A Amazônia sem pátria | Félix Maier | Digestivo Cultural

busca | avançada
44941 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quinta-feira, 22/5/2003
A Amazônia sem pátria
Félix Maier

+ de 3400 Acessos

Vez por outra, aparecem notícias de que as escolas dos EUA estariam mostrando o mapa do Brasil com a Amazônia e o Pantanal "amputados". Isso pode ser verdade. Porém, temos que ter algumas precauções. Um desses mapas, mostrado há alguns anos pela Internet, e sempre reapresentado de tempos em tempos, era pura ficção de quem não tem mais nada a fazer na vida além de vomitar antiamericanices. O texto, em inglês, continha erros tão primários que ninguém, de boa-fé, daria um centavo de dólar furado pela autenticidade da matéria.

Recebi esta semana, um e-mail afirmando que um livro didático norte-americano, "Introdução à Geografia", de David Norman, utilizado na Junior High School (equivalente, no Brasil, à 6ª série do 1º grau), contém um mapa do Brasil "falsificado". Um dos parágrafos da mensagem diz textualmente: "Os livros de geografia de lá estão mostrando o mapa do Brasil amputado, sem o Amazonas e o Pantanal. Eles estão ensinando nas escolas que estas áreas são internacionais... ou seja, em outras palavras, eles estão preparando a opinião pública deles, para dentro de alguns anos se apoderarem de nosso território com legitimidade".

Se isso for verdade, o Embaixador dos EUA deverá ser imediatamente chamado pelo Governo brasileiro para confirmar ou desmentir a grave acusação acima. Nas circunstâncias atuais, não sei que moral teria o Governo Lula para questionar os EUA, já que não consegue sequer reconhecer que as FARC são um grupo narcoterrorista, nem de emitir um protesto veemente contra Fidel Castro, que mandou recentemente três cubanos para o paredón.

Em primeiro lugar, nós, os brasileiros, é que temos que cuidar da Amazônia. Cuidar não significa fazer daquela região um "santuário ecológico" para gringo ver e filmar, como querem muitos ecochatos de galocha. Cuidar, antes de tudo, é TOMAR POSSE do lugar. Como?

Durante o Governo Sarney, com o Projeto Calha Norte, foram criados, pelo Exército, vários Pelotões de Fronteira junto aos países limítrofes da Amazônia. O Projeto previa que outros ministérios (como Saúde, Educação etc.), além da Polícia Federal, também se fizessem presentes nos pelotões, porém somente os militares se deslocaram para a área. Região inóspita, malária, calor infernal - somente os milicos foram lançados aos mosquitos. Havia até um lema criado pelos militares, na época: "Integrar para não entregar".

Bombardeado por toda a mídia, que via no Projeto um programa "militarista", e por antropólogos de gabinete, que não permitiam que se construíssem mais pelotões em áreas indígenas, o importante programa de governo não se completou e caiu no esquecimento.

Hoje, o Governo Federal deveria retomar o Calha Norte o mais rápido possível, ampliando o número de Pelotões e completando o serviço de Sarney, ou seja, enviando funcionários de outros ministérios para que os Pelotões se tornem o embrião de futuros núcleos urbanos, que ao longo do tempo se transformariam em cidades. Somente colocando o ser humano para tomar posse da região é que poderemos ter domínio sobre aquela rica área no futuro. Se não fizermos isso, outros o farão. Poderão ser até os EUA, como muitos se preocupam. Poderão ser os guerrilheiros das FARC ou os nossos traficantes de armas e drogas, como os colegas de Fernandinho Beira-Mar. Sem dizer que atualmente existe enorme contrabando de nossas riquezas para o exterior, como metais raros, a exemplo do nióbio, do qual o Brasil possui 98% das reservas mundiais, assim como espécies da fauna e da flora - uma das mais ricas biodiversidades do planeta.

Não adianta xingarmos os EUA, esbravejarmos contra uma possível "internacionalização" da Amazônia. Precisamos tomar vergonha na cara e tomar conta do que é nosso.

Ainda sobre o Pantanal
Uma área do Pantanal, hoje, é "patrimônio da humanidade", título fornecido pela UNESCO. Não há nenhuma restrição econômico-social na área, desde que os fazendeiros, agricultores, pescadores e empresas de turismo tomem os devidos cuidados com a preservação do meio ambiente, evitando a poluição e o abate de animais e aves em extinção. Não perdemos, com isso, a soberania sobre o lugar. Pelo contrário, a valorizamos, com um projeto de economia sustentável ao longo dos anos, além de permitir que se instale um turismo de alto nível e alto movimento na região, por ora ainda incipiente e insignificante. Da mesma forma, podemos tornar uma grande região da Amazônia também um "patrimônio da humanidade" - por que não? Não toda a Amazônia, o que seria um absurdo, porém uma vasta área, com os mesmos objetivos já propostos para o Pantanal: preservação da fauna e da flora, aproveitamento comercial auto-sustentável da floresta e instalação de um turismo de altíssimo nível, que será único no mundo.

Não é preciso acrescentar que a água do Rio Amazonas, amanhã, terá um valor superior ao do petróleo, hoje. Não podemos perder a posse desta rica torneira...


Félix Maier
Brasília, 22/5/2003


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O tigre de papel que ruge de Celso A. Uequed Pitol
02. Dos sentidos secretos de cada coisa de Ana Elisa Ribeiro
03. Um parque de diversões na cabeça de Renato Alessandro dos Santos
04. O tremor na poesia, Fábio Weintraub de Jardel Dias Cavalcanti
05. Eleições nos Estados Unidos de Marilia Mota Silva


Mais Félix Maier
Mais Acessadas de Félix Maier em 2003
01. A verdade sobre o MST - 4/3/2003
02. Doutrina Bush: democracia de cruzeiro? - 25/4/2003
03. Não chore por nós, Argentina! - 25/2/2003
04. A Amazônia sem pátria - 22/5/2003
05. ShoppinG: o ponto G da questão - 6/1/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ARTISTAS PINTORES REGIONALISMO VOL 3
CARLOS DEL PULGAR SABIN EDITOR
NOVA GALICIA EDICIONS
(1999)
R$ 150,73



DICIONÁRIO BÁSICO ESCOLAR DE FILOSOFIA - 1ª ED. - MAIS DE 360 VERBETES
MARLY N. PERES
GLOBAL
(2013)
R$ 49,95



SISTEMAS DRENANTES - ASPECTOS TEÓRICOS E PRÁTICOS
JOSÉ CARLOS VERTEMATTI - PAULO ROBERTO AGUIAR
RHODIA
R$ 50,00



O REI DA VELA 1414
OSWALD DE ANDRADE
GLOBO
(2003)
R$ 12,00



MINI DICIONÁRIO PRÁTICO DE ESPANHOL
RAUL MAIA
DIFUSÃO CULTURAL DO LIVRO
(2006)
R$ 10,00



COMO TRABALHAR PARA UM IDIOTA
JOHN HOOVER
FUTURA
(2005)
R$ 5,00



APRENDA DEFINITIVAMENTE 50 PHRASAL VERBS - LIVRO 1
OXFORD UNIVERSITY PRESS
COQUETEL
(2014)
R$ 23,00



IAIÁ GARCIA - OBRA COMPLETAS DE MACHADO DE ASSIS
MACHADO DE ASSIS
MÉRITO
(1961)
R$ 4,00



O PROGRAMA DIVERSIDADE NA UNIVERSIDADE E A CONSTRUÇÃO DE UMA
MARIA LUCIA DE SANTANA BRAGA (ORG)
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
(2007)
R$ 28,00



A SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
EMMANUEL PASSOS
RIO
(2005)
R$ 21,00





busca | avançada
44941 visitas/dia
1,3 milhão/mês