de outro jeito
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Literatura Falada (ou: Ora, direis, ouvir poetas)
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Entrevista com Cardoso
>>> Além do mais
>>> Adeus, Orkut
>>> Sabe como é, pode rolar...
>>> Zeitgeist
>>> 9° Festival Internacional do Documentário Musical
>>> Até Faustão apoia os protestos
Mais Recentes
>>> Veja 45 anos. Edição Especial. Ano 46 - 2013 de Vários pela Abril (2013)
>>> Revista Exame O consumidor no Vermelho. Edição 997 de Vários pela Abril (2011)
>>> Almanaque da Luluzinha e do Bolinha. Edição especial. de Vários pela Pixel (2011)
>>> Freud e a Educação - O Mestre do Impossível de Maria Cristina Kupfer pela Scipione (1997)
>>> Freud Antipedagogo de Catherine Millot pela Jorge Zahar (1987)
>>> Formação de professores indígenas: repensando trajetórias de Luis Donizete Benzi Grupioni (Org.) pela Unesco/Secad (2006)
>>> O Freudismo de Mikhail Bakhtin pela Perspectiva (2001)
>>> De Piaget a Freud - A (Psico)Pedagogia Entre o Conhecimento e o Saber de Leandro de Lajonquière pela Vozes (1998)
>>> Uma Breve História do Mundo de Geofrey Blainey pela Fundamento (2007)
>>> Piaget - O Diálogo com a Criança e o Desenvolvimento do Raciocínio de Maria da Glória Seber pela Scipione (1997)
>>> Cem Anos Com Piaget – Substratum Artes Médicas – Volume 1, Nº 1 de Ana Teberosky e Liliana Tolchinsky pela Artes Médicas (1997)
>>> Você e eu- martin buber, presença palavra de Roberto Bartholo Jr. pela Garamond (2001)
>>> Piaget - Experiências Básicas Para Utilização Pelo Professor de Iris Barbosa Goulart pela Vozes (1998)
>>> Revisitando Piaget de Fernando Becker e Sérgio Roberto K. Franco (Org.) pela Mediação (1998)
>>> Eu e Tu de Martin Buber pela Centauro (2001)
>>> Jean Piaget Sobre a Pedagogia - Textos Inéditos de Silvia Parrat e Anastasia Tryphon (Org.) pela Casa do Psicólogo (1998)
>>> Cinco Estudos de Educação Moral de Jean Piaget, Maria Suzana de Stefano Menin, Ulisses Ferreira de Araújo, Yves de La Taille, Lino de Macedo (Org) pela Casa do Psicólogo (1996)
>>> Percursos Piagetianos de Luci Banks-Leite (Org.) pela Cortez (1997)
>>> Piaget e a Intervenção Psicopedagógica de Maria Luiza Andreozzi da Costa pela Olho D'Água (1997)
>>> Fazer e Compreender de Jean Piaget pela Melhoramentos (1978)
>>> Dicionário do Renascimento Italiano de John R. Hale pela Jorge Zahar (1988)
>>> A Tomada de Consciência de Jean Piaget pela Melhoramentos (1978)
>>> Psicologia e Pedagogia de Jean Piaget pela Forense Universitária (1998)
>>> Dicionário Temático do Ocidente Medieval de Jacques Le Goff & Jean-Claude Schmitt pela Edusc (2002)
>>> Como Orientar a Criança Excepcional - vol. 8 - Curso de Orientação Educacional de Jay Aruda Piza pela Pontes (2020)
>>> O Estruturalismo de Jean Piaget pela Difel (1979)
>>> Higiene Mental das Crianças e Adolescentes- vol. 7 - Curso de Orientação e Educacional de Dep. de Instrução Pública de Genebra pela Ponte (1972)
>>> O Pós-dramático de J. Guinsburg e Silvia Fernandes pela Perspectiva (2009)
>>> Poesia soviética de Lauro Machado Coelho pela Algol (2007)
>>> Pétala Soletrada pelo Vento de Mariayne Nana pela Urutau (2018)
>>> Tomidez e Adolescência vol. 6 - Curso de Orientação Educacional de Jean Lacroix pela Pontes (1972)
>>> Ensaios Reunidos (1946-1971), V. 2 de Otto Maria Carpeaux pela Topbooks (2005)
>>> Como compreender seu Potencial de Myles Munroe pela Koinonia Comunidade (1995)
>>> Louvai a Deus Com Danças de Isabel Coimbra pela Profetizando Vida (2000)
>>> A missão de Interceder de Durvalina B. Bezerra pela Descoberta (2001)
>>> O Contrabandista de Deus de Irmão André. John e Elizabeth Sherrill pela Betânia (2003)
>>> Ensaios Reunidos 1942 - 1978 Vol. 1 de Otto Maria Carpeaux pela Topbooks (1999)
>>> O Dízimo e o Sábado não são Cristãos de Fernando César Roelis Padilha pela Xxxxxxxxxxxx (1995)
>>> Socorro, Temos Filhos! de Dr. Bruce Narramore pela Mundo Cristão (1992)
>>> Fale a verdade consigo mesmo de Willian Backus Marie Chapian pela Betânia (1989)
>>> Como controlar as Tensões no Camento de Bill e Vonette Bright pela Candeia (1990)
>>> Satanás está vivo e Ativo no planeta terra de Hal Lindsey pela Mundo Cristão (1981)
>>> Venha O Teu Reino de David W. Dyer pela Ministério Grão de trigo (1985)
>>> Eu, um Servo? Você está Brincando! de Charles Swindoll pela Betânia (1983)
>>> Que Há Por Trás Da Nova Ordem Mundial? de E. G. White pela Vida Plena (1995)
>>> Cerco de Jericó a caminho da vitoria de Pe. Alberto Gambarini pela Ágape (2005)
>>> Comunicação a Chave para o Seu Camento de H. Norman Wright pela Mundo Cristão (1983)
>>> Princípios de Interpretação da Bíblia de Walter A. Henrichsen pela Mundo Cristão (1983)
>>> Apocalipse versículo por versículo de Severino Pedro da Silva pela Cpad (1985)
>>> Boas Esposas de Louisa May Alcott pela Principis (2020)
COLUNAS

Quinta-feira, 22/5/2003
A Amazônia sem pátria
Félix Maier

+ de 3500 Acessos

Vez por outra, aparecem notícias de que as escolas dos EUA estariam mostrando o mapa do Brasil com a Amazônia e o Pantanal "amputados". Isso pode ser verdade. Porém, temos que ter algumas precauções. Um desses mapas, mostrado há alguns anos pela Internet, e sempre reapresentado de tempos em tempos, era pura ficção de quem não tem mais nada a fazer na vida além de vomitar antiamericanices. O texto, em inglês, continha erros tão primários que ninguém, de boa-fé, daria um centavo de dólar furado pela autenticidade da matéria.

Recebi esta semana, um e-mail afirmando que um livro didático norte-americano, "Introdução à Geografia", de David Norman, utilizado na Junior High School (equivalente, no Brasil, à 6ª série do 1º grau), contém um mapa do Brasil "falsificado". Um dos parágrafos da mensagem diz textualmente: "Os livros de geografia de lá estão mostrando o mapa do Brasil amputado, sem o Amazonas e o Pantanal. Eles estão ensinando nas escolas que estas áreas são internacionais... ou seja, em outras palavras, eles estão preparando a opinião pública deles, para dentro de alguns anos se apoderarem de nosso território com legitimidade".

Se isso for verdade, o Embaixador dos EUA deverá ser imediatamente chamado pelo Governo brasileiro para confirmar ou desmentir a grave acusação acima. Nas circunstâncias atuais, não sei que moral teria o Governo Lula para questionar os EUA, já que não consegue sequer reconhecer que as FARC são um grupo narcoterrorista, nem de emitir um protesto veemente contra Fidel Castro, que mandou recentemente três cubanos para o paredón.

Em primeiro lugar, nós, os brasileiros, é que temos que cuidar da Amazônia. Cuidar não significa fazer daquela região um "santuário ecológico" para gringo ver e filmar, como querem muitos ecochatos de galocha. Cuidar, antes de tudo, é TOMAR POSSE do lugar. Como?

Durante o Governo Sarney, com o Projeto Calha Norte, foram criados, pelo Exército, vários Pelotões de Fronteira junto aos países limítrofes da Amazônia. O Projeto previa que outros ministérios (como Saúde, Educação etc.), além da Polícia Federal, também se fizessem presentes nos pelotões, porém somente os militares se deslocaram para a área. Região inóspita, malária, calor infernal - somente os milicos foram lançados aos mosquitos. Havia até um lema criado pelos militares, na época: "Integrar para não entregar".

Bombardeado por toda a mídia, que via no Projeto um programa "militarista", e por antropólogos de gabinete, que não permitiam que se construíssem mais pelotões em áreas indígenas, o importante programa de governo não se completou e caiu no esquecimento.

Hoje, o Governo Federal deveria retomar o Calha Norte o mais rápido possível, ampliando o número de Pelotões e completando o serviço de Sarney, ou seja, enviando funcionários de outros ministérios para que os Pelotões se tornem o embrião de futuros núcleos urbanos, que ao longo do tempo se transformariam em cidades. Somente colocando o ser humano para tomar posse da região é que poderemos ter domínio sobre aquela rica área no futuro. Se não fizermos isso, outros o farão. Poderão ser até os EUA, como muitos se preocupam. Poderão ser os guerrilheiros das FARC ou os nossos traficantes de armas e drogas, como os colegas de Fernandinho Beira-Mar. Sem dizer que atualmente existe enorme contrabando de nossas riquezas para o exterior, como metais raros, a exemplo do nióbio, do qual o Brasil possui 98% das reservas mundiais, assim como espécies da fauna e da flora - uma das mais ricas biodiversidades do planeta.

Não adianta xingarmos os EUA, esbravejarmos contra uma possível "internacionalização" da Amazônia. Precisamos tomar vergonha na cara e tomar conta do que é nosso.

Ainda sobre o Pantanal
Uma área do Pantanal, hoje, é "patrimônio da humanidade", título fornecido pela UNESCO. Não há nenhuma restrição econômico-social na área, desde que os fazendeiros, agricultores, pescadores e empresas de turismo tomem os devidos cuidados com a preservação do meio ambiente, evitando a poluição e o abate de animais e aves em extinção. Não perdemos, com isso, a soberania sobre o lugar. Pelo contrário, a valorizamos, com um projeto de economia sustentável ao longo dos anos, além de permitir que se instale um turismo de alto nível e alto movimento na região, por ora ainda incipiente e insignificante. Da mesma forma, podemos tornar uma grande região da Amazônia também um "patrimônio da humanidade" - por que não? Não toda a Amazônia, o que seria um absurdo, porém uma vasta área, com os mesmos objetivos já propostos para o Pantanal: preservação da fauna e da flora, aproveitamento comercial auto-sustentável da floresta e instalação de um turismo de altíssimo nível, que será único no mundo.

Não é preciso acrescentar que a água do Rio Amazonas, amanhã, terá um valor superior ao do petróleo, hoje. Não podemos perder a posse desta rica torneira...


Félix Maier
Brasília, 22/5/2003


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Viena expõe obra radical de Egon Schiele de Jardel Dias Cavalcanti
02. Seis meses em 1945 de Celso A. Uequed Pitol
03. Entrevista com Dante Ramon Ledesma de Celso A. Uequed Pitol
04. Estação Esperança de Elisa Andrade Buzzo
05. Como amar as pessoas como se não houvesse amanhã de Ana Elisa Ribeiro


Mais Félix Maier
Mais Acessadas de Félix Maier em 2003
01. A verdade sobre o MST - 4/3/2003
02. Doutrina Bush: democracia de cruzeiro? - 25/4/2003
03. Não chore por nós, Argentina! - 25/2/2003
04. A Amazônia sem pátria - 22/5/2003
05. ShoppinG: o ponto G da questão - 6/1/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ASCENSÃO E QUEDA DO TERCEIRO REICH - 4° VOLUME
WILLIAM L SHIRER
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1962)
R$ 6,90



O NÍVEL: POR QUE UMA SOCIEDADE MAIS IGUALITÁRIA É MELHOR PARA TODOS: POR QUE UMA SOCIEDADE MAIS IGUALITÁRIA É MELHOR PARA TODOS
RICHARD WILKINSON (AUTOR), KATE PICKETT (TRADUTOR)
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(2015)
R$ 29,00



ALEM-MUNDOS
SCOTT WESTERFELD
GALERA
(2016)
R$ 20,00



MEDIDA CERTA COMO CHEGAR LÁ!
RENATA CERIBELLI E ZECA CAMARGO
GLOBO
(2011)
R$ 39,90



A ARTE DE IMPROVISAR
MARK BERGREN, MOLLY COX, JIM DETMAR
CIÊNCIA MODERNA
(2002)
R$ 29,00



COMO FAZER O SONHO QUE O SENHOR LHE DEU...
KENNETH HAGIN JR.
GRAÇA ARTES
(2001)
R$ 7,00



INSTITUIÇÕES DE DIREITO CIVIL: DIREITOS REAIS - VOL. 4
CAIO MARIO DA SILVA PEREIRA (24ª EDIÇÃO)
GEN; FORENSE
(2016)
R$ 99,82



FENG SHUI - SUA CASA EM HARMONIA
COLEÇÃO CARAS ZEN / CLAUDIA BOECHAT
CARAS
(2004)
R$ 5,00



UM CERTO CAPITÃO RODRIGO
ÉRICO VERÍSSIMO
ABRILCULTURAL
(1981)
R$ 9,00



ILUSÕES PERDIDAS
BALZAC
PAPEL
R$ 14,00





busca | avançada
69585 visitas/dia
2,2 milhões/mês