Confissões de um crítico em tempos de internet | Marcelo Spalding | Digestivo Cultural

busca | avançada
36466 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS >>> Especial 2000 Colunas

Terça-feira, 28/11/2006
Confissões de um crítico em tempos de internet
Marcelo Spalding

+ de 4800 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Para mim a tecnologia é como uma onda, uma enorme onda - ou uma sucessão de ondas - que vem das profundezas do oceano e arrasta o que está pela frente. Mas não destrói, transforma. Assim foi com o teatro, assim foi com a música e assim está sendo com a literatura. Em tempos de internet - ou seja, num tempo em que nem o cinema nem o vídeo são mais novidades - é impossível atribuir ao livro e a literatura a importância de outros tempos, uma importância capaz de colocá-la no vestibular ao lado da química, da história, da matemática. E quem mais sente isso são os escritores e estudiosos da literatura, cada vez mais distantes do que chamaríamos o "público médio", ou o leitor.

Com este nariz de cera pretendo fazê-lo entender o quão importante é este espaço que tenho ocupado há um ano no Digestivo Cultural. Porque se por um lado a literatura é preterida pelos grandes meios - e a meia dúzia de espaços que ainda falam de livros e publicam crítica revezam os mesmos nomes de sempre -, por outro a internet abriu a possibilidade de se formarem núcleos, guetos, grupos de interesses restritos, particulares e exóticos (como os dos que gostam de ler!). Mas também a internet é um mar de conteúdo e poucos conseguem se destacar, criar credibilidade, constância, e por sorte deste reles colunista o Digestivo é um dos que têm conseguido.

Comecei a escrever no site mais ou menos por acaso. Havia sido publicada no Digestivo uma crítica sobre um livro da Casa Verde, grupo do qual faço parte aqui em Porto Alegre, e eu estava com uma resenha encalhada sobre o romance Um Amor Anarquista. A resenha tinha sido escrita para o site da Aplauso, mas até hoje não sei porque o editor de lá, cujo nome declino, sequer me disse algo como "seu texto está vago", "ruim" ou "não gostamos do seu enfoque ideológico". Simplesmente não respondeu (e olha que era meu amigo!). Então mandei pro Digestivo, e qual não foi minha surpresa quando o Julio e o Fabio não só publicaram como elogiaram muito o texto. Dias depois fiz uma resenha sobre a novela Bang Bang (então eu ainda me sentia mais à vontade para falar de tevê e jornalismo do que de livros), e eles me convidaram para ser colunista do site.

Foi com alegria e apreensão que vi aquela caixa de livros chegar na minha casa: por onde começar? Será que dou conta? Alguns eu já tinha ouvido falar, outros não fazia nem noção. E pior que isso: não estava seguro sobre como escrever uma crítica literária. Você sabe, a faculdade de jornalismo forma generalistas, especialistas em nada, então tive de aprender com a leitura e a feitura. Com o Digestivo.

Hoje me perguntam, em algumas palestras ou oficinas, dicas para novos escritores. E eu digo que o escritor deve fazer como o músico, ser crooner. Mas ao invés dos bares da vida, o espaço do crooner literário são os sites, e hoje sei que o Digestivo foi um ótimo espaço para eu exercitar esse texto que não pode abrir mão da qualidade mas também precisa ter apelo de público, precisa da consistência acadêmica mas não pode abrir mão da factualidade jornalística. Um texto ao feitio das músicas do crooner.

Dois momentos neste ano de trabalho me marcaram: a primeira resenha em que tive de fazer dura crítica a um livro e a resenha de um romance que considero dos melhores que se escreveu em língua portuguesa. O primeiro foi um livro do Leonardo de Moraes, que no fim se mostrou um cavalheiro, ao qual tive de fazer algumas críticas. Ele leu a resenha antes dela ser publicada e me enviou alguns comentários, naturalmente chateado que estava. Mudei alguma coisa da resenha, mas deixei a impressão geral. Lembro de sair de casa naquele dia me questionando se não seria melhor se omitir ao invés de fazer uma crítica negativa. Afinal de contas, se trata de um escritor jovem, iniciante, como eu, como nós. Aí lembrei de um texto do Machado de Assis de 1865, chamado "O ideal do crítico", em que o mestre diz coisas como: "a crítica deve ser sincera, sob pena de ser nula"; "não compreendo o crítico sem consciência"; "para que a crítica seja mestra, é preciso que seja imparcial". Quando voltei para casa, respondi o e-mail ao Leonardo e lembro que a certa altura disse que eu poderia muito bem ter elogiado o livro e depois mandado currículo para trabalhar no governo de São Paulo (ele é assessor direto do Cláudio Lembo), mas como ele mesmo acreditaria nas minhas críticas se estas fossem sempre elogiosas? Como os cinco ou seis leitores que me acompanham coluna a coluna vão acreditar em mim se houver sistematicamente o elogio ou a crítica?

A outra experiência, oposta, foi com o romance Um defeito de cor, romance de quase mil páginas da mineira e também jovem Ana Maria Gonçalves. É provável que o livro não se torne best-seller nem ganhe espaço na mídia, mas de certo será muito estudado em universidades e eu sabia que ao publicar a resenha ela se tornaria uma - entre tantas outras - referência para estudos acadêmicos de recepção da obra em sua época. Por isso tive o cuidado de levantar alguns aspectos da obra que me chamaram a atenção - como a extensão, é claro, e a oralidade - mas sem fechar questão sobre a maioria das coisas. No título, por exemplo, evitei escrever algo como "O grande romance dos anos 2000". Ainda que "o grande" pudesse ser um trocadilho com a extensão. Mas não, preferi uma postura menos ufanista e até as perguntas que enviei para a autora foram nessa direção, o que me faz ter a impressão de que ela não saiba o quanto este leitor aqui gostou do livro.

Enfim, ainda que sejam menos de 25 colunas, um ano e pouco de textos quinzenais, já posso afirmar que é possível, sim, se fazer crítica literária em tempos de internet, e que as dificuldades e os prazeres não são menores, muito pelo contrário. Hoje temos uma infinidade de livros publicados por ano e selecionar o que é e o que não é assunto já é a primeira tarefa de um crítico. Além disso uma bobagem publicada na internet não é uma bobagem de um dia, como no jornal, ou uma semana, como na revista, ela perpetua-se pelo ciberespaço enquanto o site não sair do ar. Mas no fim das contas vale a pena, vale pelo crescimento pessoal, pelo meu gosto particular por levantar polêmicas e, acima de tudo, por demonstrar a vivacidade da literatura em tempos de internet.


Marcelo Spalding
Porto Alegre, 28/11/2006


Mais Marcelo Spalding
Mais Acessadas de Marcelo Spalding em 2006
01. O centenário de Mario Quintana, o poeta passarinho - 8/8/2006
02. Romanceiro da Inconfidência - 10/1/2006
03. Um defeito de cor, um acerto de contas - 31/10/2006
04. As cicatrizes da África na Moçambique de Mia Couto - 5/12/2006
05. A literatura feminina de Adélia Prado - 25/7/2006


Mais Especial 2000 Colunas
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
28/11/2006
10h28min
A internet é de fato uma onda impressionantemente transformadora. Mas é impressionante também como alguns a usam mal. A quantidade de mensagens sem nenhum conteúdo que chegam diariamente à minha caixa de e-mail não deixam quaisquer dúvidas disso.
[Leia outros Comentários de Janethe Fontes]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




REINVENTANDO A LIDERANÇA POR UMA ÉTICA DE VALORES
RENATA DI NIZO
SUMMUS
(2013)
R$ 27,00
+ frete grátis



DISCURSOS EM DIALOGOS: LEITURA, ESCRITA E GRAMATICA
ANA LÚCIA TINOCO CABRAL
TERRACOTA
(2011)
R$ 25,00



ILUSOES
RICHARD BACH
RECORD
R$ 8,00



BRANCA DE NEVE
CRISTINA MARQUES
TODOLIVRO
R$ 7,00



NEXT MOVE - STUDENTS BOOK
FIONA BEDDALL E JAYNE WILDMAN
PEARSON
(2013)
R$ 30,00



NOVA E INÉDITA HISTÓRIA DE PORTUGAL EM DISPARATES II
LUÍS DE MASCARENHAS GAIVÃO COMPILAÇÃO
EUROPA-AMÉRICA
(1990)
R$ 11,00



MUSICA AO LONGE
ERICO VERISSIMO
GLOBO
R$ 6,00



O LIVRO COMPLETO DOS MAÇONS
BARB KARG & JOHN K. YOUNG
MADRAS
(2008)
R$ 40,00



LES MÉTIERS DU BOIS, DU CUIR ET DE LA PAILLE
MARIUS GIBELIN
DE BORÉE
(2007)
R$ 110,00



A DOGMÁTICA JURÍDICA - 1ª EDIÇÃO - COLEÇÃO FUNDAMENTOS DO DIREITO
RUDOLF VON JHERING
ÍCONE
(2013)
R$ 35,95





busca | avançada
36466 visitas/dia
1,2 milhão/mês