Novo filme de George Romero é terror sutil | Daniela Sandler | Digestivo Cultural

busca | avançada
74501 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Péricles Cavalcanti - lançamento de SALTANDO COMPASSOS
>>> Espetáculo “Canções Para Pequenos Ouvidos” chega ao Teatro Clara Nunes, em Diadema
>>> (Abre 11/10) Mostra BAÚ DA DGT_curadores Francisco Gaspar,Tuna Dwek, Donny Correia e Diego da Costa
>>> Escrever outros Corpos - Criar outras Margens || BELIZARIO Galeria
>>> SESC 24 DE MAIO RECEBE EVENTO DE LANÇAMENTO DA COLEÇÃO ARQUITETOS DA CIDADE
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
Colunistas
Últimos Posts
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
Últimos Posts
>>> Universos paralelos
>>> Deseduquei
>>> Cuidado com a mentira!
>>> E agora? Vai ter pesquisa novamente?
>>> Cabelos brancos
>>> Liberdade
>>> Idênticos
>>> Bizarro ou sem noção
>>> Sete Belo
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
Blogueiros
Mais Recentes
>>> perversão sexual
>>> Trailer do Fim do Mundo
>>> Uísque ruim, degustador incompetente
>>> O bom e velho jornalismo de sempre
>>> Apresentação
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> A fragilidade dos laços humanos
>>> Anomailas, por Gauguin
>>> Felicidade
>>> Ano novo, vida nova.
Mais Recentes
>>> A Jornada Para Casa Uma Parabola De Kryon - A Historia De Michael Thomas E Os Sete Anjos de Lee Carroll pela Madras (2011)
>>> No Vale Dos Suicidas - Madras de Evaristo Humbertto De Araujo pela Madras (2009)
>>> Os Segredos Do Karate Shotokan de Robin L Rielly pela Madras (2011)
>>> História social da criança e da família de Philippe Ariés pela Guanabara (1981)
>>> A revolução da palavra - Uma visão do homo loquens de Pedro Paulo Filho pela Siciliano (1987)
>>> A Sombra de uma Paixão de Tanya Oliveira pela Lúmen (2007)
>>> A evolução da consciência de Robert Ornstein pela Best Seller (1991)
>>> Iracema de José de Alencar pela L&Pm Pocket (2009)
>>> Ciência e fé: O reencontro pela- Física quântica de Bispo Rodovalho pela Lua de mel (2013)
>>> A ponte clandestina - Teorias de cinema na América Latina de José Carlos Avelar pela 34 (1995)
>>> As Fortunas do Cortesão de Peter Burke pela Unesp (1997)
>>> O barão das árvores de Italo Calvino pela Companhia Das Letras (1991)
>>> Cultura Brasileira - Temas e Situações de Alfredo Bosi pela Atica (1992)
>>> Poemas de Rainer Maria Rilke pela Companhia Das Letras (1993)
>>> A Feira das Vaidades - I e II Volume de William Makepeace Thackeray pela Civilização Brasileira (1963)
>>> Cinema marginal (1968/1973) - A representação em seu limite de Fernão Ramos pela Brasiliense (1987)
>>> O Circo da Noite de Erin Morgenstern pela Intrínseca (2012)
>>> A vida viaja na luz de Carlos A. Baccelli Inácio Ferreira pela Leepp (2011)
>>> Por que perdeu ?: Dez desfiles derrotados que fizeram história de Marcelo de Mello pela Record (2018)
>>> Cultura de Massa e Cultura Popular de Ecléa Bosi pela Vozes (1973)
>>> Antes de dormir de S. J. Watson pela Record (2012)
>>> História da Civilização - Idade Média, Moderna e Contemporânea de António G. Mattoso pela Lisboa - Livraria Sá da Costa (1956)
>>> Uma história da república de Lincoln de Abreu Penna pela Nova Fronteira (1989)
>>> Adestramento de Cães para Leigos de Jack Volhard / Wendy Volhard pela Alta Books (2005)
>>> Capitalismo, trabalho e educação de José Claudinei Lombardi pela Autores Associados (2004)
COLUNAS

Segunda-feira, 12/2/2001
Novo filme de George Romero é terror sutil
Daniela Sandler

+ de 6000 Acessos
+ 1 Comentário(s)

A primeira cena do filme Bruiser (George Romero, EUA, 2000) é um close fechado de um copo d'água. O enquadramento tipo "lente de aumento" continua: despertador, chão de madeira, torneira, gota d'água, gilete. A cena cotidiana vira uma sucessão de imagens desconcertantes. O que vai se seguir é uma mistura de crítica social e psicológica, composta com esmero na fotografia e na trilha sonora envolvente.

À primeira vista, Bruiser não parece o filme típico de Romero, o veterano diretor de filmes de horror "cult". A surpresa é só para quem não conhece Romero. Filmes como A Noite dos Mortos-Vivos (68) não são simples fitas de terror. Conflitos sociais e individuais transitam pela tela tanto quanto os zumbis. Romero diz que o ponto de partida de seus filmes é sempre uma idéia que quer discutir. Personagens, enredo e cenário surgem depois, a serviço dessa idéia original.

Bruiser, seu filme mais recente, ainda não lançado em circuito comercial, conta a história de Henry Creedlow (Jason Flemyng), jovem na rota da "vida perfeita": emprego badalado numa revista moderna, mulher bonita, enorme casa de subúrbio tipo Alphaville. Mas Henry ainda não chegou lá. Seu carro é meio velho, e ele tenta, sem sucesso, passar do cartão de crédito "Gold" para o "Platinum" - para satisfazer a mulher, justifica, entre sapos engolidos na redação.

Pressionado, incapaz de corresponder aos modelos pelos quais tenta se definir, Henry perde os traços de sua identidade. Entra em cena o Romero sobrenatural: Henry perde a cara. Suas feições se dissolvem numa máscara branca, inerte, o que dá o sinal para sua mudança (e para uma boa dose de cenas de sangue e ação). Henry reconquista sua identidade quando, em vez de reprimir, deixa extravasar seus impulsos agressivos.

Em Bruiser, o terror é sutil. O pacato Henry está na fila, esperando o trem, quando é atropelado pela massa de pessoas que passam à sua frente. Subitamente, irado, joga uma dessas pessoas sob o trem. Mas o susto repentino não passou de devaneio. Por isso, o terror é maior: o impulso cruel está dentro dele. E se um dia acontecer de verdade? A fronteira entre impulsos reprimidos e realidade vai se romper à revelia do controle consciente de Henry. O terror está no fato de que ele não é um psicopata: Henry é um homem comum, de boa-fé, poderia ser qualquer um de nós.

Vários dos temas de Bruiser haviam aparecido em outros filmes do diretor. A crítica à cultura de consumo está em Zombie, o Despertar dos Mortos (78), em que zumbis aterrorizam um shopping center. O tema da agressividade latente foi explorado em Instinto Fatal (88), em que um macaco capta e concretiza desejos destrutivos de seu dono paraplégico.

O diretor esteve aqui em Rochester (NY), há umas duas semanas, na estréia local do filme. Carismático, de porte alto, cabelos grisalhos compridos - é impossível resistir quando diz, veemente, que seu próximo filme é sobre "ignorar o problema". Ouvi a frase e, com as mazelas do Brasil na cabeça, pensei: "É isso mesmo! Não se pode ignorar o problema!". Romero continuou: "Mas aí os produtores respondem, 'problema? que problema?'". Ocorre que era sobre os sem-teto mesmo que Romero estava falando.

O filme tem um site oficial. E enquanto o filme não chega, recomendo alugar um dos "clássicos" de Romero. Quem sabe, dá para entender por que ele diz que, afinal, a condição social dos seus mortos-vivos não é tão distante assim da dos sem-teto…


Daniela Sandler
Riverside, 12/2/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Os olhos de Ingrid Bergman de Renato Alessandro dos Santos
02. Poesia e Guerra: mundo sitiado (parte I) de Jardel Dias Cavalcanti
03. O guia do consumidor de livros de Rafael Rodrigues


Mais Daniela Sandler
Mais Acessadas de Daniela Sandler em 2001
01. O primeiro Show do Milhão a gente nunca esquece - 8/8/2001
02. Quiche e Thanksgiving - 21/11/2001
03. A língua da comida - 29/5/2001
04. Notícias do fim-do-mundo - 24/10/2001
05. Mas isso é arte??? - 29/8/2001


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
27/5/2002
10h15min
É deveras interessante o trabalho de tão notável diretor como George A. Romero. Sintetiza-se o brilhantismo de Romero, quando no remake de "A noite dos mortos vivos" da década de 80, a personagem principal diz: "Os zumbis somos nós, nós é que somos monstros, eles só querem paz e comida".
[Leia outros Comentários de Pedro Cândido]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Encontro com o Mestre
DeRose
matrix
(2002)



Iluminação Interior
John White. Org
Cultrix
(1998)



O Sonhador a Fábrica de Sonhos
João Berbel
Farol das Três Colinas
(2014)



O Melhor da Cronica
Lindolfo Paoliello
Del Rey
(2003)



A Teia do Homem Aranha - Vol. 5
Marvel
Panini Comics
(2011)



Simpatias e Segredos Populares - 4ª Edição
Nivio Ramos Sales
Pallas
(2008)



Histórias "Animais" que as Pessoas Contam
Marcel Benedeti
mundo maior
(2006)



Brincando Com Colagens, Recortes e Dobraduras
Rosangela P. Nascimento
Global
(2002)



Livro - Série Bom Livro - o Alienista
Machado de Assis
Ática
(2002)



Sangue e Esplendor
Daniel Myerson
ediouro
(2003)





busca | avançada
74501 visitas/dia
2,0 milhão/mês