Literatura é para os feios e malvados | Daniel Aurelio | Digestivo Cultural

busca | avançada
63997 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Terça-feira, 3/6/2003
Literatura é para os feios e malvados
Daniel Aurelio

+ de 2700 Acessos

Tsc. Tsc. Que vexame! Alguém conhece o distinto senhor e burocrata republicano, William J. Bennett? Pois precisam conhecer. É um monumental exercício didático. Não da forma como ele ambicionaria, claro, mas ainda assim deveras elucidativo.

Bill Bennett, americano médio, rasteja-se entre duas atividades extremamente perigosas: é secretário "antidrogas" do governo Bush Jr (este um voraz consumidor da nociva substância "ouro negro do oriente") e escritor.

Como legítimo conservador, é devotado vetor da moral e virtù cristã, tão febril em sua fé na ordem que resolveu externar a paixão em livro, transformando seu "Livro das Virtudes" e, posteriormente, "O Livro das Virtudes para crianças", num colossal sucesso mercadológico planetário.Ganhou a credibilidade popular que poucos políticos obtém em sua trajetória, por mais magnéticos e espirituosos que aparentem. Engabelou tão bem, que até a recém "imortalizada" Ana Maria Machado, que decerto nada sabia sobre a vida privada de Bennett, levou a cabo o projeto editorial em terra brasilis, com semelhante êxito.

Recentemente, seu nome brotou na babilônia da grande imprensa: e, surpreendentemente, como um viciado em jogatinas, boçal o suficiente para torrar oito milhões de dinheiros imperiais e colaborar com as finanças do mercado sujo e paralelo que tanto combate durante o expediente.

Incongruência? Algo em desatino na boa e velha docilidade do homem comum, ordeiro, honesto, bom chefe de família?

É o elogio à mentira.

E um sintoma preocupante, pois o filão explorado por Bennett é dos mais vendidos e não há um bípede pensante que não almeje a plenitude utópica da felicidade.

Bom, quem deve permanecer é a obra, não a biografia. Tudo bem. Mas o cabra salvaguardou seus livros na escama colorida de um caminho exato para o paraíso. Neste caso, portanto, autor e texto obrigatoriamente se fundem em uma só projeção.

Quem oferece receitas milagrosas não poderia estar tão exposto assim aos seus efeitos colaterais. O que significa simplesmente que ele é um sujeito normal. E, ocupando um polêmico e controvertido cargo federal, nos leva a triste constatação de que a problemática das drogas continuará com seu toldo demagogo e senil. Mas meu negócio é literatura. E Bennett, além de incoerente, é mau escritor. Literatura é para os malvados declarados, subversivos, loucos, mendigos, feios, alcoólatras, satíricos e inadequados em geral, não para carolas que se afinam grotescamente com o viés dos preconceituosos - pela maneira como buscam moldar um padrão superlativo e idílico de ser. Todo moralista é, no fundo, um devasso mal resolvido.

Ninguém precisa de respostas. Somos falíveis e estúpidos. Borges é chavão de labirinto, veja só; Huxley não entrou para a história contracultural pelas sua palavras edificantes e tampouco Sartre chegaria a algum lugar escrevendo amenidades e receitas de emagrecimento. Duvide da cara de conteúdo dos intelectuais de contracapa (a saber: mão no queixo, barba espessa e, ao fundo, uma estante velha abarrotada de livros e enciclopédias empoeiradas) porque é da natureza dos "virtuosos" que nasce o melhor do marketing pessoal.

Ressalto que citei três dos autores mais lidos do mundo, o que é um claro sinal da ausência de má vontade do leitor. Essa sanha por desinteligência programada é oportunismo puro desses cordeiros modelo, que, com a cara de pau dos vendedores de sonhos consumistas, propõem um atalho reto para o portal do bem-estar pessoal, manipulando a fragilidade do indivíduo (que a tudo observa com olhar oblíquo) e tirando de suas mãos o mais importante instrumento para sua emancipação: o benefício da dúvida.

Essa notícia, francamente, foi de enrubescer.

Tsc. Tsc.

Para ir além





Daniel Aurelio
São Paulo, 3/6/2003


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Era uma vez um inverno de Elisa Andrade Buzzo
02. Reminiscências de Rafael Lima


Mais Daniel Aurelio
Mais Acessadas de Daniel Aurelio em 2003
01. Canto Infantil Nº 2: A Hora do Amor - 7/11/2003
02. Canto Infantil Nº 1: É Proibido Miar - 26/9/2003
03. O Sociólogo Machado de Assis - 5/9/2003
04. O Calígrafo de Voltaire - 13/6/2003
05. Elogio Discreto: Lorena Calábria e Roland Barthes - 19/12/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CRISTO ESTÁ VIVO
MICHEL QUOIST
LIVRARIA DUAS CIDADES
(1982)
R$ 10,00



ADOBE PHOTOSHOP CS4
FERNANDO DOS SANTOS COSTA
EASYCOMP
(2009)
R$ 5,00



FAÇA DAR CERTO 7693
LUIZ ANTONIO GASPARETTO
ESPAÇO VIDA E CONSCIÊNCIA
(1995)
R$ 10,00



ZUNGUNGA
FLORO FREITAS DE ANDRADE
MELHORAMENTOS
(1986)
R$ 10,00



GORBATCHÓV POR ELE MESMO
GORBATCHÓV
MARTIN CLARET
R$ 6,90



O RIO TRISTE
FERNANDO NAMORA
NORDICA
(1982)
R$ 35,90



MEMÓRIAS DE UM FUSCA
ORIGENES LESSA
EDIÇÕES DE OURO
(1972)
R$ 18,30



AMOR AS VEZES
ARY QUINTELLA
RECORD
(1987)
R$ 5,00



DE FRENTE E DE PERFIL
SPENCER LUÍS MENDES
RAZÃO CULTURAL
(1999)
R$ 9,80



VIVER COM SABEDORIA MENSAGENS PARA A BUSCA DA FELICIDADE ETERNA - AUTO AJUDA
SELEÇOES
SELEÇOES
(2004)
R$ 23,00





busca | avançada
63997 visitas/dia
1,8 milhão/mês